História My man with baby face - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Aluno, Bangtan Boys, Bottom!jk, Jikook, Kookmin, Lemon, Professor, Pwp, Top!jm
Visualizações 137
Palavras 813
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Yaa, vocês viram que eu troquei a capa? Hihi. Mesmo eu amando aquela, que era tão simples mas feita com tanto carinho, eu resolvi mudar, a nova também não é lá WOW, mas eu gostei, eu sou simples gente hausha

Eu espero que gostem do capítulo. Beijo ♡

Capítulo 12 - Dinner


- Omma!? - exclamei surpreso e ao mesmo tempo assustado, será que aconteceu algo?

- Credo, por que essa cara de que parece que morreu alguém? - perguntou já entrando na minha casa e retirando os sapatos. 

- Você não avisou que vinha, aconteceu alguma coisa? - perguntei, fechando a porta e me dirigindo com ela até o sofá.

- Não, não aconteceu nada. Eu só quis vir, não posso? - minha mãe era muito dramática, mas eu já havia me acostumado com isso.

- Pode, claro que pode. - podia avisar antes, ao menos. Não que eu esteja reclamando, eu amo minha mãe, mas né. - O appa ficou em Busan?

- Sim, ele teve que ficar por conta do trabalho e essa coisas. - eu realmente queria que meu pai tivesse vindo também, eu sentia muita falta dele.

- Ah sim, entendi. - disse meio chateado, mas tudo bem. - Omma, o Jung-

- Jimin você- minha fala foi interrompida por Jungkook e Jungkook interrompeu a dele assim que botou os olhos em minha mãe.

Eles nunca haviam se visto pessoalmente, apenas se falaram pelo Skype algumas vezes, então acho que o Jeon tomou um puta de um susto, se levar em consideração a cara que ele fez.

- Sra. Park? - ele exclamou surpreso, que nem eu quando ela chegou aqui.

- Ya, Jungkook. - a essa altura, minha mãe já apertava meu namorado entre o braços, espremendo o coitado. - Você é mais bonito ainda pessoalmente, tão fofo.

- Ele não é tão fofo assim na cama... - sussurrei mais para mim mesmo, mesmo assim ganhando a atenção dos dois.

- O quê? - perguntaram ao mesmo tempo, e eu arregalei o olhos.

- Nada, eu não disse nada. - que gente com o ouvido bom, eu hein.

- Como você está, Jungkook? Eu soube o que Jimin aprontou um tempo atrás, e se eu fosse você teria ignorado ele por mais uns dias.

- Meu Deus, o mundo todo sabe disso? - minha mãe tinha algum informante, só pode.

- Eu estou bem, noona. - Jungkook respondeu, os dois agora já estavam sentados no sofá. - E eu realmente deveria ter ignorado ele por mais um tempo, mas já estou resolvendo isso agora.

Ah, ótimo, ele realmente falou sério sobre fazer greve, porque essa com certeza é uma forma de me ignorar, acho que vou chorar.

Eu sabia que os dois iriam conversar por um bom tempo ali, então eu subi para buscar meu celular, voltando para a sala e me sentando no sofá de novo, vendo que o papo ali estava ótimo, provavelmente metade dele era falando mal de mim.

Abrindo aqui pra falar rapidinho, eu realmente fico muito feliz da minha mãe se dar bem com ele, de ela lidar bem com o fato de que ele é muito mais novo que eu, por nos aceitar, resumindo, minha mãe é e sempre vai ser foda.

Ok, mas voltando ao que eu estou fazendo agora. Decidi mandar uma mensagem para o Jin, já que ele também era um amigo e tanto e eu sempre conversava com ele. E bom, ele também falava constantemente com a minha mãe, fazer o que né..  


Mensagem on

- Jin... - Jm

- O que tu aprontou dessa vez? - Jin

- Aigoo, eu não fiz nada... A minha omma tá em Seul. - Jm

- Eu sei disso. - Jin

- O quê? Como assim? - Jm

- Ela me mandou uma mensagem avisando que vinha, ué. - Jin

- O filho dela sou eu ou você? - Jm

- Para de ser dramático, Jimin. - Jin

- É sério, ela nem me falou nada. Jm

- E ah, ela chamou eu e Namjoon para jantar com vocês na sexta. - Jin

- É o quê? Ela também não me falou disso. - Jm

- E pode ir avisando o seu menino, porque ela já sabe o que o Min voltou e chamou ele também. - Jin


Mensagem off

Puta que pariu! Como assim? Ela marca um jantar na minha casa, chama meus amigos - que provavelmente são amigos dela também, porque né -, e não me avisa nada.

- Omma, que porras. Você marcou um jantar na minha casa? - interrompi a conversa mesmo, eu precisava esclarecer isso com ela.

- Uh, sim. - respondeu simplista. Mas gente. - Era isso que eu ia avisar, acabei esquecendo. E Jungkook, se você quiser chamar alguém também, pode chamar.

- Tudo bem, obrigado. - eu sabia bem que ele iria chamar o Taehyung, e não que eu tivesse algo contra o cara, mas foi ele quem ajudou o Jungkook naquele planinho de me fazer ciúmes.

- Então, agora você já sabe. Não marque nada para sexta. - minha mãe avisou, enquanto se dirigia junto com o genro gostoso dela até a cozinha.

Lembra quando eu disse que minha era foda? Esse foda significa que ela faz merda também, porque essa porra não vai dar certo.






(JÁ VOLTO)


Notas Finais


Haushauhs, gente, o Bangtan todo reunido kkkkk eu tô rindo de nervoso.

Esperam que vocês estejam gostando da fanfic tanto quanto eu gosto de escrever. ♡♡♡
Obrigada por tudo ♡

Ps: desculpa os erros.
Ps2: foi um cap curtinho também, mas o próximo vai ser grandinho. Desculpaaa


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...