História My Mermaid - monsta x (imagine Minhyuk) - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Monsta X
Personagens Hyung Won, I'M, Joo Heon, Ki Hyun, Min Hyuk, Personagens Originais, Show Nu, Won Ho
Visualizações 67
Palavras 1.230
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Ficção, Hentai, Magia, Sobrenatural

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 9 - Capítulo 01


Olhava pela janela do onibus ainda confusa com a repentina mudança de clima, além da paisagem. Minutos atrás eu estava nas ruas proximas a minha casa, estava de dia e era tudo visivel e familiar, mas agora está escuro, muito escuro, vejo malmente o que tem do lado de fora, e o pouco que vejo é desconhecido para mim.

O veículo para e mais algumas pessoas entram, inicialmente haviam apenas 5 pessoas, agora mais da metade das cadeiras estavam ocupadas.
 
~Ultima parada, Busan~

Uma voz anunciou no auto-falante.
Espera... Busan? Como assim Busan? Até duas horas atrás eu estava saindo da casa de férias de meus pais e ela ficava em Tokyo, TOKYO NO JAPÃO! 
Eu estou tão confusa, se não fosse por tudo que fiz eu não estaria indo sei lá para onde com um monte de pessoas desconhecidas. Sim, minha mãe não havia me explicado direito pra onde estava me mandando, apenas disse que era uma escola onde eu ficaria até conseguir controlar meus poderes. 
No utimo ano eu pesquisei bastante sobre sereias e coisas do tipo, até mesmo perguntei a papai e ele me descreveu exatamente a pequena sereia dos contos da Disney, a unica diferença era que ele é um garoto. Isso me ajudou? não, realmente não ajudou em nada, eu já tinha ido a praia e não é como se minhas pernas tivessem se transformado em cauda, Se bem que tudo em mim era fora do comum. 
Meu pai perdeu a cauda e não pode mais respirar no mar, eu podia, podia respirar em baixo da água, meu pai se surpreendeu quando eu contei, afinal, sereias só eram sereias se estivessem no mar, só tinham seus poderes se ainda fossem sereias de verdade, ou seja, isso inclui uma cauda, coisa que eu não tinha.
A um mês atrás eu estava na piscina, não havia ninguém por perto, eu estava realmente curiosa desde que havia lido um livro que falava sobre os poderes de sereia, o grande problema era que cada sereia podia fazer apenas uma coisa, nenhuma delas tinha mais de um poder diferente, o mais comum era a habilidade de controlar a água, eu já estava alí então resolvi tentar. Eu quase desisti mas um mini redemoinho de água se formou na palma da minha mão, eu fiquei bastante feliz, ele estava meio instavel então tentei mante-lo e foi nesse exato momento que a merda aconteceu, o redemoinho foi aumentando eu tentei parar e então toda a água da piscina começou a flutuar e então caiu molhando basicamente tudo o que estava por perto, eu tive uma sorte imensa por ter chovido logo após o ocorrido e meus pais não terem percebido nada.
Peguei meu celular, já eram 17hrs e ótimo, sem área, era tudo o que faltava. Bufei derrotada, peguei meus fones e estava preste a os colocar se uma pessoa bastante inconveniente não tivesse me atrapalhado.
- Posso sentar aqui? - era uma voz masculina, por mas que eu quisesse ignora-lo, eu tinha uma maldita mania de olhar nos olhos das pessoas quando ás respondia ou quando às escutava.
-Sim. - ele sorriu, que sorriso. 
Voltei minha atenção para a janela, mesmo observando o breu do lado de fora a imagem do garoto ao lado não saia da minha cabeça, seus cabelos negros combinavam incrivelmente com sua pele pálida.
- Eu sou Changkyun, alguns amigos me chamam de I.M. - virei-me para ele, habito horrivel! 
- A-ah.- percebi que ele esperava que eu me apresentasse. - (S/n)... - Fechou os olhos aproximando seu rosto do meu.
- Você tem um cheiro bom. - achei estranho. - Imagino que o gosto seja melhor, que tal deixar eu pr... - garoto foi empurrado para terceira cadeira enquanto outra pessoa sentou entre nós dois.
- Yaa, pare de falar coisas esquisitas para pessoas alheias. Você saiu de casa sem comer ou algo do tipo? - Changkyun apenas riu e soltou um "desculpe hyung". - Desculpe-me pelos modos do meu amigo, ele não sabe como tratar uma dama. - pegou minha mão e a beijou. - Shin Hoseok, ao seu dispor. - sorriu galnteador.
- Fala sério Wonho, isso foi horrivel. - o menino ao meu lado virou-se e mostrou a lingua.
- Wonho? - perguntei confusa.
- É um apelido que esse encosto me deu. - respondeu simplista.
- Hey. - Changkyun me chamou. - O que você é? sabe, eu nunca senti um cheiro como o seu antes e sinceramente é muito bom, talvez você deixe eu provar qualq...
- Você não vai começar de novo, vai? - Hoseok o olhou feio. - Mas então, o que você é? - virou-se novamente para mim. 
- O que eu sou? - estava confusa.
- É sabe, eu sou um demonio  e I.M é um vampiro puro sangue.
- Puro sangue?
- Tipo familía real.- riu. -  ele não foi transformado por ninguém.
- Eu não sei...- os dois olharam-me sem entender. - Eu não sou humana, mas também não sou uma sereia, a verdade é que não sei exatamente o que sou.
- Sereia. - I.M falou aparentemente surpreso. - Por isso seu cheiro é tão diferente, nunca havia sentido o cheiro de uma sereia mas... sereias não vivem na água? tecnicamente são um dos poucos "monstros" que não podem sair de seu hábitat natural.
- Foi o que acabei de dizer, não sei o que eu sou. Não tenho pernas porque me apaixonei por um humano ou coisa assim, eu simplesmente nasci desse jeito.
- Espera... sereias adultas também possuem pernas.- Wonho se pronunciou.
- Sim mas não são pra sempre, eles só podem usa-las em um determidado tempo.
- Por acaso um de seus pais era humano?
- Minha mãe...
- Isso é tecnicamente impossivel, seu pai não devia ser capaz de gerar filhos, não com uma hhumana.
- Mas hyung existem hibridos.- I.M retrucou.
- Hibridos não existem, falam isso apenas porque com o tempo os lobos conseguiram se transformar em humanos, se eu me lembro bem isso foi causado por um feitiço lançado a 200 anos atrás, nessa época você ainda era uma criança. - Tossi assustada.
- D-duzentos anos?
- Eu sou um vampiro, é normal. Se você achou muito vai se surpreender ainda mais se eu te disser que Wonho hyung tem mais de 700 anos.
- Certo, certo, isso é muita informação para minha cabeça.- respirei.- Quantos de nós existem por ai? sabe, atém pouco tempo atrás eu só sabia que sereias existiam, talvez eu suspeitasse um pouiquinho sobre vampiros mas não era nada concreto.
- Muitos, tudo o que você imaginar.
- Tipo, garotos lagartos? - os dois riram.
- Répteis são bastante comuns.
- ( S/n)? 
- Hum. - olhei para Changkyun.
- Quantos anos você tem?
-16
- O que?? - os dois disseram ao mesmo tempo
- Sereias tem um corpo bem atraente. - Wonho disse e recebeu um pequeno soco de seu colega ao lado.
- Se controle hyung, sei que você é um demonio e seus instintos são mais fortes mas se eu que sou novo posso me controlar imagino que você tambem possa.
- Novo? - perguntei choscada
- Sim, na verdade sou considerada uma criança se levar que Wonho hyung é ainda não é um adulto. -  eu ia respinder mas o ônibus parou de repente. - parece que chegamos.


Notas Finais


Oiii amores 💙
Espero que estejam gostando, kissus😘😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...