História My little hibrid - Imagine Jimin - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Personagens Originais
Tags Híbrido, Hoseok, Jikook, Jimin, Jin, Jungkook, Namjin, Namjoon, Taehyung, Vhope, Yoongi
Exibições 98
Palavras 1.838
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Violência, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


AEEEEEEEEEEEEEEH \O/

Boa leitura amores <3

Capítulo 5 - De volta no tempo


Fanfic / Fanfiction My little hibrid - Imagine Jimin - Capítulo 5 - De volta no tempo

- Eu faria o impossível pra te ver feliz.

- JIMIN OFF-

-__ ON-

Eu não sabia exatamente o que se passava comigo. Era uma explosão de sentimentos de uma vez... Não saberia definir o que eu estava sentindo.

Ficamos ainda no sofá conversando sobre várias coisas aleatórias. Era tão bom conversar com Jiminnie Oppa. Seus abraços eram acolhedores. E os carinhos? Simplesmente era uma das melhores coisas que eu já havia recebido.

Eu estava tão perdida em meus pensamentos, que nem estava mais prestando atenção em que Jimin estava falando.

- ___? - ele diz passando a mão em minha frente, fazendo-me sair de meus pensamentos.

- Oi? - digo o encarando

- No que tanto pensa?

- Não sei... Estou tão ansiosa, mas ao mesmo tempo, com medo. - digo fazendo gestos com a mão e o vejo sorrir. Ah... O sorriso.

- Não se preocupe pequena, tudo vai dar certo. - ele diz se aproximando, dando um beijo em minha testa

- Espero que sim. - digo me levantando, o deixando no sofá.

Eu realmente precisava de um banho. Apenas pra relaxar e colocar as coisas em ordem. Estou tão confusa

Vou até o banheiro, em seguida, tranco a porta. Tiro minhas peças de roupas, dobro, e as deixo em cima do pequeno balcão que havia ali no canto.

Logo o chuveiro na água quente e entro no Box. A água quente percorria por todo o meu corpo, permito-me, relaxar com aquele momento onde eu poderia ficar sozinha.

Depois de um longo banho, fecho o chuveiro e torço meus cabelos para sair o excesso de água que continha nele. Estendo meu braço para pegar minha toalha e a enrolo em meu corpo.

Destranco a porta e corro rapidamente para o quarto. Procuro alguma roupa no guarda-roupa, mas nada acho. Então vejo que em um canto do quarto havia uma caixa e é uma bolsa. Vou até a bolsa e abro em seguida. Lá estavam as roupas que havia ganhado. Sorrio a mim mesma e procuro algo para usar. Optei por pegar um vestido branco soltinho a cima do joelho.

Término de arrumar-me e me jogo na cama, dando um longo suspiro em seguida.

Novamente, eu me encontrava perdida em meus pensamentos. Até que sinto um peso a mais na cama em que estava. Olho para o lado e vejo Jimin me encarar intensamente. Era quase possível se perder na imensidão de seus olhos. Ele realmente era muito bonito. Coro por seu ato.

- Você fica linda vermelha. - ele diz rindo de canto

- Você me deixa assim. - digo afundando meu rosto no colchão, ouvindo uma gargalhada do maior.

                                      ~~~~

A noite já havia chegado. E eu estava deitada com os olhos abertos olhando para a imensa escuridão que se encontrava o teto.

Sempre que fico ansiosa com alguém ou algo, fico assim.

Levanto-me com cuidado da cama para não acordar Jiminnie, e vou para a cozinha tomar um copo de leite.

Ligo a luz da cozinha e abro a geladeira, retiro a caixa de leite e a deixo em cima do balcão da pia. Vou até o armário, fico na ponta dos pés e tento pegar um copo. Mas sem sucesso.

Até que sinto uma presença atrás de mim, ajudando-me a pegar um copo. Viro para trás imediatamente assustada e vejo Jimin sorrir.

- Devia ter pedido ajuda. - ele diz me entregando o copo

- Você estava dormindo... E eu posso fazer isso sozinha. - digo indo até a pia e colocando o líquido em meu copo

- Hum... - ele diz se sentando na banqueta do balcão da cozinha - Porque está acordada a essa hora da noite? - ele diz bocejando

- Não consigo dormir. - digo me sentando a sua frente, tomando um gole de meu leite.

- Ansiosa?

- Muito. - digo suspirando pesado. Sinto meu rabo e orelhas se mexerem rápido.

- Já te disse que vai ficar tudo bem, não precisa ficar... ''Ansiosa''. - ele diz fazendo aspas com as mãos

- Você tem noção do que é isso? Eu nem sei se ela está viva! Eu perdi uma família... É inevitável eu ficar assim. - digo um pouco rápido, tomando um gole de meu leite respirando e inspirando rapidamente.

- Hey! Fica calma. - ele diz vindo até mim, depositando um beijo em minha testa - Vai dar tudo certo. Não iremos sozinhos. - ele diz

- TaeTae vai conosco? - digo e vejo-o revirar os olhos, mas não deixou de tirar seu incrível sorriso de seus lábios.

- Sim __*. Ele vai com a gente. - ele diz bagunçando meus cabelos. Sorrio com seu ato.

- Todos irão com a gente? - digo com um sorriso nos lábios e o vejo assentir positivamente.

Trocamos ainda mais alguns diálogos e, finalmente, eu estava ficando com sono. Caminhamos calmamente ate o quarto e nos deitamos.

Viro para o lado oposto de Jimin, mas sinto suas grandes mãos circularem minha cintura, trazendo-me para mais perto de si. Enrolo minha calda em sua perna e sinto suas mãos subirem para minhas orelhas, deixando ali, um carinho. E ali adormeço com seus carinhos que tanto amava.

-Dia seguinte...

Acordo no dia seguinte, com Jimin me balançando para que eu acordasse. Abro meus olhos e o vejo me observar. Instantaneamente meu coração acelera.

- Os hyungs já estão vindo. Se arrume. - ele diz fazendo um rápido carinho em minhas orelhas.

Meu coração acelera, e um frio na barriga me vem. Tanto por ansiosidade quanto por medo.

Vou até a ''minha'' bolsa e pego uma calça jeans preta é uma blusa colada simples. Por cima, coloco um moletom azul marinho.

Corro para o banheiro e faço minha higiene rapidamente. Logo escuto a campainha ser tocada. Termino de secar meu rosto e corro para a sala.

Vejo todos os garotos direcionarem seus olhares para mim. Coro por isso, mas cumprimento cada um que estava ali.

                              ~~~~~~~

Estávamos dentro do carro de Jin. A cada rua que ele passava, recordava tudo o que eu havia corrido por socorro de alguém.

- __*, tem certeza que é por aqui? - diz Jin concentrado no volante

- Tenho... Eu acho. - digo para mim mesma

- Caralho, você morava a onde? - diz um menino do fundo do carro. Ele tinha cabelos loiros e pele pálida. Jimin ia dizer alguma coisa, mas somos interrompidos por Jin.

- Não tem mais estrada. - diz Jin. Rapidamente olho em volta e novamente um frio na barriga me vêm.

- É por ali... - digo apontando para uma mata que havia ali na frente.

- D-dentro da floresta? - diz Hoseok

- Mais ou menos... - o respondo tirando meu cinto de segurança

- Nossa... Acho que minha mãe tá me ligando aqui... - diz Taehyung fingindo estar em uma chamada

- Agora que vocês estão aqui, vocês vão com a gente. - diz Jungkook

- Não é tão longe... Vamos. - digo saindo do caso e suspirando pesado.

Assim que todos saem do carro, Jin deixa tudo trancado e travado. Eu realmente estava suando frio.

- Fica calma, ok? - cochicha Jimin em meu ouvido e eu assinto com a cabeça

Entramos na mata e começamos a andar. Eu me sentia estranha estar passando por ali. Consigo-me ver fazendo esse caminho quando eu estava correndo clamando por ajuda.

Um calafrio sobe em meu corpo e uma enorme sensação de estar sendo observada fica presente no lugar.

- Tem uma fazenda abandonada ali. - diz Namjoon apontando para a tal fazenda.

Estava tudo tão diferente... De algo bonito e alegre, passou a ser algo velho e sombrio. O clima estava estranho. Parecia que algo nos observava. Outro calafrio sobe em meu corpo. Sem perceber, deixo uma lágrima cair de meus olhos, mas rapidamente a limpo.

- Vocês não vão entrar lá, né? - diz Hoseok se grudando em Taehyung

- Sim. - respondem todos juntos, inclusive eu

- Vocês não assistem filme de terror não? - diz Taehyung

- Parem de ser medrosos e vamos logo, que eu não vim aqui atoa. - diz Jin num tom autorario.

O tal garoto loiro foi na frente, cujo nome era Yoongi, primeiro que todos. Eu realmente estava aflita. Minhas mãos soavam e minha respiração estava descompassada. Mas logo sinto minha mão ser entrelaçada na de Jimin, com certeza, isso havia me deixado um pouco calma.

Em meio ao caminho, conseguíamos sentir um odor podre. Era um odor forte e ruim.

Assim que conseguimos entrar na pequena casa de Madeira, flashbacks passaram em minha cabeça, lembranças e sentimentos. Passo o dedo em cada móvel que estava revirado pelo casa e sinto como se alguém realmente estava presente naquele momento.

- Tem um quarto aqui no fundo! - diz Jungkook que vasculhava a casa.

- O quarto proibido... - digo a mim mesma chegando perto de Jungkook

Minhas orelhas estavam baixas, e minha calda de mexia rápido me alertando de algo.

- B-bela casa, viu? - diz Hoseok pisando nas pontas dos pés. Ele estava agarrado nas costas de Taehyung que ria de algumas atitudes sua.

- Aqui é assustador. - diz Namjoon analisando as coisas

Enquanto eles dialogavam sobre a casa, eu tentava abrir a tal porta que estava trancada com um cadeado enorme prateado, rodeado de correntes.

- Quer ajuda? - diz Yoongi chegando perto de mim

- Sim... Por favor... - digo um pouco baixo me afastando

Sem demora, vejo o mesmo dar um chute forte na porta, a fazendo arrebentar no mesmo instante. Ouço um grito fino da cozinha, vou até lá e vejo Jungkook e Jimin rindo.

- Parem de rir! - diz Hoseok bravo

- Vamos pessoal. - digo chamando eles para ver o que tinha dentro da sala.

Assim que coloco meus pés dentro da sala escura, minhas orelhas ficam em alerta. Novamente, o forte odor sobe em meu nariz fazendo-me espirrar.

- Alguém tem uma lanterna? - diz Jin procurando um interruptor pelas paredes

- Aqui. - diz Taehyung acendendo a lanterna de seu celular

Pego delicadamente o celular de Tae e vou vasculhando algo de interessante. Até que começo a ver vultos de esconderem atrás das caixas.

- Tem algo ali! - digo apontando para uma das caixas

- SANGUE DE JESUS TEM PODER! - dizem Hoseok e Taehyung juntos correndo para fora da casa, esbarrando em tudo que estava pela frente.

Aproximo-me mais das caixas, com o celular em minhas mãos. Vou tirando as caixas delicadamente. Sinto minhas orelhas ficarem em alerta novamente.

Assim que tiro as caixas. Sinto meus olhos se enxerem de lágrimas. Lágrimas que eu não consegui conter. Permiti que as deixassem cair.

Essa era uma cena que eu nunca mais esqueceria. La estava ela. Min-seo. Ela estava cheia de sangue, seus pulsos estavam roxos. Havia cortes por todo o lado de seu corpo. Suas orelhas se mantinham baixas. Seus olhos estavam arregalados, ela estava assustada. Assim como eu estava.

- M-min...? – digo com a voz falha. 


Notas Finais


Hoseok, me representa na vida :')

PESSOAL, ANTES DE ME TACAREM PEDRAS, tenho um comunicado a fazer.

AMANHÃ É O MEU ULTIMO DIA DE AULA :V <3 E o que isso significa?

VOU POSTAR CAPS COM FREQUENCIA
CARALHO
:V

(se eu não ficar de recuperação ;-;, então cruzem os dedos c:)

Desculpe esse cap ser curto, mas eu escrevi ele no celular... Ja estou escrevendo outro capitulo também... Entãooo... Só esperar :v

Aaah, e mais uma coisinha... Eu gostaria que deixassem sugestões/melhorias para a fanfic. O que vocês acham que podia melhorar na historia. Por exemplo: personagem, escrita, detalhes... Etc. Podem falar. JOGUEM NA MINHA CARA, EU DEIXO Ç.Ç <3 HAUHAUA

Bjos amooorees, até o proximo capitulo 'u' <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...