História My Life - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Visualizações 23
Palavras 1.066
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Famí­lia, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - Ja começou o Inferno?!


 Ola eu sou Dulce, mas creio que você ja me conhece, bem na verdade eu mudei e muito...

 Eu estou com 14 anos de idade e moro em Nova York, meu pais sao Luana Smith e Castiel Collins...

 Sabe, eu sempre tive um certo medo de crescer, mas com meu amigo Thomas deixa tudo fica mais facil pois sempre esta comigo...

 Ah! Quem é Thomas?, Thomas é meu melhor amigo e filho de Viollet e Lysandre, meus padrinhos...

 Mas agora chega de enrolação, ate porque  ta na hora de acordar...

       
 Fui ate o banheiro e fiz minha igienes matinais, coloquei uma calça jeans cintura alta, uma camiseta branca, uma blusa de frio fina por cima e uma botinha de cano curto, amarrei meu cabelo em um rabo de cavalo, passei um batom rosa e desci...

Dulce - Oi mae

Luana - Bom dia filha, seu pai ja foi mas te mandou um beijao...

 Bem minha mae é super doce, e nao sei como mais continua tao linda quanto antes, so cortou o cabelo, meu pai é um pouco mais serio mas é super gentil comigo...

Dulce - Mamae eu ja vou indo pra escola ok(digo enfiando um pedaço dr bolo na boca)

Luana - Ok filha, tchauzinho, te amo(ela diz me dando um beijo)

 Sai de casa e começei a andar enquanto admirava os pessegueiros que estavam florescendo...

Thomas - Bom dia pequena(ele diz me abraçando por tras)

Dulce - AAAHH(dou um pulo) você é louco é thomas?

Thomas - Fica calma(ele diz se colocando do meu lado e abraçando meus ombros) pronta para o primeiro dia de aula na nova sala?

 Dulce - Você sabe que eu nao ligo pra isso de primeiro dia de aula, mas confesso que o friozinho se colocou na minha barriga(digo colocando a mao na minha barriga) que pena que você nao esta na minha sala, maldita idade a mais(cruzo os braços)

Thomas - hahahaha, que fofa gente, me ama tanto assim?

 Dulce - s-sim(digo quase como um sussuro)

 Começei a sentir minhas bochechas esquentarem, ele sabe mesmo como me deixar envergonhada

Thomas - vamos andar mais rapido, temos 5 minutos pra chegar na escola

Dulce - Entao vem me pegar(digo saindo de seus braços e começando a correr)

 Eu corri muito ate que eu cheguei na esquina da escola, me escondi atras da arvore aue estava ali e segundos depois eu vi Thomas que tava me procurando com os olhos, contei ate tres e pulei de tras da arvore gritando "BUUU"

Dulce - Hahahahaahahahahahahahaha

Thomas - Eu vou te pegar(ele diz vindo correndo ate mim)

Dulce - Naao

 Era tarde demais, Thomas fez como sempre fazia, me colocou no seu ombro, ele segurava minhas pernas enquanto a outra parte do meu corpo estava atras

Dulce - Me soolltaaaa Thomaass

Thomas - espera, estamos quase chegando na escola

 E foi assim, ele me carregou ate a escola, sorte dele que eu nao sou pesada, quando chegamos no portao ele me colocou no chao, eu dei um tapa fraco em seu braço e fiz bico e ele riu...

  Quando entramos na escola eu fiquei de boca aberta, tinha muita gente nova esse ano

Dulce - Nossa Thomas, quanta gente(digo mordendo o labio inferior)

Thomas - Fica tranquila eu vou esta com você(ele diz abraçando meus ombros)

Dulce - ta vendo porque eu te amo(digo o puxando para um abraço em meio a toda aquela gente) você esta sempre comigo, durante essa pessima fase chamada CRESCER(digo perto do seu ouvido)


 Quando Thomas me soltou meus olhos se recairam em um garoto lindo loirinho dos olhos azuis com labios carnudos e rosados...

Dulce - UAU, Thomas olha que garoto maravilhoso


 Vi que Thomas adiquiriu uma cara triste, aue bicho mordeu meu BFF?!

Dulce - oque que tu tem?

Thomas - Nada, vem temos que ir pra quadra, lra diretor dizer o seu discurso dr sempre(ele fala desanimado)

Dulce - Ok, entao vamos(digo abraçando sua cintura de lado)


 Quando eu passei por aquele lindo garoto nao pudi esconder o grande sorriso, cara como ele era lindo ainda mais com aquele moleton dr jogador de futebol americano...

 Fomos pra quadra e a diretora fez seu chatissimo discurso e depois fomos para as paredes ver em que sala cada um estava...

Dulce - Que saco, eu queria tanto estar com voce(digo cruzando os braços)eu odeio ter 14 anos *bufo*

Thomas - Ai, Ai

Eu estava saindo dali com Thomas quando alguem esbarra em mim deixando os livros que estavam na minha mao cair, eu abaixei pra recolher e thomas veio me ajudar, mas eu percebi que tinha mais de quatro maos ali, tinha seis maos?!, quando olhei um pouco pro alto eu vi ele, o garoto lindo

Miguel - desculpa

Dulce - Nao tem nada(sorrio envergonhada) muito prazer eu sou Dulce Maria

Miguel - nome meio infantil mas você é bonita

Dulce - O-obrigada... eu acho(digo baixo)

Miguel - Sou Miguel(ele sorri de lado) nos vemos depois baixinha

 Eu estava pasma, nao sei se de felicidade por ele ter falado comigo ou de raiva por ele falar que meu nome era infantil, eu estava la que nem estatua mas sai do meu "tranze" quando Thomas começou a tossir de proposito

Thomas - Vamos?

Dulce - uhum...

 
Abraçei a cintura de Thomas e começamos a andar, quando chegamos em frente a sala dele uma garota o cutucou, ele se virou para o lado se soltando do nosso abraço...

Thomas - Sim?

Nina - Ola(ela da um sorriso fofo) sou Nina muito prazer

Thomas - Oi sou Thomas

Nina - Você é dessa sala?(ela aponta pra porta a nossa frente)

Thomas - Sim

Nina - entao vem comigo(ela diz agarrando o pulso dele e o puxando para dentro)

Dulce - Tchau Thomas(sussuro triste)

 Eu fui andando para minha sala com um certo odio daquela garota metida a lolita ridicula, entrei na minha sala e um vazio me percorreu, eu nao conhecia absolutamente ninguem, as salas foram mudadas radicalmente...

 Me sentei na cadeira da frente perto de uma garota que estava passando batom...

Priscila - rum-hum, esse lugar é meu

Dulce - Serio?! Mas cade seu nome?

Priscila - eu tenho mais outoridade que você, sou filha da professora querida

Dulce - Nao me importa

Priscila - vaza agora(na mesma hora entrou a professora) olha so minha mae

Bufei contrariada e fui pra carteira atras...

 Ja começou o inferno...


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...