História My New Life - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Família, Femmeslash, Nova York
Visualizações 10
Palavras 1.199
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, FemmeSlash, Romance e Novela, Violência
Avisos: Bissexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Olá gente . Aqui está mais um capítulo. Espero que gostem.
Leiam as notas finais , não é nada muito importante mais leiam .
E desculpe se tiver erros, mas é porque eu escrevo pelo celular.

Beijinhos e boa leitura

Capítulo 2 - Novos Amores e Amizades


1 semana depois 


Fazia 1 semana que estávamos ali, mamãe  havia comprado um apartamento no Queens .

Tinha 2 quartos, então Leonel dormiria comigo.

Sinto falta de Kat e de meus poucos amigos. Nem todos os moradores do bairro são gentis. Apenas uma senhora , seu nome era Dolores , ela é nossa vizinha no prédio e mora com suas duas netas a Clarissa de 15 anos e Isabel de 7 anos.

Isabel e Laurel já se tornaram grandes amigas e eu? Não tenho nenhum amigo. As vezes Clary falava comigo. Ela era muito fechada , sozinha e meio gótica. Seus cabelos eram  pretos e sua pele muito branca , dava para ver suas veias , parecia doente. 

Leonel havia ido atrás de emprego e mamãe também, então só ficou eu e Laurel em casa.

        ∆∆∆∆∆∆∆∆∆∆∆  

Eu não havia entrado em uma escola ainda . Era Junho ,férias de verão e só começa em setembro.

- Rory ? - Ouvi Leo me chamar 

- Fala 

- Consegui um emprego, igual ao antigo - falava ele sorrindo .


- Que bom Leo . - Digo sorrindo feliz. Leo trabalhava duro e gostava do que fazia , porque o que  importava para ele  é que a gente tem que ter tudo que  precisarmos 

- Sim . Vamos ter uma nova vida , uma melhor do que a antiga e está na hora de você...

- Ter amigos. Eu sei Leonel  - O cortei

- Vá conversar com a menina do lado , Clarissa .

- Tá bom Leonel - falei e suspirei

              ∆∆∆∆∆∆∆∆∆∆

Resolvi então ir falar com a nossa vizinha, mas ninguém atendeu. Então sai do prédio e fui andar pelo bairro.

Estava andando distraída quando esbarro em um menino. Ele era um pouco mais alto do que eu , tinha cabelos castanhos e olhos pretos . Que lindo .

- Ah me desculpe pela falta de atenção - ele fala sorrindo sem graça 

- Desculpe digo eu - falo sorrindo 

- Sou Ryan e você?

- Rory 

- Prazer Rory, é nova aqui né?

- Sou . Cheguei faz 1 semana 

- Então bem vinda , eu preciso ir , mas espero ver você por aí....Toma aqui meu número - ele me da um papel azul e assim se vai

        ∆∆∆∆∆∆∆∆∆∆∆

Já era noite, eu estava pensando em meu quarto e Laurel estava pulando em minha cama quando Leonel entrou e a expulsou , deitando ao meu lado .


- Que foi? - pergunto o olhando 

- Hillary. - ele diz suspirando pesado e fechando os olhos - ela me mandou mensagens e me ligou a todo momento, sem parar.


- Ignore-a - falo fitando o teto 

- Não é tão simples - ele suspira cansado - hoje conheci uma garota...

- Conta tudo ! - digo empolgada 

- O nome dela é Rebekah , tem 17 anos mora aqui perto, ali na frente para ser mais exato . E tem um irmão . É tudo que eu sei.

- Também conheci um garoto hoje , seu nome é Ryan.

- Humm - ele me olho e sorri estranho - Rory , cá entre nós, eu pensava que você era lésbica 

- Cara isso foi há 2 anos atrás e foi brincando - digo me referindo a uma festa do pijama na casa de Kat

Aquele dia ficará para a história " O dia em que beijei Kat" 

Claro que isso não acabou com nossa amizade.

- Okay - ele disse rindo e me abraçando - Te amo minha pequena 

- Também te amo - digo e logo durmo.

Pov.Leonel

Lembro de quando mamãe disse que eu teria uma irmã, eu tinha 3 anos na época . Mesmo para minha idade eu entendia tudo e tinha medo pois mamãe não era uma das melhores mães, era nova demais e irresponsável. Lembro me quando vi Rory pela primeira vez , dei a ela esse nome e lembro da promessa que fiz " Que eu sempre cuidaria dela" .

Desde pequeno tenho um grande amor por ela. Engraçado, eu nunca senti esse amor por Laurel. Laurel coitada , foi um erro , o pai dela nunca gostou dela . Tão pequena.

Voltando ao assunto " Rory" , eu fiquei com ciúmes quando ela falou que conheceu um garoto . Ela é minha bebê . Também fiquei tranquilo quando ela falou  que não era lésbica. Não sou preconceituoso, mas outras pessoas são. Eu já sofri preconceito pelo meu padrasto.

Eu devia  ter 6 anos e beijei, um garoto . Sério ,  eu não entendia sobre essas coisas, mas mesmo assim, meu padrasto me bateu . Não sou Gay , mas ele não entendia.

Pov.Rory

Acordei e era apenas 5:00 da manhã. Fui até a janela e vi que estava chovendo, olhei em volta , Leonel dormia , todos dormiam . Ninguém merece acordar a essa hora aff.

Decido ir até a sala quando ouço um barulho no lado de fora do ap. Abro a porta devagar e vejo Clary beijando uma menina de cabelos rosas . Clary olha para onde eu estava, então me escondo , passando alguns minutos alguém fala :

- Apareça! Eu já te vi - Clary então falou

- Oi - falo baixo

- Roey !  O que faz acordada tão cedo? - ela pergunta sorrindo 

- Perdi o sono

- Hum preciso entrar agora , toma aqui meu número, vamos marcar um dia para sair - ela fala sorrindo e me da um papel com seu número.


Entro dentro de casa e sigo para meu quarto encarando o papel.

- Que papel é esse ? - Leonel pergunta e levo um susto 

- É...da nossa vizinha Clary - Digo nervosa e com medo

- Então seguiu meu concelho e foi falar com ela.

- Não exatamente, eu ouvi um barulho no corredor e fui ver o que era . Era ela beijando uma menina - digo corando - Ela então me viu , veio conversar e me deu seu número.

- Ah - ele disse surpreso - então Clary lésbica!

- É 

Deito em minha cama e durmo enfim

                            ∆∆∆

Quando acordo era 8:30 , olho para o lado e Leonel  não está em sua cama . Levando da minha cama e vou tomar banho . Assim que acabo , me visto e sigo para a sala onde se encontrava Laurel vendo desenho e Leo na cozinha fazendo o café 

- Rory! Que bom que acordou , Mamãe saiu cedo para trabalhar

- E você?

- Só a tarde

- Ah

Vou para sala , e sento no sofá. Pego meu celular é adiciono Clary no watsapp e a chamo.

"- Oi é a Rory 

"- Oi Rory , tudo bem?

"- Tudo é você?

"-To bem . Então, vamos dar uma passeio hoje à noite?

"- Ah claro

"- Om , então às 19:99 eu te chamo.

"- Tá bom . Clary posso te perguntar algo?

"- Claro 

"- Aquela garota...

"- Lexie ! O que tem ela ? 

"- Ela é sua...

"- Namorada?  Mais ou menos ;) 

"- Ah. Preciso sair agora , até mais tarde 

"- Até"

Olho para meu lado e vejo Leo com a sobrancelha erguida me olhando 

- Que foi ? - pergunto 

- Nada . Você tá aí sorrindo toda vermelha .

- É que a Clary me chamou para sair a noite - sorri para ele

- ok - ele sorri

Era tão bom poder contar essas coisas para ele . Ele sempre está ali.




Notas Finais


Desculpa denovo se tiver algum erro.

Voltei. Desculpa a demora gente , eu tava tentando fazer um bom capítulo e também agora que as aulas começaram to toda enrolada, cheia de trabalho já.

Olha eu não sei quem ta lendo ou se tem alguém lendo .

Mas por favor comentem <3.

Sou legal kkk

Não sei quando vou postar o próximo:(

Até o próximo capítulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...