História My Life Criminal - Capítulo 28


Escrita por: ~

Postado
Categorias Barbara Palvin, Justin Bieber
Tags Criminal
Visualizações 202
Palavras 3.039
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Crossover, Famí­lia, Luta, Policial, Romance e Novela, Violência

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa Leitura❤
Notas finais❤

Capítulo 28 - Voltando No Passado I


Cheguei no barzinho de luxo, que tenho e os dois inúteis estavam lá sentado e bêbedo meu Whisky importado, espero que essas porras tenham armas competentes. Não tenho nem um pouco de medo de enfia no cu desses inúteis fui chegando perto dos imprestáveis eles levantaram na hora pegando na minha mão e me cumprimentando, nem peguei a mão daqueles imprestáveis apenas assenti com a cabeça pra que eles sentasem de volta, não to afim de perde meu tempo com isso aqui tenho coisas mais importantes pra fazer tipo come uma virgem e ver ela chora por ter feito isso simples assim.

Vamos ao que interresa, espero que tenha armas que me surpreenda- disse rude.

Certo sr.bieber, temos vários modelos de armas mais chego uma extremamente especial a Dsr-presion Dsr 50 sniper rifle, essa belezinha e capaz destruir carros e helicópteros-

Humm interessante, quero 10000 dela, mais 9000 AK, 10000 Heclerk- disse por fim.

Certo Sr.Bieber, na terça o carregamento do Sr. Chega- apenas assenti com a cabeça e fui em direção as escadas do meu barzinho muitos magnatas ser reunia aqui, pra joga bebé as vezes mandava algumas vadias pra cá.
      Entrei no escritório que tinha aqui e olhei alguns papéis, ta tudo em seu perfeito estado e tudo organizado, fazia questão de cuida do barzinho foi o primeiro negócio que montei quando assumi o lugar do Inútil do Jeremy ainda bem que aquele imprestável morreu, nunca vou esquece do que fazia pra minha mãe ou para mim. Dei mais algumas olhadas nós papéis e olhei a hora, já era 19:00 mais tarde iria pra boate, mais antes preciso ver a Luna ser aquela vadia ta viva por mim que morra pra larga de ser vadia, sair do bar e fui em direção a mansão corria pela Atlanta como ser fosse um maluco mais só queria chega em casa logo pra ver a vadia dos olhos azuis. Estacionei de qual quer jeito e adentrei a mansão descendo indo direto pro porão abri a porta e lá estava ela com a roupa rasgada, suja e toda marcada eu definitivamente via a selena na Luna, isso me fazia sentir certa raiva e desconta tudo nela, cheguei perto e ela meio que ser afastou, não fiz nada simplesmente virei as costas e sair de lá. Subi as escadas indo em direção ao meu quarto, me joguei na cama exausto de roupa mesmo, olhei a hora e ainda era cedo pra está na boate. Tantas coisas que vem acontecendo durante os anos chega ser estranho, liguei a TV e tirei minha roupa ficando só de cueca, coloquei em um programa qual quer, quando vir já tinha apagado.
     Acordei com meu celular tocando, peguei o mesmo no criado mudo, olhei no viso era o Ryan, esqueci que a gente ia pra boate hoje pega umas vadias.

Fala- disse com a voz meia rouca de sono.

É seu viado esqueceu, que a gente ia pra boate, isso aqui ta um fervo altas gostosas- disse gritando por conta do barulho.

Já já colo ai viado, vou só toma um banho e to partindo. Aliás não posso fica muito tempo nem vocês amanhã tem reunião cedo e vamos implanta o chip no viadinho do Matt- disse e desliguei o celular na cara dele.
     Me sentei na cama e fiquei olhando pra frente, olhando pro nada pra ver ser despertava mais nada, já ser passava um dia que tranquei a Luna dentro do porão, acho que amanhã depois que chega daquela reunião inútil vou solta a luna. Levantei e fui em direção ao banheiro tirei minha cueca e entrei no box tomei um banho de uns 20 minutos sair enrolado com a toalha na cintura as gostas d' água descia pelo meu corpo molhando tudo molhando tudo, fui em direção a closet peguei uma camisa preta, uma calça da mesma cor e rasgada no joelho, peguei um tênis cinza da adidas, peguei minhas correntes de ouro, e meu rolex(Autora: pra quem não saber e um relógio super iper mega caro e foda) azul, depois de me vestir e coloca meu rolex e minhas correntes fui pro banheiro ajeitei meu topete, passei meu 220 é coloquei minha arma na cintura me olhei uma última vez no espelho, eu sou gostosão. Peguei minha cartela de cigarro e minha carteira desci as escadas correndo, olhando a hora no meu relógio era 00:46 fui em direção a garagem olhando todos os meus bebês, fui em direção ao chaveiro, é peguei a chave da minha lamborghini azul escura, alarmei a mesma destracando é entrando no meu bebê, acelerei saído da caragem os seguranças quando viram meu carro abriu o portão da mansão, peguei um cigarro e acendi o mesmo liguei o rádio e tava passando Tupac, fui ouvindo até chega na boate, as pessoas comia meu carro com os olhos, estacionei na minha vaga. Só via as pessoas na porta tentando entra e lotado de carro em frente a boate, sair do meu carro e bati o alarme fui em direção a entrada é o segurança me comprimento com a cabeça abaixando a mesma na hora, ouvi algumas pessoas reclamarem por esta furando a fila mal  sabiam que eu era o dono da porra toda é entrava a hora que eu queria nesse karalho, fui em direção ao bar que tava lotado, quando o bar men me viu veio me atendê logo esquecendo as pessoas que tinha pra atende, vir elas reclamarem.

Senhor Bieber, vai querer o de sempre?-

Sim- disse frio, o mesmo assentiu indo pega meu Whisky, quando ouviram senhor Bieber rapidinho pararam de reclamar pelo Bar Men ter vindo me atende primeiro. Ele me entregou meu Wisky e fui em direção a área privada que era só minha e dos mlks a outra parte era camarote, quem pagava mais caro pra fica no camarote, ficava de boa a bebida era open vip é o máximo naquela ala era apenas 100 pessoas em quanto lá em baixo era mais de 5 mil pessoas capacitado até 10 mil pessoas em um mesmo lugar fui em direção ao elevador que era privado apenas eu e os mlks subiam por ele tanto é que ficava dois segurança lá um em cada lado do elevador.

Sr.Bieber- um disse me cumprimentando e abaixando a cabeça, o outro apertou o botão e entrei no mesmo.

Tenha uma boa noite Sr.Bieber- disse o outro que tinha apertado o botão, não disse nada apenas entrei no elevador indo em direção a área privada, tenho uma medo da desgraça de elevado mais tenho que parece durão não sei por que essas porras quiseram coloca elevador aqui tenho fobia dessa porra, ouvi apita avisando que já tinha chegado no meu destino, de longe vir todos ali sentando cada um com duas vadias, fui andando em direção ao mlks onde no meio tinha o meu lugar que ninguém sentou.

Fala dude- disse Nolah na leseira esse ai ta mais drogado que tudo.

Salve irmão- Ryan fez um toqud comigo.

Fala viado- Chaz.

Sua mãe não me chamou de viado quando comi ela Chaz - disse rindo da cara que ele vez, olhei pro Chris o mesmo tava quase engolido uma vadia ali mesmo.

Tem quartos aqui Christian- disse rindo dos dois.

Que saber, to indo pra lá mesmo- disse levantando e puxando as duas com ele, vir o Chaz fazer o mesmo com as vadias que ele tava, ficando só eu, Ryan e Nolah que tava parecendo um mogol de tanta droga que uso, chegava ser engraçado a situação do mesmo, vir as vadias ser aproxima de mim é começa a beija meu pescoço, enfiei meu dedo na buceta de uma que já tava molhadinha, é o que não fiz nada só fiquei sentando é elas me beijando, vir uma Ruiva e a loira ser beijando na minha frente, os mlks tava ocupado demais pra ver o que as duas vadias tavam fazendo, levantei e puxei as quatro indo em direção aos quartos da boate, entrei no quarto sendo seguido pelas quatro gostosa, tirei minha roupa e me joguei na cama.

Me surpreenda- disse e vir as gostosas vindo na minha direção duas vinha na minha direção em quanto as outras duas ser pegava na minha frente, senti uma tira minha cueca e massageia o mesmo tirei a calcinha da loirinha e fiz ela senta na minha boca, chupava a buceta dela como ser fosse sorvete, via ela geme loucamente, mais nada comparado com os gemidos da Luna, vir que a loirinha ia chega no seu limite e tirei ela da minha boca, enfiando dois dedos na buceta dela, fui fazendo vai e vem rápido e ela gozou, vir as três chupando meu pau como set fosse um picolé, vir que tava chegando no meu limite e tirei as vadia de cima de mim, fiz a loirinha que tava chupando chupa a amiga dela em quanto comi as outras duas que tava ser pegando, ficamos nisso, até eu fazer cada uma goza, só ia para quanto tivesse satisfeito é quando as quatro tivesse gozado pelo menos uma vez, depois de umas 3 horas dentro do quarto, vestir a minha roupa e fiz as quatro vadia fazer o mesmo sair acompanho delas é fui em direção aos sofás onde já tava todo mundo lá zoando e bêbendo, sentei de volta no meu lugar e as vadias sentaram uma do lado da outra.

Porra dude quatro?- disse o Nolah fumando.

Esse e meu garoto do jeito que ensinei- disse Ryan todo orgulhoso.

Já comi cinco rapaz- disse chaz ser gabando.

Não consegue come nenhuma direito quanto mais cinco- Chris disse a gente começo a zoa o Chaz que também tava rindo que nem uma hiena, me servi um copo de Whisky e peguei meu cigarro, acendi o mesmo tragando e soltando a fumaça lentamente, olhei a hora no relógio já era 4:00, levantei do sofá, vendo os mlks me olhando.

To vazando quem ser atrasa pra reunião amanhã ta fudido- disse saindo vendo todo mundo bebé as bebeidas de vez , cheguei perto do elevador é um segurança apertou o emsmo, vir o mlks vindo tudo atrás correndo pra pega o elevador também, quando chego entrei e entro os quatro de vez, a boate ainda tava um fervo pessoas loucas, bêbadas, drogas, ser pegando a festa delas só iria acabar as 6:00 que e o horário que a boate definitivamente fechava, sair do elevador passando por aquelas pessoas e indo em direção ao meu carro, aqui fora ainda tinha gente pra karlho ouvindo música dançando fumando, destravei meu carro e vir os mlks fazerem o mesmo é o medo de morre ser não chega na reunião o horário combinado, liguei meu carro e fui rumo a mansão, corria feito um louco vendo os meninos me acompanhá já que moramos todos juntos, cheguei na mansão primeiro como sempre e fui entrando colocando pela primeira vez na vida meu carro na garagem não vou corre o risco desses filho da mãe bate no meu carro por estarem levemente alterado, estacionei meu carro, peguei minha arma no banco, meu celular e minha carteira, coloquei a chave no lugar dela e fui em direção a porta, que dava na cozinha. Vir que tinha coisas pra um sanduíche e fiz um pegando uma latinha de coca cola, sentei na bancada comendo no escuro mesmo por que a preguiça de acender a luz tava de mais, vir alguém chegar e acender a luz.

Ai que susto dude, ta comendo no escuro por que carai- Chaz

Por que tava com preguiça de acender a luz- disse olhando pra ele que fazia um sanduíche e pegava também uma latinha de coca cola, e sentando do meu lado.

Tem um dia que a vadia Luna ta no porão- disse meio bravo.

Porra dude a menina ta lá ainda sem come e suja- disse o Chaz putinho, esse arrombado ta preocupadinho demais pro meu gosto, só por isso ela vai fica lá mais um dia.

Tá e vai fica lá- disse rude, e acabando meu sanduíche e minha latinha de refri, sair em direção as escadas subindo pro meu quarto, abri a porta é já tava arrumado, aliás pago empregada pra isso mesmo, tirei minha blusa meu tênis é minha meia ficando só de cueca, liguei o ar no máximo é me enrolei, peguei meu celular é coloquei pra despertar umas 8:30, é fechei meus olhos quando fui ver já tava no terceiro sono.
    Acordei com um barulho estrodando no meu ouvido era a porra do despertador, sentei na cama é peguei o celular desligado o mesmo fui em direção ao banheiro mesmo que contra gosto, mais eu iria chega mais cedo, só pra não da o gostinho pra aqueles arrombado de fala pra ta aqui 9:30 e chega atrasado, tomei um banho gelado pra despertar, sentindo a dor de cabeça vindo logo em seguida, tomei um banho rápido e sair do chuveiro, fui pro closet e coloquei uma camisa branca, peguei um casaco de couro, coloquei uma calça branca e um tênis preto da nike não to afim de suja meus supras vir que tava com rolex no braço é as correntes não ia nem precisa coloca, fui em direção ao banheiro escovei meus dentes tomei um remédio pra dor de cabeça e desci as escadas indo pra sala de janta, onde ser encontrava o Ryan e o Chris, ah esses foram esperto.

Acho que não querem morre, muito bem- disse sentado na minha cadeira e me servindo uma xícara de café é pegando um pão.

Lógico dude, to muito novo pra morre preciso come muitas vadias ainda- Ryan falou, e Christian rio  concentrado em alguma coisa no notebook, tomei meu  café tranquilamente lendo jornal. Qual foi sou traficante mais tenho que fica sabendo das notícias do dia a dia, olhei o horário no relógio é já era 9:00 levantei pegando um pão de queijo é já indo em direção a garagem, peguei a chave do meu Mustang e entrei no mesmo cantando pneu.

Chaz Somers On.

   Depois de ter conversado com o Bieber na cozinha descobri que a Luna tava no porão é comecei a pensar, ser devia ou não tira a Luna do porão ela não merece fica presa como ser fosse um cachorro, não sei o motivo  pelo qual o Bieber tranco ela no porão, mais aposto que ele ser lembro daquela maldita da selena, mulher desgraçada só afundou nosso parça depois de anos que conseguimos trazê o Bieber de volta, e sua cede de vingança era muito grande, foi quando ele começou a querer mata todas as mulheres que ele via na frente, no começo eu é os meninos achava normal tipo é só por que ele ta com raiva,mais isso virou uma obceção é ninguém conseguia para, até que um dia ele colocou na mente que só ia mata quando sentisse desejo ou vontade, foram ai que diminuíram as mortes. Depois de levanta e escova meus dentes rapidamente desci pra cozinha falando com maria.

Maria, Bieber já saiu?-

Já sim Senhor Chaz-

Ótimo, vou tira a luna do porãoo agora mesmo, disse  e subindo correndo pra sala de gravações fazendo a gravação ser repetir por uns 10 minutos desliguei todas as câmeras, é vir Maria na entrada do porão entrei o mesmo fedia e a luna desacordado, sair correndo com ela, e a coloquei no meu carro, subi denovo ligando as câmeras é deixando tudo normal, quebrei o trinco do porão, é fui de volta pro meu carro que tava todo escuro, corria em direção ao meu apartamento, luna não falava nada muito menos eu por que sei que esse e um momento meio delicado pra  ela, estacionei o carro de mal jeito mesmo e apertei o botão do elevador novamente esvamos em silêncio, cheguei no apartamento conversamos  deixei ela tomando banho em quanto comia, por que tinha que ir pra porra do galpão ainda ser não vou morre antes da hora, depois de come esperei a luna, vir ela devorando minha geladeira fiz até uma brincadeira, na hora de sair ela entrou em pânico, quem não ficaria né, expliquei tudo direitinho é sair do apartamento, ainda ia ter que passar no shopping depois do galpão pra compra tudo que  prometi a luna, olhei no relógio faltava 10 minutos pra da 9:30 karalho vou te que voa, entrei no meu carro arrancado com com o mesmo, cheguei faltando exatamente 1 minuto e todos já estavam lá.

Achei que vou ia morre hoje Charles- disse o Bieber em um tom irônico.

Opa não foi dessa vez dude- disse triste fazendo biquinho.

Ótimo estão todos aqui na hora marcada, gosto disso. Agora vamos ao que nós interresa, hoje iremos implanta o chip no inútil que não vai ser tão inútil do matt, explica como vai ser Beadles- Bieber disse ser sentado no sofá fiz o mesmo só que me jogando.

Vai ser o seguinte a gente não vai abri o idiota do Matt,  a gente vai desmaiar ele é com uma linha bem fina iremos implanta o chip nele, o chip e pequeno não encomoda e não da pra saber que tem um chip na pessoa ao menos que ela faça um raio X to corpo todo ai sim vai detecta, mais qual quer coisa e só aperta esse botão aqui disse mostrando um botão vermelho, que tudo no corpo dele para é ele morre em menos de 1 minuto- disse finalizado.

É isso vai acontece agora- perguntei boiando.

Lógico Charles não e atoa que estamos aqui- disse o Bieber rude como sempre.
    Fomos em direção a onde o Matt tava é o palhaço tava bem dormindo bieber pegou uma agulha e penetrou no mesmo fazendo ele fica todo mole, pegamos ele e colocamos na sala de cirurgia, e o nosso médico já tava lá esperando deixamos ele todo travado é saímos começaram a implantação do chip, quando o celular do Bieber começa a toca descontrolamente.

Que foi porra, espero que seja algo muito importante por que to ocupado- disse rude, tentava não presta atenção mais tava difícil-

E O QUE COMO ESSA PIRANHA FUGIU DAI SEUS DESGRAÇADO, EU VOU METE UM TIRO NO CU DE CADA SEGURANÇA QUE NÃO PERCEBEU ESSA MERDA- é agora ele já descobriu que a luna fugiu que deus me proteja amém.

EU QUERO TODO MUNDO PROCURANDO ESSA CADELA PRA AGORA PRA HOJE SER ELA NÃO ME APARECE HOJE NA MINHA FRENTE EU MATO TODO MUNDO.....


Notas Finais


Meus amigooos volteeei, ei minhas gatinhas tudo bom com vocês, espero que tenha gostado desse cap que foi beeem longo, eu iria encaixar a luna ainda nesse cap, mais ficou pro outro. Vai rola muitos flashback ahauau

Amo vocês❤
Cometem❤
Favoritem❤
Plágio é crime🔫


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...