História My Killer - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin
Visualizações 44
Palavras 1.182
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eu vim trazer um capítulo único oneshot Jimin espero que gostem.❤❤

Boa leitura.

Capítulo 1 - Capítulo Único


Capítulo Único 


- Imterronpemos essa transmissão para a seguinte notícia - a televisão que até agora estáva chata me chama a atenção - Um assassino está a solta pedimos para todos troquem as portas e janelas.

- Sério eles deviam dar uma notícia mais assustadora - digo bufando. Eu não tenha medo pois sempre fui fascinada nesse tipo de coisa.

Me levanto e vou em direção ao meu quarto pego uma calca e um casaco, visto os mesmo e saio de casa tomando rumo até uma loja de conveniência. Chegando na mesma vou direto para a parte de salgadinhos pego alguns e algumas bebidas. Olho em volta e percebo um homem bonito por sinal, me olhando de maneira sensual, o mesmo tinha cabelos loiros e lábios chamativos. 

Passo pelo mesmo e sinto o seu perfume forte, oque me fez fechar os olhos e me deliciar por poucos segundos. Pago as minhas coisas e saio, estava escuro por sorte minha casa era perto. Chego em casa e tranco a porta.

Deixo minhas coisas em cima da mesa e subo para o meu quarto, aonde tiro minha roupa e coloco meu pijama, logo me deitando na cama fechando os olhos. E adormeço. 

[...]

Sinto minhas pernas serem alisadas, abro os olhos e vejo o mesmo homem da loja de conveniência.

- Oque estava fazendo dentro da minha casa? - Pergunto e o loiro me olha e da um sorriso. Ele chega mais perto me fazendo sentir seu cheiro.

- Você é tão bonitinha que da até dó de matar - ele fala baixinho.

- Sai da minha casa! - o empurro e corro para baixo sendo seguida pelo mesmo. Pego uma faca e aponto para ele. - Eu mandei sair da minha casa.

- Você não vai fazer além...- Ele chega mais perto de mim - De gemer o meu nome - Em um movimento rápido ele tira a faca da minha mão e toma os meus lábios para si.

Tento resistir mas não consigo, os lábios dele eram tão gostosos que eu podia me morre beijando os mesmos. Ele desce suas mãos para a minha cintura e a segura forte me arrancando um gemido de dor.

Ele larga a faca e pega a minha perna desnuda e a coloca na sua cintura assim colocando nossas intimidades em contato, me arrancando outro gemido. Ele desce seus beijos para o meu pescoço e eu suguro fortemente seus fios de cabelo.

Gemo ao sentir os seus dentes morderem a pele do meu pescoço, logo desço minhas mãos até a barra da sua camisa e a tiro revelando seu abdômen definido. O loiro pega a minha outra perna e coloca na sua cintura, assim me deixando em seu colo. Ele me leva para o meu quarto com um pouco dificuldade e me joga na cama com força, logo sinto um tapa na minha coxa, oque me fez gemer de dor.

- Ouvir você gemer é viciante - disse rouco. Ele tira a minha camisola me deixando só de sutiã e calcinha.

Ele começa a beijar minha barriga e vai descendo para a minha intimidade que já se encontro encharcada. Ele a beija por cima da calcinha e volta dando atenção para os meus seios.

Ele abre o meu sutiã e começa a brincar com os bicos dos meus seios me fazendo gemer loucamente, ele sai de cima de mim e tira sua cueca, ficando só de box, percebo o volume em seu cueca e fico feliz, ele volta para cima de mim e vai em direção a minha calcinha tirando a mesma me deixando completamente exposta a ele.

Ele sorri ao minha intimidade, ele chega perto e a assopra me fazendo arquiar as minhas costas, ele logo da um tapinha nela me fazendo choramingar.

- N-Não por favor eu estou sensível - falo quase chorando pela dor causada.

- Eu sei, eu vou fazer gemer muito essa noite...- Ele da outro tapa na minha intimidade - e vou te bater muito essa noite.

Ele sem aviso abocanha minha vagina e me fazendo gemer alto, ele começa a fazer movimentos circulares e prazerosos e rápidos me levando a loucura. Eu seguro os seus cabelos loiros dando sinal de que meu orgasmo estava próximo, ele acelera mais me fazendo gozar na sua boca.

Eu levanto e o beijo ganhado um tapa forte na bunda. Eu o deito e subo em cima dele começando a rebolar fortemente no seu membro, tirando um belo e rouco gemido dele, me fazendo sorrir.

Desço já tirando sua cueca box, revelando seu pênis grande, rosinha e pulsante, sorrio com essa cena. Lambo de baixo para cima.

- Ahhh...isso - ele geme e eu sorrio, pago seu pênis e faço movimentos de cima para baixo, logo abocanhando seu pênis nececitado de minha atenção. Faço movimentos fortes fazendo o loiro enlouquecer, vou até a cabecinha e raspo meus dentes - Ahhh...isso continua - continua a raspar meus dentes de leve em seu pênis e ele goza em minha boca, logo sentindo seu gosto.

Ele me vira ficando em cima de mim novamente, ele me beija e me dá outro tapa, ele coloca as meus braços para cima de minha cabeça e começa a me penetra me fazendo gemer alto, ele entra por completo e começa a se movimentar rapidamente. Me fazendo gemer loucamente.

- Isso...geme pra mim - Ele fala indo mais rápido dentro de mim - Caralho...que apertada você é - ele fala e eu só consigo gemer mais alto. Ver aquela cena estava ótima ele todo suado em cima de mim, parece que nos conhecemos a anos. Ele da as últimas estocadas e gozamos juntos. - Fica de quatro - ele ordena e eu faço, ganho mais um tapa, meu corpo estava vermelho de tanto que ele bate mas isso era extremamente gostoso.

Ele puxa meu corpo para perto do dele, me penetrando rapidamente, oque me fez nós dois gemermos juntos, e aquilo foi como uma música para os meus ouvidos. Ele vai mais rápido, os meus peitos balançavam sem parar, e o único som presente naquele quarto era o são dos nossos corpos se colidindo, ele vai mais rápido assim alcançamos mais um orgasmo. O loiro cai do meu lado suado e cansado, mas eu queria mais dele.

Subo em cima dele ganhando um olhar malicioso.

- Você quer mais - ele fala colocando as suas mãos em minha cintura e me fazendo rebolar rapidamente. Logo o seu pênis "acorda" e ele me penetra rapidamente e bate na minha bunda.

[...]

Abro meus olhos e vejo que o Loiro não está do meu lado, oque me deixou triste, levanto coloco meu pijama e desço para preparar o café-da-manhã. Ligo a TV. Olho e tinha um bilhete.

" Eu queria poder ficar mas eu sou um assasino eu não quero te machucar, ontem foi a melhor noite e a melhor transa da minha vida, aqui está o meu endereço e meu número caso queria me encontrar Beijos."

                                                     Park Jimin

Eu tinha tido a melhor noite da minha vida com um assasino, eu tinha me apaixonado por um assasino, agora minha vida vai mudar completamente mas oque eu sinto por ele não vai mudar, se for preciso o amarei e me tornarei igual a ele.









Notas Finais


Espero que tenham gostado ( e se tiver algum erra desculpem ).❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...