História My hybrid Child - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Hybrid, Jikook, Namjim, Taeyonseokie
Exibições 119
Palavras 1.573
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Romance e Novela, Visual Novel, Yaoi
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hello babies, como estão?

Esse é o capítulo de hoje, talvez eu poste mais um, mais tarde. Bom, não sei.

Obrigada a todos pelos 40 favs, sério vcs são de mais. Amo vcs 😘💜

Esperem que gostem, boa leitura. Bjss

Capítulo 16 - Amor e desejo


                    POVS JIN :

     Fazia dois dias desde que Yongi havia voltado para casa, eu estava meio preocupado ainda. Mas se ele havia continuado lá, provavelmente estava tudo bem. Mesmo assim, a mão dele não iria cair  se ele ligasse para falar se estava tudo bem.

      Eu tinha acabado de levantar, eram 7 horas. Aí você me pergunta, por que levantar cedo quando se está de férias? Simples, eu sou acostumado e por isso gosto de levantar sempre cedinho. Assim posso aproveitar melhor o dia, ao lado do meu Nammie.

      Tomei um banho rápido, porém calmo. Sai do banheiro e coloquei uma boxe preta, uma blusa branca e por cima uma camisa - larga de mangas compridas- moletom e  um short curto preto.
Fui para o andar de baixo, e comecei a preparar o café da manhã.

" O Nammie podia estar dormindo, mas quando eu começo a cozinhar ele desperta logo. "-sorri com esse pensamento.

      Ouvi um barulho vindo do andar de cima, provavelmente meu monstrinho acordou. Alguns minutos depois, Nammie entra na cozinha, ele estava vestindo uma camisa branca, e uma calça moletom preta.
Eu continuava cozinhando calmamente, até que ele me abraça pro trás, logo beijando meu pescoço.

- Bom dia minha rainha - Ele sussurrou em meu ouvido, me arrepiei todo. Mas já estava acostumado com tal ação, por isso não liguei muito.

- Bom dia meu monstrinho, dormiu bem? - perguntei calmo e sorridente.

- Sim, e você? - perguntou e eu assenti, sorri sentindo  seu hálito fazendo cócegas no meu pescoço.

      Eu apaguei o fogo, e me virei rapidamente selando nossos lábios -  sente-se eu já vou servi-lo - falei assim que separamos nossos rostos.

- Ok.

      Ele se sentou e assim que acabei tudo, servi a mesa. Ele levantou rapidamente para pegar um copo, sabia que aquilo era pretexto. Pois, haviam vários copos em cima da mesa. Ele puxou minha cadeira, e eu sentei.

- Obrigado - sorri, ele sempre fazia isso.

- De nada - Antes de se sentar novamente, selou nossos lábios rapidamente. Ato esse que me fez sorrir, esse homem me enlouquece

     Nós tomamos café da manhã, e Nammie me ajudou a lavar a louça. Depois fomos para a sala para assistir alguns doramas, passamos algumas horas lá. Até que Nammjon começou a passear com sua mão, pela minha coxa direita. Com esse ato, pude perceber o que ele queria.

     Sentei em seu colo e comecei a rebolar lentamente, ele logo colocou suas mãos em minha cintura e começou a ditar os movimentos. Alguns minutos depois, senti algo duro roçando entre minhas nádegas, o que me fez gemer.

- Que tal, se continuarmos isso no nosso quarto? - Ele sussurrou em meu ouvido.

- Ok - Ele me pegou no colo estilo noiva, e me levou para o andar de cima.

      Abriu a porta e me colocou calmamente na cama, ele me beijou calmamente, um beijo molhado e lento. Logo estávamos nos beijando intensamente, parecíamos dois bichos sedentos pelo sabor um do outro. Ele retirou minha camisa moletom e meu short, me deixando apenas de boxer.

- Você quer usar nossos  brinquedinhos? - perguntou sorrindo maliciosamente.

- Sim - falei manhoso.

- Espere aqui, meu baby - falou e foi em direção ao closet, onde pegou uma caixa preta.

     Naquela caixa, ele guardava os brinquedinhos que gostava de usar em mim. Sem perceber eu já estava sorrindo, ele pegou algemas, um chicote, uma tiara de orelhas de gato,  um rabinho e uma fita vermelha. Todos os acessórios, de cor preta e com pequenos enfeites prateados.

     Ele veio em minha direção e pediu para que eu ficasse de quatro, colocou o rabinho de gato e me algemou na cama, depois colocou a fita sobre meus olhos. Agora eu não enxergava nada, ele se sentou na cama, pude sentir pela mesma afundando.

- Vamos começar, meu amor? - perguntou e eu assenti, mesmo sem saber se ele estava me olhando. Apesar que isso era meio óbvio.

     Ele começou a distribuir beijos e mordidas pelo meu pescoço, foi descendo ate chegar na minha boxer. Ele a retirou com a boca, e começou a lamber meu membro já ereto. Eu estava gemendo feito uma égua no cio, ele começou fazer movimentos circulares em minha glande,com sua língua.

     Logo abocanhou por completo meu membro, o que me fez gemer alto. Ele começou com movimentos de vai e vem lentos, eu apenas me contorcia na cama. Ele começou a fazer movimento mais rápidos, e de vez em quando apertava de leve minhas coxas. Eu já estava perto de chegar ao meu ápice, alguns minutos depois gozei em sua boca. Ele engoliu tudo e logo retirou meu membro de sua boca, ele começou a beijar a parte interna das minhas coxas, as vezes dando mordidas leves.

    Senti sua respiração próxima do meu rosto, ele retirou a fita de meus olhos e começou a lamber meus lábio. Aquilo era provocação de mais, ele mordeu meu lábio inferior.

- Quer que eu tire as algemas? - perguntou calmo, mas aquilo saiu bem provocante.

- Sim - sussurrei de volta e fiz um biquinho, ele sempre faz o que eu quero quando faço uma cara fofa.

- Tudo bem - respondeu, ele mordeu o glóbulo da minha orelha e foi descendo os beijos pelo meu pescoço.

      Parou de me beijar e retirou as algemas, eu praticamente pulei em seu colo e o agarrei.
    Começamos a nós beijar vorazmente, eu rasguei sua camisa e o empurrei na cama.

- Calma baby, eu só vou sair daqui quando você estiver satisfeito - Ele disse rindo.

- Então vamos começar logo com isso - falei sorrindo.

       Comecei a beijá-lo novamente, fui descendo os beijos pelo seu pescoço, enquanto isso retirava sua calça. Continuei descendo os beijos por todo seu corpo, até que cheguei onde queria. Mordi seu membro por cima da boxer e ele gemeu alto, retirei a mesma e comecei a chupa-lo. Ele gemia alto, continuei chupando cada vez mais rapidamente. Ele agarrou meus cabelos e agora ditava a velocidade, depois de algum tempo ele gozou em minha boca. Engoli tudo e retirei seu membro da minha boca, aproximei nossos rostos e comecei a beijá-lo.

Ele me virou, ficando por cima de mim.

- Fica de quatro pra mim, baby? - pediu sorrindo.

- como meu Daddy desejar -  falei e logo me posicionei.

      Ele desferiu um tapa na minha nádega direita o que me fez gemer, havia doido. Mas o prazer que eu havia sentido, foi maior. Logo senti sua língua  sendo inserida em minha entrada,  molhada e quente. Gemi e  ele mais uma vez me deu um tapa, o que me fez gemer mais alto.

     Ele me deitou de bruços e começou a morder a parte de trás do meu pescoço, logo senti um de seus dedos sendo inserido em minha entrada. Eu mordi o travesseiro e apertei as cobertas, mais um dedo foi inserido. Eu queria gritar de prazer, aquilo estava muito bom.

     Ele começou a fazer movimentos de tesoura, enquanto isso com sua outra mão massageava meu membro.
Ele retirou os dedos da minha entrada, o que me fez gemer em reprovação. Logo começou a me penetrar com seu membro, senti um prazer enorme, porém ainda senti um pouco de dor.
Ele esperou um pouco, e logo começou a dar leves estocadas.

     Eu comecei a rebolar em seu membro, ele começou a estocar mais rápido e mais fortemente.
Ele se retirou de dentro de mim, e me virou. Eu me sentei em seu colo e me endireitei em cima de seu membro ereto, fui rebolando e logo ele estava dentro de mim novamente.

   Comecei a cavalgar em seu membro e ele colocou suas mãos em minha cintura, ditando os movimentos. Eu coloquei meus braços em volta de seu pescoço, e começamos a nós beijar intensamente. Ele retirou uma de suas mãos da minha cintura, e com a mesma começou a me masturbar.
Eu estava gemendo cada vez mais alto, logo me desfiz em sua mão. E após mais algumas estocada, ele se desfez preenchendo meu interior.
Ele se retirou de dentro de mim, nos separamos e esperamos até que nossas respirações voltassem ao normal.

- Eu te amo, minha princesa -  disse fazendo carinho em minha bochecha

- Eu também, meu monstrinho - falei e dei um beijo em sua bochecha

- Vamos tomar um banho? - Ele perguntou sorrindo.

- Sim - sorri.

- Espere aqui, eu já volto - falou e entrou no banheiro.

     Logo ele voltou e me pegou no colo, me deitou na banheira cheia, mas com água quente com espuma.

     Ele entrou na banheira e ficou de frente para mim, começou passar espumas pelo seu corpo. Eu mordi meu lábio inferior, e me juntei a ele. Me sentei no meio de suas pernas, e ele me abraçou por trás. Começou a fazer carinho em meus cabelos, eu me sentei em seu colo e comecei a beijá-lo.
Passamos o banho inteiro daquele jeito, apenas trocando beijos e carícias.

     Saímos do banheiro e vestimos roupas confortáveis, fomos para o andar de baixo e ele preparou um lanche para nós. Comemos e fomos para a sala, agora são 9 horas. Assistimos TV e depois voltamos para o nosso quarto, nos deitamos e fomos dormir.


Notas Finais


E aí gostaram?


Esse foi um lemom básico, me desculpem pelos erros ou se não gostaram. No próximo eu vou caprichar mais, ok?

Preparados para o próximo capítulo?

Obrigada por estarem acompanhando a fic, e por estarem comentando, isso me deixa muito feliz.

E mais uma vez, obrigada pelos 40 favs, amo vcs 😘💜
Bjss lindos ( não sai pq coloco lindos, sendo q a maioria de pessoas nesse site são meninas. Isso se não forem todas meninas, e também acho que menino não se interessam muito por esse tipo de fanfic 😂😂)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...