História My Older Sister - Capítulo 25


Escrita por: ~

Postado
Categorias TWICE
Personagens Chaeyoung, Dahyun, Jihyo, Jungyeon, Mina, Momo, Nayeon, Personagens Originais, Sana, Tzuyu
Visualizações 182
Palavras 1.223
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Ficção, Fluffy, Hentai, Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Visual Novel, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hello Serumaninhos, Tudo bão?

Olha só quem brotou do nada

Isso mesmo, eu

Me desculpem não ter postado semana passada, é que foi meu aniversário (14 aninhos u-u) e eu aproveitei pra ficar com minha família

Eu teria postado como eu fiz com outra fic minha, mas diferentemente daquela, eu não tinha um capítulo pronto para essa, por isso eu não postei

Enfim, depois eu converso mais com você, só fiquem com o capítulo e desculpem os erros

KISSUS^^

Capítulo 25 - Capítulo 24


Chaeyoung me acompanhou até uma joalheria conhecida dentro do shopping, eu já vim algumas vezes, olhei e saí, não vou mentir, eu já pensei em fazer isso que estou para fazer muitas vezes, mas coragem era o que me faltava, acho que eu só precisava da minha doce -cof cof grossa- amiga, pra me dar um empurrãozinho


- Essas três por favor - Aponto para as alianças no balcão, a atendente concorda com a cabeça e sorri


- Espera, você pode trazer essas duas pra mim, por favor? - Chaeyoung apontou para mais duas, a atendente sorriu em concordância


- Aliança de noivado... Você não é casada? - Perguntei com uma sobrancelha arqueada


- Eu casada? Eu nunca disse que era casada 


- Mas você chama a Mina de "minha mulher", e vocês tem até um filho - Coço a cabeça, confusa


- Isso não significa que eu realmente seja casada com ela, ela estava ocupada com a carreira dela, e eu com a minha, nem pensamos nisso - Disse checando o celular enquanto encostava no balcão da loja


- Se vocês estavam ocupadas com suas carreiras, como o gurizinho nasceu?


- Longa história 


- Aqui estão suas alianças - A atendente apareceu colocando as caixinhas dos anéis sobre o balcão - Esses são seus, e esses seus - Separou devidamente cada caixa e se curvou sobre o balcão


- Qual você acha que a Sana vai gostar? 


- Eu não sei a Sana, mas Mina vai amar esse aqui - Levantou o anel na altura dos olhos sorrindo ao olhar a jóia - Eu vou levar esse, nesse tamanho aqui por favor - Mostrou o celular com o tamanho do anel - Ah, e você pode me trazer aqueles brincos?


- Posso sim, volto em um segundo 


- Aish, eu sou péssima com isso - Ponho a mão na testa em sinal de desespero


- Ei, relaxa, eu tenho certeza de que a Sana irá gostar de qualquer coisa que você desse a ela. Então escolhe um anel que você acha que vá ficar bonito nela - Chaeyoung deu tapinhas em meus ombros - Vai por mim, se esse anel fosse de plástico ou de fio, a Sana iria gostar do mesmo jeito


- Aqui está - A atendente voltou mais uma vez com as sacolas da Chae


- Obrigada - Entregou o cartão - No crédito por favor


- Espera! Eu vou querer esse anel, no tamanho do dela, e os brincos são por minha conta - Chaeyoung me olhou estranho com uma das sobrancelhas arqueadas - Considere como um presente meu pra você e a Mina. E vamos logo, eu também quero comprar um presente para o meu sobrinho


^^


- Você tem certeza de que esse é o tamanho certo da Sana? - Disse após entrar no carro


- Eu posso não ser o projeto de esposa perfeita como você é, mas eu não sou tão horrível assim, a mão da Sana e da Mina são quase iguais - Digo dando partida


- Coitada da Sana - Chaeyoung disse negando com a cabeça


^^


Eu queria vir aqui, e dizer que depois daquele dia minha vida se tornou as mil maravilhas. Que nós nos casamos, tivemos filhos, os educamos bem e vivemos todos felizes e saudáveis


Bom, boa parte disso aconteceu, tirando a parte de que fomos muito feliz. Bom, atualmente nós somos felizes, mas ouve um momento em nossas vidas que tudo deu errado. A Sana perdeu o nosso primeiro bebê, e ficou muito triste com isso, até entrou em depressão. Eu nunca saí do lado dela o que melhorou muito a situação. Houve uma época em que, eu me senti insuficiente pra ela, eu estava triste, ela estava triste e o nosso relacionamento só andava pra trás. Nem a Chae conseguiu nos ajudar aquela época


Nós voltamos para a Coréia, e passamos mais tempo com as meninas, e foi com a ajuda delas que nós melhoramos. Estávamos mais fortes e próximas que nunca, dispostas a começar nossa família. Começamos pela inseminação artificial, que desta vez foi um sucesso, tivemos uma linda princesinha, que veio ao mundo com o nome de Sally (Escolha da Sana gente), uma menininha linda e saudável. Nem preciso dizer que ela é um grude na Sana não é? Eu sempre fui péssima com crianças, isso não mudou, só melhorou um pouco. Em relação a nossa carreira não foi muita coisa que mudou, ficamos mais famosa e agora além de fotografarmos sozinhas, a Sally também nos acompanha. E não é favoritismo por ela ser minha filha não, mas ela fotógrafa muito bem, puxou a Sana. Inclusive ela já está com quinze anos hoje em dia, meu Deus, as crianças crescem muito rápido


Mas eu sinto que o que mais mudou esses anos fui eu. Aquela coisa que me perseguia desde pequena, ela finalmente me deixou em paz. Todo aquele lance de obsessão parece que nunca esteve comigo, eu me sinto muito bem. Talvez eu só precisasse de algo para me preocupar, e agora eu tenho, minha família. Eu sinto que nunca mais irá existir obsessão alguma, que vá tirar o meu foco da minha família. Elas são minha única e principal prioridade, as duas mulheres da minha vida


- Mãe! Está viajando de novo - Sally me dá um pequeno soco no braço para chamar minha atenção - Nem prestou atenção no que eu disse


- Me desculpa filha - Sorri bagunçando o cabelo dela - Mas me conta, como foi o trabalho


- Eu fui muito bem, a professora amou a sua história de vida com a mamãe, disse que daria um livro - Disse mordendo o lábio - Ela até pediu pra mim falar um resumo só pra ela no fim da aula


- Ah foi? E o que você disse? - Ela deita no meu colo, parecia tentar lembrar o que disse


- Que havia uma mulher louca, que se apaixonou pela meia irmã que mais tarde, não era mais meia irmã. A outra mulher gostava de provocar e ficava deixando a primeira mais louca, e querendo fazer coisas com ela. Por ironia do destino elas se encontraram anos depois, se casaram com a ajuda de uma amiga e depois de muita confusão elas tiveram uma filha, chamada Chou Minatozaki Sally 


- Eu gostei do apelido de provocadora que você me deu... - Sana apareceu na sala, ela me deu um selinho e sentou no outro lado do sofá, Sally colocou seus pés no colo de Sana - ...Me deixa sexy - Mordeu os lábios


- Ai mãe, não fala isso - Fez uma expressão de nojo que nós fez rir


- Que foi filha, vai dizer que você não se sente sexy na frente do Hyun? 


- Ok chega desse assunto - Digo com uma expressão séria


- Alá a ciumenta - Sally diz sorrindo - Está com medo de ser abandonada mãe? - Viro o rosto fazendo birra - Ownt ela está com ciúme - Sally senta no meu colo em um pulo, ela sorri e me abraça - Eu amo você, sua ciumenta chata


- Mas olha ela, cresce e fica me chamando de chata, é culpa sua Sana - Sana se aproxima também sorrindo e encosta a cabeça no meu ombro


- Eu amo você sua ciumenta - Sana falou 


Eu também amo muito vocês. Mais do que um dia eu achei que fosse amar alguém. Eu amo você minha filha linda. E eu amo você minha eterna irmãzinha


Notas Finais


Sim, esse infelizmente foi o último capítulo dessa fic maravilhosa

Eu queria ter prolongado mais, mas eu já estava sem criatividade e tudo já estava em seu devido lugar, então não faltava nada para o final

Aliás, desculpem o final bosta eu sou péssima com finais (sou péssima com tudo na real)as eu espero que tenham gostado mesmo assim

MUITO OBRIGADA a todos os favoritos e comentários (Mesmo os que eu não pude responder), eu amo muito vocês, saibam que vocês têm um lugarzinho guardado no meu coraçãozinho de pedra

Vamo vocês em fics futuras

BYYEE^^
SabreDaYoda_u-u
/ \ / \
\(•-•)/


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...