História My Life Suck - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Vida
Visualizações 4
Palavras 529
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - Capítulo 1


Oi! Não o vi aí! O que faz nesse lugar tão vazio? Ah, uma história? É claro! Por que não contaria uma história a você? Sente-se!

Meu nome é Ana Caroline, tenho 13 anos. Eu acordo todo dia de manhã para ir pra escola, 5:30 já deveria estar de pé. Mas eu enrolo demais, então geralmente levanto 5:40.

Bem, é horrível acordar de manhã, pois aqui em Campo Bom anda fazendo 8 GRAUS! Eu sinto muito frio mesmo entrouxada de roupa 

Eu desço do meu andar e vou na rua esperar a topic, quando ela chega é a mesma coisa

- Oi, tio! - eu digo ao tio da topic, que me responde um oi normal, tenho que dar bom dia todo dia pra ele pois eu andei esquecendo e minha ame se irritou. Vê se pode uma coisa dessas, como se isso mudasse minha vida.

Eu coloco os fones que peguei da casa da minha dinda, ela nem usa mesmo, e ponho nas minhas musicas, musicas meio antigas, o rap do peixe que o Alan fez, 4 remixes do Miura Mix, musicas meio violentas e depressivas, minha descrição!

Eu chego na escola e o sinal bate. Normal, chegamos praticamente atrasados, chato demais. E é a mesma coisa, todo mundo me tratando mal

- A FILA, ANA! GENTE, A FILA, ARRUMEM ESSA FILA! - Manuella berra, guria escandalosa da nossa sala...

- Aí, Manuella, chega! - Mariana fala, ficamos quietos e entramos na sala. 

Então nós aprendemos coisas que não vamos usar na nossa vida, já que não faria a mínima diferença se usarmos ou não 

o sinal pro lanche bate. Se tem pão com carne comemos feito porcos, mas se for outra coisa nem comemos bastante, já que a nossa comida tem que ser "saudável". Uuuuuhg

O recreio começa e vou para meus únicos amigos, Geovana, Analice, Paloma e Marcelo. A Eduarda às vezes. Conversamos sobre a AnimeXtreme, que vamos em outubro, MAL POSSO ESPERAR! Imagina conhecer o Ambu, Guaxinim, Zelune, AAAALAAAAAANNNNN! GAAAAAAAAAAAAH!

Dai o sinal bate de novo e continua a mesma merda de sempre.

Vou embora pra casa, depois de passar por outras escolas até chegar na minha casa. Subi e almoço, deito e faço as coisas que a minha mãe pede eu sou OBRIGADA a fazer nesse frio do capeta

uso o celular, computador. Desenho muito no Paint. As pessoas gostam dos meus desenhos, todos gostam, é impressionante. Eu tenho um hater também , mó chato.

Dai passa o dia e eu tenho que me deitar, essa é a definição da minha vida

Uma bosta 

Ja que meu pai não é o de sangue, pois o meu de sangue é um idiota, escroto que eu odeio. Nunca paga minha pensão direito. E aquele merdinha mora na China com uma vagabunda e um capetinha que era pra ser meu irmão, mas não vou assumir. Pelo menos meu irmão de coração e meu pai de coração são legais 

Eu me acho feia. Dentes tortos, cabelo horrivelmente crespo, risada feia, jeito estranho e a "retardada, louca, fedida, chata".

Meus pais me acham a beleza pura, que pra me namorar tem que ser foda, ATA. Um ATA muito grande


Notas Finais


Enfim, primeira parte da saga My Life Suck


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...