História My Little Monster - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Akamaru, Anko Mitarashi, Asuma Sarutobi, Chiyo, Chouji Akimichi, Choumei, Deidara, , Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Haku, Han, Hanabi Hyuuga, Hinata Hyuuga, Hiruzen Sarutobi, Hizashi Hyuuga, Hyuuga Hiashi, Ino Yamanaka, Iruka Umino, Isobu, Itachi Uchiha, Jiraiya, Kabuto, Kakashi Hatake, Kankuro, Karin, Kiba Inuzuka, Killer Bee, Konohamaru, Kurama (Kyuubi), Minato "Yondaime" Namikaze, Mito Uzumaki, Nagato, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Orochimaru, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shino Aburame, Shisui Uchiha, Shizune, Temari, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju, Utakata, Yamato, Yugito Nii
Tags Comedia, Naruto
Exibições 136
Palavras 3.019
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Bishoujo, Bishounen, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Esporte, Famí­lia, Ficção, Luta, Romance e Novela, Saga, Violência
Avisos: Álcool, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Yo minna-san!
Gomen, gomen pela demora.
Eu estive ocupada com uma outra fic e acabei esquecendo por um tempinho essa daqui,
Por que quem me conhece, sabe que se meu cérebro fosse internet, ela seria discada, lá dos tempos das cavernas. Só consigo lidar com uma coisa de cada vez, então resolvi focar nessa história um pouquinho também hehe

Capítulo 5 - Dia de cão... Nem se compara


Fanfic / Fanfiction My Little Monster - Capítulo 5 - Dia de cão... Nem se compara

Antes...

Um resumo rápido do que aconteceu anteriormente:

Eu trabalhei, menti, fui zoado e ainda convidado pra uma have, no fim de semana.

Aquelas calouras parecem não ser nada mole, já que deram uma surra na minha prima. Seu eu soubesse de algo, poderia ter ajudado em algo. Separado a briga, e salvo a minha prima. Mas aí a festinha nem iria rolar, né.

Acho melhor manter minhas relações sanguíneas com a garota mais detestada do colégio em segredo por um tempo (até por que logo, logo, elas vão saber. Se não sou eu quem conto, a escola toda conta.)

Agora...

-Eu tenho uma ideia pra você ter amigos normais. –Kurama começou a me seguir pelo corredor- É simples... Coloca um cartaz nas paredes dizendo “ Procura-se amigos normais. Dou meus amigos anormais em troca. Ligue para...”

-Essa ideia é lixo. –eu falei, entrando no meu quarto.-FAAAALAAAA SEUS PALEEERMAAS!!!- cheguei gritando no quarto, mas não vi ninguém além de Neji.

-Naruto! Aqui não é uma feira, então diminui o volume, tá?!-  Neji que estava sentado no sofá, lendo um livro, reclamou.- Dava pra ouvir você no corredor, sabia. Que “ideia lixo” é essa?

-De arranjar amigos normais.- eu me joguei no outro sofá- Cadê aqueles animais??

-Pergunta pro Google-sensei

 -Eu tô falando do bicho-preguiça, a fuinha, o pavão e o porco?

 -Hmm...- Neji parou de ler- O bicho-preguiça tá preguiçando na varanda, a fuinha tá testando um novo console, o pavão tá jogando basquete com alguns caras do 2ª, o porco tá comendo na lanchonete e uma anta tá achando que tenho cara de Google-sensei.

-EU SOU A ANTAA?!!!

-Não. O sofá que é. –ele fechou o livro. Peguei meu celular e mandei mensagem pra aqueles retardados, e eles ainda fizeram questão de demorar mais de uma hora pra se reunir todos na sala, pode isso?!

-Ôô Naruto, desembucha logo aí, que tenho que continuar minha partida!- O emoUchiha reclamou, ainda segurando a bola e suando feito um porco, jogado no chão da sala.

-Eu estava terminando as configurações do meu console, sabia?- Gaara jogava num PSP.

-Espero que valha a pena, interromper minha soneca da tarde assim. –Shikamaru bocejou, deitado no sofá. Aja preguiça. O cara dorme de noite, durante as aulas, antes de comer, depois de comer e ainda arranjou tempo e preguiça pra soneca da tarde.

-Um idiota como ele não tem nada pra fazer além de nos atrapalhar. –Sasuke falou, zonbeteiro.

-O que foi, Naruto?- Chouji abriu um pacote de batatas- Quer batata?

-Não, valeu, Buta-chan. –(Buta= porco. Naruto chamou ele de porquinho, já que ao adicionar um “-chan”, soa como se fosse alguém mais novo que você, como uma criança. Ex: Sasuke-chan= Sasukezinho. Mas é dependendo de como e quem você chama assim, tá?) .-  Vou precisar da ajuda de vocês amanhã. Temos...

-Sem chance.- Sasuke se levantou- Não nos envolva nos seus problemas. Aposto que é pra sair do colégio, certo?

-Também tô fora.- O Nara bocejou, voltando á se deitar

-Me tire dessa.- Neji fechou a cara- Você não pode sair da escola por um mês, lembra?

-Mas quando aquelas gatas me convidaram...

-Gatas?- Sasuke se sentou novamente, interessado.

-É... Mas vocês são uns trouxas... E eu prefiro convidar outros...

-Convidar pra quê?- Neji me encarou.

-Pra nada... Não é da conta de vocês... É um problema meu...

-Sua última chance de nos contar... -Sasuke e os outros me olharam, depois de trocarem olhares maléficos.

-Como não estão interessados...-" Tenho que dar o fora... Esses manés vão aprontar alguma..."-  Acho que vou...- eu me levantei e sai andando-Chamar o Sai, Kiba e Deida...- de repente, tudo o que vi, foram o teto. Eles me carregaram até a varanda e me penduraram no parapeito.-GAAHKK!! CES TÃO LOCOO, SEUS VIADOO!!!

-Como você e pesado, Naruto...-Sasuke riu.

-Vai continuar nos enrolando?- Neji sorriu, como se estivesse doido pra me jogar do quinto andar do prédio dos dormitórios.

-NÃO DIGO NEM MORTO!!- eu gritei, e eles fizeram como se fossem me soltar- NÃO TERIAM CORAGEM!!

-Quer pagar pra ver?- Sasuke riu. 

-"Eles me soltariam se preciso... Preciso pensar rápido em uma estratégia de..."- minha boca agiu primeiro que minha mente, como sempre- NÃO! NÃO! ME PUXEM DE VOLTA E EU DESEMBUCHO!!!!

-Yoshi!- eles riram e me puxaram de volta. Demorei pra recuperar minha alma, que escapou com o susto, enquanto eles riam e choravam, dizendo que eu era um "bebezão". Fiquei jogado na varanda até tomar fôlego pra contar. Esses caras deveriam entrar pra tropa de elite, porque eles não pegam leve num interrogatório..

-É. Sabe... A de cabelos rosa... A loira e a moreninha... Elas disseram que tinha uma festa de uma amiga fora do colégio. E até disse que iriam se encontrar com outras amigas fora do colégio... Eu pensei em usar o Plano E De Fugas, só que preciso da ajuda de você s...

-Tamo dentro. –todos falaram ao mesmo tempo. São uns tarados interesseiros, isso sim.

-Mas vocês disseram que tavam fora... E que nem iriam me ajudar... Já que estou de castigo... Talvez seja melhor dizer que é errado envolver meus amigos nos meus problemas e...- fiz doce.

-Que isso, Naruto. –O Nara sorriu- Somos amigos desde sempre. Não tem problema nenhum pedir nossa ajuda quando surge algo importante.

-Amigos são pra essas coisas. -Sasuke piscou e sorriu com aquele sorriso de merda descarado.

-"Falsos." –eu me levantei- Mas se querem ir, deixo claro que não é pra vir me dar bronca se formos punidos depois.

-Se tem gatas, não importa qual punição virá da Tsunadoida. Á que horas que é a festa?

-Eu não sei. Vou ver as três hoje pra combinar melhor.

-Mas se elas tem uma festa,. Por que não saem? Não é proibido sair nos fins de semana.

-É quando se pula no pescoço da minha prima dentro da escola.

-O quê?- Neji começou a rir- Elas bateram na Karin?!

-Sim. Hoje eu a vi. A minha prima está toda arranhada, cheia de machucados, coitada.

-Bem feito, isso sim. Aposto que pensou que poderia dar uma de rainha má pra cima das novatas.- Sasuke riu.

-Karin vai ficar doida se descobrir que o “Na-kun” está indo á uma festa com as garotas que desceram o braço nela.-  Shikamaru riu.

-Ela disse que não quer que eu fale com as calouras. –eu ri- Mas ela não manda em mim.

-Mas o que vai te acontecer se aquelas três descobrirem que você de certa forma está relacionado com a maluca de quatro olhos?- Sasuke sorriu-Seria melhor se se afastasse delas e deixasse tudo comi...

-Nem vem, Uchiha. Eu resolvo tudo. Vai ser pior se souberem que você, já namorou minha prima.

-Mas foi só por uma semana. Ela é insuportável...

-Mas namorou. –todos riram.

-Ah é, Naruto..- Choujii falou-Não vai dar pra eu ir nessa festa. Os pais da minha namorada viajaram e ela quer que eu fique com ela.

-Namorada...?- Neji olhou pra Chouji- Esse é um caminho perigoso, meu caro amigo...

-Sabe o que isso significa?-Gaara sorriu-Ela quer que você...

-Se ela quer que você durma na casa dela... –eu sorri. Um sorriso que só homens entenderiam.

-Calem a boca, seus palermas!- Chouji se levantou, vermelho. Ele é tímido demais hahahaha. Ele saiu batendo o pé pelas escadas e bateu a porta do quarto dele.

-Alguém mais tem um último aviso?

-Não. –todos riram.

-Ótimo. Me acordem ás cinco e meia pra eu ir falar com as calouras. Se eu me atrasar...

-Pode deixar com a gente.- todos se dispersaram, enquanto eu me aconchegava no sofá.

-Enfim... Sono...-eu comecei a pegar no sono. Ainda tinha muito sono pra descontar dos últimos dias...

Quando pensei que estava dormindo, eu estava naquele quarto. A garota de cabelos rosa estava pondo um pano úmido na minha cabeça.

-Naruto!- ela sorriu- Finalmente acordou.

-Finalmente...? Haruno-san, né?

-Sakura. –ela falou, com um tom impaciente.

-Sakura-san, ent...

-Você me chamava de Sakura-chan.

-“-Chan”?

-Sim. “-Chan”. Desde a academia.

-Eu prefiro te chamar de “-san” mesmo.-eu me sentei- Então esse é o mundo do qual Kurama me falou, huh?

-Kurama?

-Sim. A raposa de nove bundas. – eu balancei meu cabelo, mas senti algo no meu rosto. Me levantei e corri para um espelho. Vi que tinham três marcas em cada lado do meu rosto, parecendo bigodes de gato ou raposas, sei lá.- O que... São essas cicatrizes?

-O quê?- Sakura-“chan” me olhou- Você as têm desde sempre.

-Ah... Nesse mundo eu sou um... Ninja. Né?

-Um gennin, pra ser mais exata.

-Hmm... Então eu fiz... Essas marcas lutando...? Ou fiz... Me auto-mutilando?

-Não. O quê? Naruto, que tipo de pergunta estranha é essa?

-Só estou tentando assimilar o máximo de coisa que puder ao mesmo tempo sem dar bug no meu cérebro. Então aqui eu tenho uma tal de Kyuubi selada em mim. O que ela é?

-É o espírito da raposa de nove caudas. Ela é uma enorme quantidade de chakra que tomou a forma de uma raposa. Pra proteger nossa vila, o quarto hokage a selou dentro de um bebê, recém nascido. Você.

-E quem era esse hokage?

-O Minato Namika...

-Meu pai? O-o que você...

-Seu pai?

-Sim! O Minato. É meu pai nesse mundo também?

-Nesse mundo?

-Você pode não acreditar em mim, mas eu não sou esse Naruto que você conhce. Eu tomei um treco estranho que o Erro-Sennin mandou pra mim e depois acordei aqui levando porrada sua e tudo o mais. Desde então, uma raposa fica me perseguindo no meu colégio. Só eu posso vê-la, ouvi-la ou tocá-la, o que já me rendeu um castigo na primeira semana de aula.

-Espera... Você disse que não é... O nosso Naruto?

-Não. Eu sou Naruto Uzumaki. Meu pai trabalha em outro país, por isso cresci com o meu avô. Eu tenho vários amigos babacas e estudo em um colégio interno há anos, desde que meu avô começou uma viagem de auto-conhecimento de mulheres.

-Auto... Argh... –ela fez uma careta e olhou pro lado- Mas então... Onde está o nosso Naruto?

-Eu. Estou aqui. Kurama disse que eu sou esse Naruto desse mundo.- eu sorri- Mas parece que as coisas ainda estão meio confusas, pois não lembro de nada sobre esse mundo. Esse mundo é real, certo?

-É tã real quanto...- ela deu um chute justo naquele lugar- Essa dor que está sentindo agora.- eu caí no chão, quase chorando de dor.

-Por que... Aqui...?

-Então você pode ver e falar com a Kyuubi... E seu pai é o Yondaime Hokage?

-É. Minato. Parece que ele é tão importante aqui quanto lá... Eu sou filho do líder da aldeia... hehehehe

-Era. Seu pai morreu para sela a Kyuubi em você.

-Oh... –eu me sentei- Mas lá ele tá vivíssimo... E diminui minha mesada á cada puxão de orelha que levo da Tsunade-no-baachan.

-Sei... Então você nos conhece e sabe que somos ninjas? Então pode parar de fazer essas idiotices e parar de agir como um pirralho da academia.

-Idiotices? –eu a olhei- Eu sou...

-“Ela tem razão... Naruto...”- ouvi uma voz grave. Era amarga e grossa, tipo aquelas de locutor de rádio, sabe. Voz de arroto.

-Quê? Quem? Onde? –comecei a caçar de onde vinha aquela voz.

-“Na sua cabeça”.- ouvi a voz arroto de novo -“Parece que você conheceu minha versão daquele mundo... E aí... Como eu sou?”

-“Ah... Irritante e tagarela, miúda, feia e fedida.”- ouvi uma risada alta. Na boa, tipo aquelas risadas melancólicas e melodramáticas de vilões dos animes que eu assisto.

-“Então lá... Sou seu pesadelo...”

-“Tá mais pra meu pior pesadelo. Na boa, aqui você parece melhor do que você de lá.”

-Naruto?- Sakura-“chan” me encarava, confusa.

-Foi mal, Sakura-san. Eu tenho que ir. Tenho uma festa pra ir hoje com você e suas amigas gostosas. Me dá um soco. Vai.

-O-o que.... Seu  masoquista!!- ela saiu andando- Já faz duas semanas que você não vai á uma missão.

-Eu não ligo. A festa com as gatinhas e uuuhuuu sabe...?

-E o seu louco desejo de resgatar o Sasuke? Ainda quer ser Hokage?

-Por que eu iria querer ser...

-Só você quem sabe. –ela falou.

-Me faz dormir. Talvez eu me lembre de algumas coisas e...- ela me socou. Parecia irritada. Eu voei pela janela e caí da minha casa. Apenas me levantei e bati a poeira da minha roupa. Sério, eu sou tipo um super -man daqui. Nem me arranhei.

-Viu? Não deu certo.- ela pulou na minha frente.- Precisa ficar acordado e interagir de novo. Da última vez, ficou inconsciente por uma semana.

-Última vez? Isso foi hoje de manh...

-Parece que o tempo do seu mundo e do meu correm diferentes, não?- ela saiu andando.- O pessoal está preocupado com você. Vamos. Até o Kazekage, soube que você fica desmaiado por dias e acorda todo confuso e desmaia de novo. Ele veio até aqui e...

-Gaara tá aqui? Será que ele tá usando essas roupas estranhas como todo mundo? –eu ri comigo mesmo.

-Ele está com a hokage agora. Como ele é seu amigo, ele veio com poucos anbu. Quem diria que você faria o líder de outra aldeia se preocupar com você. –ela sorriu.

-É... Será que ele me venderia pra diretora só pra evitar levar ferro junto de mim?

-O quê?

-Nada.- eu sorri, quando de repente, uma tempestade de areia se formou ao nosso redor. Dela, surgiu um rapaz ruivo. Com olhos safira e marcas profundas ao redor do s olhos. Fora que ele nem tinha sobrancelhas e tinha uma tatuagem que parecia feita de sangue na testa. E também usava vermelho e preto e tinha um... Tipo de jarro... Enorme pendurado nas costas.

-Naruto... –ele sorriu.

-Gaara. –Sakura-“chan’ o cumprimentou.

-Gaara. –eu o olhei- GAARA? CAARAAAI !! É O GAARA MESMO!!- pulei nele- Cara, que visual punk é esse?!- eu o abracei rindo feito louco.

-É... Naruto?- ele me olhou confuso quando eu me afastei.

-Cara... Tá foda!- eu o olhei de cima á baixo-Tá fohohohoda...- eu nem conseguia conter meu riso- Cê tá foda pra caralho, seu filho da puta de merda!- eu continuei rir- E por que eu me visto feito um suco de laranja? Enquanto você tá aí, fodando tudo.  Posso copiar seu estilo? Eu quero essa camisa...

-Naruto. –uma garota loira parou ao lado do Gaara, junto de um maluco todo de preto, com um treco enorme nas costas também. Eles não me eram estranhos.

-Te... Temari e Kankuro!?- eu comecei a rir- Por que esse seu leque aumentou de tamanho? E Kankuro agora faz parte da Kusklusklan? –eu ria sem parar.

-Kluskus... O quê?- Kankuro me olhou.

-Ele não tá normal.- Sakura sorriu, me dando um soco na cabeça- Pára com isso, idiota.- ela sussurrou.

-Como eu posso parar? Ele tá fodamente punkeando tudo e eu aqui... Vestido de laranjeira. –eu enxuguei minhas lágrimas- Daí aparecem os irmãos dele e...- todos me encaravam, inclusive o Gaara sem sobrancelhas. Sério, cara. Ele tá muito foda.- E ele tem até um tatuagem. “Amor”. Que bonitinho...

-Ele realmente não parece bem.- Gaara falou-Naruto, eu...

-Espera, espera. –eu peguei meu celular e comecei á tirar várias fotos- Gaara tem de ver isso.- eu sorri.

-Sim, eu estou vendo.- Gaara sorriu.

-Não você Gaara. O outro Gaara. O otaku. –eu sorri- Ah, é mesmo. –eu fui pra galeria e mostrei algumas fotos dos meus amigos de lá.

-Esse é... Sasuke-kun?- Sakura-“chan” olhou também.- Tão...

-Sim. Pra provar que não estou mentindo. –eu mostrei o outro Gaara pro Gaara punk.- Lá, todos vocês são bem diferentes, embora o corte de cabelo e as vozes sejam as mesmas. Só que o Gaara otaku  não tem essa solidão na voz...

-É... –o Gaara sorriu- Então realmente você não é o Naruto que conheço...

-Sou sim. Só que a vida que me lembro é  outra. –eu sorri- E Sakura-san, o Sasuke de lá é doido por uma sem peito feito você.- ela corou. Temari me deu com aquele leque Na minha barriga, enquanto que Sakura me deu um chute naquela região. De novo. Só tô apanhando aqui, véi. -É brincadeira... Ele só tá afim de te pegar, já que é a caloura...- elas finalizaram com um soco na minha cabeça e eu caí no chão.

Acordei no meu quarto.

-Ah acordou... -Sasuke falou- Foi mal pela brincadeira de mais cedo. -ele sorriu descaradamente.

-BRINCADEIRA?! E SE EU TIVESSE MORRIDO?!- "E quando eu vim pro meu quarto?"

-Aí seria menos um na nossa casa. -ele gargalhou-Sabia que você fala enquanto dorme? E anda também? "-Gaara punkenando tudo... Raposa fedida e tagarela...". Com que merda cê tava sonhando? Sabe o trabalhão que deu te tirar da piscina?

-Piscina?- notei que eu usava só um roupão e cueca- SEUS PERVER...!!!

- Não inventa. -ele jogou o despertador em mim- Ao menos agradeça. Você estava se afogando. Fala sério... Mudando de assunto, por que você é tão próximo das meninas do bloco D? Aquelas calouras malucas. Ouvi que elas arranjam confusão com todo mundo que as olha torto. Eu conheci aquelas calouras gatas... E as colegas de casa delas. Não disse nada pros outros, mas elas são barraqueiras. E das piores- ele resmungou- Mas aquela rosada também me convidou pra festa antes... -ele fechou a cara.

-O que houve?

-Nada. Mas elas são loucas. Pior que a sua prima. E se descobrirem que você e a Karin são primos, elas vão arrancar seus olhos e fazer você comê-los, ouviu?

-Mas não tenho nada a ver com a briga delas. E não ligo. Vou me divertir enquanto dá e quando as tretas chegarem, eu pulo fora. -eu ri e ele jogou um travesseiro na minha cara.

-Palerma...

-Cala a boca!- eu me joguei pra trás e me afundei nos travesseiros. -"Que dia longo... E ainda são..."- olhei no relógio que ele jogou em mim- 17:49??!!!!!- me levantei e saí correndo! Isso é mal! Deixar elas esperando vai ser foda!!-

-Ei, Naruto!- Sasuke me seguiu- Pra quê toda essa...

-Cala a boca!- eu gritei, correndo pelo corredor- Se quiser vir, venha. Aí explica o PEDF direitinho!- eu arrastei ele junto pro ginásio. -"Esse dia não acaba nunca..."


Notas Finais


Yo minna-san, obrigada por acompanharem mais um capítulo dessa fic que eu tô amando escrever, e novamente, muito obrigada por todos os fav que essa fic já rendeu.
Espero que tenham gostado! :V


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...