História My Life - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Karlie Kloss, Robert Downey Jr., Sandra Bullock, Selena Gomez, Taylor Swift, Tom Hiddleston
Personagens Karlie Kloss, Personagens Originais, Robert Downey Jr., Sandra Bullock, Selena Gomez, Taylor Swift, Tom Hiddleston
Tags Robert Downey Jr, Taylor Swift
Exibições 30
Palavras 830
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Famí­lia, Festa, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi, desculpa pela demora, espero que gostem e boa leitura.

Capítulo 5 - Você Sabia


Fanfic / Fanfiction My Life - Capítulo 5 - Você Sabia

   Já era 9:00 e dei graças a Deus por ser sábado, ficar um pouco longe daquele lugar cheio de livros mofados me fazia bem, estava na cama abraçada com o Tom, é meio óbvio o que aconteceu, não foi tão ruim como eu achei que seria, depois que o Tom acordou tomamos banho e depois café, ele me levou em casa e me disse que mais tarde poderíamos sair, concordei, entrei em casa e levo um susto quando vejo a minha mãe conversando com um homem, e não era um homem qualquer, era o Robert. O que ele faz aqui? Isso é perseguição, não tem outra explicação.

- Oi. -falei me intrometendo.

- Oi filha.

- Olá Taylor.

   Estou com vergonha e não sei porque.

- O que faz aqui Robert?

- Robert é amigo do seu pai.

- Como? -perguntei indignada. - Meu pai? Isso é sério?

- Sim, seu pai. - falou minha mãe.

- E como ele está?

- Ele morreu, tem uns 2 meses. -respondeu Robert.

   Não sabia o que dizer, nem explicar o que estou sentido, nunca vi meu pai, não tenho sentimentos nenhum por ele, porém estou triste, ele morreu e nunca vou poder dizer que conheci o meu pai.

- Não sei o que dizer, e também não tenho muito pra falar.

- Entendo. -falou a minha mãe.

- Você sabia sobre mim? -perguntei para Robert.

- Que você era filha dele? Não! Fui saber hoje, sabia da sua mãe, e esbarrei com ela e aqui estou.

- Filha o Robert vai ficar para o almoço, se quiser pode ficar também e fazer algumas perguntas, Robert não vai se incomodar, creio que não, não é Robert?

- Sem problemas.

   Robert não parecia muito animado, e mesmo ele não querendo minha mãe iria obrigá-lo, deixei eles conversando e fui para meu quarto, fiquei fazendo hora até a hora do almoço, quando faltava meia hora fui tomar banho. Sai do banheiro e me arrumei, desci e fui direto pra cozinha e lá estava os dois conversando. Minha mãe pediu licença e disse que iria "resolver alguns problemas", na verdade não tinha problema nenhum, era só uma desculpa pra me deixar sozinha com o Robert.

- Como conheceu o meu pai? -perguntei indo direto ao assunto.

- Ele era meu amigo de negócios.

- Eu não acredito que ele era rico e me deixou aqui com a minha mãe nessas condições. Você sabia que ele tinha uma filha?

- Claro que não, fui saber hoje!

- Está mentido.

- Ele comentou uma vez, só que ele não podia deixar a outra família dele.

- Você falou pra minha mãe que não sabia sobre mim!

- Vi sua mãe uma única vez até hoje, agora é a segunda.... Quando seu pai levou ela para Los Angeles, ficaram uns três dia e...

- MINHA MÃE JÁ FOI PRA LOS ANGELES? ELA ME DISSE QUE NUNCA SAIU DAQUI!

- Fale um pouco mais baixo! Me deixe terminar, nesse tempo que seus pais ficaram em Los Angeles, Christian me apresentou a Sandra, não sei o que houve, eles voltaram para Nashville e depois ele voltou para Los Angeles e disse que tinha acabado, algum tempo depois ele me disse que sua mãe estava grávida, mas ele não podia voltar.

- Eu tenho irmãos?

- Sim.

- Se aposentou depois que meu pai morreu?

- Já era costume eu viajar muito, a maioria das vezes a trabalho, eu e ele tínhamos negócios juntos e depois que ele morreu não tenho motivos parar continuar e aqui estou, não esperava encontrar sua mãe e não fazia idéia que você era filha do Christian, só sabia que ele tinha uma filha.

- Veio para Nashville apenas por curiosidade, ou eu seria o motivo?

- Curiosidade, eu não vim pra cá por você, pra falar a verdade eu achei que sua mãe tinha ido embora, mas admito que assim que cheguei aqui lembrei do seu pai, e da Sandra.

- Não acredito que meu pai era rico e ele podia ter me tirado daqui, só que pelo jeito ele não valia a pena já que traia a esposa e já tinha família, e provavelmente minha mãe nunca soube que ele era casado.

- Eu sinto muito Taylor.

- É, eu também, isso é tudo tão estranho, um desconhecido na cidade que conhece meu pai e minha mãe.

- Conheço seus irmãos também.

- São quantos?

- Dois, ambos homens.

- Eles sabem sobre mim?

- Não, entretanto, se quiser eles podem.

   E mais uma vez Robert me deixa confusa.

- Seja mais específico.

- Conhecer a sua outra família, agora sim é uma proposta, ou quase, depende do seu ponto de vista.

- Eu aceito.

   Minha mãe provavelmente não vai apoiar, Tom vai querer me matar e Selena vai enlouquecer, só que essa é a minha chance, e sinceramente eu não ligo, aceitei sabendo que não vou me arrepender.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...