História My little angel and I (YOONMIN E TAEKOOK) - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, J-hope, Jimin, Jin, Jinyoung, Jungkook, Mark, Rap Monster, Suga, V, Youngjae, Yugyeom
Visualizações 92
Palavras 2.238
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Fluffy, Lemon, Romance e Novela
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Opaaaa chegay e já vasei
Não sei se vou postar cap dessa fic nessa sexta q vem por causa da escola
Mas da ABO de Taekook vai sair o primeiro cap e eu vou fazer a capa e pás
Aproveitem e espero q gostem

Capítulo 18 - Dia tumultuoso


P.O.V JIMIN

      Acordei e percebi que eu estava agarrado no Yoon e na blusa dele, ele dormia tranquilamente então eu soltei sua blusa devagar e tirei meus braços que estavam do lado do seu corpo. Pego meu celular e vejo as mensagens do grupo, nós vamos em um bar então hoje com certeza eu vou balançar meu corpinho, é louco como eu amo dançar e acabei sendo vice-diretor de uma empresa de fotografia.

-Buuu-sinto duas mãos envolvendo meus quadris e levo um susto-bom-ele da varios beijos no meu pescoço-dia-dá mais alguns beijos e por final fica de pé na cama e me dá um celinho de ponta cabeça

-Booom diaa-falo e viro de frente para ele-Acordou feliz?

-Quem não acorda feliz tendo o homem mais lindo do mundo dormindo com vc? Só um trouxa msm

-O que você quer em?-ele quase nunca era assim então estranhei

-Elogiar meu namorado ué! Não pode mais?

-Pode sim!-falo e dou um sorriso somente com o lábio fazendo meus olinhos se feixarem e sinto um celinho em meu lábio

-Você sabe que vamos nos encontrar com os meninos não é?

-Seeeiii e eu estou feliiizz-falei empolgado

-Vai ter alguém lá que vc queria ver é?

-Vai sim

-A é? E vc me fala assim na cara dura?

-Falo, não vejo problemas

-Quem é o seu mozão então?

-Você amor, eu só tenho olhos para você

-Uhum sei

-Ciumento-falo e dou um celinho no mesmo e subo em seu colo

-Sou mesmo-fala e da mais um celinho, porém bem estalado desta vez

-Vamos comer? To com uma fome do cão

-Vamos, eu não to com tanta fome até por que a gente jantou e foi ver o filme depois e eu comi pipoca.

-Sei lá só estou com fome.

(Quebra de tempo)

      São 7 horas, nós marcamos 7 e 30 no bar, adivinha quem resolveu dar uma rapidinha antes de ir e atrasou tudo? Se você pensou Park Jimin você acertou! O Yoon tomou banho, se trocou, passou maquiagem, arrumou o cabelo e agora faz 30 minutos que ele tá lá me esperando, eu estou praticamente pronto, mas ele resolveu fazer um chupao no meu pescoço e ele ta preto agora. Depois de 5 minutos eu finalmente terminei e desçi as escadas.

-Estou pronto

-Claro né, agora que são 7 e 15 você está pronto

-Não e minha culpa que você chupou minha pele igual a um vampiro

-Quem pediu a rapidinha mesmo? HAAA 2 A 0 PRA MIM CHUPA

-Chupo, mas agora vamos

-Se eu falar ponta você malicia, depois eu sou o maliciador da relação-falo e pego as chaves do carro, aperto o botão do elevador

(Após 5 copos de bebidas no bar)

-Caraaaaloooo eu vou é dançar até meu cu faser bicu-falo ja alterado pela bebida

-Jimin, você tem que parar de beber ou você vai cair duro nesse chão

-Vai se fuder eu bebo o quanto eu quiser, eu vou dançar e num me enxa os pacovas-falo e vou dançar, depois de algum tempo sinto alguém colado atrás de mim eu me aproximo e encosto minha bunda em seu membro, logo percebo que era o Yoon então eu me viro de frente e danço colado em seu corpo, algumas pessoas nos olhavam mas eu não estava nem ai, eu acabei esfregando nossos membros sem querer e ele mordeu o lábio

-Se você não parar de me provocar eu vou te foder aqui mesmo-falou no meu ouvido pois o som estava muito alto, eu faço nossos membros roçarem novamente e ele me olha com seus olhos negros e brilhantes-Eu avisei, nós vamos para casa-ele fala e pega minha mão

-Olha aqui é um bar e meio que uma boate juntos, acho que aqui tem algum quarto, eu quero aproveitar um pouco meus amigos também

-Okay, vamos subir então!-ele ne puxa para as escadas e nós subimos as escadas, chegando lá em cima nós entramos em um quarto, trancamos e ele me jogou na cama, ja tirando minha roupa e dando beijos pelo meu corpo, ele não havia trazido camisinha porém tinha no armário do quarto, ele vestiu a camisinha e eu sentei no seu membro, fazendo o outro gemer e eu também, já não doia tanto, então eu começei a rebolar em seu membro, subindo, desçendo apertando seu membro em minha entrada o que fazia ele estocar mais fundo e arranhar minhas costas. Eu repito esses movimentos mais algumas vezes porém ele me segura

-Deita com as pernas bem abertas e segura na cama-eu obedici e logo senti uma estocada tão funda, que fez eu me arrepiar por inteiro, ele repetiu a mesma estocada várias vezes, fazendo a cama bater na parade freneticamente e meus gemidos aumentarem cada vez mais-a tão gostoso, tão apertadinho-ele fala e estoca mais fundo o que faz eu gritar e gozar em meu abdômen e assim precionar mais seu membro em minha entrada o que faz ele gozar também. Nós fizemos com tanta voracidade que eu duvido que a camisinha tenha aguentado mas se não aguentou a pílula do segundo dia está ai para isso, eu me deitei em cima do mesmo na cama e ele me abraçou e me deu um beijo no pescoço.-Vamos para casa? Estou cansado e sujo também

-Vamos, eu estou cansado, sujo e tenho que tomar a pílula do segundo dia também

-Mas nós usamos camisinha

-Não custa previnir

(No dia seguinte)

      Eu acordei com tontura e azia, desçi as escadas e resolvi fazer um lanche, porém uma tontura muito forte me atingiu e eu sentei na cadeira para não cair, eu fiquei apoiado com os cotovelos na mesa e de olhos fechados até que sinto uma mão em meu quadril, viro devagar para trás e ele me encara com uma cara assustada

-Você está muito branco amor, está tudo bem?-sinto um enjoo me atingir e corro para o lavabo e vomito no vaso, eu fiquei um bom tempo passando mal com o Yoon me olhando com uma cara assutada e fazendo carinho em minhas costas, quando o enjoo passou eu senti uma dor de garganta forte e uma dor de cabeça insuportável, ele me levou até nosso banheiro, me deu um banho me secou, colocou uma roupa apresentável tanto em mim como nele e disse

-Nós vamos para o hospital, você querendo ou não, isso pode ser dês de uma virose até uma doença grave ou uma gravidez o que é bem improvável por conta de nossos cuidados, nós vacilamos somente uma vez. Agora vem, vamos ver o que você tem.

-Eu não estou grávido, mesmo que eu estiver nós ja somos grandinhos mesmo que novos nós não somos mais crianças, vamos logo por que eu quero vir para casa.

(No hospital)

      Logo que eu cheguei eu fui atendido, eu tomei soro, fiz exame de sangue,uma tomografia do torax e um raio x, os médicos foram muito atenciosos, porém eu odiava tanto agulhas, quanto hospitais, então o Yoon ficou comigo quase todos os momentos, no final das contas eu fui diagnosticado com um princípio de pneumonia e uma virose, ou seja, eu estou tomando dois antibióticos e vou ter que ficar de cama por algum tempo, resultado, viagem adiada denovo

-Eia baby, você doentinho, nem parecia que era algo sério-Suga fala e passa sua mão no meu cabelo

-É macumba, a gente teve que remarcar a merda da viagem pela segunda vez, to pensando em desistir dessa viagem

-Nem a pau Jimin, a gente precisa descansar e essa é a melhor alternativa

-Mas a gente ta relaxado em casa

-Sentir a brisa do mar, pisar na areia, gritar no deserto, não tem nem comparação baby

-Tem razão-falo e subo no seu colo entrelaçando minhas pernas pelo seu tronco e coloco minha cabeça no vão de seu pescoço

-Ta carente?-respondo um uhum quase inaudível e ele faz um cafuné em minha cabeça, em poucos minutos eu havia dormido, seu cafuné era tão bom que mesmo que ele fizesse só por uns 10 segundos eu ja poderia dormir, imagina na situação que a gente estava então, ele sentado do sofá, eu sentado no seu colo, com a cabeça no seu pescoço e ele fazendo cafuné, seu cheiro era gostoso e suave, seu corpo esquentava o meu e sua mão fazia um carinho em minha cabeça

      Depois de um tempo indeterminado sinto ele se levantar comigo no colo e ajeitar minhas pernas ao redor de sua cintura, senti ele indo para a cozinha e separando algo para comer, fechei os olhos novamente e dormi, quando acordei já estava vem escuro, tinha uma bandeja com algumas coisas para eu poder comer, e um bilhetinho muito fofo

"Você dormiu e eu não quis te acordar

Coma, tome seus remédios e siga por onde o som te levar se quiser me ver

                       Com amor seu Açúcar"

      Eu fiquei sorrindo bobo e olhando para aquele bilhete até que resolvi comer. Dei o último gole no meu suco e levantei, segui para a sala aonde ele tinha o piano dele e era dali que vinha uma música, reconheçi logo de cara a música: Fools... O Jk ama essa música, ja cantou para o Tae e bla bla, mas escutar essa música no piano seguida da voz do Yoon fazia todoa meus pelos se arrepiarem, o pior de tudo, nossa história foi quase igual a essa música e vejamos aonde viemos parar

      Eu resolvi andar até ele e cobrir seus olhos, foi o que eu fiz, ele se assustou mas tocou até a última tecla e ai sim me olhou

-Vejo que leu meu bilhete

-Claro que eu li meu açúcar, eu te amo sabia?

-Também te amo meu baby

-Que horas são?

-Quase dez da noite

-Eu dormi muito, o pior de tudo, ainda to com sono

-Vá descançar amor

-Eu não consigo, eu fico com frio sozinho e eu acordo assustado

-Tente amor, você tem que descançar

-Deita comigo-falo e faço um biquinho

-Eu estou quase terminando aqui, estou fazendo umas letra e organizando alguns e-mails, eu saio de férias mas a empresa ainda tem coisas a resolver então...

-Ta tá tchau Yoongi-falo emburrado e saio da sala, ele sempre se preocupa com a merda do trabalho, poxa eu só queria curtir um pouco com ele mas não "ai por que eu tenho que resolver..." aff, eu vou na sala de cinema assitir algo.

      Eu desço, faço uma pipoca doce e salgada e vou para a sala, escolho ver uma série de comédia e quase morro de tanto rir logo nos primeiros episódios, é a série Unbrakable (N/A sério se vcs estão na bad assitam essa série, puta merda é mt boa, é da Netflix)

      Eu acabo ficando com sono, então desligo tudo e fecho a sala, vou até o quarto e percebo que ele ainda estava na sala de música, resolvo ir dormir no quarto de hóspedes, eu realmente estava chateado com ele, por que nem quando ele está de férias ele trabalha, tudo bem é um dia ou outro, a empresa não pode ficar parada e bla bla, a esqueçe deve ser neura minha, mas agora eu já estou deitado e quentinho então eu vou dormir por aqui mesmo, sinto o sono chegar e durmo novamente. Acordo assutado pois a luz acende

-Vem dormir comigo

-Não obrigado, está bem confortável aqui, dorme com a sua empresa?-falei e virei de costas para ele, eu estava brincando pois sabia que era mais uma das minhas neuras

-A Park Min para, eu te dou atenção todos os dias, uma vez na vida você não vai morrer

-Uhum tá apaga a luz e me deixa dormir.-falo e a luz se apaga logo a porta se fecha e eu suspiro alto-Eu posso até ser imbecil mas eu sou um ursinho e preciso de cola toda hora-falo achando que eu estava sozinho no quarto

-Eu sei disso

-PUTA QUE PARIU que susto caralho.

-Olha a boca Jimin

-Fodasse a boca é minha e eu falo o que eu quiser

-Ursinhos não tem boca suja-ele fala e engatinha até mim na cama e praticamente cola nossos rostos

-Eu sou um urso diferente-ele se abaixa mais o que faz nossos lábios se tocarem enquanto eu falo o que faz eu me arrepiar, eu passo meu braços por seu pescoço e puxo ele mais para baixo o que faz nossos lábiosse colarem, eu dou mordidinhas leves em seu lábio inferior e ele no meu na parte superior, eu passo língua no seu lábio o que faz ele soltar seus dentes de meu lábio e intrelaçar sua língua com a minha, ele chupou minha língua o que fez eu arfar, eu repeti o ato, eu deixava mordidas em seu lábio para recuperar o fôlego e logo depois nos beijamos denovo, paramos após um tempo.

-Quem-me dá um celinho-é-mais um-meu-mais um-marrentinho carente?-mais um

-Eu-falo dou um celinho nele-Eu não vou para o quarto nem que seja arrastado eu não vou

-Certeza? Você tem 5 4 3 2 1 corre!-eu tentei levantar mais ele me pegou no colo igual um saco por cima do ombro

-Me solta Yoongi-falo e me debato em seu colo dou socos em sua pena-Yoooooooonn, por favor, Min Yoongi me põem na merda do chão-eu sinto ele me tacar na cama com um pouco de calma por conta das dores que eu ja estava no corpo por causa da maldida virose e da maldita pneumonia

-Pronto, ta solto já

-Te odeio

-Te amo

-Aff também te amo

-Sabia-eu me ajeito na cama e viro de costas me cobrindo, logo a luz apaga e ele deita na cama, ele chega mais perto e passa seu braço e sua perna por cima do meu corpo e coloca a cabeça na curva do meu pescoço-Boa noite anjinho-fala e da um beijo no meu pescoço

-Boa noite protetor-me aconchego no seu braçon e acabo dormindo


Notas Finais


Espero q tenham gostado
Amo vcs e até essa semana cm o cap da fic ABO de Taekook
Amo vcs e bxossaa


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...