História My Life With Bangtan Boys - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Exibições 6
Palavras 888
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash
Avisos: Álcool, Cross-dresser, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


YEY! DOIS CAPS EM UM DIA!

BOA LEITURA!

Capítulo 18 - Um Adeus Ou Breve Despedida? - Parte 2


Fanfic / Fanfiction My Life With Bangtan Boys - Capítulo 18 - Um Adeus Ou Breve Despedida? - Parte 2

~Narrativa de Jimin on

 

            Namjoon me olhou nos olhos e disse:

 

— Eles estão com problemas. SÉRIOS.

 

            Jin entrou na sala no mesmo instante.

 

— Quem está com problemas?

— Taehyung e Mi-Cha. Problemas sérios.

— Mas o que aconteceu? – Jin ficou sério.

— Eu sei lá! A Mi-Cha gritou, Taehyung ficou em silêncio, o que não é o normal dele; e aí um carro saiu bem do lado deles. Muito estranho isso.

— Ah, que ótimo! Os dois sumiram do nada! Mais alguma coisa ou já acabou, destino? – Jin ironizou. Ele só era irônico quando estava muito desesperado – O que vem agora?

 

~Narrativa de Jimin off

 

~Narrativa de Taehyung on

 

            A primeira coisa que eu reparei quando eu acordei é que eu estava comuma dor terrível na parte de trás da minha cabeça. Eu abri os olhos e não consegui ver quase nada, só o contorno das coisas. Fora isso eu estava muito bem, levando em conta que agora eu estava sendo mantido refém.

            Olhei ao meu redor para ver se eu encontrava Mi-Cha. Tudo o que eu vi foi um monte de panos. “Ah, que ótimo. Agora eu perdi minha namorada!”. Eu me sentei, apoiado em uma parede, quando eu ouvi uma voz bem baixa, perguntando:

 

— Tae? É você?

— Mi-Cha?

— Sim. Sou eu. Cadê você?

— Humm... estou encostado na parede. Vou te procurar. Não deve demorar... – eu ia me levantar, mas vi que ela já estava do meu lado. Abracei-a forte e então ela disse:

— Você me deixou preocupada... Achei que você não ia mais acordar. Ainda está doendo?

— Mais ou menos... Mas não precisa se preocupar comigo. Você, como está? Te machucaram?

— Só uns arranhões de nada.

— Deixa eu ver.

— Mas foi nada! Ai! Nesse não! – ela fez uma cara de dor e eu parei naquele momento. Nada me deixava mais preocupado do que vê-la machucada. E quando eu achei que tudo iria ladeira abaixo...

 

Ping!

 

            Era o celular de emergências da Mi-Cha. Ela pegou o aparelho e viu na tela a seguinte mensagem:

 

Jimin:

Teclem 1 para perigo, 2 para zoeira.

 

            Ela teclou o número 1 e apertou ENVIAR.

 

~Narrativa de Taehyung off

 

~Narrativa de Jimin on

 

            Aqueles foram alguns dos minutos mais longos da minha vida. Aquela ideia absurda era tudo o que tínhamos. Passaram-se alguns minutos até uma resposta da Mi-Cha:

 

Mi-Cha

1.

 

            Eu olhei para a tela, preocupado. “Então eles estavam mesmo com problemas.”. Mandei outra mensagem:

 

Jimin

Os reforços estão a caminho. Fiquem vivos ;)

 

            Enviei a mensagem esperando resposta. Jin viu que eu estava nervoso e disse:

 

— Ei, relaxa. Se tem alguém que vai sair bem dessa são eles.

 

            Eu sorri para ele, concordando, mas no fundo eu pensei: “Será que eles vão mesmo sair bem dessa?”. Recebi outra mensagem de Mi-Cha:

 

Mi-Cha

Já vi que vou ter que trocar o chip do celular. Pode deixar, não vamos morrer.

P.S: Não sei o que você fez pra rastrear o meu cellular, mas me ensina?

 

~Narrativa de Jimin off

 

~Narrativa de Taehyung on

 

— OK. – Mi-Cha disse, esperançosa – Jimin disse que “os reforços estão a caminho”, seja lá o que quer dizer...

 

            Enquanto ela checou o celular, eu levantei e procurei uma porta, uma janela ou qualquer coisa para o mundo exterior. Achei uma cortina escura e disse:

 

— Mi-Cha! Vem cá com o celular!

— O que foi? – ela perguntou.

— Achei uma cortina. E onde há uma cortina... – eu puxei a cortina – certamente tem uma janela!

 

            Não sei porquê, mas depois de revelar uma chance de fuga, Mi-Cha me beijou. Foi um beijo rápido, mas foi um beijo. Em seguida, ela destrancou a janela e me perguntou:

 

— Você vem?

 

            Eu sorri e disse:

 

— Só se for agora!

 

~Narrativa de Taehyung off

 

~Narrativa de Mi-Cha on

 

            Eu pulei a janela na frente. Deveria ter 1,50m da janela até o chão. Taehyung foi atrás. Na hora que ele atingiu o chão, fazendo um barulhão. No mesmo instante, abriram uma porta atrás de nós. Taehyung segurou minha mão e disse, arremetendo a frente em disparada:

 

— Corre, Mi-Cha!

 

            E me puxou com a força de um touro.

 

~Narrativa de Mi-Cha off

 

~Narrativa de Taehyung on

 

            Eu não pensei em mais nada além de correr. Corri o máximo que eu pude. Cheguei até uma estrada e vi um carro chegando. Me atirei na frente do carro, que freou bruscamente e o motorista, revoltado, gritou:

 

— Tá maluco!?

— Eu estou bem normal – sorri – E você, Jin?

 

            Jin sorriu, mas olhou para fora como se procurasse alguma coisa.

 

— Taehyung... Cadê a Mi-Cha?

— Ué, mas eu estava... – de repente, entrei em choque. Eu soltei a mão dela enquanto corríamos. Agora eu não sabia se a veria de novo.

— Você estava o quê?

— ... de mãos dadas com ela. E eu soltei!

 

~Narrativa de Taehyung off


Notas Finais


Espero que tenham gostado
Comentários são sempre muito bem vindos

Amo vocês minhas joaninhas!

ATÉ O PRÓXIMO CAPÍTULO!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...