História My Love is a Lie - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO, SHINee
Personagens Chanyeol, Personagens Originais, Taemin Lee
Tags Chanyeol, Hye Jin, Rachel, Revelaçoes, Taemin
Exibições 45
Palavras 1.138
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Me desculpem a demora para postar o 5º capítulo.
Boa leitura! <3

Capítulo 5 - Trauma


- Jovem mestre Chanyeol está doente, e Senhorita Min Jee teve que fazer uma viajem.

Jovem mestre!? Está brincando comigo…

- Então… Min Jee quer que eu vá até a casa do “jovem mestre” Chanyeol, para “cuidar dele”?

- Sim.

Meu Deus… o que eu fiz para merecer isso!?

- Sohee… - disse me virando para Sohee.

- Não se preocupe. Apenas vá!

Eu entrei no carro e logo estávamos na casa do “jovem mestre”. Entrei, e logo Sra. Lee veio falar comigo.

- Querida...!

- Sra. Lee… o que houve?

- Min Jee pediu para você vir? Essa menina… Chanyeol não está se sentindo bem.

- Me mostre aonde ele está!

- Não precisa se preocupar.

- Por favor…

Sra. Lee suspirou e me levou até o quarto de Chanyeol.

Deixei minha bolsa no chão e me aproximei da cama. Ele estava suando, com uma bolsa de gelo na testa e virava sua cabeça para os lados, sem parar. Parecia estar tendo um pesadelo.

- Chanyeol… - eu me agachei perto dele.

- Mã… mãe… mãe…

- Chanyeol! … Sra. Lee… a senhora chamou um médico!?

- Bem… ele sempre tem isso… não acho que precise chamar.

- O-O que…?

- Eu disse que não precisa se preocupar.

- Eu soube que a mãe dele… morreu de overdose, após largar do Sr. Park. Deveria pelo menos chamar um psiquiatra… para ajudá-lo a curar o trauma dele.

- Como soube disso…?

- Sou amiga de sua filha. Então… chame um médico.

- Não vai adiantar. Ele não toma remédios, por causa da mãe.

Me levantei para pegar minha mochila, quando sinto Chanyeol segurando meu pulso.

- Não vá.

- Chanyeol…

No mesmo momento, entra no quarto, Min Jee. Ela estava ofegante e um pouco suada.

- Chanyeol! Hye Jin! - ela se aproximou de mim.

- Se precisarem de mim, me chamem - disse Sra. Lee, saindo.

- Mãe… - Chanyeol continuava a murmurar.

- Meu Deus…

- Você não estava viajando?

- Eu pedi para o motorista dizer isso… para você ter que aceitar, vir aqui.

- Que seja… pegue toalhas secas e uma bacia de água fria.

- Está bem - disse saindo.

Eu fiquei segurando sua mão até Min Jee vir.

Molhei as toalhas na água e coloquei em sua testa e em volta de seu pescoço. Se passou 10 minutos, e ele parecia ter se acalmado.

- Você não tem que ir a academia? - perguntou Min Jee, quebrando o silêncio.

- Hum? Ah sim… posso ir?

- Pode! Não precisa se preocupar.

- Obrigada. Depois da academia eu volto aqui.

- Está bem!

Troquei de roupa e o motorista de Min Jee me levou até a academia.

Fazer todos aqueles exercícios me fez esquecer um pouco, Chanyeol.

Tinha acabado os exercícios, sequei um pouco meu suor e saí. Como esperado, o motorista estava lá. Eu estava cansada, e ainda teria que voltar para casa…

Oh não… será que o pai de Chanyeol vai estar lá? Espero que não…

- Hye Jin! - disse Sohee, vindo em minha direção.

- O-O que está fazendo aqui?

- Min Jee pediu para eu vir aqui…

- Min Jee…!

- Chanyeol parece ter melhorado um pouco… - disse enquanto subíamos a escada - a febre dele abaixou e não está tendo pesadelos. Agora ele está dormindo feito um anjo…

- Que bom…! Eu realmente fiquei preocupada.

Nós entramos no quarto e lá vi ele… Sr. Park.

- Olá Sr. Park - me reverenciei.

- Nos encontramos de novo - ele me olhou de cima em baixo.

- Sim, eu ainda estou acima do peso. Não se apresse para ver minha mudança, estarei pronta daqui dois meses!

Sohee nos olhava assustada, parecia que ela podia ver os raios saindo de nossos olhos.

- Por que dois meses…? - disse Chanyeol.

- Chanyeol!

Todos vieram em cima dele.

- Me deixem respirar!

- Sim… - olhei para ele que estava com os olhos entreabertos - Você está melhor…?

- Por que se preocupa? E aliás… não precisa mais ficar aqui. Não quero vê-la… Vá embora.

O QUE!!? Depois de tudo que fiz por ele…!

- Depois da preocupação que tive com você… - Eu o encarei - Está bem, estou indo! Nunca mais irei falar com você… se precisar de mim, se tiver interesse em mim… ou melhor, nunca terá isso. Já que não passa de um mimado arrogante, e que nunca será capaz de amar alguém. Não me procure mais!! - Peguei minha mochila, me reverenciei para Sr. Park e para Sra. Lee e sai dando passos pesados até chegar no meio da rua.

Exagerei…? Não devia ter falado isso… Ele que paga a bendita academia para mim!

- COMO SOU IDIOTA!!!

- Pare de gritar e venha logo! - disse Sohee me puxando até o carro.

O caminho todo fiquei pensando na besteira que fiz… e ainda na frente dos pais dele…! Min Jee vai querer me matar!! Ela disse para mim ser amigável com os pais dela… assim conseguiria noivar com Chanyeol. IDIOTA!!

Cheguei em casa e fui direto tomar um banho, pois estava suada. Ai…! outro motivo para os pais dele me odiar…

Não desci para comer nada, apenas fiquei deitada na minha cama… tentando dormir.

 

Era de madruga e eu acordei por vontade própria. Não estava nem um pouco com sono… que estranho, nem parece que quando sai da academia estava querendo dormir.

Peguei um livro da minha estante, fui ler e não consegui dormi nem por 5 segundos.

Eu estava guardando o livro, quando meu celular toca.

< Ligação on >

- Sim…?

- Você!

- Hum? Quem é?

- Você é realmente uma estúpida…

- Cha-Chanyeol!?

- Exato. Vou direto ao ponto! Que história é essa que você vai na festa que minha família vai fazer, para achar uma noiva para mim e você vai… fingir ser minha noiva?

- O-O que? Bem… isso foi ideia da Min Jee.

- Mas você aceitou!

- Você deveria se sentir grato a mim…

- Por…?

- Por não ter que se noivar com qualquer uma que aparecer em sua frente.

- Você já é uma pessoa qualquer… - falou baixo - Você acha realmente que meus pais irão te aceitar!?

- Sim… por que não? Eu sou bonita, inteligente e… educada.

- Educada? O jeito que você falou comigo, não foi nada educado de sua parte.

- Que seja… apenas aceite a situação. Não irei encher seu saco, ok!? Apenas vamos fingir que se damos bem…

- Realmente… se você ficar inventando histórias para meu pai… você vai estar MORTA.

- Ok, ok.

- Não venha me ver e não me ligue.

- Hum?

- Até essa bendita festa.

< Ligação off >

Aish… Só poderemos nos ver no dia da festa!!? QUE ABSURDO!


Notas Finais


Obrigada por lerem. XOXO~ ♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...