História MY NEIGHBOR: O vizinho da casa ao lado - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook
Visualizações 45
Palavras 853
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Ficção, Mistério, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi bebês? Estão gostando? Espero que sim ^^

Capítulo 18 - Como é bom ter você comigo


Fanfic / Fanfiction MY NEIGHBOR: O vizinho da casa ao lado - Capítulo 18 - Como é bom ter você comigo

"E eu te amo, mais que tudo nesse mundo, e jamais vou conseguir superar o medo que tenho de te perder"


- CAPÍTULO 18


(...)


Jimin: (S/N...

Olho para ele e vejo que o mesmo estava acordando.

(S/N): Jimin!! 

Jimin: Isso dói!- disse com um tom cansado

(S/N): Calma! Já estamos chegando.- passando a mão em seu cabelo.

Ele apenas fechou novamente os olhos e voltou a dormir. Seguimos caminho até o hospital, e chegando lá, puseram Jimin em uma maca e levaram-no até o seu quarto. Fico do lado de fora enquanto eles estavam limpando o ferimento de Jimin, não gosto de ver sangue, me faz ficar nervosa.

 Pego o celular e aviso Sook do que havia acontecido, não disse o motivo, apenas disse que ele foi atingido com uma navalha.

... 

Enquanto ficava do lado de fora, sinto alguém se aproximando de mim, olho para frente e vejo que é Sook. A mesma vem e me cumprimenta.

Sook: O que aconteceu? Onde está Jimin? 

(S/N): É uma longe e trágica história. Ele está no quarto, estão limpando o ferimento dele.

Sook: Você não vai entrar?

(S/N): Não gosto de ver sangue, irei entrar quando terminarem de limpar.

Sook: Pois irei onde ele, tá bem?

Eu apenas concordei e a mesma entrou no quarto onde ele estava. Ficou uns 15 minutos com ele. Enquanto ela foi até ele, resolvi ligar para mamãe pra dizer o que havia acontecido e como sempre logo se desesperou, mas eu disse que foi em um assalto que estava tudo bem. Desligo o celular e o coloco dentro da bolsa, até que vejo Sook abrindo a porta e vindo em minha direção.

Sook: Tudo bem, já terminaram de limpar. 

(S/N): Como ele está?

Sook: Já pontuaram o ferimento, está com o curativo e ele já acordou bem esperto, e disse que quer te ver!

(S/N): Tudo bem!

Vou em direção ao quarto onde ele estava e entro no mesmo. Quando entro, o vejo abrir um grande sorriso ao me ver, logo retribuo com outro sorriso indo em sua direção. Sento na beirada da cama e ele me abraça.

Jimin: Que bom que você está aqui! - abraçando-me - você está bem?

(S/N): Estou! Não se preocupe.

Jimin: Quem era aquela mulher?

(S/N): Depois conversamos sobre Isso, você precisa descansar.

Jimin: Mas eu não estou com sono.

(S/N): Não importa! Apenas fique quietinho para não machucar seu ferimento.

Jimin: Tá parecendo minha mãe.

(S/N): Essa é a intenção.

Ele deu uma leve risada e me abraçou novamente bem forte.

(S/N): Jimin... Tá me machucando!

Jimin: Pronto!

Ele me solta Rapidamente e eu volto a respirar normalmente. Ficamos conversando um pouco, rindo de bobagens como sempre, não vimos a hora passar.

Jimin: Agora me conta quem era aquela mulher!

(S/N) Se eu contar você não vai acreditar. Yangmi!

Jimin: Quê!? Maldita! Como você soube? Ela estava cobrindo bem o rosto.

(S/N): Vamos dizer que descobri na força.

Jimin: V-você bateu nela?

(S/N): Talvez. 

Jimin: Não conhecia esse seu lado.- disse rindo.

(S/N): Ela tem distúrbios mentais. Quando estávamos brigando, os policiais algemaram ela e a levaram para a viatura, mas seu pai chegou logo em seguida com um atestado psiquiátrico e alguns profissionais. Amarraram ela e puseram-na em uma camisa de força.

Jimin: Já era de esperar Isso. Aquela garota é maluca! Definitivamente.

Continuamos a conversar sobre o incidente, quando ouvimos a porta abrir e vemos que era a enfermeira com alguns remédios para aplicar ao ferimento.

Saio de onde estava e deixo a mesma fazer seu trabalho, até que ela acaba e me dá um frasco é um algodão.

Enfermeira: Antes de dormir, depois de tomar banho, passe esse líquido no ferimento para evitar a inflamação. Repita o mesmo processo pela manhã ao acordar.

(S/N): E-eu não sei se consigo.

Enfermeira: Irá conseguir! Com licença.

Olho para Jimin e vejo que o mesmo estava rindo da minha situação.

(S/N): Fica quieto!

Jimin: Você vai me dar banho. Vai me ver nu! 

(S/N): Isso não é novo pra mim, e cala a boca!

Estava tarde, Jimin teria que ficar em observação então eu tinha que passar a noite no hospital com ele, pego o celular e resolvi ligar para mamãe para trazer algumas roupas e um cobertor pra mim.

Estava prestes a sair quando vejo alguém entrar no quarto, olho para frente e vejo Jungkook.

Jungkook: Oi (S/N)! Onde está Jimin?

Jimin: Aqui!

(S/N): Fiquem aí que eu preciso fazer uma ligação. Volto já!

Jimin: Para onde eu iria?

(S/N): Engraçadinho.

Pego o celular que estava na bolsa e saio até a porta do hospital para ligar pra mamãe. Ligo para a mesma e peço as roupas, e sem demora ela chega e me entrega. Não demorou muito, apenas disse para tomar cuidado.

Volto para o quarto e Jungkook já havia ido embora.

Jimin: Quer chocolate? Jungkook trouxe. 

(S/N): Quero!

Jimin: Deita aqui do meu lado.

Ele afastou um pouco para o lado deixando um espaço para mim.

Eu deito ao seu lado e comíamos  os  chocolates sem que enfermeiros vissem, até que os mesmos acabam, então ficamos conversando sobre coisas aleatórias, até que o silêncio tomou conta do ambiente. Olhei para seu rosto e fiquei o encarando por algum tempo.

(S/N): Tive tanto medo de te perder.- olhando em seus olhos.

Jimin: Isso nunca irá acontecer, eu prometo!-  beijando minha testa 

(S/N): Eu te amo tanto Jimin!

Jimin: Eu também te amo (S/N).

E começou a acariciar meus cabelos lentamente.



.......



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...