História My monster - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Demi Lovato, Fifth Harmony, Selena Gomez
Personagens Camila Cabello, Demi Lovato, Lauren Jauregui, Selena Gomez
Tags Camren, Delena
Exibições 115
Palavras 629
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa leitura, espero que gostem! Comentem se devo continuar...

Capítulo 1 - Melhores férias


P.O.V. Camila

Meu nome é Karla Camila Cabello Estrabão, tenho 17 anos de idade, e moro em Miami, com a monha melhor amiga, Selena. Somos amigas desde crianças. Sou bissexual assumida.

P.O.V. Selena

Meu nome é Selena Marie Gomez, tenho 18 anos, sou lésbica encubada, e estava no lugar errado, na hora errada, coma minha melhor amiga Camila.

 

P.O.V. Lauren

Me chamo Lauren Michelle Jauregui Morgado, tenho 613 anos, sou vampira, filha de Drácula para ser mais específica. Tenho uma meia-irmã chamada Demi. Desde 1458, busco vingança pela morte de meu pai. Eu e Demi, já matamos toda a família do assissino de nosso pai, mas por algum motivo que desconheço, o mesmo ainda está desaparecido. Mas precisamos de férias e diversão, por isso resolvemos fazer uma parada em Miami.

P.O.V. Demi

Meu nome é Demétria Devonnie Lovato, tenho 610 anos, sou vampira e tenho uma meia-irmã maluca chamada Lauren, nosso pai vocês conhecem por conde Drácula, já eu o chamava de Vlad, morreu em 1458, e desde então Lauren e eu matamos todos da família do assassino, menos o próprio, que fugiu de nós diversas vezes, portanto ainda vive. Eu e Lauren estamos quase sempre tentado nos matar, e é claro que ela sempre vence e apenas me deixa viver por piedade. Lauren é mais velha que eu desde o dia em que matou uma vila inteira, apenas pela cede. Mesmo me "odiando" tudo que ela faz por mérito próprio, diz que fizemos juntas. Isso me deixa feliz por um lado e preocupada por outro. Não sei quado ela pode perder o controle, portanto convenci a mesma a tirar férias da matança. Estamos no carro a caminho de Miami, Lauren está dirigindo, quando ela para de repente, e vejo de canto de olho que um sorriso diabólico, começa a surgir em seus lábios, quando três adolescentes, param o carro ao nosso lado.

- Oi gatinhas! - O mais alto fala. - Me chamo Troy, e esses são Austin e Shawn. - Diz apontando para os seus amigos.  - Qual o nom das princesas?

- Me chamo Lauren e essa é minha irmã Demi! - Lauren diz mantendo seu sorriso no rosto, então logo prevejo o que ela vai fazer.

- Oi garotos! - Digo fazendo a maior cara de santa possível. - o nosso carro morreu, será que podem dar uma ajudinha? - Pergunto inocente.

- Sem problemas gata! - Austin diz, saindo do carro. - Shawn, pode levar o carro, eu vou ajudar as garotas! - Diz dando um sorriso malícioso para o amigo, que revira os olhos e vai em bora com o carro, deixando Austin e Troy para traz, desprotegidos. Assim que o carro, não é mais visto Lauren liga o carro, fazendo o motor roncar.

- Oh, vejo que ele está funcionando. - Lauren saí do carro e se aproxima de Austin. - Que tal fazermos outra coisa? - Saio do carro e vou em direção a Troy, com um sorriso no rosto e uma sobrancelha levantada. 

- Podemos nos divertir um pouco. - Os garotos trocam olharem cúmplices sorrindo, e quando percebo, Austin já está gritando de dor, pois Lauren já havia o mordido, então aproveito e faço o mesmo com o garoto a minha frente, ouvindo um gemido estridente de dor. Sugo todo o líquido quente em suas veias e vejo o garoto cair no chão, morto. 

- Essas férias serão as melhores irmãzinha. - Lauren diz me abraçando enquanto ria pelo êxtase que o sangue nos proporcionou. - Miami será nossa! - Eu rio com seu comentário e a abraço, de lado. Essa cena se repetiu várias vezes nos últimos 600 anos, eu e Lauren, abraçadas, com os rostos cobertos por sangue, e rindo da cara das vitimas mortas no chão.


Notas Finais


Obrigado por lerem. continuo?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...