História My Ômega - Capítulo 2


Escrita por: ~, ~Kity_, ~Viicksantoss e ~lyumia

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook, Namjin, Taeyoonseok
Exibições 63
Palavras 2.320
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Incesto, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi meus amores, então sabe eu tive que fazer capítulo duas VEZES, porque essa merda bugou e excluiu o capítulo, eu juro que tentei fazer igual.

Eu aconselho ouvir human

Capítulo 2 - Two


Fanfic / Fanfiction My Ômega - Capítulo 2 - Two

Eu posso fingir um sorriso 

Posso forçar um riso 

Posso dançar e atuar

Se é isso o que você procura 

Te dar tudo o que eu sou

 Mas eu sou só humana

E eu sangro quando caio

 Eu sou só humana

 E eu me quebro e me despedaco 

Suas palavras na minha cabeça, facas no meu coração 

Você me iludiu e então desmoronei 

Porque eu sou só humana

- Christina perri - human 


       Namjoon pov

O dia estava normal, bom falarei um pouco de mim. Tenho um Ômega marcado claro, meus pais não aceita o fato de eu querer ficar com meu Ômega, então em um cio que ele passou comigo ele engravidou....Fui descuidado?muito, mais não me arrependo, para falar bem a verdade, minha omma morreu quando nasci, meu appa? Um filho da puta, tenho um irmão Ômega e ele não sabe sobre mim, meu appa me proibiu de chegar perto e então eu o observo de longe e me dói ver ele se acabando aos poucos.

Um Ômega tão lindo e doce como ele, não merece esse tipo de tratamento. Eu tô tomando coragem de ir falar com ele, mais iria ser estranho chegar e fala "então eu sou seu meio irmão", lógico que não falaria isso.

- Namjoonie fala com ele- diz jin meu Ômega - não vê como ele precisa de você? - olho todos rindo de meu meio irmão-

- não sei jin, eu não sei o que falar- suspiro-

- ele está saindo correndo chorando- diz jin- vai atrás dele agora- iria falar algo, mais no fundo ele tem razão, assenti e sai correndo atrás dele.

Ele tinha entrado no banheiro, entrei sem fazer barulho, fui ata as cabines e abri uma por uma sem fazer barulho, fui a última onde vinha o barulho de choro, suspirei bem fundo e a abri e dei graças às deus que estava aberta, não sei se foi bom ou ruim, lá estava meu pequeno irmão, chorava e se cortava, isso me deixou sem chão.

- não faz isso -digo e ele me olha - por favor, não destrói sua vida desse jeito- digo e me ajoelhou em sua frente

-quem é v-você? - diz com voz de choro

 - Kim namjoon, me chame de Nam- sorri para ele- você é Park jimin?- ele assenti- vem, vou cuidar disso-

O ajudei a tirar o moletom, seu braço todo estava com sangue e cortes. joguei suas lâmina no lixo

- vamos a enfermaria- ele nega- mais preciso cuidar disso- ele nega- tudo bem, fica aqui que eu já volto- dei um beijo em sua testa e sai corredor até a enfermaria.

Entrei e peguei o necessário para o ajudar, como alguém consegue o fazer mal? Ele é tão delicado, tão fofo, tão único. Voltei para o banheiro e ele estava no chão, me sentei em sua frente

- se você não vai a enfermaria, ela vem até você - ele sorri deixando seu olhos em dois risquinhos, sorri- posso?- ele assenti

Peguei seu braço esquerdo com cuidado, peguei um pano branco e passei álcool

- vai arder um pouco - ele assenti, passei o pano com cuidado em cima de seu braço, ele mordi o lábios para conter a dor- quer que eu parei? - ele nega- se arder me avisa que eu paro - continuei, a passar até parar o sangue de sair, enfaixei seu braço

-o-obrigado - diz corado

- de nada pequeno- ele me olha

- eu sujei sua camisa de sangue- olhei minha camisa e dei de ombros - me desculpa, eu lavo para você - diz ele

- não precisa, agora pega minha blusa de frio e a coloca na cintura, já que sua saia está cima sangue- eu entreguei e ele a colocou

- obrigada - ele sorri

- não precisa agradecer, quer ir jantar comigo e com meu Ômega hoje, meus amigos também vão - ele parece pensar, mais no fim assentiu- que bom, vamos a aula vai começar. 

Jimin pov


Tinha acabado as aulas, sai da sala e encontro o namjoon, ele sorri e vem até a mim

- vamos?- assenti

Pela primeira vez eu me senti alguém, não me senti excluído, me senti um Ômega de verdade. Não sei por que mais o namjoon me passa um tranquilidade e conforto.

Entramos em seu carro

- pode ligar o rádio? - pergunto tímido, ele assentiu e liga. E assim começou a tocar Bigbang fantastic baby, pronto morri. Amo Bigbang, comecei a cantar baixinho.

- sua voz é bonita - diz namjoon me tirando do meu transe, corei

- obrigada- sorri deixando meus olhos em risquinhos.

Demorou uns minutos e já chegamos, ele sai e eu fui junto, entramos e sua casa era uma mansão. Por fora era todo branco e tinha algumas janelas de vidro que dava para ver tudo de dentro. Entramos em sua casa -mansão- tinha deixado minha bolsa no carro do namjoon.

Vejo um Ômega vindo e dando um selinho no namjoon, suponho ser o seu Ômega, ele era alto, cabelos rosa, olhos castanhos escuros, ele é lindo

- esse é o jimin? - diz o mais alto....o que não deixa de ser novidade, todos são mais alto que eu, assenti - que fofo- ele diz e aperta minha bochecha me deixando corado

- amor, ele tá envergonhado - o Ômega me solta - jimin esse é meu Ômega seokjin só o chame de jin

- t-tudo bem - me encolhi

-não precisa ficar com medo- diz jin- amor o Jungkook já chegou e o casal yoonseok também- namjoon assenti - jiminie tem alfa?- neguei- iria adorar o Jungkook- ele sorri de um jeito estranho- JUNGKOOK E O CASAL PARA DE SE COMER E DESCE - grita jin

Ouço vozes e passos do andar de cima, logo aparece um garoto baixinho.....ALELUIA SENHOR TE AMO, ele era bem branco com cabelos verdes, era marcado pelo cheiro, tinha outro alfa de seu lado, alto cabelos pretos e olhos escuros, e tinha outro alfa pele branca e cabelos pretos e olho da mesma cor....sinônimo de perfeito

- então gente esse aqui é Park jimin - diz namjoon, todos o olham confuso mais depois sorri- jimin esse é jungkook, aquela dois são yoongi e o seu Alfa hoseok- assenti - não precisa ter medo

- o-oi- digo e corei, ouço barulho da campainha

- agora jimin irá conhecer um Ômega muito fofo, irmão do Jin- diz namjoon, ele abre a porta, aparece um garoto de cabelos vermelhos, olhos castanhos escuros, alto..e felicidade foi ao ralo.- esse é Kim Taehyung- sorri e ele sorri de volta mais ele tem um sorriso lindo.....PERA eu o conheço

- você disse Kim Taehyung? - ele assentiu - TaeTae?- ele me olha arregalados e vem até a mim e me abraça com força, me levantando-

- eu fiquei com saudades Minnie- diz Tae- continua pequeno- ele sorri e me deixa no chão

-ei, você que cresceu demais Tae- fiz bico

- continua fofo, e agora com essa roupas- sorri para ele-

- então né- diz jin- como se conhece? -

 - TaeTae é meu melhor amigo de infância

- lembra jin o gordinho? - diz Tae, ri dele

- CALMA AÍ, AQUELE BOLINHO FOFO DE PESSOA E GORDINHO É ELE?- assenti - CARALHO VOCÊ TÁ MUITO GOSTOSO- corei

-o-obrigado- o Tae olha para o hoseok e fica de boca aberta, mais logo sorri vitorioso, já que o mesmo estava quase babando nele- depois quero detalhes - ele assenti

-vamos comer?- diz o yoongi, todos nós fomos até a sala de jantar, me sentei ao lado do tal jungkook e do Tae

O Tae me serviu como sempre, tava feliz por o reencontra, ele é meu melhor amigo de infância. Todos conversava e eu nem me esforcei para ver o que ele falaram, vezes ou outra respondia, o jungkook não parava de melhor e isso me encomodou.

- então Tae me conta?- digo só para ele ouvir

- o hoseok era meu ex-namorado, na época ele era lindo e agora ele é  um deus grego que só Deus ein, e eu era feio e muito nerd, você é lembra como eu era- assenti - então eu descobri que ele nunca gostou de mim só me uso, mais eu amo ele e ainda amo, mais veja o mundo deu voltas - é realmente o mundo deu muitas voltas para ele-

- mais você era muito fofo naquela época - ele ri- o hoseok é um idiota- digo e vejo que ele secava o Tae- e ainda nem disfarça ele consegue - Tae ri

- mais como está você? -ele pergunta-tem alfa?- neguei- mentira? Se eu fosse um alfa eu te pegava de jeito- ele diz um pouco mais alto, todos olharam para nos- ixi que foi ? pego mesmo e aí é cadê um - o Tae mudou muito, antes era um Ômega fofo e agora é atrevido 

-Kim Taehyung - diz jin- aquieta aí, não se esqueça de sua fama quando esteve no Japão -diz jin e parecia triste 

- olha jin, a bunda é minha e eu dou para quem eu quiser - engasguei - ue ? acham mesmo que ia ficar por aí chorando por alfa ? o mundo da voltas - altas indiretas, olhei para o relógio e CARALHO PUTA QUE ME PARIU....ERA 0O:OO

- namjoon preciso ir - digo chamando atenção de todos 

- dorme aqui - diz namjoon, até queria mais tinha um alfa irritante lá em casa e seria muito ruim já que pelo o horário 

- NÃO, preciso ir- digo e me levanto mais o Jungkook segurou meu pulso -

- eu te levo, está tarde e um Ômega solteiro e que não é marcado andando sozinho na rua não é seguro- diz ele, todos estavam de boca aberta, assenti- até - ele diz namjoon nos levou até a porta e pegou minha mochila no seu carro, me despedi de todos mais antes peguei o número do namjoon e do Tae.

No caminho o Jungkook tentava puxar assunto e eu dava respostas curtas como "sim", "não" ou " talvez". Não me sinto a vontade perto de alfas. Mais ele me deixa bem, ele é bonito e seu cheiro me deixa nas nuvens.

- é aqui - digo assim que me deixou na porta da minha casa

- sua casa é bonita - diz Jungkook, comecei o analisar e sem perceber corei - você é tão fofo-

- obrigada por me trazer em segurança Jeon e obrigado pelo elogio - digo e ele sorri, menino não sorri desse jeito meu psicologico não aguenta.

Iria entrar mas o Jungkook segurou meu pulso o mania ein 

- não mereço nada ?- o encarei confuso-nem um beijinho de obrigado ou de tchau ? - ele diz - não precisa ser na boca também - suspirei aliviado, me aproximei e fiquei na ponta do pé dando um beijinho na sua bochecha e aproveitei o cheirei . . . .  agora é oficial o seu cheiro é meu novo vício 

- também gosto do seu cheiro - aí eu percebi que estava cheirando seu pescoço, me afastei corado- se cuida pequeno 

Entrei em casa com um sorriso bobo no rosto, mais assim que entrei meu sorriso se desfez, lá estava meu appa sentado na poltrona com uma cinta em mãos 

- isso são horas ? - diz ele sério - onde estava?-

-  Tava com uns amigos, eu reencontrei o TaeTae appa-digo feliz . 

- não me interessa, se me interessasse  perguntava, mais eu não perguntei- suspirei - por causa de você meus amigos e minha empresa está em risco - me encolhi e comecei a chorar baixinho - tira a blusa - neguei - TIRA A BLUSA AGORA - assenti com medo, tirei o moletom e desabotoei a camisa a tirando e jogando no chão, senti um ardência em minhas costas- irá levar 25 e se reclamar irei aumentar -

1....2...3...4...5...6..7...8....9...10

Eu chorava e suplicava, já estava ficando tonto, eu sou um Ômega 

- PARA POR FA-FAVOR - supliquei 

- VOCÊ IRÁ APRENDER A ANDAR NA LINHA, IRÁ VIRAR UM HOMEM DE VERDADE SUA VADIAZINHA BARATA - suspirei - ME DIZ QUANTOS COBRA?- ele ri- deve ser barato já que com isso você não o satisfará muito-

11...12...13...14....15....16...17...18...19

- OLHA NÃO É POR QUE EU SOU ÔMEGA QUE EU DOU A BUNDA, NÃO É POR QUE EU USO ROUPAS DE GAROTA QUE EU NÃO SOU HOMEM, EU TENHO SENTIMENTOS, EU SINTO DOR, SINTO FOME, SINTO RAIVA, SINTO FELICIDADE, PORRA EU SOU UM HUMANO NÃO ALGUEM QUE VOCÊS DESPREZA E ME TRATA COMO LIXO, EU SOU ÔMEGA - falei tudo que estava intalado a anos - NÃO É POR QUE VOCÊ É UM ALFA NÃO MUDA NADA, EU SOU ÔMEGA E MEREÇO RESPEITO E SE NÃO IRIA ME TRATAR ASSIM EU VOU EMBORA - não digo mais nada, pego minhas coisas em silêncio tirando alguns soluço que saia de minha boca, subi para meu quarto 

- VOLTA AQUI PARK JIMIN - Ouço  a voz do meu appa

-VAI SE FODER - fechei a porta com força, me deitei na cama de barriga para baixo, suspirei

Depois de tempo que eu queira dizer isso por que não me sinto melhor? queria dizer a todos " EU SOU HUMANO ", eu preciso sentir dor mais minha lâminas ? o namjoon jogou todas elas no lixo, me levantei e fui andando até o banheiro, procure pelas gavetas uma lâmina e no fim achei uma

Comecei a me cortar e sentir a dor que  tanto gosto 


Eu posso segurar minha respiração 

Eu posso morder minha língua

 Eu posso ficar acordada por dias

 Se é isso que você precisa 

Ser a sua número um


As pessoas só me machucam, e eu só as decepciona.


 Eu posso fazer isso

 Eu posso fazer isso

 Eu posso fazer isso


Eu quero ser feliz, quero ser eu, um grito de dor e tristeza sai de minha boca, me jogo no chão de joelhos, começo a chorar muito.




Notas Finais


Me desculpem os erros, eu revisei mais as vezes eu deixo uns erros passar bjs até próxima semana ❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...