História My Little Brother - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Incesto, Vmin
Exibições 92
Palavras 1.652
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura!

Capítulo 5 - Chapter five


Fanfic / Fanfiction My Little Brother - Capítulo 5 - Chapter five

Ficamos deitados no sofá até o Jin chegar, quando ele foi sentar fez uma cara de dor.

- Hyung, o que aconteceu? Ta doendo? - ele arregala os olhos.

- N-ão é nada! - chego perto dele.

- Por que gaguejou? - ele fica calado - hyung...

- Deixa ele Jimin, você não vai entender essas coisas agora! - faço bico.

- Por que? - cruzo os braços.

- Você é muito novo, eu prometo explicar depois...agora vem cá! - abriu os braços, sento no seu colo.

- Carência? - Riu, ele me aperta.

- Sim! - acaricio seu rosto e dou um selinho.

- Que? - Jin meio que gritou, me assustando.

- A gente tá namorando! - tae fala é me aperta.

- Você tá tirando a inocência da minha cria! Vem cá, Jimin! - o olho e ele tá de braços abertos, Taehyung me aperta mais - Solta ele Taehyung! - ele obedece e vou até o Jin.

- Que foi, omma? - ele me puxa pro seu colo.

- Ele fez alguma coisa com você? - olho pro Taehyung que agora estava com um bico no seus lábios.

- Não, ele deveria te feito? Que coisa?- o encaro.

- Nada pequeno, agora vai ali antes! - Aponta pro Taehyung.

- Vocês não se decidem, ali, aqui, lá- riu e pulo em cima do Taehyung.

- Deixa eu sair! - ele vai pro quarto correndo. O Taehyung começa a fazer cafuné em mim, deito minha cabeça no seu ombro e deixo um beijinho no seu pescoço ele arrepia.

- Hyung, por que isso acontece? - beijo mais uma vez o seu pescoço e o mesmo arrepia.

- Porque...não sei! - ele beija meu pescoço e eu tenho a mesma reação que a dele.

- Isso é bom! - sorrio e fecho os olhos, aproveitando o cafuné e sua mão quentinha na minhas costas, ele me puxa pra mais perto, tento acha uma posição confortável.

- Para...- ele aperta minha cintura, o olho confuso.

- Por que? - ele me tira do seu colo.

- P-porque...se não eu não consigo aguenta... - aguenta? Estou cadê vez mais confuso.

- Aguenta? Me explica! - sento de novo no seu colo.

- É... JIN-HYUNG - gritou, logo Jin aparece.

- Que foi, menino? Pra que gritar? - ele tava com os cabelos molhados com certeza acabou de sair do banho.

- Hyung, o que o Tae não aguenta? Eu só tava me ajeitando no colo dele! - ele olhou pro Tae depois pra mim várias vezes.

- Aí Jimin isso é difícil de explicar! Você não precisa saber dessas coisas agora! - sorrio e sentou ao meu lado - Com o tempo você vai entender!

- Eu quero entender agora! - faço bico.

- Posso Tae? - ele assentiu e o mais velho prosseguiu - Bom pequeno, isso acontece entre duas pessoas na maioria das vezes... só que você é muito novo pra fazer isso e o Tae se segura...mesmo você sendo novo tem um corpo bonito e você provoca mesmo não percebendo, olha pro Tae, ver alguma coisa de diferente? - obedeço, vejo um volume no meio da suas pernas.

- O que é isso? - aponto.

- Ele está excitado e a culpa é sua...- Tae estava corado.

- Minha? Eu não fiz nada! - encaro o Tae.

- Agora é com você, TaeTae! - disse e saiu, ele ficou calado.

- Posso toca, hyung? - ele arregala os olhos.

- N-não...- fico olhando - Para de olhar! - pegou a almofada e colocou ali.

- Hyung...Eu estou mais confuso! - seguro minha própria mão e aperto.

- Um dia você vai entender...mas agora você não precisa pensar nisso!

- Você vai ficar quanto tempo assim? Eu posso ajudar? Como? - ele me abraça.

- Você me deixa louco...mas não posso explicar tudo pra você...agora eu vou tomar banho, volto já! - retribui, mas ele logo corre pro banheiro.

Taehyung on

Tranco a porta do banheiro rapidamente, mais uma vez terei que aliviar sozinho, não é a primeira vez que fico excitado perto do Jimin, seu corpo, seu jeito e até mesmo sua inocência, tomo banho e me alívio, saiu com a toalha enrolada na cintura, me jogo na cama.

- Hyung...posso entra? - saiu quase como um sussurro.

- Pode! - ele entra e me olho corado.

- Você deveria te avisado! - disse se virando, vou até ele e o abraço - você ta molhado e gelado! - se afastou.

- É assim? - ele solta um "sim" - sai daqui!

- Hyung...Desculpa - chegou perto de mim.

- Eu estou molhado e gelado! - eu queria fazer manha mais conhecida como cu doce, mas acho que ele entendeu errado, estava chorando, me xinguei mentalmente - Desculpa - o abraço.

- D-esculpa...e-eu sou um fresco! - sinto as lágrimas dele encharcando meu peitoral.

- Eu que sou um idiota! Agora para de chorar...cadê o sorriso lindo do meu chimchim? - aquele sorriso voltou a aparecer - Amo seu sorriso! - Beijo sua bochecha.

- Você ainda tá sem roupa! - se virou mais uma vez - Anda hyung...

- Você anda muito mandão! - começo a me vestir - Agressivo, quando está te ensinando isso, hum? - término e o abraço.

- Eu não sou nada disso! - o puxo até a cama.

- Claro que não! - o aperto - Meu amigo vem aqui, ok?

- Que amigo? - se virou e começou a me encarar.

- Jeon Jungkook! - beijo seu nariz.

- De onde você conhece ele? - beijo seu pescoço.

- Ciúmes? - me empurrou - ciúmes com certeza!

- Não é ciúmes, eu quero saber quem é ele! - escuto o celular tocar, levanto e o escuto ele bufa - ele chegou! - vou até a porta abrindo a mesma.

- TaeTae! - sorrir - que saudades!

- Kook! Tbm estava com saudades! - dou espaço pra ele entra logo fechando a porta atrás de mim.

- Quem é esse? - olhava pro Jimin sentado na escada com um bico nos lábios. Jimin não faz isso!

- Meu irmão mais novo! - o kook senta do lado dele.

- Qual o seu nome, pequeno? - sorria.

- Jimin, jeon jungkook, né?! - retribuiu o sorriso.

- Sim, percebo que alguém falou sobre mim! - me encarou.

Taehyung off

Jimin on

Brincava com os dedos, enquanto o maior não parava de fazer perguntas, não que tivesse incomodando, pelo menos não a mim.

- No que está pensando? - perguntou curioso.

- Nada de mais! - faço bico - Taehyung, to com fome!

- Vou fazer alguma coisa pra gente comer! - sorrio e foi em direção a cozinha.

- Que ajuda? -  balança a cabeça negativamente. E mais uma vez o garoto enchia de perguntas, ele tava me mostrando uns vídeos engraçados no seu celular e eu estava entre suas pernas, sinto um volume, ele também?!

- Já tá pronto! - gritou Tae ainda na cozinha, corro até lá, depois de um tempo o kook entra e Tae olha pra ele com raiva. Começamos a comer.

- Cadê o omma Jin? - pergunto de boca cheia.

- Não fala de boca cheia! Saiu com o Namjoon! - faço bico. Rapidamente término de comer e vou pra sala.

- Jimin, vem! - ele sobe as escadas e vai pro quarto, corro até lá.

- Que foi, hyung? - sento na cama.

- Não fique muito próximo no kook, ok? - sentou do meu lado.

- Ok, mas por que? - Ele me puxa pro seu colo.

- Nada, apenas fique longe! - beijo seu pescoço - Sua omma volta amanhã!

- E o appa? - o olho.

- Ele chega hoje! Eu preciso te contar uma coisa...- respirou fundo - Eu vou me mudar!

- Como assim? Eu vou com você? Por que? - ele olha pro chão.

- Meu appa me deu uma casa, sua omma não me aguenta em casa! Eu não sei se você vai, mas prometo vir te visitar todos os dias! - sinto meus olhos manejando, levanto para sair correndo mas sou impedido por ele segurando meu pulso - Eu não quero ficar longe de você, mas praticamente fui expulso de casa! Eu vou tenta te levar comigo! - o abraço.

- TaeTae eu tenho que ir embora! Tchau pequeno, tchau TaeTae! - o Tae vai deixa ele até a porta, logo ele volta correndo e pulando em cima de mim.

- Você é pesado! - o empurro e ele caiu, não era minha intenção mas foi engraçado não contive o riso.

- É assim que você trata seu hyung?! Bom saber! - me jogo em cima dele. Esse é meu hyung, ama fazer manha mas não é o único, por um tempo parei de pensar em nossa conversa anterior, porém voltou átona esses pensamentos.

- Hyung, você vai mesmo embora? - o encaro.

- Eu não vou embora exatamente, eu vou me mudar!

Jimin off

É só olhar pra cara do Jimin, não conseguia esconder que isso estava incomodado, Taehyung sai do quarto deixando o menor sozinho com uma cara na boa, foi em direção ao seu appa pedindo para que o menor fosse com ele, talvez era pedir de mais porém nada que aquela mulher não queira, era isso que ela queria, se livrar deles, no entanto aos olhos do appa de Taehyung ela era a melhor que chegava até ser parecida com sua primeira mulher já aos olhos de Taehyung ela não passava se uma puta, querendo ser sustentada, e ela não passa disso e isso é evidente menos pro seu appa. Depois de uma longa conversa com seu appa, consegui o que tanto queria, Jimin moraria com ele. Correu até o quarto abraçando o Jimin o mesmo sem compreender retribuiu.

- Você vai morar comigo! - segurou Jimin pela cintura e eu tirou do chão rodando o mesmo.

- Você é o melhor! - Jimin não aguentou teve que beijar seu namorado, já estava com saudades daqueles lábios quentinhos e macios o mais velho se surpreendeu mas logo retribuiu o beijo o puxando pra cama, o abraço logo depois que o beijo se desfez por falta de ar, maldito ar que sempre atrapalha os beijos do casal por eles passariam suas vidas se beijando.


Notas Finais


Tchauzin! Até o próximo capítulo❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...