História My owner - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Tags Alfa Lúpus, Baekhyun, Baekyeol, Chanbaek, Chanyeol, Chen, Exo, Kai, Kaisoo, Kris, Kristao, Kyung Soo, Lay, Lemon, Luhan, Ômega Lúpus, Sehun, Suho, Tao, Universo A/b/o, Xiumin, Yaoi
Visualizações 434
Palavras 2.415
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shoujo-Ai, Yaoi
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Me desculpem a demora, eu estava com muita falta de criatividade e não estava conseguindo pensar em nada para escrever.

Capítulo 8 - Capítulo 8


Meses depois 

Se passaram, alguns meses, as pessoas já esqueceram o que Yeolly fez, então, já podemos sair na rua e eu posso até mesmo brincar lá fora. 

ㅡ Aigoo! ㅡ Vi Tao se apoiar na mesa, com uma expressão de dor. 

ㅡ Hyung está bem?! ㅡ Perguntei quase gritando, correndo até ele. 

ㅡ B-BaekHyun, Chame o Y-Yifan! ㅡ Tao colocou a mão na enorme barriga. 

Corri até as escadas, acabei tropeçando e rolando escada à baixo, mas não posso deixar Tao com dor, ele está grávido de nove meses! Ignorei a dor e os ralados e corri de novo nas escadas, mas com cuidado, não vi que a porta do quarto estava fechada e bati a cara na porta. Doeu, mas Tao precisa de mim, abri a porta de uma vez, e gritei para Kris:

ㅡTAO-HYUNG PRECISA DE YIFAN!  AGOOORA! ㅡ Gritei assustando Kris. 

ㅡ Aish! Xiao Li vai nascer! ㅡ Kris desceu correndo. 

Depois de alguns minutos, Kris e Tao estavam indo às pressas para o hospital. Xiao Li (o nome da filha deles), vai nascer um dia antes do meu aniversário.  Amanhã, dia 06 de maio, vou tirar meu gesso e é meu aniversário. 

ㅡ Como Yeolly acha que Xiao Li é?  ㅡ Perguntei me sentando no colo do Yeolly, de frente para ele.

ㅡ Hum... Que pergunta difícil... Bom, eu não sei, mas tomara que não puxe o Kris. 

ㅡ Porque Xiao Li não pode puxar Kris? ㅡ Perguntei virando um pouco minha cabeça. 

ㅡ Porque o Kris é feio. 

ㅡ BaekHyun não acha Kris feio... Yifan é bonito. 

ㅡ Humpf. ㅡ Yeolly deu de ombros e revirou os olhos. ㅡ Mudando de assunto, como se machucou, BaekHyun? ㅡ Yeolly perguntou limpando o sangue que escorreu do meu nariz e deu um beijinho no ralado do meu joelho. 

ㅡ Hum... Quando Tao sentiu as contrações, BaekHyun quis ajudar, aí hyung pediu para BaekHyun chamar Yifan. BaekHyun subiu as escadas correndo, tropeçou e rolou escada à baixo. Depois BaekHyun subiu de novo e não viu que a porta estava fechada, aí BaekHyun bateu a cara na porta. 

ㅡ OMO! Porque não me contou, BaekHyun?! Está sentindo dor? Se machucou muito? 

ㅡ Não, BaekHyun está bem. Quando Yeolly está perto, BaekHyun se sente bem. ㅡ Sorri e dei um beijo na bochecha dele. 

ㅡ Ah nem... Você me dava beijos na boca antes, por que agora foi na bochecha? ㅡ Yeolly perguntou me envolvendo com seus braços. 

ㅡ Porque BaekHyun ainda tem dúvidas... ㅡ Abaixei a cabeça.

ㅡ Dúvidas se me ama? ㅡ Yeolly perguntou levantando meu queixo, me obrigando à olhar para ele. 

ㅡ Não. BaekHyun tem certeza que ama Yeolly, mas não sabe se isso é certo. BaekHyun viu várias pessoas na rua, elas criticavam o relacionamento entre d-dois homens, falaram coisas que o-ofenderam BaekHyun. ㅡ Meu olhos se encheram de água, tentei segurar o choro, mas não consegui e acabei me desmanchando em lágrimas no peito do Yeolly. 

ㅡ Vai ficar tudo bem, Baekkie. Elas não sabem o que é amar. ㅡ Yeolly disse com um tom calmo, fazendo carinho no meu cabelo. ㅡ Não se importe com o que falam, ou o que deixam de falar. Eu te amo, Baek, te amo muito. 

ㅡ Bae-Baekyun ta-também ama Y-Yeolly. ㅡ Respirei fundo e tentei parar de chorar. ㅡ Muito.  

ㅡ Meu baixinho. ㅡ Yeolly me beijou. ㅡ Assim que quero que me beije. Na boca. Tá bom? 

ㅡ Aham. ㅡ Antes de Yeolly dizer algo eu tomei a liberdade de beijar ele de novo.

ㅡ Sabe, nós nunca passamos de selinhos demorados... Eu posso sentir sua saliva? Posso colocar minha língua dentro da sua boca? ㅡ Yeolly disse olhando dentro dos meus olhos, como se estivesse implorando. 

ㅡ Ahm... Sério mesmo? ㅡ Perguntei com um pouco de nojo. 

ㅡ Sim. Mas não é nojento, eu escovo os dentes toda vez depois que como, e você também que eu vejo. Kris e Tao fazem isso todos os dias, e para ter filhotinhos eles tiveram que fazer isso também.

ㅡ BaekHyun nunca viu ninguém fazer isso... 

ㅡ Posso só tentar? 

ㅡ Tá. Pode. ㅡ Disse abrindo a boca.

Yeolly sorriu e juntou nossos lábios, ele enfiou a língua dentro da minha boca e começou a mexê-la, "explorando" cada canto da minha boca. Com uma das mãos Yeolly fechou meus olhos. Coloquei minha mão livre no pescoço do Yeolly e comecei a contribuir com esse "beijo estranho." Comecei a sentir falta de ar, dei algumas batidinhas nas costas do Yeolly avisando para ele parar. 

ㅡ Gostou? 

ㅡ É horrível! ㅡ Disse ofegante e assustado ao mesmo tempo. Vi Yeolly fazer uma careta triste. ㅡ Não é que BaekHyun não gostou... É que deu falta de ar. 

ㅡ Tudo bem... ㅡ Yeolly suspirou ainda triste. 

ㅡ Vamos de novo! ㅡ Dessa vez eu enfiei minha língua dentro da boca dele. Tentei animar Yeolly, já que ele ficou triste. 

ㅡ Está me excitando, BaekHyun. ㅡ Yeolly disse quebrando o beijo e passando a dar beijinhos no meu pescoço, apertando minha cintura. 

ㅡ Aw. ㅡ Gemi baixinho no ouvido do Yeolly assim que ele desceu a mão para meu bumbum, e apertou o mesmo. 

ㅡ Rebola pra mim, Baekkie. ㅡ Yeolly sussurrou enquanto mexia minha cintura, me fazendo rebolar encima do pau dele. ㅡ Ah, porra... ㅡ Murmurou mordendo o lábio inferior com força. 

ㅡ BaekHyun está sentindo aquilo de novo. ㅡ Sussurrei. 

Yeolly continuou mexendo minha cintura, soltei as mãos dele da minha cintura e eu mesmo comecei a rebolar, depois de me arrumar bem encima da elevação na calça dele. Deitei Yeolly no sofá e continuei rebolando no colo dele, onde aprendi isso? Não queira saber o que eu ando vendo no notebook do Kris... 

ㅡ BaekHyun, eu estou me segurando para não te deixar sem andar por dois dias, mas se continuar assim, não me responsabilizarei por meus atos. 

ㅡ Yeolly, aquilo que BaekHyun sentia antes, está mais forte... ㅡ Parei de rebolar e o encarei. ㅡ Está chegando à doer. 

ㅡ Ah não... Eu não vou aguentar mais. ㅡ Yeolly disse desbotando a calça com pressa. ㅡ Abra a boca. ㅡ Yeolly puxou a calça e a boxer juntas, deixando-me com a visão de seu membro pulsante e duro. ㅡ Mandei abrir a boca. ㅡ Ele disse sério, se ajoelhando no sofá. 

Obedeci, mas antes de Yeolly colocar o pau dele na minha boca, segurei-o com as duas mãos, ignorando o fato de eu ainda estar com essa chatura de gesso, comecei a lamber a glande, e chupar todo o líquido que não sei o porque chamam de pré-gozo.

ㅡ Hmn... Caralho... Oh... ㅡ  Yeolly disse puxando meu cabelo, me fazendo chupar todo seu membro. Mas logo ele passou a mexer o quadril, estocando minha boca. 

Yeolly dava cada estocada na minha boca que fazia barulho, às vezes eu engasgava, ele ia fundo demais e chegava na minha garganta. 

ㅡ Ahm... A-Aw... Aha, ahaha... Yeolly estava começando a delirar. E ele descontava isso no meu cabelo, puxando-o. ㅡ Não, não, não, eu vou gozar... ㅡ Assim que ouvi isso tirei minha boca dele. ㅡ Porque fez isso!? ㅡ Yeolly perguntou bravo.

ㅡ Porque não goza no meu rosto? ㅡ Só estou imitando o que eu vi... Eu nem sequer sei o que é gozo... Mas já que é pra imitar, eu vou ter que bater o pau dele na minha cara? Afs. Eu só queria satisfazer Yeolly um pouquinho e agora vou ter que bater o pinto dele no meu rosto, tá vendo o que dá ser "Maria vai com às outras"? 

ㅡ Oh! ㅡ Yeolly gritou agudo, sujando meu rosto do que disseram que é gozo. 

ㅡ Hm... ㅡ Lambi o gozo que estava escorrendo do meu rosto, pode parecer nojento, mas, o leitinho do Yeolly é gostoso. 

ㅡ Andou vendo pornô gay? ㅡ Yeolly perguntou se deitando, ofegante.  ㅡ Você é inocente demais para aprender fazer o que fez sozinho. 

ㅡ Yeolly lembra que Kris emprestava o notebook para BaekHyun ver desenho no YouTube? ㅡ Perguntei ainda tentando lamber o gozo na minha cara. ㅡ BaekHyun queria agradecer Yeolly por cuidar dele, aí acabou que BaekHyun entrou em um monte de coisas penegrágicas. 

ㅡ É pornográficas, BaekHyun. ㅡ Yeolly disse rindo. ㅡ Pelo amor de Deus, desiste de tentar lamber o gozo. 

ㅡ Não. O leitinho do Yeolly é precioso demais para ser desperdiçado. 

ㅡ Vai logo lavar o rosto. ㅡ Yeolly disse fechando os botões da calça. ㅡ Obrigado. Fazia tempo que não sentia tanto prazer quanto senti hoje. Mas por favor, pare de ver pornográfia no notebook do Kris. Quero que continue inocente. 

ㅡ Uhum. ㅡ Fui saltitando para o banheiro, lavei o rosto e voltei para a sala. ㅡ Quando acha que Kris e Tao voltarão com Xiao Li? 

ㅡ Só amanhã. 

ㅡ Yeolly gostou mesmo do presente? ㅡ Disse me deitando junto com ele. 

ㅡ Claro, Baekkie. Mas você não precisa ficar imitando vídeos, quando for a hora certa, você vai saber o que fazer.

 ㅡ Desculpa. 

ㅡ Pelo o que? 

ㅡ Por imitar vídeos. 

ㅡ Está tudo bem. Eu não vou parar de te amar só porque você queria me agradar, e por isso resolveu imitar um vídeo que viu.

ㅡ Yeolly, resolvemos o seu problema, mas BaekHyun ainda está duro... ㅡ Falei meio sem graça, com vergonha. 

ㅡ Ver você durinho é tão bonitinho. ㅡ Yeolly riu. ㅡ Quer que eu resolva isso, ou você já sabe como resolver sozinho? 

ㅡ Saber, BaekHyun sabe. Mas quando é Yeolly, é mais gostoso. 

ㅡ Ah nem, cadê a inocência? 

ㅡ Por favor, Yeolly. ㅡ Implorei. 

ㅡ Tá bom. ㅡ Yeolly disse e abaixou minha bermuda, junto com a cueca. ㅡ Eu posso ficar eternamente olhando você durinho... Essa é a segunda imagem mais linda desse mundo. 

ㅡ E qual é a primeira? 

ㅡ Você. ㅡ Yeolly disse simplista, começando a me masturbar. 

ㅡ Uhn... ㅡ Fechei os olhos e coloquei uma mão no ombro do Yeolly. Mordi meu lábio inferior na tentativa em vão de não gemer. ㅡ Aw, Yeolly, ma-ais rápido. ㅡ Apertei a camisa dele. ㅡ P-Por f-favor. 

ㅡ Adoro te ver gemer. ㅡ Yeolly diminuiu a velocidade, quase parando. 

ㅡ Mais rápido, Yeolly. ㅡ Implorei com a voz manhosa. 

ㅡ Geme meu nome que aumento a velocidade. 

An? Dês do dia que conheci Yeolly chamo ele de Yeolly! É difícil para mim mudar uma coisa que já estou acostumado. 

ㅡ BaekHyun na-não consegue, Yeolly. 

ㅡ Park ChanYeol. ㅡ Ele sussurrou. 

ㅡ Hmn, Ye- ㅡ Quase falei Yeolly! ㅡ Cha-ChanYeol. ㅡ Consegui? Pelo visto sim, ele aumentou a velocidade. 

ㅡ Conseguiu. 

ㅡ Aw, Yeolly, hmn.... 

ㅡ Não. Quando for gemer é ChanYeol. ㅡ Ele parou totalmente e eu soltei um miadinho de reprovação. ㅡ Só volto à te masturbar se for gemer ChanYeol. 

ㅡ BaekHyun vai gemer Yeol- ChanYeol.

ㅡ Assim que eu gosto. ㅡ Ele voltou em uma velocidade rápida. 

ㅡ Ah! ChanYeol! ㅡ Gritei por sentir tamanho prazer, é indescritivelmente maravilhoso. 

ㅡ Tô gostando de ver. ㅡ Yeolly sorriu vitorioso enquanto aumentava mais a velocidade. 

ㅡ Ah, uhn... Hmn... ㅡ Gemi descontroladamente. 

ㅡ Calma, Baek, podemos continuar isso depois se quiser. ㅡ Pude perceber ironia. 

ㅡ Não. ChanYeol, BaekHyun vai... 

ㅡ Gozar? 

ㅡ Aham... ㅡ Concordei. ㅡ Ohhh. ㅡ Gemi baixinho enquanto me liberava na mão do Yeolly. 

ㅡ Bom menino. ㅡ Yeolly sorriu lambendo os dedos. ㅡ Eu te amo BaekHyun. 

ㅡ BaekHyun também ama Yeolly. 

 ㅡXㅡ

  Depois de algumas horas, me deu vontade de ir ver Kris e Tao no hospital, quero ver Xiao Li. Ver como ela é. 

ㅡ Yeolly. ㅡ Chamei indo até ele. 

ㅡ O que foi, pequeno? ㅡ Yeolly me pegou no colo. 

ㅡ BaekHyun e Yeolly podem ir no hospital ver Xiao Li? 

ㅡ Sim. ㅡ Yeolly pegou sãs chaves de casa e saiu andando em rumo ao hospital. 

Quando chegamos no quarto do Tao, ele estava segurando uma bebê híbrida de cachorro, pelo visto todos aqui vão ser mais fortes que eu. Mas pelo menos, ela vai ser aceita na sociedade. 

ㅡ Oi Tao. ㅡ Sorri descendo do colo do Yeolly. ㅡ Essa é a Xiao Li? 

ㅡ Sim, ela parece muito com o Yifan, fiquei feliz com isso. 

ㅡ Yeolly, quando BaekHyun vai ter o primeiro cio? BaekHyun quer ter filhotinhos. ㅡ Perguntei puxando a manga da blusa de frio dele. 

ㅡ Quando fizer 15 anos. ㅡ Kris respondeu entrando no quarto. 

ㅡ Ah nem. Vai demorar. ㅡ Fiz bico. ㅡ Mas amanhã é aniversário de BaekHyun! E BaekHyun vai fazer 10 anos! ㅡ Sorri. 

ㅡ Park ChanYeol. ㅡ Dois policiais entraram no quarto. Eu instintivamente entrei na frente do Yeolly. ㅡ O senhor está preso. 

ㅡ NÃO VÃO LEVAR YEOLLY DE MIM! ㅡ Gritei o mais alto que pude. E acordei Xiao Li. 

ㅡ Esse cara é malvado, BaekHyun. É errado tudo o que ele fez com você. ㅡ Um dos polícias se agachou na minha frente. 

ㅡ BaekHyun não se importa se Yeolly colocar a língua dele dentro da boca de BaekHyun. Não mesmo. ㅡ Olhei para trás e não vi Yeolly. Era uma distração! ㅡ YEOLLY! 

Corri pelos corredores do hospital procurando Yeolly, achei ele algemado andando pelo corredor 24 com um policial. 

ㅡ SOLTA O YEOLLY! ㅡ Avancei no policial e mordi o braço dele. ㅡ SOLTA O YEOLLY! 

O policial acabou por soltar o Yeolly, eu peguei a blusa dele, e saí arrastando Yeolly para fora do hospital. Paramos em um beco sem saída, mas não tinha polícia atrás de nós. 

ㅡ Obrigado, BaekHyun. Mas como vou me livrar dessas algemas? ㅡ Yeolly perguntou se sentando em um latão. 

ㅡ Quebrando-as. 

Foi o tempo de eu terminar de falar que começou a chover, uma chuva forte, que nos encharcou em segundos. 

ㅡ Elas vão enferrujar e aí vai ficar fácil de quebrar. ㅡ Yeolly disse batendo o meio das algemas na parede. 

ㅡ Yeolly, para onde vamos? Os policiais estão nos procurando. ㅡ Perguntei arrastando caixas para a entrada do beco. 

ㅡ Voltar para a casa do Kris. Vamos nos trancar lá... Corre. ㅡ Yeolly disse parando de bater a algema contra a parede e começando a correr em direção à casa do Kris. 

ㅡ Espera BaekHyun! ㅡ Gritei correndo atrás dele. 

Chegamos na casa do Kris encharcados, depois de fecharmos as janelas e trancarmos todas as portas, ouvimos: 

ㅡ Sabemos que estão aí. Vocês estão cercados, abram a porta, ou vamos arrombar.

ㅡ Se esconda, BaekHyun. ㅡ Yeolly sussurrou enquanto espiava pela cortina. ㅡ Não deixe te acharem. 



Notas Finais


Tretaaa

Me desculpe qualquer erro, eu não revisei o cap


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...