História My Ômega! Incesto-Jikook - Capítulo 1


Escrita por: ~

Exibições 207
Palavras 485
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Hentai, Lemon, Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Bom, minha primeira fanfic que posto, mas a segunda que escrevo.
Espero que gostem!

Capítulo 1 - Prólogo par.1


Fanfic / Fanfiction My Ômega! Incesto-Jikook - Capítulo 1 - Prólogo par.1

P.O.V NARRADORA (ON)
O suor escorria pelo seu rosto. A força que fazia era equivalente a de alguém tentando levantar um carro. A esperança já estava lhe abandonando, até que... uma cabecinha surge, logo seguido pelo tronco, braços, mãos, pernas e pés.

Um lindo ômega acabara de nascer, Jungkook era seu nome.

A ômega que a poucos segundos deu a luz, estava querendo ver o seu tão amado e querido filhote.

-Deixem-me vê-lo! - exclamou ela.

-Está bem! - disse um dos médicos. - Dêem a ela o bebê.

- Meu precioso! Tão lindo! Mamãe te ama muito! - dizia enquanto balançava o pequenino. - Quando receberei alta doutor? - indagou ao mesmo homem que realizou o parto.

-Daqui a uma semana poderá sair! - respondeu.-Se me permite dizer, é um lindo ômega, forte e cheio de saúde!

-Que bom que diz isso! E o cheirinho dele? Não é maravilhoso? Acho que dará trabalho quando crescer. - A mulher riu do próprio comentário.

-Com certeza! - concordou. - Bom, agora as enfermeiras irão limpá-lo. Depois a senhora poderá ficar com ele novamente. - completou.

Ela entregou o recém-nascido a uma enfermeira qualquer e pegou no sono, com um dos melhores sorrisos que já havia dado estampado no rosto.


1 semana depois...


-Amor! Hoje finalmente Jimin irá conhecer Jungkook! - dizia Yujin a seu marido, Heechul, enquanto o mesmo segurava a pequena criança.

-Sim! Mas Jimin está com muito ciumes de você, não tem te visto a uma semana. Não sei se irá gostar muito de Jeon. - falou o homem um pouco receoso.

- Vamos, pare com isso! Tenho certeza de que ele irá amar o seu novo irmaozinho. - respondeu a mulher tentando amenizar a insegurança do alfa.

Após um tempo no táxi, logo chegaram. Desceram do automóvel e Heechul pagou o motorista. Yujin pegou seu bebê e Hee apertou sua cintura, assim, lhe abraçando de lado.

Andaram até a entrada e a ômega abriu a porta. Jimin estava brincando com Taehyung, ambos com dois aninhos, aos cuidados de uma mulher que tinham contratado temporariamente.

- Olá crianças! - disse o homem às miniaturas de gente, saindo do abraço.

-Papai!- Jimin disse correndo em direção ao pai.

-Titio! - Tae disse enquanto corria para abraçar o mais velho.

-E nós? Não merecemos um abraço desses não? - falou a mulher num tom brincalhão.

-Titia! Que bom que voltou! E esse aí é o meu priminho? - Tae deu um forte abraço em sua tia, que assentiu positivamente à pergunta do menino. - Oi primo!

Jimin observava tudo de longe.

- Jimin, querido, não vai dar um abraço na Mamãe? - o pai de Jimin o perguntou.

- Vo-vou. - disse inseguro. Em sua cabecinha, a idéia de ter um irmão poderia não ser tão boa.

O pequeno andou em passos lentos até sua mãe, e agora, seu irmão.

- Oi mamãe. Oi irmão.


Continua...

Notas Finais


Foi isso. Apenas um breve começo.

"Votos e comentários mantém a fanfic ativa."

BJUS


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...