História My Little Wolf - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Exibições 13
Palavras 979
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense
Avisos: Álcool, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Um pouquinho sobre a história da Anny com o Jay Park...

Capítulo 8 - Bad Memories


Fanfic / Fanfiction My Little Wolf - Capítulo 8 - Bad Memories

Pov's Anny

Já fazia duas semanas que estava na casa da Hyuna, ela era um amor de pessoa e me ajudou a arrumar um emprego onde ela trabalhava, era muito bom morar com a minha melhor amiga, mas eu precisava da minha privacidade de uma casa só minha. Depois de chegar do trabalho eu fui fazer o jantar e a Hyuna disse que ia sair com seu irmão que tinha chegado de viajem depois de uns anos fora, entāo fiquei sozinha em casa, eu até gostava de ficar só mas era quando não tinha ninguém por perto que as lembranças começavam a me atormentar.

**Flashback On **

Eram umas 2 horas da madrugada quando finalmente consigui sair daquela casa pra respirar algum ar livre, mas eu não pretendia voltar pra lá nunca mais. Eu me encontrava em uma rua completamente vazia com uma péssima iluminação o que fazia tudo ficar com um clima sombrio, confesso que já estava ficando com medo e estava com frio por estar usando um short e blusa de mangas curtas, fazia um bom tempo que tinha saído de lá e se tivesse sorte ele só perceberia minha fuga quando acordasse, acho que seria tempo suficiente pra sair daqui ou procurar alguma ajuda.

Já tinha andado uns 3 quarteirões e minhas pernas estavam doendo, estava atravessando a rua quando surge um carro do nada e quase me atropela, eu ia começar a xingar o indivíduo mas todas as palavras somem da minha boca quando o Jay Park desce do carro com um sorriso psicopata no rosto, meu nervosismo é tanto que não consigo sair do lugar, ele da passos calmos em minha direção e não sei explicar como mas quando percebo já estou correndo o mais rápido que consigo, quando o ar é quase nulo em meus pulmões e quase não sinto mais minhas pernas me encosto em uma parede e ao olhar ao meu redor percebo que ele não está mais por perto, fecho os olhos para tentar me acalmar e quando os abro levo um susto, ele vinha em minha direção agora com um olhar de raiva e passos pesados e eu pude enxergar a arma em sua mão, eu não tinha pra onde correr agora com certeza eu iria morrer, fecho os olhos com força quando ele aponta a arma em minha direção, o barulho da arma sendo disparada fez com que eu prendesse a respiração logo em seguida senti uma dor horrível na minha perna que fez com que eu caísse no chão enquanto um grito alto saia da minha boca, abri os olhos e ele estava em minha frente a centímetros de distância, sua boca se encostou em meu ouvido sussurrando.

- Desculpa princesa, mas você não me deu outra escolha.- foi a última coisa que me lembro antes de tudo ficar preto e eu desmaiar.

Acordo em um quarto escuro, sem fazer a mínima ideia de quanto tempo eu tô aqui,eu estava amarrada numa cama não muito grande minha penas e braços estavam amarrados e eu estava sentindo uma dor imensa na minha perna direta a qual o Jay Park atirou, ela estava enfaixada com um pano branco, era um curativo improvisado. Eu me debato na cama, e faço força tentando soltar os nós mas não da muito certo, na verdade isso acaba me machucando mais, até que eu escuto a porda sendo destrancada.

- Minha princesa, gostou do seu novo quarto? - ele diz o mais cínico possível.

- Jay Park me solta.- digo tentando manter a voz firme mas o choro já estava preso em minha garganta, eu não poderia demonstrar que era tão fraca a esse ponto.

- Você que quis que fosse assim meu anjo- ele falava aquilo como se realmente fosse verdade como se fosse a coisa mais óbvia.

- EU NÃO ESCOLHI NADA, VOCÊ É UM MONSTRO, EU AMAVA VOCÊ POR QUE VOCÊ TINHA QUE FAZER ISSO COMIGO?- Eu grito com ele, não conseguindo segurar toda aquela dor que estava dentro de mim, as lágrimas escorrem pelo meu rosto mas não era dor física e sim emocional. Eu o amava com todas as minhas forças, ele era perfeito até esse seu outro lado aparecer, não sei se existe ainda nem que seja um pouco de amor entre nós dois mas se existir está escondido em baixo de todas as cicatrizes que ele me deixou.

- VOCÊ ESCOLHEU SIM, VOCÊ ESCOLHEU TUDO ISSO A PARTIR DA PRIMEIRA VEZ QUE VEIO FALAR COMIGO, VOCÊ VIROU MINHA A PARTIR DAQUELE MOMENTO. - Ele cospe as palavras na minha cara com brutalidade e eu não consigo falar nada pois sabia que se falasse iria chorar muito mais.

Ele se aproximou de mim e limpou uma de minhas lágrimas com o polegar, eu estava com medo do que ele poderia fazer eu já tinha passado por aquilo, quando ele se cala de vez não é bom sinal. Ele se levanta passa as mãos nos cabelos e sussurra - Isso dói mais em mim do que em você meu amor, mas como você nunca me obedece eu não tenho outra escolha. - ele diz enquanto tira o cinto que estava preso em sua calça.

Eu não esboço nenhuma reação pois já sabia o que iria acontecer e que me desesperar nesse momento só o deixaria com mais raiva. Eu fecho os meus olhos com força com medo e sinto o couro se chocar com a minha pele e começar a queimar e me dar calafrios dos pés à cabeça, a dor era terrível mas suportável por alguns instantes, ele repete aquele processo por várias vezes até que minha barriga começa a sangrar, ele dá um beijo em minha testa como se aquilo fosse aliviar toda aquela dor, e me desamarra pois no estado que estava não consegui nem ficar em pé, e então sai do quarto.

** Flashback Of**


Notas Finais


Comentem o que acharam pliss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...