História My New Colorful Canvas - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 21
Palavras 2.006
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Ficção, Fluffy, Shonen-Ai, Shoujo-Ai, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 7 - Loved.


Fanfic / Fanfiction My New Colorful Canvas - Capítulo 7 - Loved.

- Espera , o que ele tinha dito ? - perguntei para Tereza
- Que estava indo embora , nossa... Mais um sem cérebro
A encarei-a com raiva , se Quinn estava indo embora , ele só poderá ir pelo trem que deveria estar vazio , apesar do nosso toque de recolher ainda era perigoso ir sozinho a noite , no escuro , com um bando de adolescentes sem sobrancelhas e com peitos infláveis... PORQUE MESMO EU DEIXEI ELE IR SOZINHO !?
- Você devia ir l-
Ele não teve tempo de terminar a frase , fui direto para as escadas onde tive a impressão de ter um mini ataque cardíaco cada vez que meus pés topavam com um dos degraus , até que me desequilibrei e cai... De um lance inteiro de escadas... Ui , isso vai deixar cicatrizes
- EU ESTOU BEM ! - gritei me levantando do chão e correndo até a porta , já estava lá fora quando ouvi alguém gritar
- QUANDO EU DISSE QUE VOCE DEVERIA IR , EU QUIS DIZER QUE VOCE DEVERIA "TER" IDO ! NÃO QUE DEVERIA IR AGORA , CEREBRO DE TINTA DA POR..
- OLHE A LINGUAGEM ! - ouvi Brook gritar de volta para o que aparentemente foi a voz de Tereza , não a via gritar des dos 7 anos... Continuei a correr até a estação , passei pelas mesmas ruas cinzas de antes... O mesmo velho parquinho mergulhado na mesmice... , Até chegar a Estação monotona e efêmera...Nada mais parecia igual a antes... Agora as ruas tinham um brilho inexplicável ,aquele pequeno parque... aquela estação... Agora carregavam memórias melhores e mais... Mais... Coloridas...
- Jasper ? - a voz de Quinn soou atrás de mim
- Quinn ! - o puxei para meus braços e o abraçei com força , e todas as horríveis possibilidades do que poderia acontecer com ele sumiram
- Jas-jasper ? O que?... Porque ?... Como ?!
Me separei com ele ainda em meus braços , o calor de sua pele e suas bochechas me aquecendo na noite fria
- Eu estava... - desviei o olhar e corei tentando achar alguma resposta para o fato que eu correrá 5 quadras a pé , sem meu casaco ou/e qualquer agasalho no meio de uma noite de inverno... Ok , acho que QUALQUER coisa que eu falar a partir de agora não vai parecer nem um pouco convencente mas... O que vale é tentar não é ? - vo-você esqueceu o s-seu cachecol e eu vi-vim entregar...
- meu cachecol está no meu pescoço
Engoli em seco recebendo um beicinho de raiva dele... Ah , tão adoravel... ESPERA ! tenho que me concentrar agora...
- Ã-ãh quer di-dizer... - procurei no fundo do meu cérebro algo para dizer mas estava em branco , era esse seu efeito sobre mim.. ele era como uma espécie de droga mas... Não letal ? Há ! Quem quero enganar ele era tão letal como uma , viciante, inebriante e em doses altas... Letal , mordi o lábio inferior levemente tentado - e-eu estava... Eu estava...
Ele se aproximou do meu rosto
- Você... Estava ? - o jeito que ele movia os labios era extremamente provocante a meu ver, ele falava em um tom como de "quem não quer nada" , subindo as mãos até meu peito e as descansando lá , ele... - Porque está aqui de verdade , Jasper ?
ELE ESTAVA FAZENDO ISSO DE PROPOSITO ! , Acordei do pequeno transe em um piscar de olhos
- Ah A-ah , olha a Ho-hora ! - disse me desvencilhando dele - o tre-trem já deve es-estar chegan-chegando !
- Jasper...
- s-sim ?
- Me fale o porquê... - ele juntou os labios novamente em um beicinho agarrando meus braços e me puxando para perto e ficando na ponta dos pés  , sua respiração batendo em meu pescoço - por favor ?
- E-eu... - suspirei e desisti , suas artimanhas eram fortes demais, ou eu e que precisava construir uma muralha contra seus truques - Eu esta-estava preocupa-pado , se você esta-estaria be-bem , sozinho... Quinn ?
Olhei suas orbes surpresas e expectantes
- Sim ?
- Eu.. - meu tom se tornou mais baixo enquanto meu rosto se avermelhava - amo você...
Ele sorriu um pouco
- desculpe, eu não ouvi... - seu tom risonho era evidente como seu tom rosado nas bochechas - pode repetir ?
Suspirei envergonhado
- Eu disse que... - pigarreei - amo você...
- o que ? - ele colocou a mão a o redor da orelha
- Eu disse...
- não estou escutando , fale mais alto !
- Eu disse que amo você ! , Amo o jeito como fala , como seus olhos brilham animados sempre que está perto ou fala de algo que gosta , o jeito como você sorri ,pelo amor de deus ! Amo ate mesmo o jeito que você respira ! Amo você, Eu.Amo.Você Quinn Hayes !
Parei para tomar fôlego
- Agora , você me ouviu ?
Ele sorrirá , pequenas lágrimas no canto de seus olhos que agora desciam de seu rosto tão corado como o meu , ele me puxou para perto ainda mais, colando o corpo no meu novamente e ficando na pontinha dos dedos , assim ficando mais ou menos da minha altura
- Alto e Claro - disse ele soluçando um pouco , agora eu secava suas lágrimas dando leves beijos em seus olhos , uma sensação de alívio tomou conta do meu peito, aproximei os labios dos dele , somente centímetros separados , mas a incerteza e ansiedade ainda permaneciam...- Eu também amo você Jasper Millers !
E assim que o ouvi o beijei , um beijo inesquecivelmente ávido, viciante e apaixonante... Em outras palavras vivido e colorido , seus labios se moviam contra os meus lentamente como se tivesse medo que eu partise ou me afastase, cada célula do meu corpo dizia "mais" queria seu amor , seus beijos , seu cheiro sendo somente e totalmente meu , puxei-o mais para perto e minhas mãos se acomodaram em sua cintura , o abraçando por completo , suas mãos agora em meu pescoço , o apertei mais forte e antes que ele perceber o que eu iria fazer eu o suspendi em meus braços
- Mhmhhh ! - nos separamos pela falta de ar , arfando Quinn continuou - Jas-jasper ! Me põ-põe no chão !
Soltei uma risada
- Nop !
- Estou falando se-Huumh !
Não deixei terminar e o pus em outro beijo apaixonado
- Jas- humn !
- eu... Mumh , est-huumh , tentando fa-muhmp !
O sufocava com beijos lentos que duravam uma eternidade e beijos tão rápidos que duravam 1 segundo , beijos apaixonados , ardentes , desajeitados e brincalhões , o beijava como se fosse a primeira e última vez, comecei a gira-lo comigo , ele logo me acompanhava rindo , sendo abafado pelo beijo 
-Blergh ! Acho que vou vomitar ! - disse uma voz não tão estranha , olhei para o lado vendo Tereza , Brook , April e Jordan nos olhando , meramente estirei a língua para ela , enquanto Quinn escondia seu rosto vermelho em minha blusa
- Awww , ISSO COM CERTEZA, vai para um dos meus mangás ! - dise Brook tirando um caderninho do bolso
- Porcaria sentimental... - disse Tereza revirando os olhos
- Awww vamos , nos poderíamos ser assim também,  My Lady - disse Jordan passando o braço pela cintura de Tereza a puxando para perto
Ela estalou a língua tentando se desvencilhar
- Tch , só quando eu morresse , ou melhor nem quando eu morresse
- A é ?
Ela assentiu positivamente , ela iria se soltar porém Jordan foi mais rápido agarrando seu queixo e a puxando para um beijo , Tereza arregalou os olhos enquanto Jordan a girava e mergulhava dessa vez não a soltou nem acabou gravemente ferido , na verdade Tereza enroscou os braços em volta de seu pescoço e fechou os olhos , sua expressão pareceu inexplicável... Calma , depois de alguns minutos estranhos de Brook e April tirando fotos e eu e Quinn sorrindo eles se separaram os dois no mesmo estado que eu e Quinn , ofegantes , com as roupas amassadas e os cabelos bagunçados , o único detalhe é que Tereza parecia bem mais... Perplexa e vermelha... ESPERA O O QUE !? ELA ESTAVA CORANDO ! Tereza Evans estava corando !
-PORFAVORNÃOMEMATEEUSOQUERIAQUESOUBESSEQUEAMOVOCEDESDEQUEVIVOCEOQUEEXPLICAPORWUECONSIGOVERCORESENÃODISSEISSOANTESPORQUENÃOACHEIQUEVOCÊACRETIDARIAEMMIM- Disse Jordan em uma respiração só
Tereza ainda parecia Atonica , até que se recuperou e gritou
- Jordan ? Juro que eu vou te enforcar com essa merda de cachecol amarelo que você usar na sua porcaria de pescoço desde que nos conhecemos ! - ela falou a própria boca a o perceber seu erro, corando violentamente... Enquanto todos nós sorriamos maliciosos inclusive Quinn , por outro lado Jordan parecia estar no céu
- Tereza...
- Não... - ela disse dando um passo para trás enquanto nós aproximavamos
- Você acabou...
- Não , não ouvi nada....
- de dizer...
- Não me lembro de dizer nada...
- Da cor do cachecol do Jordan ?
Nesse ponto Tereza já estava em prensada na parede
- E ela estava certa Jasper ? - perguntou Quinn a o meu lado
Olhei para Brook e April
- Não sei... - finji pensar um pouco - acho que... Olha só ! Acho que ela está 100℅ correta
Ela ficava vermelha a cada risadinha ou passo que nos dávamos a diante, quem diria... Tereza Evans a garota de gelo , a rainha das Trevas corando e completamente sem argumentos... Isso era um milagre !
- Então Death Girl... - disse Jordan que pareceu ter despertado do seu transe - quer sair comigo sábado ?
Ele era um homem morto... Um homem morto mas feliz
- Não me chame de Death Girl e não - disse ela saindo de perto da parede e caminhando para frente passando por nós
- EH !? Mas eu sou sua alma gêmea , Tereza ! Não me ignore ! - Jordan disse indo atrás dela soando como um criancinha fazendo birra
- Ai ai , hoje foi o dia em que meus ships se tornaram realidade , agora só falta juntar você April e o Leo V-
- LALALALALA ! NÃO OUSE TERMINAR ESSA FRASE BROOK ! - gritou April empurrando ela para frente , Suspirei sorrindo para mim mesmo
- Porque o sorriso ?
- ãh ? Ah ! E que eu nunca imaginei que estaria tão feliz por fazer uma loucura dessas em uma só noite
- Eu tambem...
Olhei para ele e agarrei sua mão o fazendo olhar para cima
- Eu amo você Quinn
Ele deu uma pequena risadinha
- Também amo você Jasper...
- Hey , casalzinho feliz , vamos logo !
Nós dois rimos e começamos a andar na mesma direção que eles esquecendo do trem , Afinal quem precisa de trem quando se tem o caminho mais longo com as pessoas que amo ?
" - Hey , todo mundo junto ! - disse April tirando uma câmera do bolso do casaco de panda -   quero tirar uma foto para o concurso !
Todos nós nos exprememos perto de April , menos Tereza que parecia desconfortável
- Vamos ! - insistiram April e Brook
- Vamos logo Death Girl
- Sabe que vamos acabar com isso mais rápido se você vier , não é ?
Ela bufou e se expremeu do lado de Jordan que imediatamente a abraçou não tão contra sua vontade
- Agora todo mundo... WE DON'T NEED LOVE !
- WE DON'T NEED LOVE !
Naquela noite as cores que antes eram vazias nos rodeavam , naquela noite eu me sentia o rei do mundo , naquela noite que quem fora responsável mesmo que indiretamente... Foi você

"Once in a lifetime, ours souls longs for the feeling of being Loved."


Notas Finais


Obrigada a quem leu essa porcaria e tal... A continuação e My New Colorful Sky se quiserem ler...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...