História My only Ômega - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Abo, Alfa, Chanbaek, Hunhan, Jikook, Jimin, Jungkook, Kaisso, Namjin, Ômega, Vhope
Exibições 244
Palavras 1.750
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Bishoujo, Crossover, Famí­lia, Festa, Lemon, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


espero que gostem, e desculpa pelos erros!!
#foqueiemjikook!!!
#bjs<3<3

Capítulo 13 - Capitulo 13


“- sabe o que mais vai ser perfeito?- perguntei ainda sussurrando em seu ouvido com uma voz sexy.

           -não-ele falou um pouco confuso.                                                                                                                             

- vai ser mais perfeito quando estrearmos a nossa linda cama-“

...

jimin on

- OQUE?- perguntei me afastando assustado.

- calma seu pervertido, falei em sentido de dormir e tals, nossaaaa que mente- ele fez uma cara de desconfiado irônico.

- aish deixe de ser bobo- dei vários tapinhas em seu ombro.

Fomos ver outros “cantos” da casa e tenho que admitir que fiquei impressionado.

...

Agora estávamos no quarto guardando nossas coisas no closet, e estava um silencia incomodante entre a gente.

- você fica lindo de saia jimin – ele falou assim que me viu ajeitando umas das minhas saias favoritas.

- Obrigado – falei meio corado.

- vamos ao shopping, quero botar uma película no meu celular, comprar roupas novas e comprar um presente pra minha omma...- jungkok falou com cara de pensador como se estivesse pensando o que iria comprar mais.

- tudo bem... Você não acha que gasta muito não?!- perguntei temendo de sua resposta, mais poxa... Tudo que esse homem ver e gosta já que comprar, ele é podre de rico eu sei...mais bora manerar nas coisas.

- e você não acha que tem que ficar na sua não? – ele falou um pouco rude, e pensei que aquele jungkook rude tinha voltado.

- desculpe – falei de cabeça baixa.

- hahahahanão precisa pedir desculpa pequeno, estava brincando- ele ficou rindo da minha cara.

- ah jimin você não deveria falar de mim, você tem muita roupa e coisas-

Fiquei rindo por que era verdade mais poxa... Roupas são incríveis e gasto meu dinheiro com coisas necessárias.

- jungkook-

- oi? – ele já tinha terminado de ajeitar suas coisas.

- você acha que eu deveria ir de saia?! –

- claro, vai ficar lindo assim como já é, mais também não quero outros alfas te olhando, já basta sehun- na sua “ultima” frase ele fez uma carinha irritada.

- aish deixe o sehun fora disso e vá se arrumar logo pra irmos.

...

Eu e junkook já tiamos terminado de tomar banhos, separados.

Estávamos perfeitos.

...

Estacionou o carro e fomos em direção a entrada do shopping e algumas duas criancinhas estavam correndo pelo estabelecimento, em delas parou em nossa frente.

- moço ajuda a gente, cadê nossa omma?- o garotinho perguntou um pouco assustado, provavelmente tinha se perdido.

Mim abaixei de joelhos pra ficar no tamanho deles, ohhh seus olhinhos estavam cheios de lagrimas.

-eu não sei, mais posso lhe ajudar a encontra-la, como ela é?-

Jungkook ficava me admirando com um lindo sorriso no rosto e não pude deixar de corar, claro.

- ela é do tamanho dele- apontou pra jungkook- tem cabelos pretos lisos e está com um vestido azul clarinho- depois que terminara,, me levantei e sussurrei pra jungkook.

- temos que ajudar eles, coitadinhos-

Apenas vi jungkook concordando com a cabeça.

Pequei as duas criancinhas e fiquei fazendo perguntas sobre como se perderam e onde eles estavam quando aconteceu.

Andamos mais uns pouco e vi a mulher correndo em direção quase chorando.

Ela se abaixou rapidamente e abraçou-os o apertando e dizendo que não era pra eles correrem pra longe nunca mais.

Ela se levantou e ficou me olhando-

- quem é você e por que estava com meus filhotes-

- eu sou jimin e eu estava andando e esses dois garotinhos fofos me param pedindo ajuda então os pequei á procura da senhora, só quis ajudar- fui o mais legal possível.

- muito obrigado mesmo, fiquei tão assustada, já vou indo e mais uma vez obrigada- ela falou se curvando e foi embora e os dois garotinhos ficaram acenando pra mim.

Jungkook esticou sua mão pra mim pega-la e fomos de novo entrar diretamente no shopping.

- você gosta de crianças, não é?-

- muito, são tão fofas e inocentes.-

- já que você gosta de crianças irei te levar em um lugar muito especial pra mim, só que não hoje- ele falou e eu já fiquei curiosos, mais apenas concordei.

Fomos em muitas lojas, mais muitas lojas e estávamos cheios de sacolas nas mãos.

Implorei pra jungkook para voltarmos pra casa, já estava cheio das mesmas frases em todas as lojas “amei, vou comprar”.

A gente estava indo em direção a saída, até que escuto a voz irritante de uma pessoa infernal.

- jugnkookiieeee- ela gritou correndo em nossa direção e deu um abraço em jungkook, que idiota.

- oi jinsoo – percebi que jungkook também não estava feliz com a presença dela.

-  jungkookie vamos jantar fora hoje á noite?!- ela perguntou com um grande sorriso nos lábios feios.

Se jungkook aceitar... vai ser um homem incrivelmente morto.

- já tenho planos pra hoje á noite, na verdade eu e meu jimin- ele falou sorrindo e puxando minha cintura pra mais perto.

- aish, serio?! Com essa coisa?! Então depois eu falo com você- nem deu tempo de revidar e ela já saia com um micro-vestido.

Voltamos pra o estabelecimento e vi um típico velhinho bem pobre, encostado na parede e pedindo esmola.

Eu sou extremamente sensível á essas coisas, não suporto em ver pessoas assim e pedindo coisas ou ajudas, eu já começo a passar mal, eu fico com muita vontade de chorar e levar todo mundo necessitado pra minha casa e cuidar de todos eles.

- jungkook ...- falei agarrando sei braço.

- JIMIN oque foi?- ele percebeu que meus olhos já estavam marejados e eu estava preste a chorar.

- AI meu Deus, é sua perna?! Eu pensei que já tinha melhorado, o medico falou que já estava bom pra nadar e tals- ele falou rápido e desesperado deixando às todas as sacolas no chão e segurando meu rosto.

- N-não É-é nada disso, ajude ele...por favor – pedi pra jungkook ajudar o velho mais acho que ele não estava entendendo, no momento eu estava sem dinheiro então não tinha como eu dar ao velhinhos.

- do que você está falando?-

- ajude aquele velhinho ele precisa disso, olhe o estado dele – falei apontando pro velhinho.

- aiii que susto pensei que tinha sido alguma coisa com você- ele me soltou e foi em direção ao velhinho.

Vi o mesmo se abaixando e falando coisas agradáveis ao velhinho e lhe dando dinheiro, e uma garrafa de agua que ele tinha acabado de comprar.

Ele veio em minha direção e eu já estava sorrindo.

- adoro ver as pessoas fazendo boas ações, principalmente você- falei e lhe abracei.

- apenas não chore- ele retribui-o e depois pegou as sacolas e voltamos pra casa e já era 18:00.

...

Tomei banho e botei meu pijama, além de que eu não estava com vontade sair e tals, me deitei na casa do nosso quarto e liguei pro baekhyun pra conversar com o mesmo.

Ligação on

Jm- baek? Esta ai?

Bk- oi jimin

Jm- está melhor? Pode me explicar direito sobre você e o chanyeol?

Bk- ok...bom... quando estava todos em sua casa naquele dia da brincadeira, meu desafio foi deixar o chanyeol duro e tals dai a gente foi muito além disso no seu banheiro, e tipo fiz um boquete nele com minha boca perfeita, e achei que depois disse ele veria que eu era uma benção em pessoa e talvez eu tivesse uma chance com ele, ai jungkook levou a gente pra casa do chanyeol e eu fiquei lá, ai comecei a dar em cima dele e ele simplesmente tacou um pano no meu nariz e eu desmaiei, ai quando eu acordei no dia seguinte já estava em minha casa, ai eu fiquei pensando se eu tinha vindo voando de madrugada, ai eu percebi uma cartinha na minha cama e era uma mensagem do chanyeol dizendo que ontem eu estava muito bêbado e tals e que não podia se aproveitar da minha situação e que era pra me ficar bem, olha não ligo pra minha situação só queria que ele me fodesse, é pedir muito- baek falou bem, rápido só que deu pra entender.

Jm- entendi, olha baek não é melhor ele te fazer coisas com você quando você estiver consciente, do que bêbado? O bom de estar consciente é que você vai aproveitar melhor e lembrar cada momento, ele fez bem baek, só tenha calma.

Bk- talvez você tenha razão...

Quando o baek e ia falar mais jungkook sai do banheiro já com seu pijama e pronto pra se deitar e ligar a TV.

E a ligação do baek comigo estava no ViVA-VOZ, provavelmente ele escutou tudo.

Deixei no viva-vos pois pensei que o baek não iria dizer coisas constrangedoras pra mim e tals.

Bk- mais então jimin... já deu pro teu marido gostoso?- quando baek falou isso meu coração parou e o pior é que jungkook já estava do meu lado e quando ele escutou isso ele começou a rir.

Jungkook pegou o celular da minha mão e falou pro baek.

Jk- ele se faz de cu doce, mais baek se quiser dar pra mim também não tem problema, ai a gente conversa- quando jungkook falou aquilo me jóquei pra cima dele, ficando por cima dele e pequei meu celular e escutando o baek rindo e desliguei.

 Fiquei dando tapas no peitoral de jungkook e ele tentava pegar meus braços e eu ficava me debatendo e o xigando, até que ele conseguiu me acalmar mais.

- tudo isso por ciúmes jimin?- ele falou sussurrando no meu ouvido, além de que eu ainda estava em sentado em cima dele e com a cabeça apoiada em sem peito.

Rapidamente levantei de cima dele me deitei do seu lado.

- não é ciúmes idiota-

-Aish por que saiu?! Estava tão bom, meu pequeno em cima de mim-

- por que não chama o baek ele pode fazer isso por mim – falei irritado.

- está vendo oque eu sinto quando você fica se esfregando com o sehun?! Mais jimin, por favor, era brincadeira- ele falou me puxando pra apoiar minha cabeça em seu peito e eu cedí.

Ficamos assim por um longo tempo até que lembrei sobre jungkook dizer que iria me levar em um tal lugar.

- jungkook... onde você vai me levar? Você disse no shopping que iria me levar em um tal lugar-

- você verá e aposto que irá gostar – ele falou e dei um beijo na minha cabeça.

Estava curioso pra saber o que era e acabei adormecendo com jugnkook fazendo carinho em meus cabelos!!!

 

 

 


Notas Finais


é isso..., até o proximos cap!!! *-8 #obgporler <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...