História My Little Doll. - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Barbara Palvin, Justin Bieber, One Direction
Tags Drama, Revelaçoes, Romance
Exibições 89
Palavras 559
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Escolar, Famí­lia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Então passando rapidão, espero que gostem desculpa qualquer erro.

Capítulo 6 - 5-Memory


Fanfic / Fanfiction My Little Doll. - Capítulo 6 - 5-Memory

Point of view Justin Bieber.

 

Afliçao, misturado com raiva angústia, dor e tudo de preocupante que possa existir, é assim que me encontrava, Aurora estava naquele quarto a uma hora e meia, minhas mãos estavam suando, meu nervosismo era tão perceptível que até a moça do balcão veio perguntar se eu precisava de ajuda médica, mas claro que eu só estava assim por causa daquela criançã, ou melhor resumindo adolescente.

 

-Responsável por Aurora Adamms Lee?-falou um o doutor,presumo.

 

-Eu!-pronunciei assim que terminou de falar.

 

-Como se chama senhor e o que é da moça?-perguntou, nem eu sabia que tipo de relacionamento tinhamos.

 

-Justin Bieber, e sou primo de Aurora.falei confiante, não podia dizer na lata que Aurora era minha somente minha e que seria minha namorada daqui um tempo.-E então como está ela, está gravemente ferida?.

 

-Bom, não digo que ela está gravemente ferida, mas com a pancada entre o chão e ela, teve uma consequência, e...-o interrompi.

 

-Que tipo de consequência?-perguntei afobada, o homem a minha frente olhou-me com pena.

 

-Ela perdeu a memória,sei que não facíl mas nesses casos o melhor a se fazer é ajudar sua prima, em lembranças do passado o que passaram, sobre sua vida anteriormente.explicou-me claramente, fiquei estático, caralho e agora? to ferrado.

 

-E a memória dela, tem chances de voltar derrepente?.o olhei esperançoso que a memória dela podesse voltar.Mas vemos que pelo lado bom, é que eu podia manipula-lá.Boa ideia Bieber.

 

-Pode como também não pode, a memória pode vir aos poucos, ela pode sentir dores de cabeça pelo baque da memória, tem 90% de chances da memória dela ir voltando aos poucos, só ajude ela.concordei, pelo menos ela está bem.

 

-Posso vê-lá?.

 

-Claro, siga-me!.sem demora segui o doutor.

 

Point of view Authoress.

 

Justin e o doutor entraram no quarto onde está a bela Aurora, a garota estava totalmente palida e por momento, inconsciênte, dormia serenamente, seus batimentos cardíacos estavam mediamente acelereados, seus braços continham alguns arranhões e sua cabeça estava enfaixada,pernas esfoladas,sua boca estava seca e murcha, seus olhos com olheiras, mas mesmo com todo essas coisas em seu rosto continuava linda.

 

-Vou deixa-lo com ela, se ela acordar chame, alguma enfermeira, ou mande me chamar.avisou o homem de jaleco branco e o loiro assentiu.

 

aproximou-se até a cama onde Aurora está deitada, a olhou, seu coração acelerou, e sua mão direita calmamente tocou o rosto da mais nova.

 

-Oh meu anjo, porque fez isso, poderia ser tudo mais facíl se você não dificultasse as coisas.falou Justin segurando a mão pequena de Aurora.

 

Point of view Anonymous.

 

-Você, já soube o que aconteceu com sua menina?.

 

-O que aconteceu com ela, Jake?.

 

-Ela pulou da sacada da mansão do Bieber, e agora está no Hospital.

 

-Mas o que.Aquele desgraçado não sabe nem cuidar do que é meu.

 

-E agora o que você pretende fazer?

 

-Traze-lá para Suiça junto de mim.

 

-Você sabe que não será facíl, pois o Bieber passa vigiando ela.

 

-Darei o meu jeito, mande Peter continuar observando todos os passos daquele filho da puta, traga-me mais notícias da minha Lolita.

 

 

 

Misericórdia.

Você me tem nas mãos

Nem sabe o tamanho do seu poder

Eu me posto como um gigante

Mas caio quando estou perto de você

 

Você me mostra uma porta aberta

Só para batê-la na minha cara

Eu não aguento mais isto

Estou pedindo, querida.

 

Mercy(Shawn Mendes)


Notas Finais


beijossssssss lindas.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...