História My hybrid Child - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Hybrid, Jikook, Namjim, Taeyonseokie
Exibições 141
Palavras 2.036
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Romance e Novela, Visual Novel, Yaoi
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hello babies, como estão?

Esse é o capítulo de hoje, espero que gostem.

Bjss, e boa leitura.

Capítulo 17 - Você é a pessoa, que mais amo


Fanfic / Fanfiction My hybrid Child - Capítulo 17 - Você é a pessoa, que mais amo

              POVS NAMMJON :

         Acordamos as 8 horas da manhã, tomamos um banho e fomos para a cozinha. Jin começou a preparar o café da manhã, e eu o ajudei. Tomamos  café da manhã e fomos novamente para o quarto, trocamos de roupa e saímos de casa.

- Vamos para onde? -  Ele me perguntou calmo.

- Para onde você quiser - respondi e lhe dei um beijo.

     Hoje eu havia preparado uma surpresa especial para Jin, por isso é que estamos saindo agora.

- Então vamos para um parque de diversões - gritou e se jogou nos meus braços, ele parecia uma criança animada. Sorri com seu jeito divertido.

- Ok, entre no carro - falei e ele obedeceu.

     O dia de hoje tem que ser perfeito, por isso vou fazer de tudo para deixá-lo feliz.

      Entrei em casa novamente e peguei uma cesta de piquenique, alguns lanches e bebidas - quase esqueci . Saí novamente e tranquei a porta da frente, coloquei a cesta na parte de trás do carro e entrei no mesmo.

- O que era aquilo? - Ele perguntou se referindo a cesta.

- Nada - respondi e lhe dei um beijo.

- Vai me fala, por favor - pediu juntando as mãos

- Já disse que não é nada - respondi e ele voltou a sua postura.

- Seu chato -  falou e fez um biquinho fofo, o mesmo que eu mordi.

       Nós nos beijamos, um beijo calmo e molhado. Quando nos separamos, mordi seu lábio inferior e voltei a minha postura. Liguei o carro e fui dirigindo para o parque de diversões mais próximo, ele ligou o rádio e ficamos o percurso todo cantando as músicas que tocavam.

      Após mais ou menos meia hora, chegamos no parque. Saí do carro e abri a outra porta, para que a minha princesinha saísse. Ele saiu e eu fechei a porta, assim travando o carro. Fomos para a bilheteria para comprar os ingressos, onde havia uma atendente alta, loira e magrela, ela - aparentemente- tinha 16 anos. Ela ficou secando meu Jinzinho.

- Quero dois ingressos por favor - falei calmo.

- Só um minuto - ela falou sem me dar muita atenção,e se virou para pegar os ingressos.

- Nammie, primeiro eu quero ir na montanha russa. Pode ser? - Jin falou manhoso, ele estava querendo que eu o agarrasse, só pode!

- Aqui está - ela me entregou os bilhetes.

     Retirei a carteira do bolso para pagar os bilhetes, quando eu estava pegando o dinheiro, Jin sacou de sua carteira 50 reais e iria entregar para a mulher.
Rapidamente, paguei as entradas e ele me olhou confuso.

- O que acha que está fazendo? - perguntei olhando para o mesmo.

- Eu ia pagar, hora - respondeu como se fosse o óbvio.

- Fui eu que te convidei, ou seja, quem paga sou eu. Sempre foi assim, agora vamos? - falei calmo e ele assentiu.

     Quando íamos sair, a vendedora piscou para Jin. O que me fez ferver de raiva, mas eu me controlei. Entramos no parque e fomos na montanha russa, como ele havia me pedido.

[...]
    

       Fomos em vários outros brinquedos, e passamos a tarde daquele jeito : andando pra lá e pra cá.

      Quando eram mais ou menos 6 horas, eu chamei Jin e nós saímos do parque. Quando estávamos passando na frente da bilheteria, alguém agarrou o braço de Jin, o que nos fez parar subitamente. Quando nos viramos, reparamos que era a vendedora de ingressos que vimos mais cedo.

- Sim? - Ele perguntou calmo.

- É que eu gostei de você, poderia me passar seu número de telefone? - ela perguntou cínica, que vontade de dar na cara dela. Só vou me segurar, porque quero que este dia seja perfeito.

- Me desculpe,mas...- Jin começou a se explicar, mas eu o interrompi. O puxei rapidamente selando nossos lábios, o que deixou a garota a nossa frente boquiaberta.

- A me desculpem, eu não sabia -  ela se desculpou timida.

- Nammie! - Jin me repreendeu rindo - não se preocupe - Ele disse e afagou os cabelos da garota - agora se não se importa, precisamos ir. Tchau - disse sorrindo.

- Tchau, sejam felizes - ela disse sorridente, de certa forma comecei a não odia-la tanto.

- Tchau - respondemos em uníssono e saímos.

     Entramos no carro e eu liguei o mesmo, eu estava dirigindo para um lugar que ficava próximo dali.

- Para onde estamos indo, Nammie? - perguntou curioso.

- Espere e veja - respondi sorrindo.

Ainda estava de tarde, mas logo o sol iria se por. Quando chegamos em uma praça que havia perto de casa, eu estacionei o carro e nós descemos.

   Está na hora, preciso fazer isso agora.

- O que viemos fazer aqui? - Ele perguntou e eu ri.

- Calma curioso, vem comigo! - eu levei ele comigo, e pedi para que me esperasse em um banco que havia por ali - me espere aqui, eu já volto - falei e ele assentiu.

     Voltei para o carro e peguei as coisas que havia separado, encontrei uma linda árvore, coloquei a toalha de piquenique, ajeitei os lanches e as bebidas, depois peguei algumas pétalas de rosas "azuis e brancas" que havia separado, e espalhei por volta das coisas e da toalha.

     Voltei para buscar Jin, ele estava lá sentado no mesmo banco, com o rosto virado para cima, seus cabelos um pouco esvoaçantes por causa do vento, seus olhos fechados e sua boca um pouco aberta. Me posicionei em sua frente e lhe dei um beijo, ele abriu os olhos e sorriu, eu segurei sua mão e o levei para onde havia preparado tudo.

- Nammie que lindo, você que preparou tudo? - Ele falou sorrindo.

- Sim, estava planejando desde quando saímos de casa - respondi sorrindo - gostou?

- Eu amei Nammie, está lindo! - Ele falou sorridente.

- Vem aqui  - falei e saí puxando ele pela mão, ele ficou de pé me olhando curioso.

     
      Jin e eu nos conhecíamos há dois anos, estávamos ficando à um ano e morávamos juntos à cinco meses. mesmo assim, eu ainda não havia tomado coragem para oficializar nosso namoro, mesmo que todos soubessem que nós nos amávamos. Por isso eu resolvi pedi-lo em namoro hoje, e para ser o melhor dia, tentei fazer com que tudo fosse perfeito.

- Jin você sabe que eu te amo, né? - perguntei

- Sei, eu também te amo -  disse sorridente.

      Ok, respira, inspira e não pira. Agora é a hora, coragem homem.

- Nós já nos conhecemos à dois anos, e desde quando eu te vi pela primeira vez, soube que queria passar o resto da minha vida ao seu lado -  eu já  havia programado tudo, Jin continuava sorrindo.

  " A cada contato, a cada beijo, a cada carícia, eu sentia que precisava de você para viver... -  Ele parou de sorrir, e começou a prestar mais atenção em minhas palavra. Ele me observava, eu estava nervoso, mas não podia parar agora - Primeiro eu queria agradecer por toda a felicidade, que você me deu durante todo esse ano. "

" Eu ainda me lembro do dia 25/03 quando a gente se  encontrou pela primeira vez, vi muitos meninos e muitas meninas naquele dia , mas o que mais  me chamou a atenção, foi você. Lembro do dia 27/11 do ano passado, quando a gente trocou o primeiro beijo. Se você  soubesse como eu fiquei depois daquilo, havia beijado várias bocas. Mas a melhor de todas, foi a sua... Sempre foi e sempre será. " -Ele continuava me olhando, e logo percebo que seus olhos estavam meio marejados.

" Hoje completa um ano, desde quando estamos juntos. O tempo passou tão rápido, e sinceramente : esse foi o melhor ano de toda a minha vida... Você, Kim SeokJin, é o motivo do meu sorriso todos os dias ao acordar e ao ir dormir, é o motivo da minha existência, o motivo da minha alegria... É a pessoa que mais amo no mundo, a pessoa com quem quero passar o resto da minha vida. Você é a pessoa que me completa, é a pessoa que me faz ser feliz por inteiro. "- eu comecei a sorrir feito um bobo ao perceber o que estava dizendo.

Eu havia pedido para que Deus me mandasse alguém, para que eu pudesse amar. E foi quando você chegou, você me faz feliz, me faz ficar com ciúmes, me faz ter sentimentos que eu achava que não poderiam ser possíveis de se sentir, me faz ter lembranças boas, me faz chorar de alegria, me faz uma pessoa melhor. Eu queria poder ter feito isso antes, porém não tive coragem o suficiente. " - eu me ajoelhei e retirei uma caixinha azul marinho do meu bolso, abri a mesma, revelando dois anéis prateados onde estava escrito "  Namjim ".

     Exatamente agora o sol está se pondo, o que deixa a cena mais romântica. Já deu pra entender porque eu planejei tudo para a tarde, né?!

" Você quer ser meu namorado? Quer continuar compartilhando sua vida comigo, e me fazer mais feliz a cada dia? Poderia continuar  me fazendo a pessoa mais feliz do mundo, como até agora  tem feito? " -   eu estou com o coração na mão, estou muito ansioso, feliz e meio receoso ao mesmo tempo.

Ele não me respondeu, estava paralisado. Aquilo estava me deixando nervoso

Será que fiz algo errado?

Será que ele não vai aceitar?

Por que está assim?

       Eu estava ficando confuso, estava prestes a começar a chorar. Até que Jin pula em cima de mim, me derrubando para trás. Ele estava chorando , mas ao mesmo tempo " sorria feito bobo".

- É claro que sim meu amor, eu nunca vou sair do seu lado. Mesmo quando não me queira mais, amo ter você ao meu lado. E com um pedido desses, seria muito difícil de recusar - Ele fala sorrindo.

      Eu coloquei um dos anéis em sua mão, e ele logo fez o mesmo comigo.

- Espere aqui, eu já volto - falei e ele assentiu.

      Como a árvore que eu escolhi ficava perto de um pequeno lago, era possível ver a lua refletida na água.

     Fui para perto dali, onde havia preparado a surpresa de Jin. Apertei o botão do pequeno controle, ativando a segunda parte da surpresa .

      Quando voltei, peguei  mão de Jin e o levei para frente do lago, nos sentamos a beira do lago e logo os fogos começaram a iluminar o céu. Jin me olhou maravilhado, ele observava o céu de um jeito fascinante.

     Eu pude perceber o brilho em seus olhos, ele é tão lindo. Está com a boca um pouco aberta e continua olhando para os fogos, eu não conseguia tirar os olhos de si.
 
    O brilho das estrelas, o brilho da lua, os fogos de artifício que agora reinavam no céu, a lua refletida na água, tudo isso era muito lindo. Porém não chegavam aos pés, da beleza do meu Jin.

      Ele apoiou a cabeça em meu ombro e ficou assim por um tempo, continuava vidrado no céu. Aquilo já estava me deixando com um pouco de inveja dos fogos, estranho,né?!

     Eu estava ainda com o pequeno controle nas mãos, apertei o segundo botão. Isso acionou a terceira surpresa, logo no pequeno
Lago haviam várias flores, que juntas formaram a frase " I love you" .

   Ele olhou para o lago e sorriu, virou para mim sorridente.

- Nammie? - me chamou baixinho.

- O que foi baby? - perguntei olhando para si.

-  Eu te amo -  Ele disse aquilo, e eu sussurrei um "eu também te amo"   em seu ouvido -  Posso te dar um beijo? - perguntou sorrindo, ele se virou para mim e começou a me observar.

- Quantos você quiser - respondi, roçando meu nariz no dele.

    Começamos um beijo calmo e intenso, cheio de paixão e amor.


Notas Finais


E aí gostaram?

Foi muito exagerado, esse pedido de namoro?

Seria melhor se fosse de casamento, mas eu só vou casar eles dois lá pelo fim da fic.

Espero que tenham gostado, beijos
Amo vocês 😘💜💜💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...