História My Lady (Miraculous LadyBug) - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Alix Kubdel, Alya, André Bourgeois, Chloé Bourgeois, Félix, Gabriel Agreste, Hawk Moth, Jalil Kubdel, Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Mylène Haprèle, Nathalie Sancoeur, Nathanaël, Nino, Personagens Originais, Plagg, Sabine Cheng, Sabrina, Tikki, Tom Dupain
Tags Adrinette, Ladrien, Ladynoir, Marichat, Romance
Exibições 129
Palavras 864
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Hentai, Lírica, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Super Power, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Visual Novel
Avisos: Adultério, Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Esse capítulo foi feito e refeito umas 100 vezes, aproveitem 💜

Capítulo 2 - Lila Is Back (parte 1)


Fanfic / Fanfiction My Lady (Miraculous LadyBug) - Capítulo 2 - Lila Is Back (parte 1)

 (Escute Bite, do Troye Sivan)

 

Point Of View: Marinette

 

 

Eu olhava fixamente para a Lua, recapitulando o que havia acontecido hoje. Eu estava pensando em Adrien. Aqueles pensamentos me deixava à flor da pele. Ele parecia tão... Tão... Mais diferente. Coisas que nunca surgiram em mim começaram a brotar.

- Marinette? - Perguntou Tikki, me chamando de volta para a terra. - Poderia me dar mais um biscoito? Depois eu irei dormir. Você deveria fazer o mesmo!

- Eu já vou...

- Mari? - Me assustei. Era uma voz sedutora, diferente. Era ele. O Chat Noir, pendurado na minha sacada.

-C-chat Noir?! - Ele veio andando até mim. Me arrepiei toda. De seus lábios brotaram um sorriso malicioso. Ele se sentou ao meu lado. Ele mecheu no meu cabelo, e eu fiquei me perguntando, o que era aquilo. Ele sabia que eu era a sua Bugboo?

Só sei que aquele abraço era reconfortante.

- E-eu vim ver se você estava bem. - Ele se corou por alguns estantes. - É que... Eu sempre salvei você. Quero ver como está.

- Bem. - Ele olhou nos meus olhos e sorriu.

Peguei um biscoito disfarçadamente e dei-o para Tikki.

- Mari, eu sei que, deve que está se perguntando por que eu estou aqui. É que... Você... Me lembra uma pessoa. E você pode me reconfortar, porque... Você me lembra essa pessoa.

- LadyBug? - Perguntei, sabendo que a resposta era óbvia.

- Sim... É que... Ela não me deixa provar o quanto eu posso amá-la. Que eu não sou apenas um menino que... Que... Quer brincar. Eu quero dar para ela o meu amor. Queria poder ver filmes abraçado com ela, ver ela dormir com a minha camiseta, enfim, tudo. Eu amo ela.

Aquilo me despedaçou. Eu fiquei louca da vida. Eu deveria dar uma chance para ele e desistir de Adrien? Teria que dizer tudo.

- Tenho um caso parecido. Adrien Agreste. Conhece? - Ele fez um sim meio distante. - Bem... Eu... Eu o amo.

Seu queixo caiu. Parece que ele era um amigo muito íntimo para ficar assim.

Continuei:

"Ele não é só mais uma carinha bonita no mundo. Ele é gentil, cavalheiro e me deixa à flor da pele. Ele é incrível. Mas ele não me quer. Ele prefere a Chloé Bourgeois, filha do prefeito."

Ele gargalhou. E muito. Fiquei imaginando porque daquilo.

- Nunca que o Adrien seria louco de gostar da Chloé... Ela é ridícula!

Nós caímos na gargalhada e, quando acabou, um silêncio total reinou.

- Mari... Eu... Obrigada.

- De nad... - Ele me interrompeu e me puxou para um beijo. Era um beijo intenso, diferente. Eu estava apaixonada pelo Chat Noir.

- Eu preciso ir Mari. Você deveria ir dormir também. Te amo. - Seu sorriso desapareceu na noite e só consegui pensar no "Te amo".

 

(Escutem Hello, da Adelle)

 

April, 23th, Paris

 

 

Eu e Alya estávamos sentadas, ouvindo a explicação de uma aula terrível de ciências. O que eu mais achei estranho foi o Adrien me olhando a aula toda. Era estranho. Será que o Cat Noir fez o favor de falar para o Adrien? Eu estava aflita.

- Alunos, vocês têm uma colega praticamente nova. Lila, pode entrar. Sente-se com o Adrien. - Ela entrou, sorrindo e acenando para todos. Como ela era falsa. Sentou perto do Adrien e começou a abraçá-lo. - Muitos já conhecem ela pois ela já foi daqui. Mudou por motivos pessoais e saiu. Bem, a recebam com todo...

"Alunos se dirijam ao auditório." Era o diretor, dizendo para nós. Todos apressadamente se retiraram, menos eu e Adrien.

- Mari? Preciso falar com você. - Seus olhos verdes escondiam algo. - É que... Eu...

Ele fechou os olhos, pensando no que dizer.

- Pode dizer. - Eu disse, séria.

- E-eu...

 

Point Of View: Adrien

 

Eu pensei em ontem. Quando me transformei só pra ver ela... Eu estou apaixonado por ela. Simplesmente não queria machucá-la.

Ela disse tantas verdades ontem à noite. Ela é tão verdadeira, real. Então iria dizer logo.

Puxei-a para perto de mim. Eu precisava daquele beijo. Aquele jeito meigo dela dizer que me amava. Que se foda a LadyBug neste momento. Esse desejo incontrolável de te-la foi domado pelo beijo que nela eu dei.

Suave e doce, como o de ontem. Ela ainda corada, olhava para baixo, sem dizer nada.

- Adrien... Por que fez isso? - Ela disse, meio sensibilizada.

- Eu não sei. Eu também juro que não sei. É que esse meu desejo louco por você só vai aumentando. - Coloquei a mão no coração para enfatizar aquilo. Ela corou e disse:

- A-Adrien, vamos para o auditório.

- Mas não se esqueça do que eu te disse, Mari. - Sussurrei em seu ouvido e a vi arrepiar.

 

 

Point Of View: Lila

 

Eu vi aquela cena. Quis morrer. O meu Adrien? Sai dali chorando, correndo para o banheiro, até que meu subconsciente foi tomado por uma voz que eu já conhecia:

"Olá Volpina, se lembra de mim? Eu irei fazer o Adrien gostar de você e se vingar da Marinette. Você aceita? Mas sabe o preço para usar os poderes."

 

 

 

 

 

"Sim, Hawk Moth!"


Notas Finais


Parte dois terça-feira 💗 Tchau monamoures


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...