História My lest tears - Capítulo 1


Escrita por: ~ e ~Al1en_miu

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Hetero, Heterossexual, Jimin, Jungkook
Visualizações 6
Palavras 730
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Pansexualidade, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa leitura :3

Capítulo 1 - Alô?


Fanfic / Fanfiction My lest tears - Capítulo 1 - Alô?

                *Yang mi On*
Faz tempo que eu e meu pai não nos falamos, ele e minha mãe se separaram quando eu tinha por volta de 10 anos, no começo machucou mas o tempo é o melhor remédio. Meu pai é um coreano, e minha mãe brasileira.
Meus pais se conheceram em uma faculdade na coréia, minha mãe era uma estrangeira bolsista de enfermagem, aquela era uma das melhores faculdades da coréia - bom na época -, e quanto ao meu pai ele estudava na mesma universidade, por conta de amigos se conheceram e meu pai se encantou pela brasileira de cabelos longos e cacheados - quem dera meu cabelo ser igual o da minha mãe -, eles namoraram, depois de dois anos de namoro - a bolsa estava no fim -, meu pai pediu minha mãe em casamento, mais só noivaram o casamento ia acontecer no Brasil, quando se passou 3 meses a faculdade de ambos havia acabado, já haviam se formado ambos em seus cursos - mamãe enfermagem e papai música -, eles foram pró Brasil. Se casaram de véu e grinalda e tiveram essa pessoinha linda - vulgo eu -, mais como nada são flores eles se divorciaram, minha mãe diz que ela pediu o divórcio porque achava que ele estava a traído, mais meu pai desmente falando que foi por causa do trabalho.
E hoje em dia eu tenho 18 anos, passei muito tempo longe do meu pai, o único meio pelo qual comunicava-mos era pelo Skype, mais muitas vezes não podíamos nos fala por conta do horário.
Pró meu pai foi conveniente me fazer morar com ele se eu quisesse que ele pagasse as mensalidades dá faculdade, mais tive que fazer muito jogo de cintura pra minha mãe deixar eu ir na coréia, ela não confia muito na esposa do meu pai - minha madrasta -, mas isso não era um bom motivo pra mim não poder ir morar com meu pai. Ele pagou a passagem, essa que está marcada pra amanhã
                     *Na manhã seguinte*
Acordei com o meu inimigo já me chamando, sim o despertador, infelizmente tinha que acorda as 3hs da madrugada para poder da tempo de me arrumar ir para o aeroporto. Levantei fiz minhas higiene e coloquei uma roupa confortável, arrumei meu cabelo em um coque alto, e fiz uma maquiagem leve, batom Matte e um delineado gatinho, pra destacar meus olhos - falam que meus olhos são meio puxadinhos igual ao do meu pai, mais ainda são maiores que o dele, não tem muita diferença mas não vem ao caso.  Peguei minhas malas e minha mãe já estava na sala me esperando, já havíamos conversado, muito no dia anterior, ela me levou ao aeroporto. Chegando lá, percebi que tinha me adiantado um pouco então decidi ir procurar ao pra comer, eu não consegui comer em casa, estava achando que estava atrasada.
Encontrei uma lanchonete e comprei um salgado com um suco de laranja. Quando fui dar a primeira mordida no objeto gorduroso, meu celular toca, almadeçuei mentalmente que estava a me atrapalhar, apanhei o celular o bolso e estranhei ao ver vários números na tela, era uma chamada internacional.
*Ligação On*
?? : Alô? - falou em um português bem duvidoso.
Yang mi : Alô, quem fala ?
??? : Sou eu filha! - bora tirar a maldição que joguei nele.
Yang mi : Appa, ouve algum problema?
Pai: Não, não teve nenhuma problema. Só quero te avisa que um dos meninos que trabalha comigo está ai no Brasil, o nome dele é Park Jimin, ele perdeu o voo de volta pra Coréia então resolvi pedir pra você acompanhar ele, é um país novo pra ele, tem algum problema?
Yang mi: Não tem problema não, é até melhor que agora eu tenho um companheiro de viajem.
Pai : Que bom, vou ligar pra ele e passar seu o número, e aliás ele só fala coreano, então que suas aulas com sua mãe tenham surgido efeito.
Yang mi : 좋아 아빠! ( tudo bem pai! )
Pai: Que bom, tchau flor, tenho que voltar a trabalhar aqui está de tarde
Yang mi: tchau appa!
*Ligação Off*
Agora sim vou poder comer meu salgado em paz, assim que comi todo o alimento o celular começa a tocar, pelo menos dessa vez esperaram eu comer.
*Ligação On*
Yang mi: Alô? - falei em português


Notas Finais


Obrigada por ler :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...