História My life... - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Deidara, Hidan, Itachi Uchiha, Jiraiya, Kisame Hoshigaki, Konan, Naruto Uzumaki, Pain
Tags Ação, Etc, Naruto
Exibições 8
Palavras 2.719
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Hentai, Luta, Romance e Novela, Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi gente esse foi mais um capitulo espero que gostem! Acho que domingo saí o capitulo novo, espero que gostem!

Capítulo 8 - O que estou fazendo?


Fanfic / Fanfiction My life... - Capítulo 8 - O que estou fazendo?

AYAME FALANDO:

Acordei um pouco nervosa, mas não deixei com que isso me chateasse então me levantei,tomei café e tomei um banho bem quente pra ficar preparada para invadir a toca do Orochimaru. Sei que vocês devem estar me chamando de louca,mas eu preciso fazer isso senão nunca mais terei chance de salvar o garoto!

Depois de me arrumar fui até onde o byakugan (sim eu tenho a porcaria do byakugan,) me mostrou o tanto de chakra que ele possuia e só pra constar era chakra pra caralho ele tinha pra dar e pra vender!

Entrei era uma toca imensa, até que ouvi vozes de uma sala e para que não me vessem fiquei no canto tentando ouvir oque estava dizendo.

??: Coma logo, mestre Orochimaru precisa de você ainda vivo!

??: Talvez eu não queira estar vivo!- gritou o outro retrucando.

Agora perguntei a mim mesma, quem não quer estar vivo?

??: Seu Mashiba idiota como ousa aumentar o tom de voz comigo!- tornou a falar o outro.

Bingo achei oque eu queria! Quem diria que seria tão fácil! Quando entrei na sala me deu um ódio, pois lá estava um cara de óculos com a mão levantada como se fosse dar um tapa no garoto acorrentado que tinha o cabelo preto e os olhos azuis, claro que aquela era o Mashiba, mas eu não sabia quem era o cara de óculos, até que chegou um cara pálido  de cabelos longos que com certeza era o Orochimaru, aquele chakra que vinha dele era enorme a posse de um Sennin lendário no qual me surpreendeu muito, a é esqueci de falar que eu estava com o sharingan ativado.

Orochimaru: Kabuto abaixe essa mão agora- disse colocando a mão em meu obro- Não viu a linda Uchiha conosco?

Ayame: Uchiha? Sou uma Mashiba, mas eu copio os jutsus apenas olhando, então consegui copiar o sharingan!

O filho da puta chamado Kabuto não abaixou a mão porcaria nenhuma.

Orochimaru: Isso é impressionante, mas depois conversamos, acho que ja deve saber quem sou, porem não sei quem é você!

Ayame: Sou Ayame Mashiba, mas quem é aquele ali acorrentado?

Kabuto: Esse imprudente é Hiroshi Mashiba!

Ayame: Primeiro ele tem boca não precisava se intrometer, segundo, senão abaixar essa mão eu vou abaixa-la pra você e eu quero ver você levantar ela novamente!- falei apertando os punhos.

O filho da puta deu um tapa na cara do Hiroshi e naquela mesma hora meu Manguekiô se ativou e eu não consegui controlar o Susano'o azul que saiu com armadura e tudo, mas os outros não apareceram, eu quebrei a toca toda fazendo ficar uma cratera imensa no chão e meu Susano'o estava tão grande que mal dava para ver o chão, o que eu não intendi foi que sozinho ele pegou os três em sua mão os apertando, daí tomei o controle e coloquei o Orochimaru e o Hiroshi no ombro dele, mas o Kabuto eu continuei apertando! 

Ayame: Como você ousa encostar a mão em um Mashiba na minha frente!?

Orochimaru: Isso é divino é o poder desejável!- disse sorrindo e subindo na cabeça do Susano'o ficando ao meu lado junto com Hiroshi que ficava caldo- Agora é sua chance mostre a ele com quem mexeu, mate-o!

Kabuto: Orochimaru-sama  como pode fazer isso comigo?

Ayame: Você tem sorte que não gosto de vingança!- o  susano'o nos colocou no chão,mas continuou de pé e ativo- Orochimaru disse que achava isso impressionante, o que acha o isso?

Naquele momento apareceu o susano'o verde e a Susan parados ao lado do azul.

Orochimaru: Todos são seus?- disse surpreso com os olhos brilhando.

Ayame: Sim! Eu ainda não acabei!- eu o puxei para perto do meu rosto fazendo com que ele olhasse o sharingan e entrasse dentro da minha mente.

Orochimaru: Onde estou?

Ayame: Na minha mente!- Disse o ajudando a levantar de um tanto de água- Vou te mostrar oque eu tenho selado em mim, digamos que antes que eu pudesse conhecer os Uchihas os Mashibas me deram um presente!

Orochimaru: Que presente?- disse enquanto andavamos até que chegamos ao um portão onde  a Juubi deitada- O chakra de todas as bijus!

Ayame: ACERTOU- gritei para que a Juubi acordasse, e deu certo ela acordou se levantou e deu um rugido que nos mandou longe fazendo com que nós voltássemos ao normal e caíssemos no chão rindo.

Orochimaru: Isso é incrível e você ainda pode copiar qualquer jutsu apenas olhando.

Ayame: Só pra constar não tenho limite!

Kabuto: E o que está fazendo aqui?

Não tulerava a voz daquele chato, então dei uma rasteira nele fazendo com que caísse de cara no chão. Pisei em umas de suas mão e na que ele deu o tapa na cara do Hiroshi eu segurei, torci e pisei no ombro.

Orochimaru: Kabuto se eu fosse você pedia desculpas. Caso ela puxe seu braço ele vai quebrar.- disse com um sorriso na face.

Kabuto: Desculpa!- gritou desesperado.

Ayame: Sei que eu disse que não gosto de vingança, mas desculpas não faz ninguem voltar no tempo e concertar o erro que cometeu!- Após dizer isso dei um arranco com tanta vontade que quebrou seu braço em instantes.

Kabuto: AAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHH!- gritou ele e eu saí de cima.

Ayame: Isso é só pra você aprender a não mexer com nenhum Mashiba!

Fui até Hiroshi o ajudei a se levantar e desativei o sharingan.

Orochimaru: Onde pensa que vocês vão?- eu olhei para traz surpresa por ele está calmo- Meu deus! Seus olhos são mais azuis do que todos os oceanos do mundo!

Ayame: Nós vamos embora! E obrgada pelo elogio, mas não precisa exagerar!

Orochimaru: Então você veio resgatar o segundo membro de seu clã?- Eu balancei a cabeça dizendo que sim- Pois bem ele pode ir embora!

Kabuto: Mestre Orochimaru...

Orochimaru: Cale-se! Mas vai ter que ser feita uma troca!

Ayame: Se ele puder ir embora não haverá problemas!

Hiroshi: Garota eu até poderia dizer que não precisava, pois já sabemos que ele quer você em troca de mim, mas você merece ficar com um lixo igual a ele!

Ayame: Você me viu quando eu assassinei o clã?

Hiroshi: Como eu esqueceria a cara da merda que matou a minha mãe na minha frente?

Ayame: Eu te vi debaixo da mesa e naquela hora que eu bati a cabeça dela dentro do forno pensei que você tava morto!

Hiroshi: Como você pode fazer isso?- disse tentando me dar um soco, mas eu desviei- Você sempre está ao lado dos Uchihas ?

Ayame: Olha só pra mim não foi fácil e os Uchihas estão todos mortos- ele parou surpreso- Não sabia disso?

Hiroshi: Vamos embora logo!- disse puxando meu braço.

Orochimaru: Antes, a garota fica!

Ayame: Primeiro só quero saber se não vou ficar em cativeiro igual ele?

Orochimaru:  Claro que não! Necessito do seu poder e de alguem fiel.

Ayame: Como pode confiar que eu seja fiel?

Orochimaru: Você nem me conhece direito e me mostrou todo seu poder, eu acho que isso é suficiente!

Ayame: Tem razão, mas antes vou mostrar ao Hiroshi a casa que possa ficar e já, já volto!

Ele fez que sim com a cabeça e nós fomos embora sem nem se preocupar com o resto e o Hiroshi ficou me encarando por enquanto me seguia e eu não paro de pensar como fui tão confiante no Orochimaru ao ponto dele me querer perto dele.

Hiroshi: Sabe eu devo-lhe desculpas- disse por enquanto pulava de árvore em árvore.

Ayame: Na verdade eu que lhe devo,mas por enquanto estiver com o Orochimaru não quero que conte a ninguem sobre minha localização!

Hiroshi: Mas por que? Você não contou a ninguem sobre o assassino do clã?

Ayame: Não! Então por favor não conte!

Hiroshi: Tudo bem!

Depois de muita correria chegamos a minha casa, entramos e eu mostrei a casa pra ele e também ensinei a senha do cofre e por enquanto estávamos na sala sentados ele tentou puxar assunto....

Hiroshi: aYAME, VOCÊ TEM QUANTOS ANOS?

Ayame: Tenho 12 e você- antes que ele abrisse a boca já o interrompi- Não, não deixa que eu adivinho,13?

Hiroshi: Sim! Você é uma Mashiba impressionante!

Ayame: Obrigado, você também é impressionante!

Hiroshi: Não fiz nada até agora como sou impressionante?

Ayame: Primeiro, você sobreviveu aos maus tratos do Orochimaru, segundo, eu ja vi que você invoca cobras principalmente uma azul!

Hiroshi: Como sabe disso?

Ayame: Tem tanto jutsu no meu corpo que eu nem sei oque eu faço pra descobrir as coisas- eu olhei pra ele e sorri- Agora tenho que ir até o Orochimaru então, tchau!

Me levantei dei um beijo em sua bochecha e o vi ficar corado e era tão fofo, mas o que eu estou dizendo?

Hiroshi: Tchau! E obrigado por me salvar!

Ayame: Não foi nada!

Hiroshi: Foi sim e sabe eu posso fazer uma coisa pra agradecer?

Eu olhei para o relogio e já tinha se passado 25 minutos que saimos de perto do Orochimaru...

Ayame: Por que não faz outro dia? Agora estou muito atrasada!

Eu tentei sair correndo, mas ele se levantou do sofá e segurou meu braço.

Hiroshi: Espera é rapido- disse ele me puxando e me beijando na boca, enfiando a lingua dentro da minha boca, era um beijo quente e tão gostoso depois quando precisou de folego soltou-sse da minha boca e me abraçou dizendo baixinho no meu ouvido- Obrigado!

Na mesma hora fiquei corada, mas não neguei o abraço eu o abracei passando meus braços em torna da sua nuca.

Ayame: Bom se era só isso eu tenho que ir agora- disse o soltando e saindo dali.

Hiroshi: Só foi dessa vez te garanto que jamais farei isso de novo!

Eu saí sorrindo e vermelha, meu deus será que ficou tão na cara que eu gostei disso mais que ele? Ja sei oque deve ta pesando, "você não tem idade pra isso", mas coopera comigo caramba!

Depois cheguei no Orochimaru ele estava com as pernas de cobra fiquei surpresa, mas não assustada! Pois os três Sennins lendários eram a cobra, o sapo e o outro eu esqueci, a tanto faz ela era inutil mesmo!

Ayame: Onde vamos?- disse andando ao seu lado e o Kabuto do outro.

Oorchimaru:  Vamos ver outros esconderijos meus!

Kabuto: Garota por que você não fica calda?

Só de olhar pra ele vi o pulo que deu de medo e ele colocar a mão no braço quebrado.

Ayame: Primeiro temos que ver uns dos seus esconderijos que tenha algum ninja-medico que possa curar o braço do Kabuto, mas se eu fosse ele eu ficaria por lá senão vai ter que ir naquele lugar toda hora se depender de mim.

Orochimaru: Não iria me incomodar se você quiser matá-lo - disse rindo.

Kabuto: Mestre Orochimaru como você pode deixar com que esse demônio fique solto?

Ayame: Demônio?- eu só levantei a mão e uma cachoeira ao nosso lado saiu toda do lugar se transformando em flechas que sercaram o Kabuto- Repita essa palavra novamente!

Orochimaru: Você só me surpreende mais e mais- disse com um sorriso na face.

Ayame: Eu posso te curar com a água ou eu posso arrancar sua cabeça fora, o que escolhe?

Kabuto: Nenhum dos dois eu não quero a porcaria da sua ajuda!- disse segurando  o braço.

Ayame: Ta bom, mas você conhesse os jutsus do primeiro Hokage?

Orochimaru: O da madeira?

Ayame: Exato!!!- disse fazendo com que saísse madeira do chão e o puxasse para baixo da terra.

Orochimaru: Isso é impressionante,mas o traga de volta!- disse se virando e saiu andando e eu fiz um sinal de mão e a água voltou a ser a cachoeira.

Ayame: Estilo terra, jutsu parede dos mil metros...

Na mesma hora se levantou um muro enorme do qual o kabuto estava no meio.

Ayame: Anda logo vamos embora!

Ele saiu da terra ainda machucado e nós fomos até uma ilha no meio do mar onde era outra caverna enorme, mas esse tinha mais gente tudo presas em celas.

Ayame: Quem são esses?- disse puxando sua mão.

Orochimaru: São todos erros que eu preciso consertar e é por isso que preciso de você há um jutsu que eu não consigo copiar e você pode fazer isso para salvar todos aqui!

Por enquanto andavamos via todos da cela se afastarem das grades quando o Orochimaru passava.

Ayame: O que você fez com eles? Não me diga nada, pois dá pra ver no olhar deles o medo de você!!

Orochimaru: Vou te mostrar, mas só quero saber se você consegue ver sangue?

Nós ficamos parados nos encarando e eu não conseguia responder, pois a ultima vez que vi sangue foi na exterminação do clã!

Kabuto: KARIN!- gritou ao ver uma garota ruiva com marcas de mordida por todo corpo.

Karin: O que foi seu escandaloso?

Ele correu até ela e segurou seu braço naquele instante eu vi células curativas por todo seu corpo ,pois ativei o sharingan antes que ele a mordesse eu fiz um sinal de mão.

Ayame: Estilo areia, captura do inimigo.- começou a levantar cada grão de poeira envouveu o Kabuto- Eu vou ver se consigo ver sangue- disse fechando a mão o apertando fazendo o caixão de areia do Gaara, sim eu conheço o Gaara.

Orochimaru: Você é mau vou pegar uns dos prisioneiros e depois a Karin te mostrará onde eu estarei, mas por enquanto o Kabuto já sofreu o bastante por favor o cure!

Ayame: Vou pensar nisso!- disse com um sorriso na face.

Depois ele entrou em uma sala e eu fui até o Kabuto e Karin que estava sentada no chão com a mão na boca.

Karin: O que vai fazer com ele?

Ayame: Curar!- o peguei pelo cabelo e sai dali o arrastando até que cheguei em do lado de fora e joguei seu corpo no mar.

Karin: Pensei que ia o salvar, não o matar de uma vez.

Fiquei parada de braços cruzados quando de repente ele saiu da água andando perfeitamente com todos os ferimentos curados.

Ayame: Sabe você bem assim me da até nojo!

Kabuto: Sua vadia!

Corri e dei um mortal o dando um chute na face o mandando para o mar novamente.

Ayame: HAHAHAHA- ri maligamente- Agora você fica esperto comigo!- me virei e puxei a Karin e novamente ele saiu da água curado- Me mostre cadê o Orochimaru!

Ela estava tremendo,mas não exitou e me mostrou uma sala onde Orochimaru estava sentado eu entrei e ela fechou a porta.

Ayame: pode me mostrar o que é?

Orochimaru: Copie esse jutsu- disse me mostrando um livro onde tinha um jutsu de sugar sangue eu não entendi muito,mas copiei.

Ayame: Pronto!- de repente minha cabeça começou a doer pra caralho, assim como meus dentes nunca tinha doido assim até quando eu copiei o sharingan.

Orochimaru: Venha!- disse se levantando e andando até uma mesa onde havia um homem amarrado - Está vendo essa marca no seu pescoço? Isso é a marca da maldição, ninguem sobrevive a isso, mas você pode!

Ele me mordeu no pescoço e naquela hora minhas pernas ficaram tremulas então me ajoelhei e  coloquei a mão na minha nuca que estava queimando e com dois furinhos sangrando.

Ayame: O que ta acontecendo?- não sei oque doi mais os dentes a cabeça ou o pescoço?- AAAAAAAHHHHH- soltei um grito.

Orochimaru: Você quer acabar com essa dor?

Ayame: CLARO QUE QUERO- coloquei a mão no rosto abaixando a cabeça.

Orochimaru:  Beba isso- Olhei em volta não havia água nem bebida alguma, até que ele cortou o homem na mesa.

Ayame: Seu louco você quer que eu beba sangue?

Orochimaru: Vou sair daqui até que decida viver beba rapido! Não quero que se machuque até porquê j´pa estava de olho em você desde o dia em que me viu no cimiterio!

Ele saiu da sala e só ficou eu com aquele cheiro maravilhoso de sangue e cada gota que caia no chão era tentador não consegui me segurar e logo mordi o braço do homem e comecei a ouvir o seus gritos até que foram ficando mais fracos e acabaram com a morte dele, eu não conseguia parar de tomar aquilo era tão quente e vicioso e o gosto era tão bom, meu deus o que estou dizendo? Por favor alguem me ajuda?


Notas Finais


Bjs gatinhos e gatinhas!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...