História My Killer Rabbit//Jikook - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), GD & TOP, Got7
Personagens Jackson, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Jikook, Jimin, Lemon, Mark, Markson, Namjin, Tortura, Vhope, Yoonseok
Visualizações 144
Palavras 1.076
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpa gente sábado passado eu não consegui postar

Espero que gostem
Boa leitura

Capítulo 19 - 3 Anos Atrás


Fanfic / Fanfiction My Killer Rabbit//Jikook - Capítulo 19 - 3 Anos Atrás

Vamos voltar,um pouco,mais especificamente há três anos,em uma pequena sala,se encontrava um garoto machucado sendo afogado pela sétima vez em um pequeno tanque,o qual era mergulhada sua cabeça sem piedade alguma por dois homens .enquanto o jovem jungkook de apenas 19 anos era maltratado por apenas se revoltar com o destino que lhe foi escolhido

-Podem parar, vamos ver o que ele tem a dizer agora- o loiro mais velho dentre todos ali ordenou fazendo os homens ali tirarem a cabeça do jovem. O qual respirava com dificuldade pois sentia seus pulmões queimar e o ar se fazer presente novamente

-E-e-eu nunca vou ser igual a vocês- Jungkook disse entre dentes, mas acontece que antes disso já havia sido torturado o que o estava o tornando frágil

-Não,você será pior,uma máquina mortífera sem controle, se seu pai estivesse aqui ele estaria com nojo, seu filho se recusando a seguir o trabalho que foi seguido de gerações para formar uma família com um híbrido morto- riu irônico- faça- me o favor, seja obediente e aceite de vez isso,facilite nossa vida

-CALE A BOCA,O JIMIN NÃO ESTA MORTO,ele pode não lembrar de mim, ele pode esquecer tudo que vivemos, mas eu estou disposto a mudar isso, estou pronto para faze-lo lembrar de tudo todos os dia se for preciso, e de novo, de novo, ate ele finalmente lembrar por conta própria, então vamos ficar felizes juntos e teremos nossa família e…..- Jeon foi interrompido por um chute em sua barriga fazendo o sangue jorrar de sua boca, logo uma tosse contínua

-Já ouvi besteiras demais,Você. NUNCA. Terá. Uma. Vida. Normal- o loiro se abaixou e puxou os cabelos negros do jovem obrigando-o a olha-lo- Monstros como nos, não tem finais felizes, eles ao existem-o soltou fazendo sua cabeça ser jogada pela gravidade com certa pressão para baixo - Rapazes,vocês sabem o que fazer

A tarde de Jeon se passou em ser afogado,arranhado, espancado, entre outras torturas das fisicas ate as psicológicas. Isso tudo pois o mesmo não queria assumir o seu posto de assassino, ele queria procurar seu pequeno, mesmo que o ele não se lembrasse do moreno ele não se importava, o amor que ele sentia era mais forte que tudo, ele cuidaria o daria carinho e se um dia ele se lembrasse de Jungkook, ele seria o homem mais feliz do mundo, e pensar que com o passar dos anos esse amor cresceu ao ponto de Jeon largar tudo e ficar com o híbrido, se fosse preciso mataria por ele,se fosse possível teria voltado no tempo para fazer tudo diferente e nunca ter dormido naquela grama, o que lhe resta agora é encontra-lo e faze-lo feliz,não importa como

Mas nesse exato momento sua sanidade estava totalmente fragilizada e as perguntas não ajudavam

-Seu nome é Jeon Jungkook,atualmente 19 anos

-Meu nome é Jeon Jungkook, 19 anos

-exato,continue- o loiro- que havia voltado um tempo atrás para começar o "tratamento de choque", que constituía em cada resposta e pergunta errada era mais um corte ou sufocamento em Jungkook.

-minha mãe trabalhava de diarista e meu pai eu não sei….

-Sim,bom garoto

-Eu tenho o jimin, e eu o amo,mas ele sofreu um acidente e perdeu a memória por minha culpa

-não Jeon, se lembre, Jimin fugiu de você,ele jogou a pedra em você e logo em seguida acabou sendo pisoteado pela multidão fazendo ele bater a cabeça esquecendo de você,ele nunca gostou de você -o loiro chegou mais perto do ouvido de jeon e sussurrou- ele te usou para sair do outro lado da certa, ele só te usou para liberar seu povo

-Ele…me usou..ele….ele se esqueceu de mim por que quis….e…e..eu devo….

-você deve o achar,deve mostrar a ele quem é superior faça-o sofrer,mas para isso terá que aceitar a proposta- o loiro sorriu já tinha o que queria, tortura psicológica era mais eficiente em uma mente fraca e a de Jeon era muito fácil de ser manipulada,agora ele definitivamente não sabe o que é a verdade e o que é somente uma ilusão

-…T-Taeyang….minha cabeça dói e-e-eu n-nã- O moreno não conseguiu terminar a frase pois desmaiou ali mesmo

-Dorma pequeno,assim que acordar teremos coisas a acertar e uma reunião para fazermos-Taeyang saiu daquela sala deixando o garoto desacordado

3 semanas depois

Aquela não era uma simples reunião. Poderia ser considerado um bordel mas também não era para tanto, aquela reunião acontecia a cada 1 ano a qual vários assassinos se juntavam para "conversarem" e cada um havia um híbrido que teria que estar vestido com roupas provocantes, como lingeries ou fantasias sexuais, era a única chance dos híbridos provarem seu falor no quesito sexual, se algum não conseguisse esse feito para abandonado pelo seu dono mas não era somente isso, ele era cruelmente torturado por todos ali raramente algum conseguia sair vivo,mas essa noite era mais que especial

-Atenção a todos- Taeyang que estava com um copo de vinho em sua mão,subiu ao um pequeno palco - o qual era usado para os híbridos fazerem uma mini apresentação, com direito a efeitos de luz e músicas,para provarem sua sensualidade e serem poupados de um destino cruel, o problema era que eles tinham que agradar a todos ali.

- Nesta noite trago algo que será do agrado de todos, como sabem infelizmente nosso grande assassino morreu assim que matou o lider de um aldeia de híbridos, foi morto injustamento por essa mesma aldeia, mas os Jeon's NUNCA caem, por isso eu os lhe apresentou o mais novo dono dos negócios….- assim que a fala de Taeyang para, Jeon Jungkook aparece usando um terno bem alinhado, seus olhos não emitiam sentimento algum só uma escuridão completamente vazia, em seu rosto havia uma expressão totalmente seria e ate intimidadora diga-se de passagem. Assim que Jeon já estava na frente de todos, deixou um risada seguida de uma gargalhada escapar

-Me perdoem por isso- falou com dificuldade por conta do riso,sua expressão agora era de total descontrole,suas sobrancelhas ambas arqueadas,seus olhos levemente arregalados, o sorriso de orelha a orelha,o que causou olhares de espanto e surpresa de todos inclusive o olhar de medo dos pequenos híbridos ali. Passou-se alguns segundos e seu riso morreu por completo fazendo a face seria retornar

-Por um momento imagina que teriam homens sérios por aqui, mas só vejo velhos tarados que se acham superiores por estarem esbanjando suas riquezas através de nosso trabalho sujo, vocês me dão nojo, não sabem fazer nada sem ter a suas luxúrias em primeiro lugar,mas s coisa irão mudar,eu Jeon Jungkook serei o maior assassino que vocês já viram….



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...