História My Ômega, My Alfa - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, D.O, Jimin, Jungkook, Kai, Lay, Lu Han, Sehun, V, Xiumin
Tags Abo, Alfa, Chanbaek, Hunhan, Jikook, Kaisoo, Minlyn
Visualizações 1.186
Palavras 1.313
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Fluffy, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Antes de tudo , obrigada pelo apoio e tudo que vocês fizeram por mim. Também estou dando créditos para
@PaumDoNamjoon17 minha beta reader que fez esse limão gostoso, eu mandei o mini plot antes okay? Dedico essa fanfic á vocês e principalmente á @Bear_Boo, @PaumDoNamjoon17, @Haru_Gliterzin, @Jikook_Reina, por me ajudarem porque cara sem vocês e elas eu não estaria aqui...Um dia minha conta já poderia está apagada e talls...(≧ω≦)



Isso tá parecendo, quando a fanfic acabar...Mas ela só vai acabar quando o JaeBum e o YoungJae (Got7), forem ter a primeira tranza.(≧ω≦)



Agora chegar de blá, blá e boa leitura, espero que gostem e amem esse limão de coração que a carol fez ♥ !



Ps:Capa feita pela pagina Lety Designs.
Pss: Títulos em português, relação evoluída.
Psss: Promise (I'll Be) ouça enquanto lê.

Boa leitura ♥ (≧ω≦) (✿◠‿◠)(。♥‿♥。)

Capítulo 11 - My Ômega - Promise (I'll Be)


Fanfic / Fanfiction My Ômega, My Alfa - Capítulo 11 - My Ômega - Promise (I'll Be)

Leia as notas inicias ♥


 

Depois dos dois se declararem, Jungkook sentiu que poderia -pela primeira vez-, se entregar a algum alfa e esse alfa não era qualquer um e sim Park Jimin. 


Nosso próprio luar
Presa na minha mente, noite de ontem
Apenas nós dois
Oh, querida, oh



-JungKook, você tem certeza que quer isso? – Perguntou o alfa preocupado. 

-Sim, quero Jimin, mas especialmente perder minha virgindade com você, meu alfa. – Respondeu JungKook manhoso

O que o ômega não sabia era que aquilo foi o fim definitivamente à sanidade do alfa, que o jogou na cama distribuído beijos por todo o seu rosto e pescoço deixando marcas e chupões pelo pescoço e clavícula do ômega, sem se importar com o mesmo gemendo seu nome em alto e bom som. 

''Aquilo um crime contra sua sanidade'' pensava o ômega, Jimin o marcando com chupões era a melhor coisa para si. Pela primeira vez Jimin iria possuir o ômega, assim como o ômega iria ter Jimin para si próprio, para seu corpo, seu amor e se ele quiser o alfa poderia o marcar. 

 

Jimin tirou o vestido do mesmo deixando o ômega só de calcinha preta de renda. Jungkook sentiu uma pontada muito forte em seu membro e não via a hora do seu alfa estar dentro dele o preenchendo e lhe dando amor, independente das circunstâncias. 

Rapidamente Jimin tirou suas roupas ficando completamente nu, seu membro estava feito pedra fazendo Jungkook salivar aquilo era demais para o pequeno ômega “aguentar”


Querida, eu vou ser
Querida, eu vou ser
O que você quiser, qualquer coisa que você desejar
Eu estou pronto
Querida, eu vou estar
Querida, eu vou estar
Quando você abrir seus olhos de manhã
Eu vou estar perto e você, eu vou estar
Tudo está arrumado e preparado agora
Até a rosa que você gosta
Agora eu só preciso de você aqui
Então eu preciso de você agora
 

Não tardou muito e Jimin tirava a calcinha de Jungkook fazendo o membro do outro saltar para fora, fazendo o ômega corar um pouco envergonhado. Jeon se arrepiava com a sensação que Jimin estava o causando sem esforço nenhum, apenas o olhando com desejo já despertava outro lado que o ômega nem sabia que existia. 

 

O alfa pegou no membro teso do outro e colocou na boca começando a chupar sem pudor, Jungkook arqueou as costas em puro êxtase, nunca ninguém o chupou daquele jeito, na verdade Jimin estava sendo o primeiro e como ele fazia bem aquele “simples” ato. 
O ômega revirava os olhos e contraia a barriga, seus pelos todos se eriçaram e a sensação de prazer estava alta, todo o quarto estava carregado. 

 

-M-Minnie, ah i-isso é tão b-bom... – Jeon geme baixinho para Jimin, que sorriu ladino e só fez mais que o alfa quisesse foder o ômega sem pudor algum. 

Jimin chupava o membro do ômega com maestria, aquilo estava o deixando mais excitado do que nunca, aquilo era fora do normal. 

Enquanto o alfa chupava o ômega ele se masturbava, apenas se preparando para preencher o outro. 

A entrada de Jungkook jorrava lubrificante natural, o cheiro de cereja com chocolate exalava pelo quarto deixando Jimin ainda mais fora do normal. 
Não demorou muito e Jungkook gozou forte na boca do alfa que engoliu tudo rindo ladino, fazendo todo o corpo de Jeon tremer. 
Jimin subiu os beijos até chegar na boca do outro pedindo passagem com a língua, que Jungkook prontamente não negou. O beijo era afoito e necessitado, as línguas brigavam por espaço e um pouco de contato. 

O alfa sentou-se na cama e colocou Jungkook sentado em seu colo. Jeon sentou em cima do falo de Jimin que já estava ereto, o alfa gemeu em resposta, afinal nunca imaginaria que aquele ômega em cima de si poderia fazer aquilo com ele, poderia fazer à sanidade de Jimin acabar em menos de poucos minutos e poucas caricias. 

Com a lubrificação natural Jimin não teve dificuldades em penetrar Jungkook, que gemeu arrastado com toda aquela “invasão”

-T-Tão apertado, tão meu ahh. – Jimin geme grosso apertando as nádegas do ômega, que começou a quicar um pouco tímido. 

Jimin ajudava o ômega e penetrava o mesmo rápido e lento, seu membro era engolido pelo ânus do outro, que não negava nem um gemido que para Jimin era a melodia mais linda que já ouvira. 

Estocava firme e forte sem perder um segundo sequer o ritmo, Jungkook jogava a cabeça para trás para que sentisse mais daquela sensação que percorria todo o seu corpo. Seus sentidos nem existiam mais, a única coisa que Jungkook queria era o nó de seu alfa. 

Saiu de dentro do ômega que gemeu frustrado e colocou o mesmo de quatro metendo logo em seguida. Os dois sentiam uma carga de prazer passar pelo corpo de ambos, Jimin e Jungkook sentiam que pertenciam um ao outro, que eram almas gêmeas

Enquanto metia fundo e forte, Jimin dava tapas nas nádegas do ômega que gemia sôfrego, pois o alfa estava tocando no seu ponto de prazer fazendo Jungkook nem saber mais quem era e o que era. 

-Geme meu nome vai baby, não se segure. – Jimin geme rouco fazendo o ômega perder mais ainda o que não tinha: noção. 

-J-Jiminnie ahhh, i-isso é tão gostoso. – Jungkook geme em alto e bom som, o mesmo já estava no seu limite, sentia que a qualquer momento apagaria. 

-Isso amor, geme para seu daddy geme. – O alfa gemia enquanto metia forte e fundo, sempre preciso acertando o ponto de prazer do outro. 

Jimin sabia que Jungkook estava perto de gozar e não negaria tal acontecimento ao seu ômega e o mesmo tinha certeza que marcaria o outro. 

-M-Minnie, daddy ahhh e-eu vou.... – Jungkook geme manhoso, aquilo já estava fora do normal, os corpos se chocando, os gemidos soltados eram bons demais para não ser real. 

Jimin levantou o ômega fazendo as costas do mesmo baterem em seu peitoral suado e desnudo. Jungkook pegou na nuca do outro fazendo com que os corpos de ambos ficassem mais juntos se isso era possível. 

Toda aquela nostalgia era loucura, correntes elétricas passando pelo corpo de ambos, deixa tudo bem mais insano. 

-Goza para seu daddy, baby. – Jimin geme rouco no ouvido do outro, sendo aquilo como o estopim para Jungkook gozar e sujar os lençóis da cama, o ômega gemeu alta e quase que sem voz por ter gritado tanto. 

Jimin deu mais algumas estocadas até gozar forte e dá o seu nó em Jungkook. O alfa sentiu suas presas saírem e marcarem o pescoço já todo cheio de chupões de Jungkook. 

Os dois sentiram-se conectados, as vidas de ambos passaram diante de seus olhos, tudo que Jimin sentia, seus pensamentos agora eram inteiramente do pequeno ômega que estava ali radiante. 

Assim que o nó foi desfeito as presas saíram do pescoço do ômega e um pouco de sangue escorreu pelo canto direito da boca. Jungkook gemeu manhoso ao sentir-se “vazio” depois que Jimin saiu de dentro do mesmo. 

Os dois companheiros eternos se deitaram exaustos, as sensações que sentiram, os arrepios, o amor e o puro êxtase foi a melhor coisa de todas. Principalmente para Jimin que nunca tinha tido uma transa tão intensa quanto teve com Jungkook.

-Eu te amo meu anjo, para sempre. – Jimin comenta um pouco com a respiração pesada e beija o topo da cabeça do ômega, que tem os olhinhos fechados devido ao cansaço e satisfação de ser marcado pela pessoa que mais ama, Park Jimin. 

-Eu também t-te amo daddy, para sempre... – Jungkook sussurra e se agarra mais a Jimin, que abraçou o ômega e enterrou sua cabeça no pescoço do outro. 

E foi assim que a noite dos dois companheiros eternos acabou, Jungkook marcado e Jimin sorrindo feito bobo. 

 


 


Notas Finais


Até o próximo Bye ♥ (。♥‿♥。)

Me sigam no instragram >https://www.instagram.com/minlyn_/?hl=pt-br (。♥‿♥。)
Me sigam no twitter> https://twitter.com/MinLyn_ (。♥‿♥。)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...