História My life is Sucks - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Depressão, Drama, Originais
Exibições 7
Palavras 693
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Hentai, Poesias, Romance e Novela, Violência
Avisos: Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Cap 2 anjos
Me digam se gostaram e oq vcs querem que aconteçam

Capítulo 2 - Parem por favor


Fanfic / Fanfiction My life is Sucks - Capítulo 2 - Parem por favor

Cap 2: Parem por favor

Oi Natsumi aqui. Hoje é um péssimo dia, pq vou ter que estudar em classe junto com os outros, antes tinha aula no meu quarto, mas ai o diretor disse que vai ser melhor para mim estudar juntamente aos outros, e acabei tendo que ir, só quero ver como vai ser, tenho nome da melhor personagem do mundo, porém não sou linda com a personagem, tenho cabeloa ruivos e olhos verdes, e acredite sou muito feia, de acordo com os medicos pela minbha altura meu peso esta otimo, dizem até que sou fitness mas me sinto muito gorda, mas bem chega de falar de mim e bora ir para aquele local tenebroso,  vesti um jeans comum, um moletom do pikachu e um allstar preto, chegando na sala sentei no fundo longe de todos, coloquei mei caderno e meu estojo na mesa,minha mesa estava limpinha, pq ngm sentava la, mas comecei a desenhar nela e rapidamente ela ja estva coberta por desenhos, todos ficavam virando para tras e ficavam me olhando, e a unica coisa que pensei foi eu sou tao feia que espanta qualquer um,e claro essa minha mania de pensar alto fez uma garota de cabelos loiros e olhos azuis disse:

-concordo com vc, vc é ridicula

não aguentei e sai chorando, enquanto saia vi a gatota levar uma bronca, seu nome é Ritchely, mas enfim fui correndo para meu quarto e fiquei me olhando e vi como eu sou feia, e ainda por cima me lembrei de tudo novamente, desabei nas lagrimas, o diretor havia entrado no mei quarto e escondido minhas laminas, entao quebrei meu apontador e me cortei, cortei meus dois braços, sei que e ruim mas me acalma, logo o diretor bateu na porta, limpei tudo rapidamente e abri a porta, só que me esqueci de colocar o moletom então ele viu, e disse:

-De novo Nat
Então ey disse:
-Desculpa mas, eu não consigo, todo hora me lembro daquilo e todos me julgando eu não aguento, eu sou um lixo de pessoa-Voltei a chorar
-Você sabe que não é, e que eu quero muito te ajudar, custe o que custar, vou estar sempre com você- ele me abraçou
Eu fiquei supresa, pq eu sempre considerei o diretor como um pai, mas não sabia que era pra tanto assim, realmente achei que eu estivesse sozinha no mundo
Então ele me pediu pra voltar pra aula, voltei pra aula e uma colega da Ritchely chamada Guiulia (assim mesmo bem estranho com Gui)disse:
-ja acabou de se cortar feiosa? Tava tão bom sem você- e fez uma cara de triste
Mostrei o dedo do meio pra ela me sentei, assisti a aula e na hora do intervalo deram pão de batata, peguei um e fui para o lado de fora, o que não esperava é que Ritchely Guiulia e mais uma chamada Diuliana me seguiriam, comecei a correr e na hora que não tinha mais saida perguntei oq elas queriam, Diuliana disse
-Acabar com a feiura que há nessa escola
Elas começaram a me xingar de Fdp, Vadia, Vaca, Vagabunda, Ridicula, Feia, Horrorosa entre outras coisas muito ofensivas pedi pra elas pararem então Ritchely disse num tom de ironia:
- Vamos parar
Guiulia disse ironica:
- Claro que vamos!
Diuliana começou a vir pra cima de mim e disse:
- Você quer que paremos aquilo então começamos uma coisa melhor!- e começa a rir e as três começam a me bater
Então o sinal bateu e as três disseram:
- tchau vagabunda
Mal conseguia me levantar, então sentei no chão e começei a chorar muito, e novamente tudo veio a minha cabeça, fiquei la esperando que alguém viesse me ajudar, eu realmente estava muito mal, estava palida e com muitos roxos tapas arranhões e mordidas, depois de uma hora e meia o diretor me encontrou, ele veio correndo e com lagrimas nos olhos dizendo que estava preocupado, e que iria tomar providencias com a pessoa que fez isso, não consegui falar, e se elas fissesem coisa pior comigo, disse pro diretor que não me sentia bem falando disso, e que aos poucos ele iria sabber


Notas Finais


Esse foi o cap
Espero que temhan gostado mores


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...