História My Little Brother - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Incesto, Vmin
Exibições 171
Palavras 1.354
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura!❤

Capítulo 4 - Chapter four


•••

Jimin dormia, agarrado ao corpo do maior, ele se sentia acolhido, mas logo aquilo foi desfeito, Taehyung iria buscar seu amigo que chegaria ainda hoje, o único amigo verdadeiro nesses últimos anos, era como uma omma, mesmo que as outras pessoas viam algo a mais ali, era apenas amizade e o outro já tinha um companheiro de longa data.

•••

Jimin on

Sinto a falta de um corpo ali, sento e passo a mão no meu rosto, logo vejo Taehyung segurando a mão de um garoto, com o cabelo rosado, um pouco mais alto que o outro, lábios cheinhos e rosados, direciono meu olhar para suas mãos juntas, sinto um aperto no peito.

- Quanto tempo está acordado? - o ignoro e continuo focado na suas mãos juntas - Jimin.

- Onde você tava? Quem é esse? - ignoro sua pergunta.

- Fui buscar ele no aeroporto, esse é Jin meu amigo do internato! Acho que alguém acordou de mau humor.

- Prazer sou SeokJin, mas pode me chamar de Jin! - sorria.

- Ou omma!

- O prazer é meu, sou Jimin mas pode me chamar de chimchim - retribuo o sorriso. Logo ele vai pro quarto de hóspedes, Taehyung logo rir, faço bico.

- Que foi? - levanto.

- Está com ciúmes? - veio até mim, podia até ser ciúmes, mas não iria admitir.

- Não, estou de mau humor - vou em direção ao banheiro mas Taehyung, fica na frente da porta - Sai!

- Não até você admitir - o puxo tentando tira-lo dali, sem sucesso.

- TaeTae, eu só quero tomar banho, sai da frente! - falo irritado.

- Usando apelido pra conseguir me tirar daqui? - ele me pegou no colo - vou mostrar pro jin como você é fofo com ciúmes.

- Não...- me ignorou e foi até o outro estava.

- Olha Jin hyung, como ele fica fofo com ciúmes! - sorria.

- Taehyung, me solta - bato nele.

- Ele é fofo! - o outro falou sorrindo- agora solta ele!

- E agressivo! - mordo seu ombro - Aii... - me colocou no chão, escuto as risadas do Jin.

- Não faça mais isso! - o olho e saio, tomo banho me visto, logo Tae entra no quarto não fala nada apenas entra no banheiro.

Jimin off

Taehyung on

Tomo banho e saio de toalha, percebo que Jimin está me observando.

- Hyung, desculpa! - disse baixo.

- Desculpa? - vou até ele.

- Te machuquei - passou a mão no local da mordida, que se encontrava roxo ele realmente estava com raiva.

- Não se preocupa! - sorrir e ele começou acariciar ali, deu alguns beijinho, o abraço, escondeu seu rosto na curta do meu pescoço e deixou mais beijos ali, arrepiei.

- Me desculpa? Eu juro não fazer de novo - o aperto.

- Se for pra receber beijos seus pode me morder - ri  - Pode voltar a beijar!

- Eu posso beijar sem bater - segurou meu rosto e beijou a ponta do meu nariz, com toda essa movimentação minha toalha acaba caindo, ele cobre os olhos com as mãos gordinhas -  hyung, é melhor você se vestir! - Estava quase terminado, faltando só a blusa.

- Pronto! - ele me olha.

- Falta a blusa, hyung! - o abraço.

- Assim é melhor - o puxo pra cama.

- Eu não vou tirar a minha! - estava corado.

- Não precisa - beijo sua testa - Bons sonhos, pequeno!

- Pra você também! - me apertou - Assim é melhor - sorrio e logo adormecendo.

•••

Acordo, faço minha higiene, escuro risadas vindo da sala vou até lá, Jin e Tae jogavam vídeo game.

- Ganhei - gritou Tae me fazendo rir - Vem cá! - me aproximei, sento ao seu lado.

- Bom dia! - sorrio e pego o controle do Tae - minha vez!

- Bom dia! - ambos falaram ao mesmo tempo.

- Peguei no verde, peguei no azul, sorte pra mim aza pra tu! - pegou nas cores que o mesmo indicou e sorrio vitorioso. Jin nesse momento estava vermelho de tanto rir - Para hyung!

- Você é definidamente uma criança! - levantou - Quem ta com fome?

- Eu - levanto o braço e sorrio, jin logo vai pra cozinha - Não tá com fome?

- Não - olhava pro chão, sento no seu colo e acaricio seu rosto.

- Como tá seu ombro? - puxo sua blusa pra ver - Roxo - sussurro.

- Carinho ajuda, sabia?! - disse sorrindo, o abraço e dou alguns beijinhos no seu pescoço, chegando aos lábios.

- A comida tá pronta! - gritou da cozinha, levanto e ele bufa, riu e corro pra cozinha, vendo a mesa cheia de coisas.

- Pra que tudo isso? - o olho.

- O namorado dele chega daqui pouco  - disse me abraçando por trás.

•••

Logo o namorado do Jin chegou, ele era um pouco mais alto que o Jin e meio desastrado. Eles ficaram conversando coisas chatas.

- Que chato! -sento no colo do Taehyung e o mesmo me ignora.

- Não vai dá atenção pro seu namorado? - falo o mais velho que se eu não me engano, Namjoon.

- Eles são irmãos! - disse Jin rindo da cara do namorado, aperto o Tae.

•••

Brigava com o sono e com o Taehyung, que insistia em dizer que eu tinha que dormi que amanhã teria aula, mas eu queria tanto terminar de assistir aquele desenho. Tae logo se irritou, me jogou sobre seu ombro, comecei a bater na sua bunda.

- Me solta! - tento me soltar.

- Assim a gente vai...- nem terminou a frase é já estava sobre mim, solto um gemido de dor - Você tá bem? - disse ainda em cima de mim.

- Minhas costas... -  ele logo se levantou, me pegou no colo estilo noiva, foi até o quarto me colocou na cama, me virou - o que você ta fazendo?

- Dói? - passou a mão por minhas costas.

- Um pouco...- ele levanta minha blusa - Hyung, não! - tentei abaixar, ele pegou um creme que estava no móvel perto da cama, e começou a massagear minhas costas.

- Desculpar, não sei fazer isso! - riu.

- Está ótimo, hyung! Já estou me sentindo melhor! - me viro e sorrio, e logo vejo o sorriso do outro, o abraço.

- Vamos dormi, já tá tarde! - me deitei em cima dele, acariciou minhas costas e beijou o topo da minha cabeça, logo adormeço.

•••

Acordo com o Tae me sacudindo, dizendo que eu estava atrasado, quando tive a coragem pra me levantar daquela cama tão confortável, olho no relógio, teria 5 minutos pra me arrumar e é claro que isso não seria possível, então voltei pra cama recebendo um sermão, ele anda mais chato esses últimos dias, nossos mais viajaram, coisa de trabalho e deixaram a toda a responsabilidade pra ele, o abraço logo sendo retribuído.

- Você tem os melhores abraços! - sussurro.

- Você que tem! - e essa era mais uma briguinha boba de tantas outras, logo paramos, faltava alguma coisa, Jin.

- Cadê o Jin? - o olho.

- Casa do namorado! - fiz bico.

- Ele vai trocar a gente! - ele riu, explicou que fazia algum tempo que eles não se viam e disse que eu era ciumento, mas uma briguinha se formou.

- Hyung, eu não sou ciumento! - bato nele.

- Claro que não...hoje eu vou sair com uma menina, ela é tão bonita! - sorria, meu coração apertou.

- Hyung, você vai mesmo? - sinto vontade imensa de chorar.

- Claro que não! - me abraçou quando percebeu que meus olhos estavam manejando - Desculpa, eu tava brincando!

- Um dia você vai ter que namorar, mesmo! - Sorrio, falar aquilo doía - Vai ter filhos e se esquecer de mim!

- Nunca meu pequeno! A única pessoa que eu quero namorar é você! - o olho e ele sorrir.

- Não é errado? - me abraçou.

- Só é errado, se você não quiser... você quer? - sussurrou perto do meu ouvido, me fazendo arrepiar.

- Quero - sorrio.

- Então estamos oficialmente namorando! - ele me beijou, um beijo necessitado, passando amor de um para o outro - Mas não pode contar pra ninguém! As pessoas vão julgar ou vão querer atrapalhar, ok?

- Nem o Jin-hyung? - o olho.

- Pode! - sorrio e o abraço.


Notas Finais


Sobre a frequência da atualização da fanfic, vou tenta postar todos os dias. Tchauzin! ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...