História My kitten - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Fluffy, Fluffy Taekook, Hybrid!au, Jungkook!top, Lemon, Taehyung!bottom, Taehyung!híbrido, Taekook, V!bottom, Vkook
Visualizações 89
Palavras 1.274
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fluffy, Lemon, Romance e Novela
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Apreciem Kim Taehyung como híbrido

Boa leitura ♡

Capítulo 4 - [♡] I can't leave you go now


Fanfic / Fanfiction My kitten - Capítulo 4 - [♡] I can't leave you go now




- Mas Hyung... você tem a sua vida – Tae estava surpreso, o “pedido” havia sido repentino, mesmo querendo muito ficar ao lado de Jeon ainda estava um pouco inseguro. – Nem a mãe do Tae me quis... porque o Hyung iria querer?

- Não posso te deixar ir – Suspirou, estava repensando sobre a ideia de ter um híbrido em sua casa – Quero te proteger de todo o mal que já te fizeram – Sorriu doce, chegou a conclusão que é mais do que certo fazer isso, pelo que Taehyung contou, sua vida foi horrivel, e Jeon queria mudar isso.

- Tudo bem – Tae sorriu e correu para os braços de Jungkook, o abraçando fortemente. Taehyung costumava expressar seus sentimentos com atos. O abrraço, no momento, expressava gratidão. – Muito obrigado Hyung – Sorriu, Jeongguk achou o sorriso do menor estranho, mas ao mesmo tempo, muito fofo, nunca tinha visto um sorriso quadradinho como aquele.

- Eu que agradeço por ter me deixado cuidar de você – Jeongguk retribuiu o abraço acariciando as orelhas do menor à sua frente. – Agora vamos – Pegou Taehyung no colo em um ato rápido, o fazendo olha-lo surpreso.

- Vamos aonde? – Pediu confuso  passando os braços ao redor do pescoço do maior enquanto era carregado, Jeon saiu de casa e colocou Taehyung sentado no banco do passageiro do carro logo passando o cinto pelo seu peitoral.

- Comprar coisas pra você! – Respondeu animado se colocando em seu lugar; no banco do motorista.

- Coisas?

- Roupas, calçados e coisas do tipo, agora vamos morar juntos, não? – Jeon não conseguia conter o sorriso. Logo Taehyung sorriu também. O híbrido estava pensando que seu novo “dono” era no mínimo, um milionário.

Logo Jeon deu partida no automóvel, indo ao centro da cidade e parando seu carro no estacionamento do shopping, fazendo os olhinhos do menor brilharem. Assim que desceram do carro, Taehyung automaticamente entrelaçou seus dedos nos de Jeon, fazendo o coração do mesmo aquecer. Mesmo levemente espantado com a ação, sorriu, correspondendo o ato. Jeongguk já sentia algo a mais pelo hibrido, mesmo tudo acontecendo muito rápido, seu carinho pelo pequeno já era grande.

- H-hyung – Tae chamou-lhe baixinho, estava incomodado – P-porque tem tanta gente olhando pra mim? – Sentiu suas bochechas esquentarem, desde que entrara no shopping sentia todas as pessoas ao redor olhando para si.

- Talvez... Porque você seja a coisa mais fofa desse mundo! – Abriu um sorriso para o menor, que automaticamente sorriu junto, sentindo-se um pouco menos incomodado com os olhares em si. – Conheço uma loja aqui que tem roupa específica para híbridos, só falta eu achar – Riu de leve enquanto procurava a tal loja em meio à várias outras – Ali! – Foi com o hibrido, ainda de mãos dadas, até o local.

Assim que adentraram, Taehyung começou seu "dia de compras".

Pela primeira vez na vida, o pequeno sentiu-se especial para alguém, ele nunca havia sido tratado tão bem assim. Sentia-se literalmente no paraíso.

Jeon tinha um sentimento de “missão cumprida” ao ver o sorriso largo e sincero do híbrido, ao ver como seus olhinhos brilhavam quando achava uma peça de roupa bonita, ao ver as risadas altas e envergonhadas quando estava indeciso sobre uma roupa e começava a desfilar na loja pedindo sua opinião sobre a peça, Jeon estava adorando tudo tanto quanto Kim.

Depois de horas na loja comprando tudo que queriam, estavam cansados, e ao mesmo tempo, mais felizes do que nunca.

- Quer tomar sorvete? – Jeon pediu com várias sacolas na mão assim que sentaram-se em um banco da praça de alimentação, Taehyung assentiu sorrindo, adorava sorvete. Levantaram-se da mesa e foram para o carro guardar a grande quantidade de sacolas, logo voltaram para o local.

Jeon guiou Tae até o MC Donald’s, onde compraram dois cascões, assim sentando-se em uma mesa no meio da grande praça.

- Hoje foi incrível, Hyung! – Comentou com um sorriso largo, sentia-se mais feliz que nunca – Muito obrigado, a Omma do Tae nunca tinha feito isso.

- Esqueça a vida que teve com ela, pequeno – Sorriu carinhoso, nesse tempo que passaram juntos havia até criado um apelido para Tae – Nunca vou te tratar como ela fazia, sua vida será diferente à partir de agora – Sorriu sincero.

- Que bom! – Taehyung sentia-se levemente aliviado, estava esgotado de sua antiga vida à tempos.

Continuaram conversando enquanto comiam, essa conversa fez ambos se aproximarem mais ainda.

Quando terminaram, Tae sentiu-se cansado e pediu para ir pra casa, sem demora estavam na mesma. Já era de noite e estava com sono, mesmo não sendo muito tarde.

Kim, assim que chegou, correu para o banheiro tomando um banho rápido, logo colocando seu pijama rosa com gatinhos que havia comprado mais cedo, apaixonou-se por aquele pijama assim que o viu.

- Você está muito fofo! – Jeon disse assim que vou Taehyung descendo as escadas, ele estava sentado no sofá esperando o menor descer, logo o mesmo corou com o elogio. – Vem cá – Chamou-lhe para sentar-se no sofá também, assim fez. Sentou-se ao lado de Jeon mas, em um movimento rápido, o maior puxou o hibrido para seu colo, o sentando de frente para si, mesmo envergonhado Tae não saiu do lugar, era confortável. – Gostou do dia hoje?

- Tae gostou muito! – Disse com seu mais sincero sorriso.

- E, o que você gosta de comer? Não sei muito bem o que híbridos comem – Riu de leve.

- Hmm... Tae gosta de leitinho – Obviamente a mente maliciosa de Jeon pensou besteira, fazendo o mesmo corar, mas esqueceu os pensamentos nada puros quando lembrou que Tae é híbrido de gato e por isso gosta de leite.

- S-só come isso?

- Não – Riu – Tae come tudo que humanos comem, mas o que Tae mais gosta é de leite – Jeon sorriu ao ver a inocência do híbrido em seu colo, ele era como um bebê.

- Entendi... gosta de KimChi? – Pediu torcendo para que a resposta fosse sim, pois a única coisa que sabia cozinhar era aquilo.

- Sim!

- Okay, irei fazer para comermos – Levantou-se tirando o menor de seu colo – Huh... quer assistir algo enquanto isso?

- Desenho! – Respondeu quase sem pensar, adorava isso.

- Tudo bem – Riu da animação e da fofura de Tae, pegou o controle e colocou em um canal apenas de desenho animado em sua TV por assinatura, no momento passava Bob Esponja, assim que foi para a cozinha começou à escutar as risadas altas e gostosas da “criança” em sua sala, lhe fazendo sorrir bobo.

Minutos depois, arrumou a mesa para comerem e chamou Tae, que logo estava na cozinha.

Sem demora, começaram a comer.

- Está muito bom, Hyung! – Comentou de boca cheia, deixando a cena bem fofa.

- Obrigado pequeno, mas... não fale de boca cheia! – Falou em tom brincalhão, fazendo ambos rirem.

Assim que terminaram de comer, Jeongguk tacou o foda-se para a louça, lavaria no dia seguinte, e foi assistir junto com Taehyung, até porque ele também gostava de desenho.

Se surpreendeu quando sentou no sofá e o híbrido subiu em seu colo, de frente, apenas virando o pescoço em direção a TV para assistir, ele realmente havia achado aquela posição bem confortável. Jeon não hesitou, pelo contrário, apertou mais o menino-gato em seus braços, ficando abraçados.

Alguns minutos depois, sentiu a respiração do menor ficar mais pesada, logo vendo que estava dormindo. Sorriu pela fofura e levantou-se ainda com ele em seu colo, começando à subir ás escadas em direção ao quarto de hóspedes.

Deitou o menor lá e deixou um selar em sua testa, achou sua própria ação fofa. Lhe cobriu logo apagando a luz do local, indo em direção ao seu quarto e deitando-se em sua cama, adormecendo.








Notas Finais


Espero que não se irritem com o Taehyung falando "Tae" ao invés de "Eu", com o tempo ele para de falar na terceira pessoa.

Comentem ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...