História My litte pacifist girl - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Undertale
Personagens Alphys, Asriel Dreemurr, Chara, Flowey, Frisk, Mettaton, Napstablook, Papyrus, Sans, Toriel, Undyne
Tags Chara×frisk, Charisk, Lésbico, Yuri
Exibições 158
Palavras 826
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Yuri
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Segundo capítulo só hj
To gostando de escrever essa fic vei... Heh
Bora ler as notas finais que faz bem pra saúde....

Capítulo 2 - Casa do Metta


*Frisk pov. On*

~quatro dias depois da mudança dos pais~

Acordei, animada como sempre, o Metta ia buscar eu e a Chara para irmos à sua mansão passar a manhã lá, iria eu a Chara, Alphys, undyne... Acho que só heh levantei da cama e tomei um banho demorado, coloquei uma roupa mais quentinha, pois sua mansão era em Nevada, assim que me vesti fui até o lado da cama de Chara, toquei no seu braço
-Chara- toquei de novo -Chara acorda- toquei novamente -o Metta vem buscar a gente- de novo, sem resposta... Hmm JA SEI!
Fui ate a cozinha e peguei uma barra de chocolate e voltei para o quarto, abri o pacote pondo o chocolate na frente do nariz da minha irmã que ao sentir o cheiro abriu os olhos rapidamente, olhou para o chocolate e depois pra mim.
-isso é golpe baixo frisk- ela disse sonolenta e eu ri -porem, muito obrigada pelo café na cama- ela da uma mordida no chocolate ainda na minha mão e eu solto uma risada...

*Chara pov. On*

A Frisk é tão fofa rindo, essa boquinha pequena distribuindo risadas or todo o quarto, a merda meu rosto tá chegando perto do dela, o que que eu to fazendo, meu Asgore, Chara para, o meu rosto se aproximava do da minha irmã era como um impulso, eu nao podia mais controlar e em um toque nossos labios se tocaram, ela parou de rir, nos travamos tudo travou, quando eu finalmente cai em si e separei nossas bocas já estava mais d que corada.
- s-sinto mu-muito, e-eu não, não sei d-de onde isso saiu, de-desculpa- eu gaguejava como uma boba, ela estava seria, depois ficou confusa, seria de novo e riu pra mim calma e corada, corada e muito fofa, se eu pudesse guardava ela num potinho pra sempre...
-t-tudo bem- ela gaguejou corada
-e-eu vou tomar uma água- ela disse se afastando da cama e andando devagar até a porta, eu só conseguia pensar o quanto a boca dela era macia, e quanto o seu sorriso era lindo, escondi minha cara no travesseiro, eu não tenho mais duvidas, eu a amo, meu Asgore, eu amo minha irmã, e eu quero ela pra mim, ninguém via, mais aquele travesseiro estava escondendo um sorriso bobo, eu parecia uma criança no natal, e eu acabei de ganhar o melhor presente

*Frisk pov. On*

Minha irmã acabou de me beijar, a
Minha irmã, um ano mais velha que eu, acabou de me beijar, e eu gostei, andei até a cozinha, estava com um sorriso bobo nos lábios, com borboletas no estômago,minha boca formigava de uma maneira prazerosa e eu precisava de mais, eu precisava da minha irmã, peguei um pouco de água, minhas mãos tremiam eu estava fraca, fraca de um jeito bom, um fogo havia sido acesso em mim e não seria facilmente apagado, subi no quarto de novo e escutei o barulho do chuveiro cair.
-C-CHARA VOU ESTAR EM NEVADA OKAY- gritei ainda envergonhada pelos últimos acontecimentos
-O-OKAY- gaguejou a mais velha gritando do banheiro.
Sai do quarto, estava mais vermelha que o Grillby, tenho certeza, falando nisso acho que vou no Grillby's, Sans vai me ajudar, pq eu sei que Sans está lá, bem...ele praticamente vive lá, entrei no Grillby's, e sentei ao lado de Sans.
-hey kiddo, não te vejo faz tempo ein- disse Sans sorrindo -pela sua cara corada você quer conselhos -
Olhei pra ele assustada, como esse puto sabia?
-ah kiddo, não é a primeira vez que você vc vem pedir conselhos para o Sansacional aqui- ele diz e eu sorrio, pondo a mão na boca, a vermelhidão ainda não havia ido embora, nem as lembranças,
-Bem- comecei -eu vou direto ao ponto, se você tivesse um irmão adotivo e você começou a sentir alguma coisa por ele depois que vcs se beijaram acidentalmente o que você faria ?- disse em um fôlego só rápido o suficiente pra fazer Sans me olhar assustado
E depois confuso
-voce disse que seria direto ao ponto... Porque eu não enten....AI MEU ASGORE VOCÊ BEIJOU O ASRIEL???- disse ele com a cara mais assustada que um esqueleto podia fazer.
-Responde logo sans- ele parece ter ignorado meu pedido
-se não foi o Asriel...-fez uma pausa dramática e me olhou -FOI A CHARA?- ele gritava baixo pra que ninguém que já bebia as plenas sei horas da manhã escutasse -você é lesbica?- Ele sussurrou.
-vamos conversar lá fora fomos andando devagar até a porta das ruínas foi o tempo de eu explicar pra ele tudo, e ele ainda fazer umas piadas, chegamos na porta das ruínas e eu me despedi dele
-vai pra cima friskinha- ele disse malicioso demais pro meu gosto
-SANS!!!- disse corando e o repreendendo, o fazendo rir
-heh tchau kiddo,boa sorte com sua Charalhada de problemas-  eu ri alto e disse tchau, o esqueleto foi embora, então eu abri a porta

*Chara pov. On*


Notas Finais


Galera, vai no meu perfil, depois em amigos, e vão ler as fic dos meus amigos, que são realmente MUITO boas... Obrigadinha
Mais ao longo da fic eu vou dar sugestões de fics pra vcs okay?!
Cap. FICOU CURTO PQ EU TAVA SAINDO DE CASA E FIQUEI SO NO 3G MEMO


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...