História My new real passion - Capítulo 56


Escrita por: ~

Exibições 207
Palavras 2.921
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 56 - HAPPYJIMINDAY


Autora ON:

  FINALMENTE MEU MOMENTO DE BRILHAR!!
  Enfim...
  Eu só passei aqui para avisar que isso se passa antes do que aconteceu entre o Jungkook e a Emily, okay?
Okay!
  Obs: Eu sei que o aniversário do Jimin foi ontem no Brasil, mas na Coréia é hoje, então eu resolvi escrever hoje.

Autora OFF.

Ana ON:

  Acordei às 5:00. Por quê? Porque é o aniversário do Jimin e eu tô super animada, e quando eu fico animada ou ansiosa meu sono vai todo pro lixo.
  Não consegui dormir a noite toda, na verdade. Estou parecendo um zumbi, mas nada que a senhorita maquiagem não resolva.
  Fui para a cozinha sem maquiagem e nem nada mesmo e peguei uma maçã para comer.
  Fui para a piscina e fiquei olhando para o nada. Tudo o que eu vou fazer para o Jimin já está pronto, mas o nervosismo estava me matando.
(...)
  Os meninos acordaram e foram para a cozinha. Ninguém me reparou, então apenas passei andando pela sala e me deitei para assistir TV.
  - Oi linda! - Jimin falou e beijou meu rosto.
  - Que susto! - Gritei - Oi.
  Ele parou de me beijar e me encarou.
  - Hum... você só vai me dar um "oi" sem graça assim mesmo? - Perguntou.
  - Vou.
  - Nossa.
  - Tô de mau humor hoje.
  - Tá bom, então - Ele respondeu e se sentou ao meu lado.
  - Não vai pra Big Hit? - Perguntei.
  - Não.
  - Por que não?
  - Porque não.
  - Okay...
  Eu sabia que ele não ia por ser seu aniversário. As fotos foram tiradas ontem, e o normal seria os membros irem para a Big Hit em seus aniversários, mas Jimin tinha conseguido uma folga porque os outros também não tinham ido em seus aniversários.
  - Tá vendo o quê? - Jimin me perguntou depois de um tempo.
  - Nada.
  - Porra Ana, por que você tá tão mal humorada?
  - Acordei muito cedo.
  - Então volta a dormir.
  - Não consigo.
  - Então não desconte sua raiva em mim! Ainda mais hoje.
  - Hoje? O que tem de especial hoje? - Perguntei, me fingindo de boba. À propósito: meu mau humor também é falso.
  Jimin apenas bufou e voltou a prestar atenção na TV.
  Acabei dormindo. Sim, dormindo.

Ana OFF:

Jimin ON:

  Como é que a Ana pôde esquecer meu aniversário?? E ainda por cima fica com esse mau humor!
  Olhei para ela e vi que a mesma estava dormindo. Para quem disse que não conseguiria dormir...
  Ela tem sorte de eu não conseguir ficar com raiva dela.
  Como ela estava escorregando resolvi pegá-la no colo e colocá-la deitada no sofá, com a cabeça apoiada em minhas pernas.
  Comecei a acariciar seu rosto e dei um sorriso. Tão linda!
  Acabei dormindo enquanto admirava a beleza de Ana.

Jimin OFF.

Ana ON:
 
  Acordei e olhei para a coisa mais fofa do mundo dormindo com a cabeça pendendo. Resolvi arrumá-lo para ele não ficar com dor no pescoço.
  Me levantei e fui na cozinha. Fiquei surpresa quando vi que já era 12h30min. Corri para o meu quarto e peguei as minhas coisas para buscar o presente do Jimin.
  Saí apressada e fui andando mesmo para não deixar Jimin sem carro.
  Cheguei na loja que eu queria e peguei seu presente que eu havia mandado fazer, mas estava tão pesado que me arrependi de ter vindo à pé.
  Meu celular tocou e eu atendi.
  - Ana? - Alguém me perguntou do outro lado da linha. Sua voz era inconfundível.
  - Oi Hobi! - Falei.
  - Tá tudo pronto aqui na Big Hit.
  - Ótimo! Você conseguiu falar com os amigos do Jimin? - Perguntei.
  - Sim, eles vão estar lá.
  - E os pais?
  - Também.
  - Okay! Tenho que ir. Tchau!
  - Ah, espera!
  - O que foi?
  - Quer uma carona? - Olhei para o lado e vi uma vã preta.
  Desliguei o telefone e entrei.
  - Oi meninos! - Falei assim que entrei na vã e vi o BTS.
  - Oi! - Eles falaram.
  Me sentei ao lado de Hobi e fomos para a Big Hit.
  - Será que você pode levar esse presente pra mim? Eu preciso voltar pra casa - Perguntei para Hoseok.
  - Claro!
  Ele pegou e entrou com os meninos. Fui andando para casa.
  Assim que entrei encontrei um Jimin em pé andando de um lado pro outro.
  - O que você tá fazendo? - Perguntei, chamando sua atenção.
  - Ana! Onde você tava?? Eu te procurei por toda parte!
  - Eu fui dar uma volta - Falei.
  - E seu celular?
  - Isso é um interrogatório? Já disse que só fui dar uma volta. Calma! - Falei e dei uma risadinha, mas logo disfarcei.
  - E por que os meninos não atendem?
  - Sei lá, pergunta pra eles!
  Jimin revirou os olhos.
  - Eu vou pro meu quarto. Bye! - Falei e subi.
  - Espera! - Jimin falou e segurou meu pulso.
  - O que foi?
  - Fica um pouco comigo, pelo menos.
  Suspirei, mas concordei. Desci as escadas novamente e fomos para a piscina.
  - Você não lembra mesmo que dia é hoje? - Jimin me perguntou.
  - Não.
  Ele fez um olhar meio triste.
  - Tá com fome? - Perguntei.
  - Não, eu já comi. Deixei comida no fogão pra você.
  - Valeu - Falei e fui até o fogão. Queria ter dado um beijo em Jimin por ele ter feito comida para mim, mas manti as aparências.
  Me sentei para comer e assim que terminei a comida recebi uma mensagem.

Hey Ana! Que horas é pra eu chegar? ~Em♡

18h30min ~Eu

Vlw
Flw ~Em♡

  Terminei de comer e olhei no relógio. 15h25min.
  Fui para o meu quarto e peguei a roupa da festa.
  Fui tomar um banho e comecei a passar maquiagem.
  Ah! Antes que eu me esqueça! Pedi para as Armys me mandarem fotos fazendo coraçõezinhos para mostrar para o Jimin e pedi para elas não darem parabéns a ele até às 19h. É claro que algumas teimaram e deram, mas foram umas 130, 150... por aí.  
(...)
  Terminei de tomar banho e coloquei minha roupa. Estava passando maquiagem quando eu olhei no relógio e vi que já era 16h30min. Desci correndo as escadas e encontrei Jimin sentado no sofá.
  - Jiminie! - Falei e ele me olhou. Um sorriso se formou em seus lábios.
  - Você tá linda!
  Corei um pouco.
  - Obrigada. Vá se arrumar.
  - Pra quê?
  - Porque eu vou sair com as meninas e queria que você me levasse lá - Falei e seu sorriso logo se desfez.
  - E você não pode ir sozinha?
  - Eu tô sem a minha carteira de motorista. Não sei onde coloquei - Menti.
  - Tá bom - Jimin falou emburrado e passou do meu lado.
  - Tome um banho e coloque uma roupa mais bonitinha.
  - Por quê?!
  - Porque eu quero te apresentar a mãe da minha amiga.
  Ele revirou os olhos e entrou em seu quarto. Voltei para o meu e terminei de me maquiar.
  Cheguei no andar de baixo e coloquei meu celular na bolsa, pegando uma caixinha de veludo negra em um pequeno armário e guardando junto com meu celular.
  (~LINK DA ROUPA DA ANA NAS NOTAS FINAIS~)
  Jimin terminou de se arrumar e fomos para a Big Hit. Já era 18h10min.
  Me afastei um pouco dele e liguei para os meninos.
  - Alô? - Hoseok atendeu. Dava para ouvir a música alta no fundo.
  - A gente tá saindo de casa.
  - Ok! Vou avisar os meninos. Tchau!
  - Tchau.
  Desliguei e entrei no carro.
  - Com quem estava conversando? - Jimin me perguntou, desconfiado.
  - Com a Em. Ela disse que vai se atrasar um pouco.
  - Ah tá... Onde que é pra eu te levar? - Ele me perguntou.
  - É perto da Big Hit, então nós marcamos de nos encontrarmos lá.
  Ele deu a partida no carro e dirigiu até a Big Hit. Quando nós chegamos estava tudo escuro e silencioso.
  - Tem certeza que elas estão aqui? - Jimin me perguntou.
  - Eu vou mandar uma mensagem pra ela.
  Peguei o telefone e mandei uma mensagem para J-Hope dizendo que nós estávamos na porta. Ele respondeu que eles estavam no terraço.
  - Elas me disseram que estão no terraço. Você pode me levar até lá? - Perguntei e ele assentiu. Estava bastante emburrado, então o envolvi em meus braços.
  - Não fica assim, ChimChim! Eu te amo, sabia? - Perguntei e ele revirou os olhos. Me separei e continuamos andando. Chegamos no terraço e fiz questão de fazer bastante barulho para dizer que estávamos chegando.
  - AIIII! - Gritei. Não consegui pensar em outra coisa.
  Jimin se virou rapidamente e me olhou preocupado.
  - O que foi?
  - Meu pé... tá doendo... - Falei e ele se abaixou para olhar meu pé que eu deixei um pouco levantado.
  - Dói quando eu faço isso? - Ele perguntou e apertou meu pé devagar. Fingi que senti dor e ele me colocou em suas costas.
  - É isso que dá subir essas escadas de salto. Devíamos ter vindo de elevador.
  Ele abriu a porta de metal e todas as luzes se ascenderam. Várias pessoas brotaram do além gritando "surpresa". E quando eu disse várias eu quis dizer que eram MUITAS pessoas mesmo! Não achei que Jimin tivesse tantos amigos... e amigas.
  Fiquei em pé novamente e vi a cara de espanto e surpresa de Jimin. Sorri e dei um beijo em sua bochecha.
  - Parabéns, meu amor! - Falei. Ele sorriu e me abraçou bem forte.
  - A-ah! Tá me machucando... - Falei com esforço.
  - Desculpe. E... obrigado. Mesmo.
  Ele me soltou e me olhou nos olhos. Dei uma risadinha.
  - Não fui só eu. Os meninos me ajudaram bastante, não é Hope? - Perguntei e Hobi assentiu.
  A música começou a tocar e Jimin saiu para cumprimentar seus amigos. Fui até seus pais.
  - Olá Sr. E Sra. Park - Falei e fiz uma reverência.
  - Olá querida. Seu nome é Ana, certo? - A Sra. Park perguntou e eu assenti - Jimin falou bastante de você por telefone, já que quase não nos vemos pessoalmente. Foi bom você ter nos convidado!
  Ela deu um sorriso e eu retribuí com outro.
  - Você é a namorada do meu filho? - O Sr. Park perguntou em um tom sério. Engoli em seco.
  - Então... sobre isso... Jimin me pediu em namoro e eu queria saber se tenho a permissão de vocês para pedi-lo em namoro oficialmente - Falei hesitante. Os dois se entre olharam.
  - Por mim tudo bem, querida. Desde que cuide bem do meu filho - A Sra. Park respondeu com um sorriso sincero.
  O Sr. Park continuou me encarando com um olhar assustador.
  - Muito bem... você parece ser uma boa garota pelo que meu filho falou. Espero que não nos decepcione - Ele falou depois de um tempo e eu suspirei aliviada.
  - Muito, mas muito obrigada! - Falei e fiz uma reverência - Se quiser que eu chame seu filho...
  - Por favor- A Sra. Park falou e eu fui chamar o Jimin.
  - Jimin - Chamei e ele me olhou com um sorriso - Tem duas pessoas que querem falar com você.
  Ele me olhou com um olhar de dúvida e me seguiu. Encontramos os pais dele e o mesmo fez uma cara de surpresa.
  - Mãe... pai? São vocês mesmo?? - Ele perguntou com um sorriso.
  Os dois assentiram e sorriram. Eles começaram a se abraçar. Pedi licença (mesmo sabendo que nem haviam me notado) e fui para um balcão que havia ali.
  Pedi um copo de Vodka e fui aumentando a dose. Também bebi um pouco de Saquê.
  - Ei Ei! Você não vai querer pedir o Jimin em namoro oficialmente num estado crítico, vai? - Luna se sentou ao meu lado e pegou o copo da minha mão.
  Olhei para Jimin e o vi se divertindo bastante com as amigas dele. Suspirei.
  - Me deixa beber mais - Pedi.
  - Não. Se você tá com ciúmes daquelas meninas pode parar por aí que ele só tem olhos pra você! - Luna falou.
  - O caralho! Ele tem olhos pra todas elas, não tá vendo? - Perguntei. É verdade que eu já estava um pouco alterada por causa da bebida.
  Luna revirou os olhos.
  - Vem - Ela me puxou e me deu um copo de água. Bebi tudo em apenas um gole. Parecia que eu estava mais lúcida (apesar de ainda não estar bêbada, apenas um pouco alterada).
  - Tá melhor? - Luna me perguntou.
  - Um pouco - Respondi.
  - Meninas! - Alguém nos chamou. Olhei para trás e vi Yoongi - Oi amor!
  Suga deu um beijo em Luna e eu saí de perto. A última coisa que eu queria hoje era dar uma de vela.
  - Ei! Espera! - Luna gritou e segurou meu braço. Suga estava logo atrás dela.
  - O que foi? - Perguntei mal humorada.
  - Escuta. Dorme um pouco e eu te acordo mais tarde, pode ser? - Ela me perguntou e eu assenti.
  - Mas não se esqueça que eu tenho que entregar pra ele - Falei e ela assentiu.
  Descemos as escadas e Jimin me viu bem na hora. Ele estava vindo em minha direção quando uma menina fdp o puxou. Ele me olhou como se pedisse desculpas e eu apenas fechei a porta e desci.
  Me deitei no sofá e Yoongi me deu uma almofada. Fechei os olhos e senti passos vindo e indo. Senti uma coberta em mim, mas nem dei sinal de vida.
  - Ela tá bem? - Yoongi perguntou.
  - Sim. Ela só precisa dormir um pouco - Luna respondeu. 
  - Bom... agora vem aqui - Yoongi começou a beijá-la (percebi pelos barulhos). Porém foi piorando.
  - Ou! - Gritei e os dois pararam - Vão transar num quarto, porra! Assim não dá pra dormir!
  Os dois ficaram bastante vermelhos e começaram a rir logo depois. Arrumaram a roupa e o cabelo bagunçados e voltaram para a festa.
  Dormi logo depois.

Ana OFF.

Jimin ON:

  Estava querendo sair de perto daquelas meninas que antes podiam até ser minhas amigas, mas agora estão bem grudentas e irritantes.
  Tentava sair de lá para procurar Ana, mas não a encontrei depois que entrou na Big Hit.
  - Ô Jimin! - Alguém me chamou. Olhei para trás e vi que era Em.
  - Ah, oi Em! - Falei.
  - "Ah, oi Em!" - Ela falou brava, imitando minha voz - Vai falar com a Ana. Agora!
  - Onde ela tá?
  - Dormindo lá embaixo. Se não tivesse sido pela Luna ela estaria bebendo até agora!
  Me desgrudei daquelas meninas irritantes sem nem ver se eu estava empurrando-as e desci até chegar no andar que Ana estava.
  Eu a encontrei deitada no sofá dormindo com um casaco cobrindo-a.
  Me sentei ao seu lado e comecei a fazer carinho em seu rosto.
  - Acorda meu amor - Falei e dei um beijo em sua bochecha.
  - Hm... - Ela murmurou e abriu os olhos devagar.
  - Tá tudo bem? - Perguntei. Ela me olhou nos olhos e logo voltou a fechá-los.
  - Vai lá curtir aquelas suas amiguinhas e me deixa dormir - Ana falou, seca.
  O quê? Minhas amiguinhas? Será que ela tá... com ciúmes?
  - Ana... você tá com ciúmes? - Perguntei sorrindo.
  - De onde você tirou isso? - Ela me respondeu com outra pergunta.
  - Tá estampado na sua cara.
  Ela abriu os olhos e se sentou ao meu lado. Caiu toda molenga em meu ombro.
  - Você é muito chato, sabia? - Ela me perguntou.
  - Sabia. E é por isso que você me ama.
  Acariciei seu cabelo macio enquanto a mesma me olhava.
  Ana se levantou e foi escovar os dentes, voltando uns 5 minutos depois.
  - Que horas são? - Ela me perguntou. Olhei no meu celular e vi que era 23h45min.
  - Vem comigo.
  Nós fomos para o carro e ela dirigiu até a praia.
  - O que viemos fazer aqui? - Perguntei.
  Ana pegou uma caixinha preta de veludo em sua bolsa e abriu, revelando dois anéis de prata.
  - Park Jimin... aceita namorar comigo... oficialmente? - Ela me perguntou. Eu estava completamente sem palavras. Esse com certeza é o melhor dia da minha vida!
  - Eu... é claro que aceito, minha princesa! - Falei e a peguei no colo, beijando-a loucamente e girando com ela em meus braços.
  - Eu te amo, eu te amo, eu te amo, eu te amo... - Falei a cada beijo.
  - Eu também te amo... muito! - Ana falou com o sorriso mais lindo que eu já vi.
  Peguei a caixinha de veludo de sua mão e coloquei as alianças. Ficaram perfeitas.
  - Esse com certeza foi o melhor aniversário de todos - Falei e nos beijamos. Um beijo maravilhoso e, se fosse por mim, nós nunca nos separaríamos. Porém, a falta de ar existe.
  Ela tirou os sapatos (assim como eu) e saímos correndo até o mar, onde entramos de roupa e tudo.
  Ficamos nadando e brincando o tempo todo. Quando deu 23h59min Ana se virou para mim e olhou em meus olhos.
  - Feliz aniversário, meu amor - Ela falou e me abraçou.
  - Obrigado - Falei e um relógio tocou, avisando que era 00h00min.
 

E assim o meu aniversário acabou.

Continua...
 
 
 
 

 
 

  


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...