História My lovely alpha - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Harry Potter, Lílian Evans, Remo Lupin, Sirius Black, Tiago Potter
Tags Wolfstar
Exibições 181
Palavras 916
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Fantasia, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Saga, Slash, Universo Alternativo, Yaoi, Yuri
Avisos: Bissexualidade, Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 9 - No dia seguinte


Remus On

 

     Acordei com a cabeça doendo, eu estava deitado no meio da cama com metade dos lenções e travesseiros no chão, eu olhei no realojo e entrei em desespero, já eram 8:15 eu estava muito atrasado, meu turno começava as 7:30 corri para o banheiro o mais rápido que pude e só depois de pegar a toalha eu lembrei, era sábado

    Meu coração parou na hora e uma sensação maravilhosa de alivio tomou conta de mim, eu não teria que aturar sermões hoje, voltei para o banheiro, com muito mais calma, e tomei um banho longo, meu corpo doía por inteiro. Faz muito tempo que não me sinto tão quebrado, da última vez foi na maldita viagem a Atlanta. Nunca pesei que se pudesse chegar até lá de trem, mas pelo visto não a nada que Lilian não consiga fazer quando quer.

    Estranho o fato de Lady não ter me seguido até o banheiro, mas não estou com cabeça para isso agora, preciso do meu banho. Começo a tirar o suor e a poeira que ainda restava no meu corpo enquanto tento me lembrar a todo custo o que aconteceu ontem, mas não consigo me lembrar de muita coisa

 

Lembro de ter saído com James e Lilian para alguma festa onde James Iria resolver alguns problemas envolvendo as auroras e depois iriamos jantar

 

Lembro de ter bebido um copo de whisky de fogo, mas não tenho certeza se foi apenas um... Lilian não parava de me oferecer mais bebidas

 

Eu tentei dança, mas falhei na tentativa de não parecer ridículo e quase cai, alguém me segurou, isso eu tenho certeza...

 

   Estava prestes a me lembrar de alguém, eu sei que tinha alguém comigo, posso lembrar disso, mas bem na hora, quando eu achei que estaria perto de lembrar o rosto, começaram os gritos no andar de baixo.

 

-COMO VOCÊ PODE DEIXA-LO SOZINHO? Sabe que ele estava com a cabeça cheia de problemas e precisava disso, agora não sabemos nem ao menos ode ele está, por sua culpa... -era a voz de James, ele parecia cansado e furioso

 

-Minha culpa? ME POUPE JAMES! Se não tivesse nos deixados para correr atrás de um rabo de saia nada teria acontecido! Mas você não aguenta, não é? Não pode se conter... -- eu sei quando Lili parecia chateada, mas agora ela está só brava, quase como um ódio

 

  Sai da banheira e me troquei o mais rápido que pude, vestindo apenas uma cueca e o meu roupão, eu tinha que parar os dois, era difícil vê-los brigando, mas eu sempre soube que seria assim, dês de o começo, cheguei na sala e os dois olharam pasmos para a escada

 

--Remus!! - Um grito em uni solo e ambos estavam em cima de mim, eu não sabia o porquê de toda aquela melação, mas está feliz de estar com eles, então não me importei em ser esmagado vivo em um abraço, se fosse por eles.

 

-Onde você estava? Te procuramos por toda parte! -James me soltou e olhava preocupado para mim, enquanto Lili ainda estava pendurada em meu pescoço e ameaçava não me soltar nunca mais

 

-No meu quarto... dormindo, como sempre. O que aconteceu? Por que de tudo isso? -- falei abraçando a Lili e pedindo para ele me deixar respirar, ela se afastou rindo e eu pude ver as lagrimas de alegria dela, isso me fez sorrir

 

-Você sumido na festa, não te achamos no clube nem em casa, voltamos aqui várias vezes e você não estava, achamos que talvez. - Nessa a hora ela olhou pra James --... você tivesse sido levado por um maluco qualquer, o Remus, ficamos tão preocupados com você!

 

-Mas eu não entendo, eu estava bem aqui, acordei na minha cama, como de costume, não me lembro de nada fora do normal. --James e Lili trocaram um olhar suspeito, isso me deixou irritado, não sou mais uma criança. Eu é quem cuido dos dois e não ao contrário!

 

-Bom você estava com um cara e achamos...

-JAMES, quem vai falar com ele sobre o namoro. Possível namora, sou eu, papo de ômega – James fez bico, eu sabia que ele iria me dar sermão por eu estar perto de um alfa, eu sou como “ um irmão mais novo” para ele e tem horas que isso me irrita tanto, eu nem me lembro do alfa, deve ter sido um qualquer, nunca deixei ninguém passar da segunda base, e nem vou deixar, eles sabem isso.

  Lili me arrastou com toda força escada a cima e olhou no ultimo lance para James rindo como quem diz, “ quem vai descobrir o nome do alfa primeiro sou eu “ isso é patético. Até porque nem eu sei o nome do alfa.  Chegamos no quarto e ele trancou a porta e me olhou com um sorriso pervertido.

-Me conta tudo! –meu Deus, isso não pode estar acontecendo

-Não tenho o que contar, não aconteceu nada, ele parecia decepcionada, mas pela cara dela ela não acreditou muito em mim.

-Remus, você saiu aos almaços do Club, com um alfa, eu vi! ---nessa hora o sorriso pervertido dela voltou, e ela falou um pouco mais baixo --- ele estava com as mãos em você, na sua bunda! E você nem ligou, ele falou que te esperaria lá fora e você disse algo sobre ir em uma moto, e depois sumiu! ---nessa hora eu não vi mais nada, tudo ficou preto e eu senti meu corpo contra o chão.

 

Continua....



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...