História My little hybrid - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Big Bang, EXID, EXO, Monsta X, ROMEO, Seventeen, UNIQ
Personagens Baekhyun, Boo Seungkwan, Chanyeol, Chen, Cho Seung Yeon, D.O, D-Lite (Daesung), G-Dragon, Hani, Hansol "Vernon" Chwe, Hong Jisoo "Joshua", Hyerin, Hyung Won, Hyunkyung, I'M, Jang Doyoon, Jeon Wonwoo, J-hope, Jimin, Jin, Joo Heon, Junghan "Jeonghan", Junghwa, Jungkook, Kai, Kangmin, Ki Hyun, Kim Mingyu, Kim Sun Joo, Kris Wu, Kyle, Lay, LE, Lee Chan "Dino", Lee Jihun "Woozi", Lee Seokmin "DK", Li Wen Han, Lu Han, Milo, Min Hyuk, Minsung, Personagens Originais, Rap Monster, Sehun, Seungcheol "S.Coups", Seunghwan, Seungri, Shin Dongjin, Show Nu, Solji, Soonyoung "Hoshi", Suga, Suho, T.O.P, Taeyang, Tao, V, Wang Yibo, Wen Junhui "JUN", Won Ho, Xiumin, Xu Ming Hao "THE8", Yao MingMing, Yunsung, Zhou Yi Xuan
Visualizações 171
Palavras 1.530
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Bom... Não aguentei de ansiedade e tá ai, eu estava em dúvida se postava híbrida ou normal... Mas se não gostarem dessa eu posto a normal.
Nem demorei né? Só alguns meses... Mais tá ai espero que gostem
Beijos da Tina (・´з`・)
Ps: Se gostarem não esqueçam de favoritar e comentar, beijos

Capítulo 1 - Capítulo 1 - Sua gatinha


Fanfic / Fanfiction My little hybrid - Capítulo 1 - Capítulo 1 - Sua gatinha

|T.O.P|

 Merda, belo começo de ano, hoje é meu aniversário de namoro e não dei nada para minha mulher. E agora? 


Continuei caminhando enquanto observava as lojas que não tinham nada que me interessava. 


— Droga! — Murmurei 


Passei mais de meia hora procurando algo de que minha mulher goste, porém não encontrei nada, Que azar! 


Já estava anoitecendo e minha mulher esperava o presente dela, mas não encontrei então resolvi voltar para casa. "Como irei chegar lá da mãos vazias? E se minha mulher entrar de greve? Aigoo! " — Pensei.  


Eu já estava quase em casa quando ouvi um barulho vindo de um beco. "Más que MERDA! Minha sogra resolveu me assombrar agora?!" — Pensei caminhando em direção ao barulho 


Acendi a lanterna do meu celular e fui clareando até ver uns olhos assustados.


— Oque?! — Murmurei curioso me aproximando. 


Me aproximei o suficiente para ver que é uma pequena híbrida 


— Olá pequena. — Digo me ajoelhando para poder ficar do seu tamanho 


— Huh? — Disse ela se afastando 


— Calma... Não irei machucá-la. — Digo me aproximando. — Qual seu nome? — Ela não me responde apenas se afasta más ainda — Aish! Garota complicada... Bichano complicado... Aigoo, complicada! — Digo dando da ombros pra ela.


Sai daquele beco escuro e logo ouvi outro miado


Meow. 


Olhei para trás e a vi de quatro feito um felino.


" Não posso deixar essa pobre coitada assim ... " — Pensei


— Ok. Vamos fazer um trato, você vai ser o presente da minha mulher e não falamos mais nisso. Ok? — Digo e a mesma ergue seus braços para mim pega-la 


Meow.  


— Ótimo! Agora falo com gatos — Murmurei me abaixando e a pegando no colo, ela entrelaçou suas pernas en minha cintura e deitou a cabeça em meu ombro começando a ronronar 


— Aigoo, agora esse barulho chato!?


Cheguei em casa e vi minha namorada parada me olhando com os braços cruzados 


— Oque é isso? — Perguntou 


— Uma híbrida que encontrei... Comprei, quero te presentear — Digo dando o gato pra ela e a mesma se recusa a pegar 


      |S/n|



Comprou? Huh! Mentiroso. Assim que ele foi me passar para a mulher eu agarrei com unhas em sua blusa. "Não vou ficar com essa maluca!" — Pensei


— Aish! Pega amor. — Disse ele tentando fazer eu desgrudar.  


— Eu não quero essa... Ratazana — Disse


"Ratazana é você, bruaca feia." — Penso


— Amor... — Insistiu o rapaz 


— Choi, não quero esse animal cheio de pulgas aqui! 


— Pois fique sabendo que ela irá ficar! Aqui é minha casa — Disse alterado passando pela moça 


Mostrei a lingua pra ela "Babaca" — Pensei. 


— Choi ela me mostrou a língua — Disse a moça vindo atrás dele 


— O bichano está dormindo, como iria mostrar a língua para você?! Não seja dramática.  


Ele caminhou até o quarto e me colocou deitada na cama, em seguida me cobriu e saiu do quarto discutindo com ela 


Ótimo! Estou morrendo de fome, onde será a geladeira?... Me levantei da cama e abri a porta do quarto pra ver se havia alguém, sai do quarto e caminhei até o cômodo más próximo


— Aish! Pra que uma casa desse tamanho? — murmurei.  



"Aigoo, só falta a cozinha ser no andar debaixo" — Pensei 


Olhei nos 3 cômodos do andar de cima, desci as escadas lentamente vendo eles discutindo do lado de fora da casa com a porta aberta, caminhei lentamente até a cozinha


"Comida!!!" — Pensei. 


Abri a geladeira e comecei a procurar leite, única coisa que encontrei foi bebidas. "Que bêbado desgraçado!" — Pensei 


Acabei derrubando uma garrafa de bebida e a quebrando. "Aish!" — pensei


Ouvi passos vindo em minha direção então fiquei de quatro e comecei a lamber as patas como se nada tivesse acontecido. "Huh? Isso não fui eu" — Pensei


— Aish! Gato desastrado — Disse o rapaz chegando perto. 


— Miau — Sou tão inocente... Ergui meus braços para ele me pegar e comecei a ronronar  


— Aish, além de tudo é folgada — Disse me pegando. 


Ele caminhou até a sala e logo percebi o silêncio. Ele me colocou sentada no sofá e ligou a TV se sentando ao meu lado 


"Uh? Cadê aquela vaca? Que curiosidade... " — Pensei.  


— você é tão fofa... Como alguém há abandonaria?!— perguntou 


— Tolo, pensa que eu falo — Murmurei fazendo ele me olhar 


— Huh? Oque disse? — Perguntou 


— Huh? — "Ele me ouviu? — Pensei. 


— Aigoo, porque as mulheres são tão complicadas ?! — Perguntou rindo enquanto acariciava minhas orelhinhas 


— Huh? — Mordi sua mão — Ai! Gato maluco


— Isso é por me chamar de complicada — Digo me afastando 


— Não chamei apenas você de complicada, falei TODAS 


— Não aja como se estivesse falando comigo, Tolo.  


— Huh? Você está bem? Você é uma híbrida sua burra.  


— Então você me entende?  


— Sim. 


— Então vá arrumar algo pra me comer em vez de me atazanar — Digo cruzando os braços. 


— Aigoo, você é bem folgada viu! — Disse se levantando 


Ele caminhou até a cozinha e eu lhe segui, fiquei observando o mesmo procurar leite


— Tolo — Murmurei 


— Aish! Não tenho leite, irei ao mercado amanhã de manhã... Ok?


— Não! Estou com fome agora! Quero comer agora 


— Calma menina, tem atum. 


— Não quero atum, quero leite. 


— Não tem, vou fazer um lanche com atum para você... Se você calar a boca — Disse e eu o olhei com os olhos cheio de lágrimas — Agora vá se sentar 


Fui para a sala e me sentei, fiquei assistindo a TV até ouvir sua voz grossa me chamar 


— Gatinha — Gritou 


— Que assédio! — Murmurei caminhando até a cozinha 


— Porque assédio? Você não é uma gata?  


— Aish! Verdade — Digo rindo


Sentei na mesa e peguei o lanche que ele fez. 


Assim que comi eu lambi as pontas dos dedos e o mesmo me olha 


— Quer mais? 


— Não, Um só já basta. — Digo me levantando — Sem contar que estava ruim... — Murmurei 


— Então cozinhe da próxima vez! — Ditou se levantando alterado


O segui até seu quarto onde ele pegou algumas cobertas e me deu 


— Uh? Claro que levo pra você dormi lá na sala — Digo 


— Quem vai dormi lá é você! — Disse tirando sua blusa


— Aigoo! Sou uma híbrida, preciso ter meu espaço, agora vá pra sala! — Ditei autoritária 


— Quem é seu dono?  


— Você... Más... 


— Nada de más, agora vá pra sala


— Aish! — Sai batendo os pés.  


Desci as escadas e fiquei sentada esperando ele arrumar minha cama, mas ele estava demorando demais. Subi as escadas e adentrei seu quarto ouvindo barulho de água caindo e ele cantando 


— Hihihi — Deu uma risadinha maligna e entrei em seu quarto 


Abri a porta do banheiro lentamente e peguei a toalha que estava no porta-toalhas 


— Vou lhe ensinar a não mexer comigo — Digo tirando a toalha do banheiro e jogando na escada. Deitei em sua cama e percebi que ele havia desligado o chuveiro 


— Aish! Cadê minha toalha?! — Perguntou ainda no banheiro. 


Ouvi a porta do banheiro ser aberta e o mesmo sai — Nu. — Do banheiro 


— AHHH! — gritou assustado assim que me viu de olhos arregalados e com minhas mãos tampando minha boca — Oque faz aqui praga?! — Perguntou tampando sua intimidade 


— E-Eu? U-Ue... V-Vou D-Dormi ... N-Não é óbvio? — Digo distraída em seu corpo. 


— Aish! Sai já daqui, felino desgraçado! — Disse atacando uma peça de roupa em mim. 


Sai ainda fitando seu corpo e quase tropecei em meu próprio pé.  


Ele fechou a porta e assim que se vestiu, abriu.


— Posso mimi com você? — Pedi manhosa. 


— Aigoo... Só hoje, não vá se acostumando — Disse. 


Me deitei em sua cama e ele deitou logo em seguida


— Não faça nada de errado... Maluca — Disse virando pro lado e adormecendo 


— Aish! Oque eu poderia fazer de errado?! — Murmurei.  


Eu não estava com sono, me levantei e comecei a mexer em suas coisas, abri sua gaveta e vi uma revista. 


— P-Playboy? — Ditei com dificuldade 


Abri a revista e vi que tinha páginas coladas.  


— Aish, pra que passar cola?! — Sussurrei me perguntando 


— Huh? — Disse o rapaz se remexendo na cama. — Oque você tá fazendo ai praguinha? — Perguntou se virando para mim


— Estou apenas lendo essa revista... Porque ela está colando? Porque tem mulher sem roupa? — Indaguei sacudindo a revista


— TIRA AS PATAS DISSO! — gritou me assustando 


— Porque? 


— Me dê essa merda aqui, menina. 


Dei a revista pra ele e o mesmo colocou debaixo da cama. Deitei ao seu lado e o mesmo me olhou 


— Não mexa más em minhas coisas! 


— Desculpe oppa... — Digo tristonha até me lembrar de algo que vi na revista e gostei — Oppa me dá uma roupa da coelhinho? — Perguntei 


— Oque?! Não! — Disse virando para o lado e adormecendo 


— Huh? Tolo!  — Digo antes de dormi. 



Notas Finais


Gostou? (灬♥ω♥灬) tive um trabalhão viu... Más como sempre o primeiro capítulo nunca fica bão, espero que gostem do segundo

Siga meu perfil @ Yunsuk

Capítulo 2 já vai ter mais S/n inocente tentando descobrir certas coisas e.e


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...