História My new life... - imagine Jimin BTS - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 8
Palavras 891
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Fluffy, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem😄

Capítulo 3 - Danger


Fanfic / Fanfiction My new life... - imagine Jimin BTS - Capítulo 3 - Danger

Acordei no  dia seguinte, e fui fazer minhas higienes. 

Tomei um banho, e vesti uma calça jeans rasgada nas coxas, uma camiseta do "Rolling Stones" e um all star branco  (surrado). 

Eu iria no lugar que marcou a minha infância com meus pais, afinal, hoje era aniversário de seis meses da morte deles.

Desci, tomei um café e preparei uma cesta para um piquenique. 

Pus um retrato dos dois juntinhos dentro da cesta, e peguei meu celular. 

Saí de casa, indo rumo a um parque um pouco afastado da cidade. 

Eu decidi que iria a pé. Queria sentir o vento no meu rosto, lembrar de como era antes. 

Quebra de tempo...

Cheguei no parque, forrei a toalha quadriculada no chão e montei as coisinhas por cima dela, colocando a foto deles bem próxima a mim. 

Depois de tudo montado, eu apenas fiquei admirando às águas do lago à minha frente. Me paguei pensando nas memórias que construímos ali...

FLASHBACK ON

Eu tinha 5 anos e tinha ido com omma e appa dar uma volta. 

Ao ver aquela grama linda e bem verdinha, eu quis mergulhar e sentir ela bem de perto. 

Eu me desprendi da mamãe e corri pela grama. Sentir a brisa fresca bater contra o meu rosto era algo inexplicavelmente bom. 

Estava tão distraída correndo, que nem notei que havia um galho de árvore em minha frente. E acabei tropeçando e batendo o joelho contra uma pedra. 

-AAAAAAAAAAAAHHH OMMAAAAA!!! - Ela ouviu meus prantos e veio correndo me acudir - O que foi meu amorzinho? - 

- Eu caí ommaaaa - Eu chorava e apontava pro meu joelho que estava sangrando. Minha mãe, tão linda e serena apenas me disse - Se acalme meu amor, você não sabia que o beijo da mamãe é mágico? - 

- Não omma. Como assim mágico? - A essa altura eu já havia parado de chorar e apenas ouvia minha mãe com os meus olhinhos ainda molhados. 

- Assim meu amor, quando o bebê da mamãe se machuca, o beijo da mamãe pode curar. E ai o bebê nem vai sentir dor mais. - Com isso ela pegou em meu joelho, limpou com um guardanapo que estava em seu bolso e deu um beijinho cálido em meu joelho ferido. 

Por incrível que pudesse parecer, eu já  não sentia mais dor. 

- Omma! Parou de doer! A mamãe é uma fada! - E então ela sorriu, me pegou no colo e me levou para onde meu papai estava.

- O que houve com a minha princesinha huh?! - Papai perguntou preocupado

- Eu caí e machuquei meu joelho appa, mas a mamãe é uma fada e me curou com o beijinho mágico dela! - Eu estava encantada. 

- Beijinho mágico? Eu também quero! - Ele disse e fez bico, a mamãe foi e lhe deu um beijo. E eu comecei a rir. 

Ficamos ali rindo e nos divertindo, até que passa um carrinho de sorvete. - Omma! Appa! Eu quero sorvetinho! - 

- Já vou comprar meu anjo - Papai falou sorridente, logo ele volta com três picolés e nos entrega. 

Aquela foi uma tarde maravilhosa. 

FLASHBACK OFF

E hoje eu me encontro aqui, relembrando momentos felizes enquanto lamento a falta daqueles que eu amo. 

Eu sinto falta daquela alegria que eu tinha quando era criança. Hoje em dia, só a melancolia me cai bem. 

Tudo isso porque a vida foi cruel comigo. Como dizem, "A vida só é ruim para as pessoas boas". O que me fez pensar assim? 

O fato de eu ter perdido as pessoas mais importantes da minha vida, sendo uma boa pessoa. Ainda não consigo me conformar. 

Nem notei que já tinha anoitecido. Juntei as coisas e me preparei para ir embora. 

Eu andava pensativa, já estava próxima à minha casa, quando vejo um homem estranho me seguindo. 

Eu apressei os passos mas ele começou a correr e me agarrou por trás. 

- Me solta! Eu não tenho dinheiro! 

- E quem disse que eu quero dinheiro? Você vem comigo agora! - E então ele saiu me arrastando para um beco. Eu estava muito apavorada. 

Ele me colocou contra a parede e ficou tentando tirar minha camiseta. Eu gritava e pedia socorro, ele tentava tapar a minha boca também. 

- Me solta! Por favor! - Eu já estava aos prantos! - Isso, continua. Adoro quando elas imploram. - Ele ditou essas palavras sujas e deu uma risada nojenta. 

Eu fechei os olhos esperando pelo pior, quando ouço um barulho e vejo o homem caído no chão. 

Quando olho para cima, vejo Jimin com cara de preocupado. 

- Está tudo bem? Ele fez algo com você? - Ele estava desesperado - J-jimin. Ele ia... Ele ia -

- Calma. Já passou. Vamos para a minha casa. 

Chegando na casa de Jimin, ele me deu um copo de água e conseguiu me acalmar. 

- Muito obrigada! Se não fosse por você eu não sei o que teria acontecido! - Eu comecei a chorar de novo. Ele me pôs em seus braços  e me acolheu. De alguma forma eu me senti bem protegida ali. 

- Eu sempre estarei aqui para te proteger. O que acha? Amigos? - Ele levantou o dedinho e levou na minha direção - Sim! Amigos! - E entrelaçamos nossos dedos. 

E ali se instaurava uma grande amizade ou até algo mais entre eu e Park Jimin...


Notas Finais


E ai? O que acharam?
Eu tinha resolvido excluir essa fic, mas ai me veio uma espécie de novo enredo. Então resolvi continuar e ver no que dá.
Espero que tenham gostado, beijos e até o próximo❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...