História My name is Henry Morgan! - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Forever: Uma Vida Eterna
Personagens Abe, Detetive Jo Martinez, Dr. Henry Morgan, Personagens Originais
Tags Forever, Henry Morgan
Visualizações 10
Palavras 913
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Mistério, Policial, Romance e Novela, Sobrenatural
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Desculpem o atraso mas tenho andado super ocupada. Vou viajar e preparar tudo e tals.

Espero que gostem.

Capítulo 2 - Cap.2- "Dear Jo"


Fanfic / Fanfiction My name is Henry Morgan! - Capítulo 2 - Cap.2- "Dear Jo"

Pela cara de choque dela parecia ter visto um fantasma. Pois se é que se possa chamar me fantasma porque o unico assombrado sou eu! Depois de receber a toalha e a roupa limpei me e vesti me o mais rápido possivel voltado ao pé dela.

-Desculpa! -Estou pronto para qualquer reacção estou pronto para um sorriso, uma chapada, um abraço ou até um Adeus. Mas não estou pronto a olhar para ela e ve-la imovel sem reacção. Sem saber o que está a pensar!- Jo!

-Hen... Henry eu preciso de um tempo para pensar! -ela voltou me as costas e foi atéao carro dando partida e deixando me ali sozinho.

...

Há uma semana que contei tudo a Jo já liguei e ela não atendeu o que me faz pensar que ainda não deve ter digerido toda a informação. Vendo pelo lado positivo ainda ninguém me veio buscar para me levar ate um laboratório e cortarem me aos pedaços. Por isso presumo que ainda não tenha contado a ninguém. Ontem numa conversa com o Abe decidi que vou viajar. Bem quero ir para um sitio onde o Adam não seja um problema e a todo caso se a Jo decidir contar sobre mim eu já estarei longe. Escolhi África lá serei util. Pensei em me juntar aos médicos sem fronteiras ou ajudar algum posto médico local. Ainda não contei a minha decisão ao Abraham custa me deixa-lo aqui. Ainda não sei se estou pronto para deixar o meu filho assim por muito que ele ja seja crescidos vai ser sempre o meu menino. Sorri ao lembrar me dele ainda pequeno a tocar piano. Está tão crescido.

Decidi escrever uma carta a Jo sendo o meio de comunicação mais lento ainda é e será sempre o meu preferido.

"Querida Jo,

Lamento imenso teres descoberto o meu segredo assim. O facto de nunca te ter contado a verdade foi porque ao longo de tudo o que já vivi encontrei pessoas que aceitaram bem o meu segredo e outras que nem sempre aceitaram. Alguns acham que foi uma dádiva de Deus, outros acham que sou amaldiçoado. Para dizer a verdade não sinto que seja uma dádiva. Eu queria poder envelhecer, queria poder passar pelo processo natural da vida. Mas não posso e tenho que encarar isso.

Eu teria gostado muito de lhe contar a minha história e peço que guarde segredo. Não só por mim mas para proteger o meu pequeno Abraham. Agora irei partir, com toda a experiência que adquiri acho que há um sitio onde ninguem me irá julgar e consertar serei util.

Por fim queria agradecer. Você fez me ver a vida de outra perspectiva e fez me ver que é possivel voltar a gostar de alguém. E por isso lhe agradeço por tudo.

Um beijo,

Henry Morgan."

Assim que acabei de escrever dirigi me até  ao departamento da polícia. A entrada encontrei o Det.Hanson.

-Hey doc. Pronto para voltar ao trabalho? Acho que vai gostar daquele que está la embaixo!

-Obrigado pela atenção mas não. So vim buscar as minha coisas.

-Está mesmo de saída? - Achoque el falou isto mais como uma aceitação

-Sim. Penso que já lidei demasiado tempo com a morte.

-É pena. Você é uma boa ajuda. As suas teorias são estranhas mas ao contrário do Lucas estão certas.

-O Lucas é um bom rapaz. A Det.Jo está?

-Não. Saiu quando você chegou. Foi a casa da vítima.

-Obrigado Det.Hanson. -dei um breve sorriso e passei pela secretária de Jo deixando a carta. Fui ate a morgue onde encontrei Lucas.

-HEY DOC. VOLTOU! -Lucas veio até mim e abraçou.

-Lucas!- tossi.

-Desculpe. Então cansado de estar em casa?

- Não Lucas. Penso que se pedir ainda poderá ficar com o meu escritório. Vim só buscar as minhas coisas. Estou de partida.

-Vou ter saudades Doc você foi sem dúvida a pessoa com quem eu mais adorei trabalhar.

-Também foi um prazer Lucas.

Assim que recolhi tudo o que era meu voltei para a loja e decidi falar com o Abe.

-Abraham eu decidi que vou viajar.

-Vais voltar a fugir?

-Não! Desta vez vou fazer algo que me sinta util. Custa me deixar te assim. Mas a qualquer momento Jo pode contar a alguém ou até  mesmo Adam e eu não quero por te mais em perigo. Eu sei que o Adam não te faria mal mas é um risco. Eu voltarei. Prometo. So preciso de um tempo.

-E quando pensas ir?

-Assim que conseguir comprar um bilhete!

O jantar foi tenso Abraham continua sem concordar com a minha partida.
......

Hoje de manhã decidi compensar o Abe e preparei um pequeno almoço diferente.

-Cheira tão bem. Isto é para despedida? VAI HOJ...

-Eu queria desculpar me. Tu tens razão não posso fugir. Vou viajar pertendo ver coisas diferentes e no próximo mês estarei cá. Até encontrar antiqudades e quando chegar assumir a loja totalmente contigo.

-Está a falar a sério papa? Mas e quando partes?

-Não sei. Quando decidir o sitio vou.

Depois de comer avisei o Abe e sai para uma caminhada. Esta cidade está tão diferente.

-Abe-
Depois da saída de Henry decidi vervo livro de receitas da mãe e escolher uma para fazer. Fiquei muito aliviado pela decisão dele. Eu sei que ele precisa de tempo. Mas eu não tenho tanto tempo pela frente como ele. E preciso do meu pai aqui.
Os meus pensamentos são interrompidos por um batida na porta!
-.......?


Notas Finais


Dem opiniões o que posso mudar, acrescentar etc.

Beijinhos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...