História My little angel - Destiel - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Shadowhunters, Supernatural
Personagens Castiel, Dean Winchester, Gabriel, Lúcifer, Miguel, Personagens Originais, Sam Winchester
Tags Castiel, Dean Winchester, Destiel, Lemon, Romance, Supernatural, Terror
Visualizações 237
Palavras 603
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Lemon, Romance e Novela, Sobrenatural, Terror e Horror, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Gente, me desculpem o capítulo curtinho. Mas só deu para eu escrever agora, aqui são 23:34, sorry mesmo.
Me desculpem mesmo aaaaah.

Até a próxima, boa leitura e espero que gostem <3

Capítulo 10 - Meu pudim - Meu anjo


Fanfic / Fanfiction My little angel - Destiel - Capítulo 10 - Meu pudim - Meu anjo

*(Ainda naquela tarde)*

P.O.V Castiel

    Ainda estávamos na sala assistindo TV. No momento, Sam escolhia um filme bom para assistirmos.

- Poxa, deem opções ai gente- Sam pediu delicadamente- São tantos filmes

- Que filme quer ver Sam?- perguntei

- O que vocês escolherem, para mim está ótimo

    Ouvimos passos vindo até a sala. E alguns segundos depois, um Gabe com uma toalha em volta do pescoço e os cabelos molhados entra na sala.

- Voltei- Gabe estava mais alegre- Olha gente... Me desculpem pelo drama mais cedo, eu sou meio sensível- Gabe se sentou ao lado de Lúcifer

- Se você der um chilique daqueles de novo, eu vou te dar umas palmadas- Sam disse rindo

- Eu ajudo- levantei a mão

    Resolvi me levantar e preparar alguma coisinha para todos comerem. Não sei cozinhar muito bem, mas, “porcarias”, como diz meus pais, eu sei muito bem.

- Gabe, vamos preparar algo pros meninos comerem- disse me levantando e levantando Gabe

- Por que? Eu não concordei em ajudar. Não teve votação- Gabe disse rindo

- Vem logo- o puxei

- Cassie!! Eu posso tomar um banho?- Dean perguntou

- Claro que pode!! Vou pegar uma toalha para você- fui até meu quarto e Dean me seguiu

    Abri o guarda-roupa e procurei uma toalha. Peguei uma toalha preta que havia lá e entreguei para Dean.

- Obrigado Cassie- ele deu um tapinha em meu ombro

- De nada, Denie!!

- Denie?- ele perguntou

- Sim, não gostou?- perguntei

- Gostei, mas... Não tem outro?- Dean faz um biquinho

- Que tal... Pudim?

- Por que pudim?- Dean se confunde todo

- Por que? Olha. Pudim!! Repete comigo. PU-DIM, tira o “pu”, fica Dim. E dim é igual a Dean!! PuDean!!- respondi rindo- Entendeu?

- Aaaah... Entendi- Dean começou a rir

    Como eu consegui ser tão criativo? HEHE... Nunca tinha pensado nesse trocadilho.

-  Foi tão bom Cassie, que você merece um prêmio- Dean disse sorrindo bobo

- Oba. O que é?- perguntei animado

    Dean se aproximou rapidamente e me deu um selinho e sorriu bobo.

- E você? Vai me chamar só de Cassie?- perguntei

- Okay, okay. Vou pensar em outro- Dean colocou a mão no queixo e olhou para cima e depois para mim- Você vai ser... Meu anjinho Cassie

- Cara... Isso é estranho- fiz cara de bobo

- O que é estranho?- Dean perguntou

- Nós dois- respondi

- Ué. Você não gosta de mim?- ele perguntou

- Claro que eu gosto!! Quer dizer... Em que sentido?

- O sentido? Ué, de todas as formas

- Sim, é que. Nós começamos a nos falar hoje, e... Tá indo tudo tão rápido- corei e fiquei cabisbaixo

- Quanto mais rápido for Cassie, mais rápido vou poder ficar perto de você- Dean disse e eu corei

    Dean sabia como usar as palavras. Minha vontade de sorrir era grande, mas a de pular em cima dele e de abraça-lo, beija-lo, fazer tudo com ele, era maior

- Quando conheci vocês. Lá com os populares. Achei que você fosse hétero- disse e surpreendi Dean

- Eu também achava que era. Eu saia com várias garotas e tal. Mas quando você apareceu... Tudo mudou, eu senti algo por você, coisa que nunca senti por outro garoto

    Senti meus olhos marejarem, e uma lágrima escorrer em meu rosto.

- Porra Dean, você só me faz chorar- respondi secando as lágrimas

- Você que é bobo, chora por tudo- Dean me abraçou forte

- Eu te amo idiota- respondi afundando meu rosto na curvatura de seu pescoço

- Também te amo anjo- ele respondeu

...


Notas Finais


Espero que tenham gostado <3
Amanha tem mais <3
Até amanha <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...