História “My little writer” - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Alzack, Aquarius, Aries, Bacchus Groh, Bickslow, Bisca Connell, Cana Alberona, Câncer, Capricórnio, Carla (Charle), Chelia Blendy, Elfman Strauss, Erik (Cobra), Erza Scarlet, Evergreen, Freed Justine, Gajeel Redfox, Gemini, Gildartz, Grandine, Gray Fullbuster, Happy, Hibiki Lates, Igneel, Jellal Fernandes, Jenny Realight, Jude Heartfilia, Juvia Lockser, Kinana, Laxus Dreyar, Levy McGarden, Libra, Lisanna Strauss, Loki, Lucy Heartfilia, Lyon Vastia, Macao Conbolt, Makarov Dreyar, Mavis Vermilion, Meredy, Metallicana, Minerva Orland, Mirajane Strauss, Nab Lasaro, Natsu Dragneel, Nikora "Plue", Pantherlily, Ren Akatsuki, Rogue Cheney, Romeo Conbolt, Rufus Lore, Scorpio, Sherry Blendy, Silver Fullbuster, Sting Eucliffe, Tauros, Ur, Virgo, Warren Rocko, Wendy Marvell, Yukino Aguria, Zeref
Tags Fairy Tail, Gale, Gruvia, Jerza, Lyredy, Miraxus, Nalu, Rogura, Romance, Romendy, Stinkino, Zervis
Visualizações 28
Palavras 1.296
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Escolar, Famí­lia, Ficção, Hentai, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


ADIVINHA QUEM ESTA COM O DEDO MACHUCADO?

EU!

E ADIVINHA QUEM VAI ESCREVER O CAP MESMO ASSIM?

ISSO MESMO!

EU! :'D

Capítulo 3 - 3 - Somebody kill me


Fanfic / Fanfiction “My little writer” - Capítulo 3 - 3 - Somebody kill me

                『••✎••』

- Está tudo bem... Vamos apenas esquecer isso. - disse Gray olhando Wendy que já estava abrindo os olhos.

- Sim... - Juvia sentia que não devia ter perguntado isso, mas perguntou. Não dá para voltar atrás. A mesma pensava que toda essa 'paz' não iria durar por muito tempo... Pois logo brigas, brincadeiras, travessuras vão chegar...

            ••••==••••

Wendy abria o olhos lentamente enquanto juvia e gray conversavam, pensou sobre o que eles poderiam estar falando. Mas decidiu deixar de lado ao lembrar que havia esquecido de perguntar a azulada se seus amigos podiam vir em sua casa.

- Acordou, piveta? - Juvia perguntou sorrindo deixando uma certa garota com raiva por ser chamada de piveta

- Ei, eu tenho 12 anos, eu não sou uma 'Piveta' - Disse a pequena, gray apenas observava e ria da situação, o que era bem raro ver ele rindo - Ju-chan, amanhã meus amigos podem vir aqui?

- Amanhã...? - ela pareceu pensar por alguns segundos e logo respondeu - Pode ser. - Wendy levantou da cama 'like a flash' e começou a fazer a dancinha da vitória sendo seguida por risos por parte de Gray e Juvia

- Quais são os nomes de seus amigos que irão vir aqui, wendy? - perguntou Gray

- Romeo e Chelia, por quê?

- Só queria saber.. - Respondeu o moreno.

A azulada maior se levantou da cadeira cujo estava sentada e pegou seu celular ligando a sua melhor amiga.

- Gray, quais são os nomes dos seus melhores amigos? - Perguntou Wendy levando seu olhar a Gray que estava a encarar o chão

- Natsu e Gajeel. - Respondeu indiferente

- Natsu? Natsu Dragneel? - Juvia perguntou colocando o celular no viva voz, podendo ser ouvida uma voz feminina

- Onde? O Natsu esta ai? - Perguntou a garota do outro lado

- Sim, como você sabe o nome dele? - perguntou gray dirigindo seu olhar a juvia

- Ele é meu amigo, e namorado da oxigenada aqui no outro lado da linha - Respondeu a azulada

- Vai se ferrar, juvia! - Disse quase gritando a 'Desconhecida' - Enfim... Sou Lucy Heartfillia e eu sou a melhor amiga da vagabunda da juvia

- Vagabunda é o cu da mãe da mãe da mãe da sua mãe. (?)

- também te amo, fofa! - Provocou Lucy - aliás que horas eu posso levar a Chelia e o romeo aí?

- Pode ser as... 15h30? - perguntou a azulada recebendo um 'Pode ser' de lucy - combinado, ah e trás o natsu também. Eu tenho um assunto a falar com o algodão doce - De repente juvia ficou seria assustando Gray e Wendy

- Que assu- E desligou o celular ainda séria mas logo voltou a ser alegre

- Garota bipolar da porra... - Resmungou Gray, baixinho mas...

- O que disse, Fullbuster? - Levou seu olhar a Gray que deu um pulo da cadeira que estava sentado, Wendy estava rindo da situação mas logo calou-se sentindo o olhar de juvia sobre si

- Nada! - Respondeu o moreno rapidamente

- Acho bom.

Assim, o resto do dia foi normal. Apenas vários xingamentos e provocações vindo de Gray e Juvia e Wendy correndo e se pendurando pela casa imitando o tarzan. Gray foi tecnicamente obrigado a dormir junto a juvia por Jellal que voltou por volta das oito horas da noite, Mas, com apenas uma condição. Sem malícias.

Juvia P.O.V's on

Acordo num pulo e percebo que estava chorando e suada. Parece que aqueles pesadelos continuam a me perseguir. olho para o lado e vejo gray em um... Colchão? Achei que ele havia dormindo junto a mim. Enfim, Gray me olhava assustado e ao mesmo tempo preocupado

- O que aconteceu? Por que está a chorar? Sabe que horas são? Ainda são 3 da manhã! - Gray disse rápido demais então demorei um pouco para processar o que ele disse.

- ... - fiquei quieta, Gray apenas me olhou sério - N-Não é nada de mais...

- Nada demais? Garota, você acordou chorando e ainda diz que não é nada de mais?! - Disse elevando o tom de voz, para um garoto arrogante e frio ele até que se importa com os outros. Fiquei quieta novamente e fui até o banheiro lavar o rosto.

Ligo a luz do banheiro e abro a torneira da pia. Jogo água em meu rosto e quando eu me viro para ir me deitar dou de cara com Gray me encarando sério e... S-Sem camisa!? pelo o que eu me lembre ele estava com camisa quando eu fui dormir! Corei e tentei sair de dentro do banheiro, mas gray estava bloqueando a porta não deixando ninguém entrar ou sair

- Por que você acordou do nada e chorando ainda por cima? - perguntou. Levantei minha cabeça dirigindo meu olhar até o rosto do moreno, seus cabelos negros bagunçados o deixava fofo. Espera, o que eu estou pensando?

- F-Foi apenas um pesadelo, agora me deixe passar. - assim, o moreno abriu passagem para eu poder passar e logo me deitei na cama, Gray fez o mesmo. Mas ele deitou no colchão - cujo eu não fazia ideia de onde surgiu.

Logo adormeci..

*Sonho/pesadelo P.O.V's on*

Eu tinha apenas um ano. papai havia morrido em um acidente de carro quando eu completei 11 meses. eu, mamãe e o maninho Jellal que na época tinha 10 anos estavamos indo ao enterro de papai.

Mamãe estava me segurando no colo e Jellal-Nii estava logo atrás de nós até que dois homens se aproximam e pegam mamãe pelo braço alegando que iram se divertir um pouco com ela. Jellal-Nii me pegou do colo de mamãe, ele parecia estar com medo

'Jellal! Fuja com sua irmã, vão para um lugar seguro' e essas foram as últimas palavras que mamãe havia falado antes de ser... Assediada e assasinada. Jellal não obedeceu nossa mãe, ele parecia paralisado enquanto lágrimas caiam de seus olhos.

E eu? Fiquei sem entender nada. Eu não sabia o significado de assédio e muito menos assassinato. Lembro-me de jellal correr comigo em seus braços até atrás de um carro qualquer e lá ficamos escondidos.

Depois de uns dois minutos nós saímos de trás do veículo e fomos até o beco que os homens haviam levado mamãe. E lá estava ela.. Uma poça de sangue a rodeava e ferimentos graves pelo seu corpo eram visíveis - até demais.

Jellal-Nii se ajoelhou comigo no colo e se pôs a chorar.

'Mama...?' E esse dia foi marcado como, não só o enterro de meu pai como a morte de minha mãe e a primeira vez que eu falei uma palavra certa

*Sonho/pesadelo P.O.V's Off*

Parece que esse pesadelo nunca ira me largar..

❀Following Day (Dia seguinte)❀

Gray P.O.V's on

Essa garota é estranha... Bem mais estranha do que eu imaginei. Enfim, havia acordado há alguns minutos e eu estava tomando meu café da manhã enquanto conversava com o tio do cabelo azul - Vulgo jellal.

- Então... A juvia tem alguma doença ou algo do tipo? - Perguntei

- Não, Por que? - Jellal me olhou com cara de 'comassim*'

- Sabe, ela acordou no meio da noite chorando e suando então pensei se ela tivesse alguma doença e ta-

- Chorando e suando? - Assenti com a cabeça e ele deu um suspiro demorado - ..juvia desde de criança tem pesadelo ligados a nossa mãe que morreu na nossa frente há 18 anos, ela tinha apenas um ano e eu tinha 10 anos..

- Eu não devia ter perguntado isso.. Gomen.. - eu não imaginava que por trás dessa garota alegre, fofa, as vezes irritante e estressada tem um passado sombrio..

- Bom dia... - Olhei para trás e me deparei com juvia, com o cabelo descabelado e sua camisola cujo ela dormiu. Ela ficava 'sexy com aquilo...? Opa! Eu quase nem conheço a menina e já estou 'comendo ela pelos os olhos' ? Alguém me mate pelo amor de deus.

                 『••✎••』


Notas Finais


Tá uma merda? Claro :3

E vou demorar a postar a postar o próximo cap? Talvez, sabe pq?

S e m a n a d e p r o v a s

;-;


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...