História My new life mixed - Imagine Kim TaeHyung - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Exibições 86
Palavras 1.200
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Desculpem a demora ><

Esse capítulo não tem nada haver com o título mas como o imagine é com o Tae e a música é dele :D

Capítulo 7 - Stigma.


~~ Dias depois ~~

Chegou o dia do tão esperado acampamento, estava arrumando minhas coisas afinal vão ser 3 dias lá, minha mãe me ligou fazendo um sermão básico dela coisas do tipo " Minha querida, eu te pago um dos melhores colégios e você vai em acampamentos? Me poupe" ou " Porque você não volta pra Busan? Podemos viajar esses três dias que não vai haver aula".
Aish, esse foi um dos motivos que decidi vim pra Seul já que minha mãe vive me enchendo toda hora.
Quando eu tive meu "ataque" de asma ela falou que ia mandar os seguranças dela virem me buscar a força e me mandar de volta pra casa *risos* Eu hein, só rindo mesmo.

Terminei de arrumar tudo e a Jiyun veio me apressar como sempre.

Ah, e semana passada eu tive uma briga com a MinHa, briga verbal mesmo, claro que eu ganhei ninguém mandou ela vim com gracinha pra cima de mim.

Com tudo pronto nos pegamos nossas bolsas e fechamos tudo, quando digo tudo é tudo mesmo.

[...]

Dentro do ônibus eu me sentei ao lado da Jiyun só que aquela peste no meio do caminho saiu e foi sentar com o Hoseok, olha amiga assim não dá pra defender.
Aí o Taehyung aproveitou e veio se sentar ao meu lado.

Esses dois estão é fazendo besteira.

- Oi pequena! - Me abraçou de lado - Você estava me evitando?

Claro que sim!

- Claro que não, imagina. - Falei.

- Tá, vou fingir que não senti o sarcasmo na sua voz.

Bufei e olhei pra frente onde a MinHa se levantou e veio até nos dois.

- Meu Deus...hoje é dia...- Dei um sorriso de lado - Olha você segura sua namoradinha que está vindo aí.

- Oppa...- Ah não! Que cínica essa garota. - Porque não se senta ao meu lado? - Ela pegou e se sentou no colo dele, não sou obrigada a ficar aqui e ver essas coisas não.

- Ehh...- Tae olhou para mim e para a MinHa de novo pra mim depois pra ela...

- Aish, vão se danar vocês dois. - Me levantei e passei por cima das pernas dela e fui me sentar ao lado do Yoongi - Me poupe...

- Está com raiva? - Yoongi perguntou e eu me assustei, parecia que ele estava dormindo mas não estava e sim olhando pela janela mesmo - Eu te fiz uma pergunta...

- A-Ah..não! Claro que não!

- Não liga pra MinHa não, ela se tocou que você gosta dele e agora vai ficar fazendo isso para te provocar...- Se virou para mim acariciando meu rosto - Sério, se você gosta dele melhor falar logo.

- A-Aish! - Me virei - Como vou falar isso se nem dele gosto? - Deu de ombros e voltou a olhar para a janela.

Olhei para eles e vi a mesma mexendo nos cabelos dele, sério essa garota tem algum problema comigo só pode.
E o Taehyung não facilita também.

Comecei a ouvir várias e várias músicas mas meus olhos sempre acabavam neles.
Já deu.

Me levantei e fui até eles puxando o Tae quase pela a orelha, fomos até o fundo e joguei ele em um banco e me sentei ao seu lado e continuei ouvindo músicas como antes.

- O que foi isso pequena?

- Não me chama assim nem de baixinha nem nada, vocês dois estavam cansando minha vista juntos. - Respondi e vi ela voltar pro lugar com chamas nos olhos, dei um sorriso com isso, provocar ela faz parte dos meus dias.

- Você com ciúmes é tão fofa. - Começou a apertar minha minhas bochechas.

- Não tenho ciúmes de você. - Tirei suas mãos de perto de mim - Você tem que agradecer por eu ter te tirado de perto dela.

- Aish, que coisa. - Se virou para não me olhar depois voltou seu olhar para mim - Você não entende que...

- Aah aí está vocês dois. - Jiyun apareceu - Ficam mudando de lugar toda hora.

- Você que me abandonou pra ficar com o Hobi, volta pra lá anda. - Me mostrou a língua e eu também é voltou para perto dele - Esses aí vão acabar juntos.

- Nos também.

- Que? Não ouvi.

- Nada de importante.

[...]

O resto do caminho foi assim com o Tae falando comigo enquanto eu fingia que não escutava e as vezes respondia.
Talvez eu goste dele ou...não sei.

Chegamos lá e a primeira coisa que a diretora fez foi nos obrigar a montar as barracas.
Eu quase morri junto a Jiyun errando as peças mas conseguimos.
Hoje eu vou falar com a criatura da MinHa pra ver o que ela tem comigo porque só por Deus.

Depois começaram a falar que amanhã ia ter caminhada de manhã, depois vamos poder até uma cachoeira *risos* Vou poder jogar a Jiyun lá.
E mais algumas coisas, quando ela terminou falou que já poderíamos ir dormir já que demorou para chegarmos.
Quando todo mundo entrou nas barracas comecei a olhar em volta, a floresta é grande e bem bonita e da pra ver bastante as estrelas daqui, não pensei que encontraria um lugar desses aqui em Seul.
Depois de alguns minutos peguei o celular para ver a hora e já era 22:30PM só ver o horário mesmo já que aqui não tem sinal.

Nem precisei chamar a MinHa, ela mesmo saiu, pensei que ela iria fazer de tudo para ficar com o Taehyung lá.
Mas né...nem quero descobrir.

- Ei MinHa. - A chamei fazendo ela se virar e dar um sorriso, eita bipolar.

- Hm? Que foi? - A puxei pra trás de uma árvore e olhei em volta verificando que não tinha ninguém olhando.

- Bem é o seguinte...porque você gosta de me provocar junto com o Tae? Tipo...sei lá, eu não vou roubar ele de você...pode ficar, mas não precisa ficar se esfregando nele na minha frente. - Falei e ela fez uma expressão confusa.

- Você não entende né S/N? Eu não gosto do Tae.

- Que? Como assim? Claro que gosta! Ou melhor eu acho, porque você o beijaria e essas coisas?

- Eu fiz isso para te provocar. - Respondeu - Bem é que...não é dele que eu gosto, vê se me entende, se você começasse a odiar ele o mesmo sairia do meu caminho.

- Espera, não estou entendendo nada!

- Eu te faço entender. - A mesma segurou no meu rosto e me beijou.

EU NÃO ESTOU ENTENDENDO NADA MESMO!

Acabei me afastando dela.

- Você entendeu agora? - Assenti - Por isso que eu provoco você, eu gosto de você.

-....Eehh...me desculpa MinHa é que...- Deu ruim, eu não gosto dela - Preciso ir.

Dei meia volta e entrei na barraca fechando ela.

-....Ei ! - Jiyun me cutucou - Já não era pra estar dormindo?

- A-Aham! - Me deitei - Boa noite Jiyun.

Desliguei a lanterna, como vou dormir pensando nisso??? Aaaaa que confuso, ela não gostava do Taehyung e sim de mim, mas como?! Eu pensei que ela era apaixonada por ele.

MUITA INFORMAÇÃO PARA UMA NOITE SÓ!


Notas Finais


-u-


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...