História My life story - Baekhyun - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, Kris Wu, Lay, Sehun
Tags Baekhyun, Exo, Romance
Exibições 41
Palavras 1.014
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Álcool
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Mais um capitulo
amo vocês :3

Capítulo 2 - First day of school


Fanfic / Fanfiction My life story - Baekhyun - Capítulo 2 - First day of school

Passei as três primeiras aulas entediada vendo bolinhas de papeis sobrevoarem minha cabeça. Ah, aquelas aulas não acabavam nunca, só havia se passado 10 minutos da terceira aula e eu continuava entediada. Percebi alguém pegando uma cadeira e sentando ao meu lado.

- Olá Mary. - Era uma menina de um sorriso encantador, com grandes bochechas apertáveis. 

- O-olá. - Sorri sem jeito. 

- Prazer, Katherine, mas pode me chamar de Kate. - Sorriu estendendo a mão. 

- Sou Marianne, mas pode me chamar de Mary. - Assenti para a mesma. 

Ficamos conversando até o sinal tocar, assim que tocou ela pegou em meus braços e me arrastou para o pátio. Que vergonha! Passamos o intervalo conversando, contei sobre minha vida, e ela sobre a dela. 

POV ON MARY

 - Ei, vamos depressa. - Sinto Kate puxar meu braço. 

- Calma menina. - Sorri enquanto seguia ela pelo pátio.

Pegamos nosso almoço e fomos sentar em uma mesa não tão distante do restante dos alunos, ali ficamos jogando conversa fora. 

- Mary, me conte um pouco de sua vida. - Sorriu se aproximando mais á mim. 

- Ei, chega pra lá. - Me afastei sorrindo. - Eu conto o básico, talvez quando eu tiver mais confiança eu conte tudo sobre mim á você. - Sorri.

- Tá esperando o que pra me contar o básico ? - Ela sorriu. Ah meus deus, ela ficava fofa quando sorria.

- Eu venho de uma família classe média e blá blá blá. - Sorri. - Eu nunca tive uma vida fácil, a começar porque o casamento de meus pais nunca davam certo, mais acima de tudo eles tentaram ficar juntos, tudo isso por mim e pelo meu irmão. Eu passei dificuldade também, mas com a família unida superamos isso. Tenho um irmão chamado Kai. Falando nele ele vem amanhã pra essa escola.

- Ele é bonito ? - pergunta Kate com entusiasmo.

- Não. E não me corta menina. - Sorri. Bom, Kai sempre foi protetor em relação a mim, nunca se deu tão bem com meu pai, ele também fez uma confusão porque não queria se mudar. - Sorri. - Afinal, tínhamos uma vida maravilhosa na Califórnia. Ele tinha, eu não. 

- Porque você não unnie ? - O assunto deixava Kate mais curiosa ainda. O sinal tocou. 

- Ah, mais tarde eu falo. - Me levantei e segui para sala, Kate me acompanhou.  

POV OF 

Agora seria aula de esportes, eu amava aquela aula, eu podia jogar vôlei. Eu nunca fui profissional, mais me considerava muito boa jogando. O professor dividiu em quatro times, eu não caí no mesmo time da Kate, isso me deixava mal porque de todas as pessoas, Kate se parecia mais próxima á mim. 

Marianne, Beatrice, Baekhyun, Lay, Valentina e Sook, vocês são da equipe A, entraram em quadra daqui a 5 minutos. PREPAREM SUAS ESTRATÉGIAS. - Disse o professor. Me decepcionei, não conhecia ninguém. 

- Venham todos aqui. - Disse um menino alto, cabelos negresco, com sua pele clarinha, era muito forte, e transmitia uma ótima personalidade. Ahhhhhhh... 

Todos caminharam até o mesmo, e eu continuava a analisar cada detalhe do corpo daquele garoto. Ah, que arrepio - Penso comigo mesma. 

Montamos uma estratégia, e entramos em quadra. No começo foi difícil de lidar, parecia que eu jogava com atletas profissionais, mais logo acompanhei o ritmo. Por fim, ganhamos, vencemos o 3 sets. Eu estava meio atordoada pois a bola havia batido em minha cabeça. Coloquei gelo assim que cheguei no vestiário. 

- Tá tudo bem com você ? - Perguntou uma menina loira dos olhos claros. 

- A sim, não foi nada. - Sorri de lado. 

- Vou buscar um copo d'água pra você. - Eu assenti e ela foi buscar. Esperei e ela chegou com o copo. - Prazer Beatrice, mas pode me chamar de Bea. - Me entregou o copo. 

- É.. So Mar... - Ela cortou quando eu ia dizer meu nome. 

- Marianne, já sei seu nome. - Ela sorriu. 

- Ahhhh.. - Sorri sem jeito. 

- Beatrice, o técnico está te chamando. - Ah, era aquele menino alto e bonito. 

- Já estou indo. - Ela acenou e se foi. 

Fiquei mais alguns minutos com  o gelo, já que havia perdido 5 minutos na 4° aula, resolvi perde a aula inteira. Entrei na 5° aula e era trabalho em dupla, sentei-me com a Kate, ficamos jogando conversa fora enquanto fazíamos o trabalho, a 5° e a 6° aula passou voando, quando o sinal bateu eu sai da sala com Kate, ficamos do lado de fora, ela ficou me fazendo companhia enquanto meu pai não havia chegado. Kate ia embora a pé, assim que meu pai chegou eu ofereci carona para ela, e a mesma recusou, achei normal pois havíamos acabado de se conhecer. 

Cheguei em casa e cumprimentei minha mãe, subi para o quarto, tomei um banho e desci para o almoço, todos já estavam na mesa. 

- Como foi seu dia minha querida ? - Perguntou mamãe. 

- Foi bem, fiz uma amizade, ou pelo menos acho que fiz. - Sorri

- A escola é da hora ? - Perguntou Kai com ironia.

- Sim, só tem delinquentes que falam gírias como você, otário! - Declarei guerra quando chamei Kai de otário, e assim iniciamos uma discussão. 

- CHEGAAAAAAAA, PAREM! - Gritou mamãe furiosa. - É SEMPRE A MESMA COISA, NÃO CONSEGUIMOS NEM FINGIR QUE SOMOS UMA FAMÍLIA UNIDA. - Percebi uma lágrima escorrer de seu rosto. - OS DOIS, PARA SEUS QUARTOS! JÁA. 

Pois bem, já que minha mãe quis assim, assim fizemos, pelo menos eu. Me tranquei em meu quarto, sem mais nem menos.

Passou algumas horas e ela resolveu nos chamar para jantar, e é claro eu recusei, Só sairia daquele quarto para ir amanhã para a escola, e assim fiz. No dia seguinte acordei sem ela precisar me chamar, fiz minhas higienes matinais, vesti meu uniforme, tomei meu café  e peguei carona com meu pai. Kai estava junto também! 

Esperei Kate na porta da escola, como havíamos combinado. 

 


Notas Finais


Espero que gostem, amorecos! 💘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...