História My Love Forever... - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias AOA, Bangtan Boys (BTS), CrystaL Clear (CLC)
Personagens Choa, Jimin, Jungkook, Mina, Seunghee, Sorn, V
Tags Kookhee, Taehee, Vhee
Exibições 13
Palavras 780
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Escolar, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa leitura...

Capítulo 3 - Escola nova já me trazendo consequências


-Filha... Já chegou? Fala para mim como é que foi na escola nova? -Minha mãe me pergunta ansiosa para um "muito bom!", como sempre disse o que ela queria ouvir e subi para o meu quarto numa esperança de me deitar e dormi e só acorda amanhã que é terça-feira.

Mas... Aconteceu isso:

XX: Oi Seunghee!

Me: Oi, quem é você?

XX:  Jungkook Kookie?

Me: Ah... Mas, Kookie como é que você consegui meu número?

Kookie: Quando você tirou o seu caderno e passou pela página que mostra seus dados eu vi o seu número, e passei para o meu celular

Me: Ata... Kookie, infelizmente estou cansada... Me desculpa mas depois nos falamos...

Kookie: Não tem problema, tchau...

Desliguei meu celular, e tiro minha roupa ficando somente de calcinha e surtia, deito na minha cama e ligo a TV, sabia que daqui á alguns segundos eu iria dormi e minha mãe me chama:

-Filha, tem um menino chamado Taehyung aqui.

Me arrumo na preguiça e desço as escadas, sensualizo quando desço elas.

Pude ver o Taehyung com a boca num perfeito "O" quando me ver com um short jeans curto, afinal foi a única roupa que eu achei no momento para atende-lo.

-Oi Taehyung. -Disse com um sorriso falso no rosto.

-Oi Seunghee.

-Então, pode ficar á vontade tá? -Minha mãe disse indo para a cozinha.

-Entra... -Disse.

Peguei na mão dele e subi para o meu quarto, percebi que o olhar dele não saía do meu bumbum (eu falo bumbum sim, só as vezes eu falo bunda!).

Ele entrou no quarto e se sentou na cama, eu tranquei a porta porque sou uma doente mental e ele não tirava o olho de mim, até começou a ser um pouco irritante.

-O que que você está fazendo aqui? -Pergunto sentando no banco e levando ele para perto dele.

-Vim te pedir ajuda para fazer a minha parte dos dois animais. -Ele disse tirando seu casaco.

-Okey. -Disse. -Quais são?

-Peixe-borboleta e Peixe-leão. -Ele diz se aproximando muito de mim.

Ele se aproxima até chegar muito perto do meu rosto,  e começa a me encarar e olhar para minha boca, meus olhos, meu rosto inteiro, e percebi o quão ele é bonito de perto...

Ele continuou assim até que ele me deu um selinho que aparentava ser só um selinho, até que ele me deitou e começou a me beijar e eu deixei.

Nosso beijo avia ficado mas ferros do nada e me lembrai do que Sorn avia me dito que ele só queria sexo e depois iria me legar, como fez com a Choa, Mina e Jimin.

-Sai Taehyung. -Disse empurrando de cima de mim.

-Mas estava tão bom... -Ele disse. -Não precisa me chamar de Taehyung, pode ser só de Tae.

-Não quero nada com você, só ser sua colega ou amiga. -Disse me levantando da cama.

Dei ajuda para ele levantar e ele me deitou na cama e começou a massagear minha barriga, logo em seguida da chupadas nela.

''Puta que pariu, ele faz isso tão gostoso" pensava, mas no mesmo tempo: "ELE SÓ QUER SEXO!"

-TAEHYUNG SEI LÁ DAS CONTAS, NÃO, EU NÃO QUERO! -Disse cobrindo minha barriga. 

-Não precisava ser grossa desse jeito! -Ele diz se dentando na cama.

Como gosta de ser uma grande Filha Da Puta subi em cima dele e comecei a cavalgar e rebolar um pouco em cima dele, mas nada de eu queira dar para ele.

Fiquei nisso até perceber que o membro dele estava duro, então parei e falei o encarando: 

-Que pena né?!

-Não... Por favor continua?! 

-Não!

Então, deitei-me na cama e peguei meu livro de biologia pra explicar para essa anta empanada sobre o Peixe-borboleta. (Eita, chamei ele de anta empanada, estou passando muito tempo com minha vó!)

-Copia enquanto vou te explicando. -Eu disse. -O Peixe-borboleta...

Ele me olhava de um jeito tão encantador, poderia ficar o dia inteiro olhando para aqueles olhos me olhando daquele jeito em que ele estava me olhando... Buguei!

-Entendeu? -Perguntei fechando meu livro.

-Se eu entendi? Nossa você poderia ser a minha professora! -  Ele diz sendo fofo.

-Obrigada. -Digo dando um beijo na sua bochecha.

Vejo o mesmo corar pelo beijo, era tão fofo ver o Tae assim!

-Seunghee, infelizmente terei que ir embora... -Ele diz.

-Tchau.

Quando eu pensei que ele fosse embora ele se vira para mim e me deita na cama, e começa e puxar o meu short.

-Ei seu tarado! -Digo chutando a cara dele.

-Me desculpa, eu me apresei! -Ele disse, dava para ver que ele não se controlou.

-Desculpado, agora tchau!

Aff... Para mim, hoje nunca existisse, mas, até que foi bom hoje! 

 


Notas Finais


Tchau...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...