História My Motherfuck Princess - Capítulo 7


Escrita por: ~ e ~Castle_of_sugar

Postado
Categorias Linkin Park
Personagens Brad Delson, Chester Bennington, Dave Farrell, Joe Hahn, Mike Shinoda, Personagens Originais, Rob Bourdon
Tags Linkin Park
Visualizações 44
Palavras 741
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ecchi, Lemon, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Volteeeeeeeeiiiiii
:3...nao sei se o cap ficou bom...
Mas tenho explicaçao...
To morrendo de sono :3...
Bjs bjs

Capítulo 7 - Capitulo-7


P.O.V Chester

Quer saber como me sinto?!

Um covarde...

Nunca nem tentei parar com o vicio....

Nunca se quer eu procurei ajuda...

Na verdade, eu nao tinha o por quê viver...

Droga!

Agora eu tenho...

Tenho?!

Ah! Tenho...

Ele tem olhos puxadinhos...e um sorriso lindo...sinceramente?! O mais lindo que já vi...

Bom, já é meu terceiro dia no hospital...

O horario de visita já passou e eu nao vi Mike nem aquele amigo estranho dele...

Brad é um apelido bonito né?!

To pirando aqui sem ninguem...

Tá tudo normal...

O quarto silencioso...

Enfermeiros e medicos passando no corredor...

Um programa idiota passando na televisao...

Gritos do Mike no corredor...

Meu soro aca...

Gritos do Mike????

Tento levantar mas é impossivel...

-Senhor, vc nao pode entrar!-uma voz feminina diz...

-Posso sim...ele tá sozinho...eu durmo aqui, sei lá...preciso entrar.-essa é a voz embargada do Mike gritando...

-Vá...só pare de gritar..-a voz feminina fala de novo...

A porta é aberta bruscamente e Mike entra por ela...

Ele vem direto pra minha cama e me abraça forte...

E minha cara??

Bom, minha cara é de tacho...

-Mi...ke...tá...m..e...su...fo...c...a...ndo-digo tentando recuperar o ar que me foi tirado...

-Oh! Desculpa...-ele fala e sai de cima de mim...

Sorrio...

-Tudo bem...por que está chorando??

-Nada...-ele fala e me beija na testa...

-Quem nada é peixe...O que houve, Mike?

-Tudo bem...Lembra daquele menino que veio te ver ontem??-faço que sim com a cabeça...-Entao, ele...bom, ele sofreu um acidente e tá em coma...-ele falou muito rapido e eu nao consegui entender na hora...

Mas fui traduzindo na minha mente...

Inseguro, eu assimilo Brad e coma...

Brad, coma...

Meu Deus....

Por algum motivo meu coraçao pareceu parar...

Quis chorar...

Estava confuso...

Sentia algo como uma leve dor no coraçao...

-Mas ele...como??-pergunto, nao conseguindo assimilar nenhuma pergunta concreta...

-Eu só sei que ele ia atravessar uma rua e um carro passou por cima...

-Acho que é bem obvio que acidentes acontecem assim...

-Entao por que perguntou???

-Esquece...foi por isso que vc nao veio no horario de visita??

-Foi...eu estava ajeitando os documentos dele...e tentando parar de chorar...

-Se vc quiser ir lá com ele, pode ir...

-Nao...vou ficar melhor aqui...

Ele respira fundo e olha para a janela, indo para lá em seguida...

Ele ri e me olha...

-Lá vem os outros meninos...-ele ri mais um pouco...

Que risada gostosa...

Sorrio e olho para o meu soro...

Acabou...

Retiro a agulha e abraço Mike por tras...

-O que faz aqui? Vai deitar, anda..

-Nao...eu já estou bem...vamos ver seus amigos...-digo indo para a porta...

-Se algum medico brigar, eu nao tive culpa...e vou achar bem feito se fizerem isso..-ele fala e me empurra de leve para fora do quarto...

Sorrio e sigo com ele, sorrateiramente até o quarto de Brad...

Ele foi na frente, claro....

Assim que andamos todo o corredor...

Eu vi dois meninos estranhos ao longe, na sala de espera...

-Chaz, aqueles ali sao os meninos que eu te falei...vamos lá...

E me puxa...

-Senhor Chester!-ouço uma voz feminina e me viro com um sorriso amarelo..-O senhor deveria estar na cama...

-Eu sei, enfermeira...mas um amigo meu sofreu um acidente e está em coma...e alem disso, meu soro havia acabado já...-tento falar da forma mais convincente...

Acho que consegui ela faz um "tisc" com a boca e sai...

Mike volta a me puxar até os meninos...

-Chaz, esse é Phoenix e esse é Rob...-ele fala apontando para os meninos que tinham expressoes tristonhas...

Eles acenaram com a mao e o Mike voltou a me puxar...

Olhei para eles e ele estavam nos olhando com cara de tacho...

Os chamei com a mao e eles nos seguiram...

A cena seria engraçada se o motivo da pressa nao fosse ruim...

Mike para bruscamente...

E eu?!

Bom, eu cai de cara no chao...

Como?!

Nao faço a minima ideia...

-Desculpa, Chaz.-Mike fala, estendendo a mao para mim..

Sorrio amarelo e pego na mao dele, me levantando...

Meu nariz tá doendo...

Coloco a mao e sinto algo molhado...

-Chaz, seu nariz tá escorrendo sangue...-Phoenix fala e eu olho para o meu dedo...

Droga...

Tá doendo...

-Rob, leva ele na enfermaria..-Mike fala e eu desvio meu braço quando Rob tenta pegar meu braço...

-Nao precisa...ai....vamos ver ele, depois eu vou na enfermaria...

Eles dao de ombro e seguimos até o quarto de Brad...

O achamos em um quarto espaçoso que havia um vidro enorme...

O horario de visita havia acabado, por isso nao pudemos entrar...

Alias, senti algo estranho quando vi Brad...

Nao sei definir bem...

Mas foi horrivel ver ele daquele estado...

Nao aguentei e sai dali dando a desculpa de que iria na enfermaria...

***×***

Meu nariz tá quebrado e enfaixado...

Doi muito...

Já estou em casa...

Na casa do Mike para ser mais exato...

Ele foi pro quarto dele assim que chegou...

Ah! Eu recebi alta...

Aqui tá um tedio...

-Mike?!-grito e ouço um "hmmm"..-Vou dá uma volta...

Ele fala um "ta"...

Eu suspiro e saio porta a fora...

Ando pelas ruas geladas...

Vejo uma pracinha e vou até lá...

Sento em um banco...

Observo o lugar...

E vejo ao longe...

Meu pai...

Ele tá vindo na minha direçao...

*****************


Notas Finais


É com vc agora, Sugar


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...