História My little hibrid - Imagine Jimin - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Personagens Originais
Tags Híbrido, Hoseok, Jikook, Jimin, Jin, Jungkook, Namjin, Namjoon, Taehyung, Vhope, Yoongi
Exibições 420
Palavras 2.982
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Violência, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa leitura amores *u*

Capítulo 1 - Ela é uma hibrida!


Fanfic / Fanfiction My little hibrid - Imagine Jimin - Capítulo 1 - Ela é uma hibrida!

Oi, me chamo Park Jimin e tenho 18 anos. Moro sozinho num pequeno apartamento em Busan. Bom... Já me apresentei... Agora é só eu me arrumar para poder ir para a universidade.

Eu simplesmente não queria ir pra faculdade hoje... Em plena sexta-feira... Aish...

Levantei-me da cama e me espreguicei. Sai de meu quarto e fui para o banheiro que ficava em frente ao meu quarto. Abri a porta do banheiro e deixei-a encostada, já que não havia problemas, eu moro sozinho mesmo...

Despi-me por completo e entrei em meu Box. Coloquei a água quente e por fim liguei o chuveiro. A água quente caia sobre meus ombros me fazendo relaxar por completo. Depois de um banho demorado, peguei minha toalha e enrolei em minha cintura. Sai do banheiro e fui até meu guarda-roupa.

Peguei uma calça jeans azul clara e uma blusa branca folgada. Sequei meus cabelos e penteei-os. Fui até minha bolsa e arrumei a mesma deixando todo o material necessário dentro da mesma. Olhei no relógio e vi que eram 7:43 AM, eu estava super atrasado, então coloquei a mochila em minhas costas, peguei uma maçã na cozinha e sai de meu apartamento.

Desci as escadas rapidamente e quando estava saindo de meu condomínio, avisto Jungkook me esperando em frente á porta principal.

- Vamos logo Jimin, estamos atrasados! – falou ele puxando minha mão e correndo

- Há quanto tempo você ta me esperando? – perguntei ofegante

- Faz uns 20 minutos.

- Meu despertador não tocou, desculpa Kook... – falei fazendo biquinho e ele riu

- Sempre tem uma desculpinha... Vamos que o portão já esta fechando! – ele falou correndo mais rápido e eu tentava acompanhar

Depois de mais alguns minutos correndo, finalmente, chegamos com o portão quase fechando. Subimos para as nossas devidas aulas, dei tchau a Jungkook e ele correu para sua aula de física. Bom, eu teria química, então corri para a sala de aula, pedi licença e me sentei ao lado de Hoseok... Um grande amigo meu.

- Cara onde você tava? – ele falou baixo em meu ouvido

- Perdi o horário... – falei coçando a nuca

- Depois eu te passo o trabalho que ela passou. – ele disse pegando algumas folhas

- MAIS?! – falei me exaltando um pouco e bufando

- Park Jimin, gostaria de explicar a matéria na lousa, já que tanto conversa, provavelmente já deve saber a matéria. – falou a professora olhando fixo para mim

Eu estava xingando tanto essa vagabunda mentalmente... Eu realmente não gosto dela. É uma das professoras que eu menos gosto.

- Desculpa. – falei um pouco com raiva e abaixando minha cabeça

-QUEBRA DO TEMPO-

Depois de longas horas, finalmente, bate o sinal para ir para o intervalo. Desci as escadas e fui para refeitório, avistando meus amigos acenando para eu sentar-me junto com eles.

- E ae Jimin, como vai ser hoje? – falou Taehyung animado

- Ah sei lá... Ta tão corrido... – falei me sentando ao lado de Jin e apoiando minha mão em minha cabeça

- Jimin, relaxa, hoje é só curtição. Deixa esses trabalhos pra fazer depois. – falou Namjoon tentando me animar

- É... Vamos ver a aonde isso vai. – falei respirando pesado

- A gente podia fazer um jogo hoje. – falou Hoseok e Taehyung logo se animou batendo palmas

- Que tipo de jogo? – perguntou Jin confuso

- Verdade ou desafio. – falou Hoseok fazendo uma feição maliciosa

- Isso é brincadeira de criança. - falou Yoongi rindo

- A branca de neve ta com medinho? – falou Taehyung provocando Yoongi

- Beleza então. Eu vou nessa merda, vamos ver quem é que vai chorar depois. – falou Yoongi batendo na mesa e todos ficaram quietos, menos Taehyung que riu da cara de Yoongi.

Conversamos e rimos sobre coisas aleatórias. Passou um tempo e logo o sinal bateu. Fui para minhas devidas aulas, eu simplesmente não estava aguentando mais... Só queria que acabasse esse dia acabasse logo para eu deitar em minha cama.

-QUEBRA DO TEMPO-

AEEH CARALHO! Finalmente, hora de ir em borá! Amém! Arrumei meus materiais rapidamente e corri em direção à saída, avistando meus amigos me esperando.

- Vamos logo Jimin! – falou Jin puxando meu pulso

- Onde vai ser o jogo? – perguntei

- Na sua casa. – todos responderam e eu revirei os olhos

Já estava caindo à tarde, então começamos a andar um pouco mais rápido. Até que avisto uma pequena criança correndo e gritando desesperadamente, ela foi se aproximando e pude ver que ela estava repleta de sangue. Eu e meus amigos nos entreolhávamos assustados, até que aquele serzinho vê a gente, e imediatamente, agarra em uma de minhas pernas.

- J-Jimin, ela... Olha! – falou Jungkook apontando para a cabeça da criança, e pude ver orelhas de gatinho abaixadas.

- Ela ta arranhando minha perna! – falei tentando tira-la de mim, mas Taehyung logo a pega no colo.

- Minnie, ela é uma hibrida! – ele falou alegre e a abraçando, sua camisa estava cheia de sangue por conta da tal pequena.

- Que porra é essa? – falou Yoongi assustado

- Metade humana, metade gato... – falou Hoseok impressionado

- Para de frescura! É apenas uma fantasia! – falou Namjoon puxando as orelhas da gatinha que logo gritou de dor

- Para Namjoon! Ta machucando ela! – falou Jin preocupado

- E-e o que a gente vai fazer com ela? – perguntei impressionado

- A gente vai cuidar dela! Olha como ela esta! Alguém a maltratou. – falou Taehyung levantando ela. A mesma estava com vários cortes no rosto e braços

- Cara, cê ta loco? Como a gente vai cuidar disso? – falou Namjoon

- ‘’Disso’’ não, ela é uma hibrida! – falou Taehyung corrigindo ele

- E como você sabe o que ela é? – falei cruzando os braços

- Animes. – falou ele se explicando

- Que seja! Vamos logo jogar a merda do jogo. – falou Yoongi andando e todos nós os acompanhamos

Isso é real? ‘’Hibridos’’ existem? Aquele ser... Parecia tão inseguro... Tão sensível... Quem será que havia sido o monstro que a maltratou dela?

Quando chegamos a meu apartamento, rapidamente entrei no elevador com os garotos e esperamos o meu andar. Iria demorar pelo menos uns 2 minutos. Meu andar é o ultimo. A pequena garotinha chorava sem parar.

- Ela esta tão ferida... – falei fazendo um olhar triste

- Nossa Jimin! Se você não falasse eu iria pensar que era uma fantasia de Hallowen. – falou Yoongi e todos riram ali

- Vamos cuidar dela. – falou Jin e todos o olharam

- VOCÊ, vai cuidar dela! Já tenho muito trabalho pra fazer. – falou Namjoon e todos concordaram

- Ta querendo morrer Namjoon? – falou Jin ameaçador e o mesmo abaixou a cabeça

- Só não estou de acordo... – ele disse baixo

- Ela é tão lindinha! Só precisa de cuidados. – falou Jin sorrindo para o pequeno ser que chorava no colo de Taehyung

- Chegamos. – falou Jungkook saindo do elevador e todos foram juntos

Caminhamos até meu apartamento, e assim que chegamos, abri a porta e todos entraram exaustos se jogando no sofá. Taehyung imediatamente foi até meu quarto e pegou uma coberta para a garotinha que estava encolhida no sofá nos olhando atentamente

- Então... Ela pode nos entender? – falou Namjoon observando a pequena e ela assentiu assustada

- Você está com fome...? – perguntei a olhando calmamente e ela assentiu

Deixei os garotos conversando com a pequena gatinha e fui até a cozinha que era separada apenas por um balcão. Fui até um dos armários e peguei algumas bolachas salgadas. Coloquei num pratinho e fui pegar um pouco de leite na geladeira. (pelo menos deduzi que ela gostaria de leite, já que ela é metade gato). Voltei para a sala com o copo e prato na mão. Taehyung era o que mais estava animado e tentava conversar com a pequenina.

- Qual é seu nome pequena? – perguntou Taehyung afagando as orelhinhas da gatinha

- ___... – ela disse baixinho e Taehyung sorriu

- Bonito nome! – ele disse batendo palmas

- Cara, eu só acho que você esta assustando ela. – falou Yoongi rindo

- Naaah! Você nunca viu híbridos não? – ele disse sério e todos negaram com a cabeça

- Eu nem sabia que existia isso. – falou Namjoon coçando sua nuca

- Tó... Ela gosta de leite? – falei entregando o prato e copo para Taehyung e ele assentiu

- Acho que sim... Gosta pequena? – ele disse entregando para a gatinha e ela assentiu com um pequeno sorriso no rosto

- E o jogo? – falou Yoongi

- É... Parece que vai ficar pra outro dia. – disse Hoseok

- Aff, toma no cu! Eu vou em borá. – ele disse se levantando e indo até a porta e logo batendo a mesma, fazendo à pequena se assustar.

- Aish... ___* não liga pra ele não. – falou Hoseok fazendo carinhos nas orelhinhas da garotinha que logo deu o seu primeiro sorriso (Autora: Esse pontinho ‘’ * ‘’ significa seu apelido :v)

Assim que aquele serzinho deu o seu primeiro sorriso, eu me senti estranho... Eu havia gostado daquele sorriso, e assim que há vi pela primeira vez, eu quis cuida-la... Queria protegê-la de todo o mal.

- Quem á feriu? – perguntei me agachando perto do sofá a olhando fixamente

- Appa... – ela falou e percebi suas orelhinhas se abaixarem junto com o tom de sua voz

- Porque seu próprio pai faria isso? – falou Jungkook indignado

- Quantos aninhos você tem linda? – falou Taehyung num tom calmo e doce

- Treze... - ela disse baixinho

- Então temos uma mocinha! – falou Namjoon sorrindo e todos riram

- Jimin, você ta bem? – falou Jungkook me tirando de meus pensamentos

- Ãn? Ah... T-to sim... Só um pouco… Chocado digamos assim… - falei confuso coçando minha nuca.

- Tente não ficar assim... Devemos conforta-la. – falou Jungkook colocando a mão em meu ombro

- Kook, eu não sei nem me manter direito aqui, quanto mais cuidar de uma hibrida!

- Relaxa. – ele disse sorrindo e eu retribuo seu sorriso

Depois de um tempo tentando conversar com a pequena hibrida que se mantinha encolhida no canto do sofá, ela estava um pouco receosa, mas sabia que nós não a queríamos feri-la. Passaram-se mais alguns minutos e logo o celular de Jin tocou rapidamente ele atende

- Alô? Ah... Ok, to indo! – falou Jin e logo desligou o celular

 - Quem era? – falou Namjoon se levantando do sofá

- Meus appas me chamaram pra um jantar importante agora. – falou ele um pouco triste

- Eu vou com você então. – falou Namjoon

- E eu vou ficar sozinho aqui? – falei um pouco triste

- Sim, cuidem bem da ___*! Se não eu castro vocês. – ele disse falando em um tom calmo que logo se tornou ameaçador

- Vamos logo Jin! Tchau gente! – falou Namjoon segurando a mão de Jin

- Ok. Tchauuu! – falou Jin acenando e saindo do apartamento

Fechei a porta e voltei para o sofá. Vendo ____ no colo de Hoseok brincando com o mesmo.

- Daríamos ótimos pais, né não? – falou Taehyung rindo e Hoseok logo soltou sorriso largo

- Sim vocês seriam. Onde está Jungkook? – falei rindo e perguntando

- Ta no seu quarto, fazendo alguma coisa. – falou Taehyung apontando para a porta de meu quarto

Assim que entro, vejo Jungkook conversando com alguém importante em seu celular. Vejo que ele esta preocupado então sento ao seu lado e espero ele desligar sua chamada.

- O que foi Kook? – perguntei um pouco preocupado

- Ah... Nada de mais, é só alguns problemas com a Kim... – ele falou respirando pesado e jogando sua cabeça para trás

- Relacionamentos são complicados... Mas você vai precisar ir agora? – perguntei triste e ele assentiu

- Sim, tenho que passar na casa dela... Outro dia eu fico com você e quem sabe a gente aproveite o dia. – ele falou malicioso mordendo seus lábios me fazendo rir

- Pensarei no seu caso. – falei rindo e me levantando da cama

Ele levantou junto comigo e guardou seu celular em seu bolso. Saímos do quarto avistando Hoseok olhando uma mensagem sem seu celular atentamente. Jungkook deu tchau aos garotos e logo saiu de meu apartamento. Voltei para a sala e me sentei no sofá de frente para Hoseok e Taehyung.

- Aconteceu algo Hobi? – falei preocupado

- Eu tenho que resolver umas parada la em casa... E também tem haver com o Tae... – ele disse dando um suspiro longo e pesado e Taehyung logo fez uma feição preocupada

- Eu? O que tem eu? O que eu fiz? Não fui eu e nem sei quem foi. – ele disse apressado e eu ri

- Calma amor, não é nada grave. Temos que ir agora... – ele disse tirando ___* de seu colo e a colocando delicadamente no sofá

- Aigoo... Vou ficar sozinho mesmo? – falei fazendo biquinho e cruzando os braços

- Vai. – falou Taehyung rindo e depositando um beijo em minha testa

- Amanhã eu te explico. Temos que ir agora. – ele falou me olhando calmo e eu assenti

- Tchau então... – falei triste e abrindo a porta, os mesmos me deram um abraço e logo saíram.

Fechei a porta e encarei ___* brincar com seu próprio rabinho no sofá. Ela parecia bem concentrada a deixando fofa e engraçada me fazendo abrir um largo sorriso

- Pequena você precisa tomar um banho. – falei sorrindo e me sentando no sofá ao lado dela

Logo ela fez uma feição desentendida inclinando sua cabeça para o lado e eu ri. Peguei a pequena delicadamente e a levei para o banheiro. Deixei-a em cima do pequeno balcão que eu usava para colocar produtos de higiene e fui até a banheira e logo abrindo a torneira, rapidamente a pequena se encolheu receosa.

- Não vai lhes fazer mal, você vai gostar. – falei sorrindo e pegando ela em meu colo

Delicadamente a coloquei na água, e como era de se esperar, ela se debateu tentando sair. Expliquei para ela que não iria lhes fazer mal e ela entendeu. Logo ela se acalmou e ficou sentada na água vendo a água da torneira cair, fazendo respingar um pouco em seu rostinho. Peguei meu xampu e passei em minhas mãos, a pequena ficará encantada com o liquido cheiroso que caia em seus cabelos longos e negros. Comecei a espumar todo o seu cabelo e pude ver o brilho em seus olhos. Parecia que tudo era novo para ela. Logo ela pegou um pouco de espuma em suas mãozinhas e colocou em sua boca, a mesma se engasgou me fazendo soltar uma gargalhada.

- Não pode comer pequena. – falei rindo e jogando um pouco de água em seus lábios carnudos e vermelhinhos

Depois de um longo banho, peguei uma toalha para a pequenina e a enrolei na mesma. Peguei-a em meu colo e a levei para meu quarto, a deixei sentada em minha cama e fui a procura de algo que servisse nela. Então peguei uma blusa velha que eu tinha e a cortei, deixando em um tamanho que servisse para a pequena hibrida. Fui até ela e vi a mesma tentando pegar uma mosca que estava sobrevoando por cima da cama. Sorri para mim mesma e fui até a pequenina. Tirei a toalha de ser corpo e a vesti. Havia ficado um pouco grandes, mas daria para ela dormir hoje. Peguei a toalha e sequei seus cabelos e orelhinhas. Logo ela estava deitada enrolada nos cobertores de minha cama sentada vidrada no desenho que passava na TV.

Deixei a pequena hibrida em meu quarto e fui até o banheiro tomar meu banho para poder dormir. Assim que entrei, olhei as pequenas roupinhas da garotinha sujas e rasgadas no chão. Instantaneamente peguei as roupinhas e coloquei no cesto de roupa suja.

-QUEBRA DO TEMPO-

Depois de um banho demorado, sai do Box e peguei minha toalha, enrolei-a em minha cintura e fui para meu quarto. Assim que vi a pequena hibrida me encarar eu coro. Realmente eu havia esquecido que a pequenina estava em meu quarto. Fui até meu guarda-roupa e peguei uma roupa e novamente voltei para o banheiro.

Depois de eu ter finalmente me trocado, entro no quarto e encosto a porta. Deito-me na cama e pego um cobertor separado. Viro-me para o lado oposto da pequena gatinha e fecho meus olhos. Não demora muito para que eu possa sentir pequenas mãozinhas se entrelaçarem em minha cintura. Viro-me assustado e vejo a gatinha me observar com um sorriso no rosto. Retribuo seu sorriso e afago as orelhinhas da gatinha. Seu rabinho balançava de um lado para o outro agitado, assim como suas orelhinhas. Pude ouvir o ronronar sair dos pequenos lábios da garotinha, que estava com seus olhinhos fechados roçando sua cabeça em minha mão em busca de mais contato.

Aquele carinho de certa forma mexia comigo... Parecia que eu estava... Gostando? Eu não sei... De certa forma, ela deve ter uma família. Creio eu que não poderei ficar com ela por muito tempo.

Fiquei por alguns minutos ali fazendo carinho na pequena, até que ela se pronuncia.

- Oppa...? – ela disse com sua voz meiga e fofa

- Sim? – respondi calmo

- V-você... Vai me machucar? – ela disse olhando fundos em meus olhos fazendo um pequeno biquinho, fazendo suas orelhinhas se abaixarem. Suas palavras realmente mexeram comigo. Eu senti uma enorme pontada no coração.

- Eu nunca seria capaz de lhe machucar, pequena. – falei sorrindo fraco bagunçando seus cabelos, a fazendo rir.

- Eu gosto do seu carinho, oppa. – ela disse fofa se juntando mais próximo de meu peito e afundando seu rosto ali

Sorri a mim mesmo e continuei o cafuné. Logo vi a pequenina parar de ronronar e respirar pesado. Ela já havia dormido.

Aquela noite estava fazendo frio, então peguei mais alguns cobertores colocando por cima de nós. Abracei a pequenina e fechei meus olhos.

Seu cheirinho de morango era gostoso. Talvez seja por conta do xampu que eu havia lhe passado. Realmente não sei... Mas eu estava gostando.

                                                                                    Continua...


Notas Finais


Olha eu aqui de volta ¬u¬'

PSE NÉ GENT... VAMOS VER COMO VAI SER ESSA FANFIC... TO NERVOUSER :V

Desculpem algum erro, é q eu tava ansiosa pra postar sa poha <3

Espero que gostem... *0* <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...