História My life changed for you (Imagine: Suga) - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 16
Palavras 884
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Romance e Novela
Avisos: Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 10 - Só piora...


Fanfic / Fanfiction My life changed for you (Imagine: Suga) - Capítulo 10 - Só piora...


Quando chego no quarto já tento ir em direção ao meu celular, não sabia como usar a cadeira de rodas, então apenas fico lá parada tentando mover aquela coisa.

Namjoon – Acho melhor você ir descansar em vez de fazer esforço, aliás, você fez esforço hoje e não acabou nada bem.

Kim – Tem razão... Desculpe. Você pode me levar apenas ao banheiro? Preciso me trocar.

Namjoon – Você vai conseguir sozinha?

Kim – Preciso conseguir.

Namjoon – Não tranque a porta, qualquer coisa me chame!

Kim - O-ok...

Achei estranho ele se oferecer assim, ele mal me conhece!. Mas enfim, ele me ajuda a pegar minhas roupas e me leva ao banheiro e fecha a porta. Foi difícil mas consegui, nada tão complicado assim.

Assim que acabo o chamo e ele me leva para cama, gentilmente (até meio estranho), ele me ergue e coloca na cama, não demorando muito, adormeço.

-No dia seguinte-

Levanto com um pouco de dor, eu me mexi um pouco enquanto dormia, me fazendo forçar meu joelho, mas nada grave. Namjoon ainda estava dormindo, e como não consigo sair da cama sozinha, apenas faço o que já queria fazer ontem, pego meu celular ao meu lado no criado-mudo e vejo as 5 mensagens de Yoongi, me sinto triste de não ter visto antes, mas eu ainda estava nervosa.

Docinho: Kim?

Docinho: Kim por favor me responde! Eu sei que errei falando com você daquele jeito! Mas não posso ficar longe de você...

Docinho: Não que você seja obrigada a ficar comigo, quer dizer, que seja obrigada a me ter do seu lado, aish...

Docinho: Que você precise do seu amigo ao seu lado! Isso que quis dizer! Eu só espero que você me perdoe e, que compreenda meu erro, por favor, preciso que você volte!

Aigo... Yoongi parece estar realmente preocupado, eu sou uma burra mesmo, devia o ter escutado! Agora meu tio ressurge das cinzas e aqui estou, o pior de tudo, é que não sei se posso solicitar outra transferência, muito menos no meu estado atual. Além de que já é metade do ano e, quem sabe terei que primeiro terminar esse ano nessa escola.

Não sei o que faço, só sei de que eu preciso falar com o Yoongi! Preciso da ajuda dele... Já sei!

Kim: Yoongi.. Me perdoe você, acho que fui mais grossa que o normal, mas preciso falar sério com você, e pessoalmente, pode vir me encontrar? Visitas são aceitas aos finais de semana e, quando se está de repouso.

Kim: É urgente!

Eu estava totalmente focada no celular que nem vi Namjoon se levantar e, quando percebo ele me chama com a porta aberta e um vaso de vidro e uma rosa azul junto a um bilhete pequeno.

Namjoon – acho que isto é seu.

Na hora me desespero, penso que pode ser aquele desgraçado do Jin, mas, graças a Deus não é, pelo o que leio no cartão quando Namjoon me entrega, é do Yoongi.

No cartão dizia:

Me perdoe Kim, sei que pode estar brava comigo ainda e quem sabe jogar esse vaso no chão com todas as suas forças, mas este é meu pedido de desculpas.

Que fofo! Nunca pensei que um dia iria ter alguém se importando tanto assim comigo e... – O celular vibra – Deve ser ele! Rapidamente pego o celular e vejo:

Docinho: É claro! Posso cabular aula hoje se quiser mas, ainda não é final de semana.

Kim: É... Eu sei disso, porém estou de repouso e você pode vir me ver, estou no quarto 104.

Docinho: Como assim de repouso!? Você está bem? O que houve?

Kim: Te explico assim que chegar, agora venha logo!

Docinho: Ok, estou a caminho.

Consegui! Ele irá vir, que bom! Agora eu apenas espero por ele.

Namjoon – Kim, eu preciso ir pra aula, precisa de alguma coisa?

Kim – Não, estou bem obrigada!

Namjoon – De nada, qualquer coisa...

Kim – Eu te chamo, eu sei, tenho seu número.

Namjoon - T-tudo bem, então já vou indo, annyeong!

Kim – Annyeong.

Espero algum tempo e ouço alguém bater, finalmente, já iria tirar um cochilo.

Kim – Entre!

Mas o quê!? O que ele faz aqui?

Jin – Olá querida sobrinha! – Ele chega com aquela típica feição de malicia.

Kim – O que faz aqui? Já não disse pra me deixar em paz?

Jin – E eu já não te disse que sou o enfermeiro da escola? Preciso saber se você está bem e, aliás, que tal trocar esse pijama?

Kim – Eu sei muito bem me trocar sozinha! Se veio me examinar, então faça o que tem de fazer logo e vá embora!

Jin – Você mudou bastante, hein? Perdeu inclusive o respeito com os mais velhos.

Kim – E você não mudou nada, continua o mesmo tarado de sempre!

Jin – Cuidado com suas palavras, garota!

Kim – Ou o que? Irá fazer o mesmo que fez um dia? Abusar de mim?

Jin – Você duvida? No momento você não tem condições de se levantar, e estamos num quarto que eu posso muito bem fechar!

Kim – É... – abaixo a cabeça – não sei o que dizer.

Jin – Nem precisa, porque vou te dar um segundo motivo para não andar!

Kim – NÃO POR FAVOR! – grito.

Jin vem a minha direção e tampa minha boca com suas mãos.

Jin – Shh... Agora somos apenas eu e você!

Fim do 10° capítulo. Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...