História My Little Boy - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO, Lu Han
Personagens Lu Han, Sehun
Tags Exo, Hunhan, Luhan, Mpreg, Sehun, Yaoi
Visualizações 46
Palavras 1.024
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Ficção, Fluffy, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 8 - •°•° Mpreg ? °•°•


Fanfic / Fanfiction My Little Boy - Capítulo 8 - •°•° Mpreg ? °•°•

Receber amor não significa que você o tem.

A semana se passou calmamente, o casal estava em perfeita harmonia, até mesmo haviam visitado os pais de Sehun, mesmo isso sendo extremamente incomodo para LuHan, o garoto queria ir, queria mostrar que não era o ser horrível que a senhora Oh pensava.

Era uma manhã de quinta feira quando LuHan acordou se sentindo estranho, Sehun não estava no quarto, o médico já havia ido trabalhar aquela hora, afinal, devia até mesmo estar no meio de uma consulta nesse momento. O garoto então se levantou e foi até o banheiro, ele então pegou seu celular e começou a discar alguns números, não demorou muito e a ligação foi atendida, uma voz rouca balbuciou um alô do outro lado dá linha e LuHan começou a falar.

- Yifan ? Oh meu Deus, me perdoe por ter acordar.. eu não queria, juro que não queria..

- O que aconteceu?

- Eu não tô me sentindo bem...

- Droga LuHan.. me diz que você não fez o que eu tô pensando...

- Fiz..

- Aí meu Deus, eu tô indo pra aí agora, me espera.. em dez minutos eu chego!

- Tá bom..

O garoto saiu de dentro do banheiro, vestiu uma roupa mais casual e correu para o térreo dá casa, ao chegar no mesmo foi até a cozinha onde bebeu uma xícara de café e comeu alguns biscoitos, a campainha logo tocou e o menor foi até o interfone, era o amigo! Ele então avisou ao porteiro que o amigo poderia entrar, aquele era de fato um condomínio seguro!

Quando Yifan chegou em sua casa, LuHan abriu a porta rapidamente e abraçou o amigo, o garoto estava desesperado, Yifan lhe entregou uma sacola plástica e caminhou até o sofá, era ali que ele iria esperar LuHan. Cinco longos minutos se passaram e então LuHan voltou para sala, Yifan se levantou do sofá e o olhou assustado, ele rezava para LuHan dizer um não, que havia sido um engano, apenas um susto, mas não foi bem isso que aconteceu..

- O que deu?

- Positivo...

- Tá zoando?

- Não...

- Aí droga..

Yifan caminhou até o amigo e o abraçou, quando LuHan retribuiu o mesmo a porta dá sala é aberta, era Sehun. O moreno não conhecia Yifan, então se assustou ao ver seu namorado abraçado com outro homem, os meninos se separaram e LuHan se pôs atrás de Kris que colocou sua mão para trás, tocando a mão do amigo e então respirou fundo.

- LuHan, o que tá acontecendo aqui?

- Olha, eu sei que você não me conhece mas vou ser breve, meu nome é Wu Yifan, sou amigo do LuHan e ele tem uma coisa a te dizer.

- Yifan!

- Ah, você tem LuHan? Então por que você não me diz?

- Cara, para de sarcasmo.. o garoto tá com um pequeno problema no momento sabe, ele tem uma coisa seria para falar!

Sehun notou o tom de Wu e então se aproximou do mesmo, o médico se sentou no sofá e olhou para LuHan que continuava atrás do amigo, seria medo ou vergonha? Não importava no momento.. LuHan foi se movendo lentamente até ficar na frente de Sehun e então começou a balbuciar algumas poucas palavras falhas.

- Eu.. bem, nós... Eu não sei como dizer..

- Seja direito bebê, eu tô aqui, lembre? Sem segredos?

- Aconteceu uma coisa, um pequeno imprevisto..

- Você tá doente? Caiu? Se machucou na cozinha?

- Ah pelo amor de Deus! LuHan fala logo o que aconteceu, eu tô agoniado já!!

- Sehun você vai ser pai.

- O que?

O moreno olhou para o garoto em sua frente e arregalou os olhos se lembrando dá noite em que tiveram, daquela bendita noite que era na verdade uma manhã, uma manhã em que LuHan decidiu tomar as rédeas dá situação e ter feito aquilo sem nenhuma proteção, mas nunca havia passado na mente de Sehun que o mesmo engravidaria tão fácil.

- Tá bom, não vamos nos exaltar.. temos um problema aqui e isso é evidente.

- Bom, eu já fiz meu papel de amigo, agora eu tenho que ir.. LuHan, sabe que pró que precisar é só me chamar e eu venho correndo uh?

- Obrigado Yifan, você é o melhor amigo do mundo.

LuHan abraçou o maior e o levou até a porta de saída, ao se despedirem o garoto voltou para sala e então se sentou no sofá, abraçando os dois joelhos, ele tinha medo dá reação de Sehun, então apenas aguardou pelas futuras palavras que sairiam do boca do médico. E quando as mesmas foram ouvidas, seus pequenos olhos negros se fecharam, apenas em modo de defesa para tal situação.

- LuHan... Como deixou isso acontecer?

- Eu não tive culpa, não achei que isso iria acontecer tão fácil...

- Por que não me avisou antes?

- Eu não sabia, me senti estranho hoje e pedi ajuda pro Kris e você chegou.. eu.. eu sinto muito, me desculpa.. esse sempre foi o nosso sonho, você sempre quis isso, eu ia te contar de outra forma mas não teve como, eu sinto muito, eu posso sumir dá sua vida se quiser, posso tirar eu.. eu não sei o que fazer..

- Hey, para com isso, não chora. Eu te amo, lembra? Você não vai tirar, e se esse "é" o nosso sonho, eu vou fazer acontecer, agora, tira essa carinha triste uh? Eu te amo LuHan, nada de ruim vai acontecer com você, eu não vou deixar nada de ruim acontecer, eu vou cuidar de vocês dois, eu juro.

LuHan abraçou o mais velho enquanto derramava mais algumas lágrimas, ele tinha medo, medo de Sehun ir embora, medo de Sehun não aceitar, ele não queria atrapalhar a vida do namorado, e sentia como se tudo o que fizera era errado, mas na verdade não, Sehun amava o jeito de LuHan, aquele jeito atrapalhado, jeito fofo, jeito que fazia LuHan ser único! Após o longo abraço, Sehun beijou seu namorado é o guiou até o quarto, LuHan precisa ouvir alguns aconselhamentos médicos, para que sua gestação fosse tranquila, Sehun estava certo de que ele mesmo iria cuidar de tudo, não queria seu menino sofrendo olhares maldosos de outros médicos, ele mesmo iria cuidar de tudo, até mesmo do parto se fosse necessário!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...