História My Love is a Lie - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO, SHINee
Personagens Chanyeol, Personagens Originais, Taemin Lee
Tags Chanyeol, Hye Jin, Rachel, Revelaçoes, Taemin
Exibições 36
Palavras 1.248
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa leitura. ^^

Capítulo 11 - Você é só meu


Sai de casa, e como esperado, o motorista estava me esperando. Ele abriu a porta e eu levei um susto quando vi Chanyeol.

Ele usava um chapéu floppy preto, que combinava com seus cabelos recentemente pintados de castanho com alguns fios claros, de roupa ele usava uma blusa branca de gola alta junto com um sobretudo azul marinho, calça social azul marinho e sapato social preto. E o que mais me chamou atenção, suas lentes de contato azul.

- Ah! Você me assustou…

- Você esperava que eu deixaria você ir sozinha? - disse enquanto eu entrava no carro.

- Obrigada por dizer que estou bonita.

- Você está bonita? Não vejo nada demais…

- Que seja!

O caminho seguiu, com direito a Chanyeol com sua expressão de sempre e eu com a cara fechada.

Chegamos no restaurante, e ele era lindo. Havia várias mesas quadradas, com toalhas brancas com uma rosa vermelha, dentro de um pequeno vaso transparente, no meio.

Rachel estava sentada ao lado de Taemin, e devo admitir que eles são os “melhores” irmãos, já que são muito bonitos e estilosos.

Taemin estava com uma camiseta branca simples, junto com um sobretudo bege, calça jeans azul e um tênis branco. Já Rachel, o que tem de chata e ciumenta, tem de estilosa… Ela estava com um vestido totem, curto, com estampa das cores, bege, preto e cinza junto com uma sapatilha simples, bege, com algumas pedrinhas.

Rachel parecia estar brava com Taemin, mas quando viu Channy, abriu um sorriso que logo foi desmanchado, ao me ver.

Os dois se levantaram a espera de nós dois. E como sempre, eu estava andando á uns 80 cm de distância, atrás de Chanyeol.

- Nós demoramos? - perguntou Chanyeol.

- O que ela está fazendo aqui? - perguntou Rachel.

- Não! Vocês não demoraram - respondeu Taemin que logo virou para mim e sorriu - Venha!

Eu me aproximei mais e me sentei de frente com Taemin, já que Chanyeol se sentou de frente com Rachel.

O clima estava tenso e eu não queria olhar para o rosto de nenhum dos três. A única coisa que se passava pela minha mente, era “Neste momento, como está o grau de insanidade de Rachel?”.

Tomei coragem e olhei para frente e vi Taemin sorrindo para mim. Que amor de pessoa… - pensei, retribuindo o sorriso.

- Fale alguma coisa… Cherry! - disse Rachel, quebrando o clima agradável recém formado  entre eu e Taemin.

- O que devo falar…?

- Como conheceu Yeol? Por que veio com ele?

- Bem… - olhei para Chanyeol que tomava seu Champagne confortavelmente sem se importar com o que estava acontecendo - Eu sou noiva de Chanyeol.

Eu levantei minha mão direita, mostrando minha aliança. Chanyeol continuou normal, enquanto Rachel estava chocada e Taemin olhando seriamente para Chanyeol.

- Como você pôde… - ela se levantou.

É agora que eu morro - pensei.

- Me desculpe… eu sei que você gosta de Chanyeol…

- Eu não gosto do Chanyeol! Eu o amo!!

Quando ela disse isso, me lembrei do dia da festa e não pude conter o sorriso se formando em meus lábios, discretamente.

- É verdade Chanyeol? - perguntou Taemin.

- Sim.

Rachel o olhou com um olhar mortal. E derramou uma lágrima, porém ela não é idiota igual eu… então logo a secou e voltou a olhar para mim.

- Venha conversar comigo - disse saindo.

Respirei fundo e me levantei. Como esperado, Chanyeol continuou normal, folheando o cardápio do restaurante.

Fui para o terraço do restaurante que também havia algumas mesas.

- O que foi? - perguntei, parando atrás de Rachel, que olhava o céu escuro.

Hye Jin off~

Taemin on~

Como ele pôde deixar Hye Jin ir até Rachel…? - pensei.

- Não vai atrás de sua noiva?

- Não tenho nada a ver com a vida daquelas duas… então, deixe a bomba explodir.

- Não finja que não conhece minha irmã, pois você a conhece muito bem… sabe do que ela é capaz de fazer.

- E…?

- Você não sente nada por Hye Jin, certo?

- Taemin… você não é o tipo de pessoa que se mete na vida dos outros… por que está sendo assim?

- Hye Jin parece ser uma garota muito boa… que pelo jeito foi obrigada a se noivar com você.

- Nós não estamos noivos de verdade, é apenas uma farsa.

- Quem pediu para ela fingir ser sua noiva? Seu pai?

- Não foi meu pai! Foi Min Jee.

- Min Jee!? - parei para pensar - Pensando bem… ela tem cara de que faria isso para proteger o irmão das garotas interesseiras e más.

- Proteger? Ela apenas ferrou minha vida mais ainda.

- Então largue de Hye Jin! - eu me levantei furioso.

- Por que está tão bravo? - ele parou de ler o cardápio - Não pode ser… Você está gostando daquela inútil?

Meu corpo travou e a única coisa que se passava por minha cabeça era uma pergunta idiota… “Eu me apaixonei por Hye Jin? Amor à primeira vista é realmente possível?”

- Não. Não estou apaixonado por ela.

- Que bom… não quero ver você passando vergonha com aquela garota. E tem mais… se apaixonar é algo passageiro.

- Você realmente… - respirei fundo - Esqueça o que conversamos aqui.

Sai andando em direção às escadas que dava entrada onde Rachel e Hye Jin foram.

- Aonde vai?

- Vou atrás de minha irmã… e da sua noiva.

Taemin off~

Hye Jin on~

- Largue de Yeol… agora mesmo!

- Por que devo fazer isso? - Perguntei cruzando os braços.

- Porque estou mandando - ela se aproximou de mim com os olhos cheios de lágrimas.

- Me desculpe, mas não obedeço ordens de pirralhas como você.

- “Pirralha”? Você quer morrer?

- Se quer me matar… me mate agora. Não aguento mais essa vida falsa!

- Do que está falando?

Fechei meus olhos por alguns segundos e respirei fundo.

- Esqueça. Apenas me mate… não é isso que você quer?

- Eu quero… mas por algum motivo, não consigo.

- Eu deveria me matar…? Será mais fácil para você.

- Será um grande favor… porém eu quero te destruir com minha próprias mãos.

Ela me pegou pelo cabelo e me empurrou no chão, com uma força que eu nunca imaginaria que ela tivesse.

- Chanyeol não merece ter uma covarde como você ao seu lado!

Rachel olhou pelos lados e avistou um vaso… um tanto grande e não hesitou em jogá-lo em mim, porém sua mira é horrível e acabou pegando minha perna, em vez de seu alvo, minha cabeça.

- RACHEL!!

- Essa voz… - murmurei.

- Hye Jin! Você está bem?

- Taemin… o que faz aqui? - dizia com uma voz fraca.

Meu corpo pesou mais que o normal, e senti ficar gelada.

Hye Jin off~

Taemin on~

- Hye Jin! Não desmaie! - olhei para Rachel que estava parada sem tirar seus olhos de Hye Jin - Você jogou um vaso na cabeça dela?

- Não… - dizia de uma forma fria.

- Por que ela está assim?

- Porque ela é idiota.

- Hye Jin… - disse Chanyeol, parado em frente a abertura da porta de vidro.

- Viu só! Quando disse para você vir vê-la é porque coisas assim iriam acontecer.

- Rachel… por que você é assim? - Perguntou Chanyeol.

- Você é só meu - disse indo abraçá-lo.


Notas Finais


XOXO~ ♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...